INEMA atrasa salários e terceirizados paralisam atividades em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 27 fev 2014

Tags:, ,

da Redação

Inema BA crise profunda no Governo da Bahia atingiu também o INEMA – Instituto Estadual do Meio Ambiente, em Vitória da Conquista, com sede na Avenida Jorge Teixeira, perto do Estádio Lomanto Junior. Segundo informações, os terceirizados, funcionários a disposição do órgão para atendimento ao público no tocante ao recebimento de denúncias e licenças ambientais, cruzaram os braços por falta de pagamento de salários. Os motoristas paralisaram as suas atividades por falta de pagamento até das diárias de viagem. São três meses de atraso de salários.  Até o aluguel do imóvel está em atraso. Um funcionário informou a nossa reportagem, que tudo faz crer, que o proprietário do imóvel pertencente a um “companheiro”, recebeu o aluguel.

O INEMA atua em quase 100 municípios do Sudoeste da Bahia. O sucateamento dos órgãos do Estado tem sido uma marca no governo Jaques Wagner. Sem recursos, o governo vem alimentando a esperança do povo baiano – com realizações de comícios onde são anunciadas obras que o governo, além de não dispor das verbas,  conta também com indisponibilidade de tempo hábil para o pagamento das promessas eleitoreiras.

UESB e CONDER sem pagar salários – deputado diz que situação do governo é de “caos” e “calamidade”

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação, Vit. da Conquista | Data: 05 nov 2013

Tags:, ,

 

da Redação

LUCIANO SIMÕESO deputado Luciano Simões (PMDB) tem sido um oposicionista que sempre utiliza a tribuna na Assembleia Legislativa para fazer graves denúncias contra o Governo da Bahia. Na sessão desta 2ª feira (4) denunciou a “calamidade financeira e administrativa do estado” que é administrado pelo governo petista.

“O Governo do Estado, a todo o momento, vem a público pregar à população uma mentira deslavada ao falar que as finanças estão redondas. Enquanto isso, a UESB está sem pagar os salários dos servidores e a CONDER realiza paralisações por conta de atraso dos pagamentos”, declarou o parlamentar. Terceirizados da UESB estão mobilizados contra os atrasos salariais.

Simões também criticou a postura do governador Jaques Wagner que, mais uma vez, tenta levar vantagem com a Via Expressa uma obra realizada com recursos, exclusivamente, do Governo Federal. O programa Minha Casa Minha Vida também tem sido explorado por prefeitos petistas e pelo próprio Wagner. Esse detalhe não foi lembrado no discurso do deputado Simões.

Fonte: ASCOM deputado Luciano Simões (PMDB)

Funcionários do IML ameaçam deflagrar greve

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 14 out 2013

Tags:, ,

da Redação

IMLFuncionários terceirizados da empresa LC empreendimentos, que trabalham nos serviços de limpeza, necropsias, viaturas e rabecões, ameaçam parar as atividades na próxima sexta-feira ( 17). Os trabalhadores lotados nas unidades de Vitória da Conquista, Guanambi, Brumado, Itapetinga e Jequié, reivindicam a regularização salarial. O atraso no pagamento já dura dois meses. Uma greve afetará todo o serviço prestado pelo órgão e  até levantamento cadavérico ficará prejudicado.

Segundo informações o SIMDLIM – Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza realizou uma reunião na manhã de hoje (14), no IML de Conquista, onde membros do Sindicato confirmaram encontro que irá acontecer na próxima quinta-feira (17), em Salvador  com representantes do Governo do  Estado com a finalidade de sanar o problema.

Funcionários terceirizados da Polícia Técnica reclamam de atraso de salários

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 20 set 2013

Tags:, , ,

da Redação
imlFuncionários terceirizados da empresa LC, que  exercem funções como motoristas  e na realização de necropsias  da polícia técnica em vários  IMLs da Bahia, reclamam dos atrasos  constantes nos pagamentos dos salários. Segundo informações colhidas por nossa reportagem, a situação dos trabalhadores  é a mesma em Vitória da Conquista, Brumado, Guanambi, Itapetinga e Jequié.

Muitos profissionais tiram férias sem remuneração e alguns  têm que  aguardar alguns meses para o pagamento ser concretizado. O pagamento referente ao mês de agosto ainda não foi repassado aos funcionários. Recentemente a categoria  amargou mais de dois meses de atraso salarial.