Número de mortes nas rodovias federais durante feriado de 1º de maio aumenta 2%

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, transporte | Data: 03 maio 2018

Tags:, , ,

Da Redação

De acordo com balanço divulgado nesta quarta feira (02), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o feriado do Dia do Trabalhador, deixou 90 pessoas mortas nas rodovias federais do país, elevando o número de registros de 2017.

A PRF, relatou que há uma discrepância entre o crescimento de 2% no número de vítimas fatais e a redução no total de acidentes entre um ano e outro. Em 2017, foram 1.255 ocorrências, contra 907 neste ano. Em 2018, foram registradas 37.891 infrações, resultado 18% menor que o do ano passado, quando foram computados 46.265 autos.

O índice que aumentou também durante esse feriado foi o de autuações de condutores trafegando sem o uso de capacetes. Nesse caso, o crescimento foi de 37% entre 2017 e 2018.

Muitos motoristas também se descuidaram da segurança das crianças a bordo dos veículos, já que a taxa de transporte sem o uso de cadeirinhas adequadas cresceu 12%.

Correios: aumento de tarifas é anunciada pela empresa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 mar 2018

Tags:, ,

Da Redação

Correios anunciou  nesta terça-feira(28), o aumento na tarifa de fretes, o novo reajuste começa a valer a partir do dia 06 de março.

O anuncio foi recebido com bastante revolta pelos usuários, principalmente os sites de vendas online e lojas eletrônicas que dependem do  serviço de entrega para realizarem seus negócios.

Apesar de os Correios anunciarem um aumento médio de 8% nas tarifas, um levantamento feito pelo do Mercado Livre indica um reajuste bem maior. Segundo o site de vendas, o reajuste médio no país é de 23%, chegando a 51% em determinadas localidades.

De acordo com os Correios o reajuste  se trata de uma revisão anual de preços e que a definição dos valores cobrados “é baseada no aumento dos custos relacionados à prestação dos serviços, que considera gastos com transporte, pagamento de pessoal, aluguéis de imóveis, combustível, contratação de recursos para segurança, entre outros”.

Manifestações  estão sendo realizadas nas redes sociais contra o aumento na tarifa realizado pela empresa.

Espera de 4 anos e meio dá quase R$ 1.000 de aumento

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 08 fev 2018

Tags:, ,

Leda Antunes
do Agora

Os trabalhadores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) se aposentam quatro anos e meio mais tarde, em média, para garantir uma aposentadoria maior com a regra 85/95.

A fórmula dá o benefício sem desconto do fator previdenciário para quem completa, na soma da idade com o tempo de contribuição, 85 pontos (mulheres) e 95 pontos (homens).

Em média, a aposentadoria com a fórmula 85/95 foi concedida aos 57 anos e seis meses. Já com desconto do fator, saiu aos 53 anos.

Gasolina sobe pela 12ª semana seguida e preço médio na bomba é de R$ 4,20

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 19 jan 2018

Tags:, ,

Por Estadão

O preço médio da gasolina na bomba subiu pela 12ª semana seguida, chegando perto de R$ 4,20 (R$ 4,194), revela levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP), com base na coleta de preços em 5.747 postos pelo País entre os dias 14 e 20 de janeiro.

No período, o maior preço para o combustível foi observado no Estado do Acre, na região Norte, onde o litro da gasolina alcançou R$ 5,15. Os Estados onde se verificou o menor preço foram Santa Catarina e Maranhão, a R$ 3,599.

No Sudeste, os preços coletados foram de R$ 5, o máximo, no Rio de Janeiro, a R$ 3,549, o mínimo, em São Paulo.

De uma forma geral, o valor médio da gasolina nos postos brasileiros subiu em 18 Estados nesta semana. Em cinco estados e no Distrito Federal houve recuo nos preços médios; na Bahia, em Goiás e em Mato Grosso do Sul houve estabilidade.

Na média nacional, a alta nos postos foi de 0,26%, de R$ 4,183 para R$ 4,194 o litro ante a anterior. Em São Paulo, maior consumidor do País e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina subiu 0,35% na semana passada, de R$ 3,988 para R$ 4,002, em média. No Rio de Janeiro, o combustível saiu de R$ 4,633 para R$ 4,646, em média, alta de 0,28%. Em Minas Gerais houve alta média no preço gasolina de 0,41%, de R$ 4,394 para R$ 4,412 o litro.

Etanol. Apesar da alta da gasolina, os valores médios do álcool combustível seguem vantajosos apenas em postos dos estados de Mato Grosso e Goiás.

O levantamento considera que o combustível de cana, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, onde o etanol é o mais competitivo, o biocombustível é vendido em média por 60,13% do preço da gasolina. Em Goiás a paridade está em 67,25%. Em Minas Gerais o etanol vale, em média, 71,12% do preço da gasolina, bem próximo do limite de paridade com o combustível de petróleo, assim como em São Paulo, onde a paridade está em 71,66%.

 

Veja os cuidados ao pedir um aumento na aposentadoria

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 jan 2018

Tags:, , ,

Leda Antunes
do Agora

O aposentado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que quer pedir uma revisão do seu benefício deve ter alguns cuidados antes de iniciar o processo. É preciso atenção para não cair em golpes ou errar no pedido.

Pode ter uma revisão quem recebe uma aposentadoria inferior à que tem direito por causa de um erro cometido pelo INSS na hora do cálculo do benefício. Mas identificar essa falha nem sempre é tarefa simples.

O aposentado pode pedir a revisão sozinho no INSS. Porém, se precisar ir à Justiça, é recomendável que procure a ajuda de um advogado especializado em direito previdenciário.

Mesmo que recorra ao Juizado Especial, que não exige representante legal para abrir a ação, o aposentado vai precisar do profissional caso o instituto entre com um recurso.

Benefícios do INSS sobem 2,07% e teto vai a R$ 5.645

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 11 jan 2018

Tags:, , ,

Fernanda Brigatti
do Agora

Os segurados que recebem um benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) acima do salário mínimo já conseguem calcular quanto ganharão com o reajuste deste ano.

A partir do pagamento depositado em fevereiro, eles terão um aumento de 2,07%, percentual correspondente ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado de janeiro a dezembro de 2017.

Com o reajuste, o segurado que tem uma aposentadoria de R$ 1.600, por exemplo, receberá, a partir de 1º de fevereiro, R$ 1.633,12.

Um benefício de R$ 3.800 passará para R$ 3.878,66 neste ano.

Como tem desconto do Imposto de Renda, o aposentado com até 64 anos receberá no mês que vem R$ 3.642,09.

A partir dos 65 anos de idade, o aposentado paga menos imposto e o benefício, nesse caso, aumenta para R$ 3.873,81, já com desconto.

Salário mínimo vai ser de R$ 954 a partir de segunda

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 30 dez 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani e Leda Antunes
do Agora

O salário mínimo subirá de R$ 937 para R$ 954 a partir de 1º de janeiro de 2018, conforme o decreto do presidente Michel Temer divulgado ontem pelo governo.

A correção será de 1,81%, a menor aplicada a partir de 1995, primeiro ano após a criação do real, em julho de 1994.

Até então, o menor reajuste oficial havia sido de 4,61%, quando o piso subiu de R$ 130, em 1998, para R$ 136, em 1999.

Nesse histórico, a reportagem não considerou correções realizadas dentro do mesmo ano.

A queda da inflação é a principal causa para um ajuste tão pequeno do salário mínimo e, por consequência, dos pisos de aposentadorias, auxílios e pensões da Previdência Social.

Após cobrança por bagagens, preços das passagens aéreas sobem no país

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 14 out 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Ascom/CDL (Conteúdo)

O preço das passagens aéreas está no centro de uma discussão entre o governo federal e as companhias do setor

Ao contrário do que se esperava quando a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) permitiu que as companhias aéreas passassem a vender passagens que não dão direito a despachar bagagem, o preço das tarifas tem subido desde que as empresas começaram a adotar a prática. Entre junho e setembro, essa alta chegou a 35,9%, segundo dados da FGV. De acordo com levantamento do IBGE, entretanto, a elevação foi mais moderada, de 16,9%.

O preço das passagens aéreas está no centro de uma discussão entre o governo federal e as companhias do setor. No fim de setembro, o Ministério da Justiça instaurou averiguação sobre um estudo da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) que apontou tendência de queda no preço das passagens nos últimos meses.

Segundo o levantamento da entidade feito com base em dados preliminares, entre junho e o início de setembro, as tarifas recuaram de 7% a 30% nas rotas domésticas das companhias que adotaram a cobrança da mala despachada (Azul, Gol e Latam).

Os números da FGV e do IBGE, porém, mostram queda apenas em agosto, de 2,07% e 15,16%, respectivamente. A divergência de 13 pontos porcentuais entre os índices de agosto revela a complexidade que as entidades enfrentam para calcular o preço médio das passagens e as diferentes metodologias adotadas por cada uma – é também sobre a metodologia adotada que o Ministério da Justiça questionou a Abear.

A divergência no acumulado de junho a setembro dos índices de passagem aérea da FGV e do IBGE chega a 19 pontos porcentuais, enquanto, no mesmo período, os índices de preço geral das entidades se diferem em 0,54 ponto porcentual.

Só lazer …Leia na íntegra

Escassez de chuva no mês de setembro gera o aumento da energia mais uma vez

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 01 out 2017

Tags:, ,

r7.com

Com o início do mês de outubro, a conta de luz ficará mais cara. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) mudou a bandeira tarifária das contas de luz, que passou a ser a vermelha patamar 2. A tarifa é a mais cara do modelo e representa a cobrança de taxa extra de R$ 3,50 a cada 100 Quilowatt-hora (kWh) consumidos.

Em setembro, a bandeira tarifária das contas de luz foi a amarela, com taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh de energia consumidos. A tarifa extra mais alta a partir deste mês se deve à necessidade de operar mais usinas térmicas, cujo custo de produção da energia é mais alto que a da produzida nas hidrelétricas. A mudança foi anunciada pela Aneel na última sexta-feira (29)

É a primeira vez que o patamar 2 é acionado, desde que a bandeira vermelha passou a contar com duas graduações, em janeiro de 2016. A decisão foi tomada devido à baixa vazão das hidrelétricas, porque as chuvas em setembro ficaram abaixo da média. Segundo o relatório do PMO (Programa Mensal de Operação) do ONS (Operador Nacional do Sistema), a situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas alcançou níveis preocupantes.

A agência reguladora aponta que ainda não há risco de desabastecimento de energia, mas alerta para a importância de os consumidores intensificarem o uso consciente e combater o desperdício de energia elétrica.

O que fazer para economizar

Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos; não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado; evitar deixar a porta da geladeira aberta sem necessidade ou colocar alimentos quentes nela; retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências e utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo são ações que podem contribuir para evitar o desperdício e também o peso das mudanças no bolso.

Gasolina volta a subir

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 30 set 2017

Tags:,

Da Redação

O preço cobrado ao consumidor pelo litro de gasolina voltou a subir nesta semana, segundo informações divulgadas pela Agência Nacional do Petróleo nesta sexta-feira (29). Esta foi a sétima vez seguida que o preço do combustível registrou alta neste ano.

De acordo com os dados que o “G1” teve acesso, o valor médio por litro passou de R$ 3,879 para R$ 3,884, um aumento de 0,12%. Por outro lado, a Petrobras reduziu os preços em 1,45% nas refinarias nesta semana, mas o repasse fica a critério dos postos. Em Conquista o valor médio por litro é de R$4,00

O preço do diesel também subiu nesta semana. A alta foi de 0,75%, de R$ 3,177 por litro, em média, para R$ 3,201. O valor do combustível foi reajustado nas refinarias em 2,21%. A alta do etanol foi de 0,49%, saindo de R$ 2,624 por litro para R$ 2,637.

Botijão de gás de cozinha fica 12,2% mais caro a partir de amanhã

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 05 set 2017

Tags:,

Da Redação


A Petrobras anunciou nesta terça (5) reajuste de 12,2% para o gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial, o chamado gás de cozinha, vendido em botijões de até 13 quilos. O aumento foi decidido pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da empresa. A Petrobras reajustou também os preços de venda às distribuidoras do GLP destinado aos usos industrial e comercial. Os novos valores passam a valer nesta quarta (6).

Segundo a Petrobras, o Gemp considerou para efeito de ajustes nos preços do gás para uso residencial o cenário externo de estoques baixos, além dos reflexos de eventos climáticos, como o furacão Harvey, na maior região exportadora mundial do produto, que é a cidade de Houston, no Texas, Estados Unidos, cujos terminais permanecem fora de operação, o que afeta o mercado internacional. Com a menor disponibilidade de gás, os mercados consumidores, inclusive o brasileiro, sofreram aumento de preço.

A estatal afirmou, entretanto, que o reajuste aplicado “não repassa integralmente a variação de preços do mercado internacional”. O Gemp fará nova avaliação do comportamento do mercado no próximo dia 21.

Consumidores sentem no bolso o aumento dos tributos sobre combustíveis

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 25 jul 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Após a Petrobras anunciar, na última semana, o aumento dos impostos que incidem sobre o preço da gasolina, consumidores já sentem no bolso o impacto do reajuste. O preço da gasolina foi afetado pelo anúncio, feito pelo governo federal na última quinta (20), de que iria aumentar a cobrança de PIS/Cofins sobre combustíveis.

Logo depois do anúncio, alguns postos de combustíveis de Vitória da Conquista já aumentara o preço do combustível. O valor cobrado em alguns estabelecimentos de Vitória da Conquistajá ultrapassa os R$ 4,00.

Juiz do DF manda suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

Nesta terça (25), porém, o juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, determinou a suspensão imediata do decreto publicado na semana passada pelo governo e que elevou a alíquota de PIS/Cofins que incide sobre a gasolina, o diesel e o etanol.

A decisão liminar vale para todo o país e atendeu a pedido feito em uma ação popular, movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs. Apesar de determinar a suspensão imediata do decreto, tecnicamente a decisão só vale quando o governo for notificado. A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que vai recorrer da decisão assim que for notificada.

Veja quanto pode ser a aposentadoria em 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 jul 2017

Tags:, , ,

Fernanda Brigatti
do Agora

As aposentadorias e pensões do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) no valor do salário mínimo devem ser reajustadas em apenas R$ 42 no ano que vem, por conta da inflação baixa e do encolhimento da economia do país, segundo o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), em discussão na Comissão Mista de Orçamento, que pode ser votado hoje.

De R$ 937, neste ano, o piso dos pagamentos deve subir para R$ 979, um aumento de 4,48%.

Com o mesmo índice de reajuste, o teto de benefícios do INSS, que é o valor máximo pago pela Previdência, passaria dos atuais R$ 5.531,31 para R$ 5.779,11 em 2018.

O aumento anual do salário mínimo e dos benefícios do INSS nesse valor é diferente e tem como base a inflação do ano anterior mais o PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes.

Portanto, para o aumento em 2018, serão considerados o crescimento do país em 2016 e a inflação deste ano.

Prefeito assina decreto que reajusta o valor do auxílio-alimentação

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 23 jun 2017

Tags:, , ,

Prefeitura / Ascom

O prefeito Herzem Gusmão assinou, na tarde dessa quinta-feira, 22, o decreto que reajusta em 25% o valor do auxílio-alimentação para os servidores públicos municipais. Com o decreto, servidores com carga horária de 40 horas semanais receberão R$ 250,00. Para os servidores de 30 e 25 horas, os valores passarão a ser de R$ 135,00 e R$ 125,00, respectivamente.

Para o prefeito Herzem Gusmão esse é um ganho real e sinaliza um novo momento de valorização dos servidores municipais e de uma relação baseada na responsabilidade, transparência e diálogo. “O governo é muito sensível às demandas dos servidores. Sempre estivemos atentos aos seus interesses, e o exemplo disso é este reajuste no auxílio alimentação. Mas também vamos avançar com outros projetos, como o plano de saúde e o programa de moradia. Acreditamos que com estas ações, dentro da legalidade, vamos construir um governo voltado para o bem dos servidores.”

O pagamento do auxílio alimentação com os valores reajustados será retroativo ao dia 1º de maio de 2017.

Plano de saúde familiar vai subir até 13,55%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 maio 2017

Tags:,

Janaína Ribeiro
do Agora

Os planos de saúde individuais e familiares terão reajuste de até 13,55%, mais do que o triplo da inflação registrada nos últimos 12 meses até abril, que ficou em 4,08%, segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

O aumento definido pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) vale apenas para os planos contratados após janeiro de 1999 ou adaptados à lei 9.656, de 1998, e atingirá o contrato de 8,2 milhões de beneficiários no país.

O número representa 17,2% do total de 47,5 milhões de consumidores de planos de assistência médica no país em contratos firmados a partir de 1999.

Gastos de planos com hospitais sobem 20%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 19 maio 2017

Tags:, ,



Vanessa Sarzedas
do Agora

Os custos dos planos de saúde individuais e familiares com exames, consultas e internações hospitalares subiram entre 18% e 20% no ano passado, segundo o IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar).

Chamada de custo médico-hospitalar, essa variação é uma das referências usadas pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) para definir o reajuste anual dos convênios médicos, juntamente com as variações de custos dos planos coletivos empresariais.

A decisão sobre o reajuste deve ser anunciada pela agência nos próximos dias.

Contas de luz na Bahia ficarão mais caras

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 18 abr 2017

Tags:, ,

Da Redação


As contas de energia elétrica dos baianos irão ficar mais caras a partir do dia 22 de abril. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste médio de 3% nas tarifas da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba).

Para consumidores conectados à alta tensão, o aumento será de 3,50%, e para a baixa tensão, a alta será de 2,77%. Ao todo, 5,8 milhões de unidades consumidoras serão afetadas pelo aumento da tarifa na Bahia.

Medicamentos ficam cerca de 5% mais caros

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 02 abr 2017

Tags:, ,

da Redação
Conteúdo Marco Antonio Jr / A Tarde (SP)

O reajuste começa a valer neste fim de semana - Foto: Carlos Severo | Fotos Públicas | Divulgação
O reajuste começa a valer neste fim de semana
Carlos Severo | Fotos Públicas | Divulgação

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) anunciou nesta sexta-feira, 31, um reajuste de até 4,76% no preço dos remédios. Com o anúncio, os distribuidores e varejistas de todo o país devem repassar os novos preços ao consumidor já a partir deste final de semana.

Apesar do aumento de quase 5%, a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) destaca que a média dos reajustes está abaixo da inflação, bem como nos últimos 12 anos, com exceção de 2016. No ano passado, o aumento foi considerável, de 12,5%, quase o dobro da inflação (6,29%).

O problema foi a crise do setor, em consequência da recessão econômica, e o aumento de preços dos insumos, dos transportes e de itens que são importados e acompanham a variação do dólar. Ainda assim, entre 2005 e 2016, o crescimento percentual do valor dos remédios foi até 77%, abaixo da variação de 103% do IPCA no mesmo período.

O presidente da Interfarma, Antônio Brito, explica que reajustes serão feitos em três áreas: remédios produzidos em um mercado concentrado e produtos com média e alta concorrência. Desta forma, o aumento de preços variará entre 1,63% e 5%, tendo a média de 3,4%, diferente de outros anos, que tiveram um valor fixo.   “O reajuste não é totalmente aplicado, na prática, porque a concorrência de mercado resulta em descontos expressivos nas vendas em farmácias. E existem descontos obrigatórios para o governo, além de abatimentos negociados”, diz o presidente em nota oficial.

Em uma pesquisa realizada pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (Ifepec), foi constatado que a maioria dos consumidores (97%) prioriza o preço na hora da compra de medicamentos. Os resultados ainda indicam que 45% trocam os produtos de marcas caras por genéricos de menor preço.

Como economizar …Leia na íntegra

Vitória da Conquista receberá mais recursos para merenda escolar em 2017

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 10 fev 2017

Tags:, , , ,

da Redação

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil
Os valores repassados pelo Governo Federal para Vitória da Conquista terão um reajuste de 13%

Em Brasília, nesta última 4ª feira (8), o secretário de Educação, Marcelo Melo, representou  o prefeito Herzem Gusmão (PMDB), na cerimônia de anúncio de recursos para Merenda Escolar. A cerimônia que reuniu representantes de prefeituras de todo Brasil foi realizada no Palácio do Planalto.

No evento o presidente Michel Temer e o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciaram a liberação de mais R$ 465 milhões para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Serão  41 milhões de estudantes de escolas públicas em todo o País que serão beneficiados.

Para cidades de até até 500 mil habitantes, a exemplo de Vitória da Conquista, o  novo repasse será de R$ 2.835.184, o que representa um reajuste é de 13%.

Marcelo Melo, entusiasmado com o que viu declarou: “O aumento veio em boa hora. Sabemos que uma boa alimentação é fundamental para o aprendizado dos nossos alunos e esse repasse vai ser essencial para que possamos atender as demandas da merenda escolar no nosso município”, destacou.

 

 

Benefícios do INSS são reajustados em 6,58% e teto sobe para R$ 5.531,31

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 16 jan 2017

Tags:, ,

Os benefícios pagos pelo INSS serão reajustados em 6,58% em 2017 e terão teto de R$ 5.531,31. O aumento foi definido pelo INPC de 2016, como prevê a legislação, e publicado em portaria no Diário Oficial desta segunda-feira (16). O porcentual de alta ficou acima do salário mínimo, que obedece outra regra e teve reajuste de 6,48%.

O salário mínimo é o piso para o pagamento dos benefícios, como aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte. A portaria publicada pelo Ministério da Fazenda prevê que, desde 1º de janeiro deste ano, as contribuições ao INSS tenham alíquota de 8% para quem ganha salário até R$ 1.659,38. Para remunerações entre R$ 1.659,39 e 2.765,66, a alíquota será de 9% e, entre 2.765,67 e 5.531,31, de 11%.

O valor da cota do salário-família por filho de até 14 anos de idade ou inválido de qualquer idade foi definido em R$ 44,09 para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 859,88; e R$ 31,07 para o segurado com remuneração mensal entre R$ 859,88 e R$ 1.292,43. O auxílio-reclusão será pago a dependentes de segurado com salário abaixo de R$ 1.292,43. Também foram reajustados os valores das multas cobradas por descumprimento de obrigações previdenciárias, que vai variar de R$ 300,49 a R$ 30.050,76.

*Com informações do Bahia Notícias