Confira o horário dos bancos nos dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 13 jun 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Exame/reprodução do site da CDL

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o funcionamento das agências dependerá do horário dos jogos. Veja como devem funcionar

Copa do Mundo de futebol começa na quinta-feira (14) no estádio de Luzhniki, em Moscou, e vai até o dia 15 de julho, período em que o Brasil deve parar por alguns dias para acompanhar a seleção canarinho tentar seu hexacampeonato.

Por isso, o brasileiro precisa ficar de olho nos horários das agências bancárias em dias de jogo do Brasil — que estreia no mundial em 17 de junho, contra a Suíça. Pelo fuso horário, muitos jogos serão transmitidos pela manhã, mas alguns também começarão às 15 horas.

Pela Circular 3.897, emitida pelo Banco Central no início de maio, buscando “maior segurança das agências, usuários e transporte de valores”, foram recomendadas algumas mudanças de expediente.

Segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os cenários serão os seguintes, sempre tendo como referência o horário de Brasília:

— Em dias de jogos marcados para as 9h, o atendimento ao público nas agências bancárias do interior, capital e regiões metropolitanas será das 13h às 17h;

— Já nos dias de jogos às 11h, o atendimento ao público nas agências do interior, da capital e regiões metropolitanas será feito das 8h30 às 10h30 e das 14h00 às 16h00;

— Quando os jogos estiverem marcados para o horário das 15h, o atendimento ao público será realizado das 9h00 às 13h00.

Agências devem afixar avisos com 48h de antecedência

Ainda de acordo com a Febraban, os bancos deverão deixar bem claras as informações ao público, afixando em suas dependências aviso sobre o horário diferenciado de atendimento nos dias de jogos da seleção brasileira, com antecedência de pelo menos 48 horas.

Pagamento de contas

No caso de pagamento de contas, a entidade lembra que além das agências, os bancos oferecem aos clientes opções como os caixas eletrônicos, internet banking, aplicativo do banco no celular e atendimento por telefone, canais que facilitam essas e outras transações bancárias. Vale a pena verificar, junto ao seu banco, qual o procedimento para cadastrar sua senha e utilizar todos os serviços disponibilizados.

Bancos funcionarão em horário especial durante os dias de jogos do Brasil na Copa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 jun 2018

Tags:,

Da Redação


A Copa do Mundo de futebol começa na quinta-feira (14) no estádio de Luzhniki, em Moscou, e vai até o dia 15 de julho, período em que o Brasil deve parar por alguns dias para acompanhar a seleção canarinho tentar seu hexacampeonato. Por conta disso, nos dias de jogos os bancos funcionarão em horário diferenciado.

Pelo fuso horário, muitos jogos serão transmitidos pela manhã, mas alguns também começarão às 15 horas. Segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os cenários serão os seguintes, sempre tendo como referência o horário de Brasília:

— Em dias de jogos marcados para as 9 horas, o atendimento ao público nas agências bancárias do interior, capital e regiões metropolitanas será das 13 às 17 horas;

— Já nos dias de jogos às 11 horas, o atendimento ao público nas agências do interior, da capital e regiões metropolitanas será feito das 8h30 às 10h30 e das 14 às 16 horas;

— Quando os jogos estiverem marcados para o horário das 15 horas, o atendimento ao público será realizado das 9 às 13 horas.

Bancos liberarão senha de acesso ao Meu INSS

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 abr 2018

Tags:, ,

Clayton Castelani e Leda Antunes
do Agora

A senha de acesso aos serviços oferecidos no portal Meu INSS poderá ser cadastrada na rede bancária.

A opção já começou a ser disponibilizada por alguns bancos e, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), deve ser oferecida por todos a partir de 2 de maio.

Itaú e Banco do Brasil informaram que o cadastro da senha já está disponível no no banco, pela internet.

O Bradesco oferecerá o serviço ainda neste mês, na segunda quinzena.

Caixa e Santander também terão essa opção, mas não divulgaram data.

A vantagem da novidade é facilitar o acesso ao portal que concentra uma série de serviços úteis aos beneficiários e segurados do INSS.

Saque acima de R$ 50 mil deve ser informado com 3 dias úteis de antecedência

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 29 dez 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Brasil/CDL (Conteúdo)

As medidas contribuem para aprimorar as políticas oficiais de combate à corrupção e à lavagem de dinheiro e, ao mesmo tempo, darão mais segurança aos clientes na realização das operações

A partir de hoje (27), o cliente bancário que precisar sacar na boca do caixa valor igual ou acima de R$ 50 mil deverá informar a operação com, no mínimo, três dias úteis de antecedência. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), também será preciso fornecer dados adicionais sobre a transação, como os motivos do saque e a identificação dos beneficiários.

De acordo com a entidade, a medida foi determinada pelo Banco Central (BC) para aumentar o controle sobre movimentações financeiras de alto valor em espécie. Até então, a comunicação prévia ao banco era exigida apenas com um dia útil de antecedência e para valor igual ou acima de R$ 100 mil. As exigências constam na Circular 3.839 do BC, publicada em 30 de junho, e que tinha prazo de 180 dias para entrada em vigor.

O formulário para a comunicação prévia pode ser preenchido por meio eletrônico nos portais dos bancos ou nas agências bancárias. As informações fornecidas pelos clientes serão automaticamente encaminhadas ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Em 2017, segundo a Febraban, o sistema financeiro fez mais de 1 milhão de comunicações de operações em espécie.

Para a entidade, as medidas contribuem para aprimorar as políticas oficiais de combate à corrupção e à lavagem de dinheiro e, ao mesmo tempo, darão mais segurança aos clientes na realização das operações. Entretanto, a Febraban orienta os clientes que deem preferência aos canais eletrônicos para transferências e outras transações.

A mudança nas regras de saques em dinheiro faz parte das ações desenvolvidas na Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla). Segundo a Febraban, a instância foi criada em 2003 para articular a ação de entidades públicas e da sociedade civil na prevenção e combate à corrupção e à lavagem de dinheiro.

Bancos funcionam até esta quinta feira (28)

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 27 dez 2017

Tags:,

Da Redação


As agências bancárias de todo país não vão funcionar na próxima sexta-feira (29). De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em 2017, os bancos atenderão os clientes até esta quinta (28).

Conforme a Febraban, na sexta os bancos estarão funcionando apenas para serviços internos. Em 2018, as agências reabrirão na terça-feira, dia 2 de janeiro.

Com o horário de verão, bancos começam a funcionar uma hora mais cedo

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 16 out 2017

Tags:,

Da Redação
foto: Arquivo BRG


Começou na madrugada do último domingo (15) o Horário de Verão. Apesar do estado da Bahia não participar da ação, as vidas dos baianos sofrem algumas mudanças. A principal delas se refere ao horário de funcionamento de agências bancárias e serviços de casas lotéricas.

Nas cidades do interior, como Vitória da Conquista, os bancos passaram a abrir uma hora mais cedo nesta segunda (16). E também fecharam um hora mais cedo. Ou seja, as agências bancárias funcionarão, até o dia 18 de fevereiro, quando termina o Horário de Verão, das 9h30 às 14h30.

Os apostadores que vão às casas lotéricas também devem ficar atentos, pois o serviço segue o horário de Brasília e deve ser feito agora  até as 18 horas.

Boletos de menos de R$ 2 mil poderão ser pagos em qualquer banco a partir de 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 10 out 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Época Negócios – CDL (Conteúdo)

Cerca de 4 bilhões de boletos vão trafegar pelo sistema em um ano

A regra que permite boletos vencidos com valores abaixo de R$ 2 mil serem pagos em qualquer banco passará a valer só a partir de 2018.

A Nova Plataforma de Cobrança, criada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e pelas instituições financeiras, está em operação desde julho, quando passou a processar boletos acima de R$ 50 mil. Em setembro, foram incorporados todos os pagamentos iguais ou superiores a R$ 2 mil.

Pelo cronograma divulgado anteriormente, a partir desta segunda-feira (9), a regra passaria a valer para os boletos de R$ 500 ou mais. Em novembro seria a vez dos boletos a partir de R$ 200 e, a partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passariam a ser aceitos em qualquer banco. Por enquanto a regra só vale para valores iguais ou superiores a R$ 2 mil.

Segundo a Febraban, o calendário, que está sendo feito de forma escalonada, foi revisto em função do volume elevado de documentos que irão trafegar pelo novo sistema – cerca de 4 bilhões de boletos por ano.

A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação.

Pagamento de boletos vencidos em qualquer banco já vale desde ontem

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 11 jul 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Brasil / CDL / Conteúdo

Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil

A partir de segunda-feira (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começará a adotar, de forma escalonada, uma plataforma de cobrança que permite a quitação de boletos em atraso em qualquer agência bancária.

Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil. O valor mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 9 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. A partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco.

A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação.

Conforme as datas de adoção da nova plataforma e as faixas de valores, os bancos deixarão de aceitar boletos sem o CPF ou o CNPJ do pagador. Os clientes sem esses dados serão contatados pelos bancos para refazerem os boletos.

De acordo com a Febraban, o atual sistema de cobrança funciona há mais de 20 anos e precisava ser atualizado. A previsão inicial era que o novo sistema entrasse em vigor em março para valores acima de R$ 50 mil, mas teve que ser adiada para este mês. Segundo a Febraban, o adiamento foi necessário para garantir a alimentação da plataforma de cobrança por todas as instituições financeiras.

De acordo com a entidade, a nova plataforma passará a funcionar em etapas por causa do grande volume de boletos bancários no sistema financeiro. Todos os anos são emitidos, em média, 3,5 bilhões de documentos do tipo no país.

Pagamento de boletos vencidos em qualquer banco começa nesta segunda

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 08 jul 2017

Tags:, ,

Da Redação

A partir de segunda-feira (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil.

O valor mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 9 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. A partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco.

A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação.

Bancários de Conquista aderem à paralisação nacional nesta sexta (31)

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 31 mar 2017

Tags:, ,

da Redação

Conteúdo Ascom / Bancário

Em Assembleia Extraordinária realizada na noite desta quinta-feira (30, bancários e bancárias de Vitória da Conquista aprovaram a participação no ato nacional contra as reformas trabalhista e da Previdência que acontecerá sexta-feira, dia 31. Por maioria dos votos, os trabalhadores decidiram pela adesão ao movimento contra os últimos ataques governistas, assim, aceitando a convocação para uma paralisação amanhã até o meio-dia.

“Esta mobilização faz parte da construção de um ato de resistência contra os ataques que nós, trabalhadores, estamos sofrendo por parte dos setores conservadores. E estamos falando de direitos que alcançamos através de muitas lutas históricas. Agora, que votamos e discutimos a participação da nossa categoria no movimento contrário a estas reformas, é fundamental nosso empenho nesta luta”, afirma Paulo Barrocas, presidente do SEEB/VCR.

Além da paralisação, a categoria bancária participará de uma mobilização construída junto a outras classes trabalhistas e diversos movimentos sociais da região na Praça 09 de Novembro, no Centro de Vitória da Conquista, a partir das 08h30.

Conquista retorna a rotina nesta 4ª feira de cinzas

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 01 mar 2017

Tags:, , , ,

da Redação
Foto: Hora Brasil

A cidade de Vitória da Conquista vai retornando as atividades comerciais e empresariais nesta quarta-feira de cinzas. Durante o dia, paulatinamente, a cidade que sofreu uma desaceleração nos dias de Carnaval, retornará por etapa a vida normal.

Na Prefeitura o expediente ao público será iniciado às 13 horas. Demais repartições públicas do Estado e Federação também retornarão as atividades na tarde de hoje.

Ao meio dia os bancos oficiais e privados retomarão o expediente bancário que vai até às 15:30. Já o comércio está funcionando normalmente desde às 8 horas desta quarta-feira.

Boletos bancários vencidos poderão ser pagos em qualquer banco a partir de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 24 jan 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Boletos bancários que tenham passado da data de vencimento poderão ser pagos em qualquer banco a partir de março. A medida será implantada de forma escalonada. Primeiro, valerá para os boletos de maior valor. Depois, para os de menor valor, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A ação será possível devido a um novo sistema de liquidação e compensação para os boletos bancários criado pela Febraban em parceria com a rede bancária. O novo mecanismo deve ainda reduzir inconsistências de dados, evitar pagamento em duplicidade e permitir a identificação do CPF do pagador, facilitando o rastreamento de pagamentos e coibindo fraudes.

Segundo a Febraban, no país, são pagos cerca de 3,5 bilhões de boletos bancários de venda de produtos ou serviços. Todas as informações que obrigatoriamente devem constar no boleto (CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, nome e número do CPF ou CNPJ do pagador) vão continuar, além da permanência de um código de barras.

Quando o consumidor, seja pessoa física ou empresa, fizer o pagamento de um boleto vencido, será feita uma consulta ao novo sistema para checar as informações. “Se os dados do boleto que estiver sendo pago coincidirem com aqueles que constam no sistema, a operação é validada. Se houver divergência de informações, o pagamento do boleto não será autorizado e o consumidor poderá fazer o pagamento exclusivamente no banco que emitiu a cobrança, uma vez que essa instituição terá condições de fazer as checagens necessárias”, informou a Febraban.

*Com informações da Agência Brasil

Greve dos bancários completa 26 dias sem previsão de acordo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 out 2016

Tags:,

Da Redação

sindicato
Neste sábado (1º), a greve nacional dos bancários completa 26 dias. Em todo o país, 13.358 agências tiveram suas atividades paralisadas, o que corresponde 57% do total, além de 34 centros administrativos. A paralisação não tem data para terminar, pois não há nenhuma previsão de nova reunião de negociação com os representantes dos bancos.

A greve deste ano já é considerada uma das greves mais longas da história da categoria. Na última quarta-feira (27), os bancários recusaram proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Em nota, a entidade patronal disse que ofereceu reajuste de 7% nos salários e benefícios, abono de R$ 3,5 mil e propôs que a negociação de 2016 tenha duração de dois anos, com garantia de reajuste da inflação e ganho real de 0,5% em 2017.

Os bancários consideraram a oferta insuficiente. A categoria reivindica reposição da inflação (9,62%) mais 5% de aumento real; piso salarial de R$ 3.940,24; melhores condições de trabalho e fim das demissões, mais contratações, fim da rotatividade e combate às terceirizações, entre outras demandas.

Com 24 dias de greve, bancários fazem uma das paralisações mais longas desde 2014

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 29 set 2016

Tags:, ,

Da Redação

sindicato
Mais uma rodada de negociação entre bancários e bancos terminou sem acordo. Nessa terça-feira (28), o comando da greve nacional rejeitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que ampliaria a oferta de abono para R$ 3,5 mil, com mais 7% de reajuste, extensivo aos benefícios.

Com a recusa, nesta quinta-feira (29), a greve entra no 24º dia. Assim, o movimento grevista se tornou o segundo mais longo desde 2004, quando a paralisação chegou a 30 dias.

Em nota, a Fenaban disse que a proposta para 2016 “garante aumento real para os rendimentos da grande maioria dos bancários e é apresentada como uma fórmula de transição, de um período de inflação alta para patamares bem mais baixos”.

Por sua vez, os sindicatos alegaram que a oferta não cobria a inflação do período e representa uma perda de 2,39% para o bolso de cada bancário. Os bancários querem reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial – no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) -, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho.

 

Negociação entre bancários e os bancos retorna nesta quarta-feira (28)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 28 set 2016

Tags:, ,

Por Erick Reis (Ascom)

bancos

Na tarde desta terça-feira (27), a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) voltou à mesa de negociação com o Comando Nacional de Greve. Os representantes da Fenaban apresentaram uma proposta de novo modelo de acordo, com validade de dois anos (2016 e 2017).

Como a proposição ainda não contempla pautas como emprego, saúde, vales, creche, piso, igualdade de oportunidades e segurança, o Comando indica que o movimento grevista continue forte em todo o país.

Um novo encontro entre os trabalhadores e os bancos acontece nesta quarta-feira (28), às 15h.

Neste 22º dia de greve, 13.449 agências e 36 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas em todo Brasil. O número representa 57,5% agências do país, um recorde para a categoria. Na base de Vitória da Conquista e região, 80% das agências estão sem funcionamento.

Greve dos bancários chega ao 18º dia sem acordo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 23 set 2016

Tags:,

Da Redação

sindicato
A greve dos bancários completou 18 dias nesta sexta-feira (23) sem que os trabalhadores e o bancos tenham chegado a qualquer acordo.  A greve teve início no dia seis de setembro, fechando 13.385 agências no Brasil.

Sem apresentação de uma nova proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), os bancários se reúnem na próxima segunda-feira (26) para definir os próximos passos da paralisação.

Os bancários querem reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial – no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) -, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho.

Bancários entram na 3ª semana de greve sem previsão de volta

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Brasil | Data: 19 set 2016

Tags:, , ,

Por Mateus Novais

sindicato
A greve nacional dos bancários entram na terceira semana. Na Bahia 951 agências estão fechadas, já na região de Vitória da Conquista são 70 unidades sem funcionamento.. O dado foi confirmado pelo Sindicato dos Bancários da Bahia, nesta segunda-feira(19), quando a greve chegou ao 14º dia.

De acordo com o sindicato, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) insiste na proposta de reajuste de 7%, índice abaixo da inflação, de 9,62%, mas a categoria reivindica 14,62%. Na última rodada que aconteceu na quinta-feira (15), os dois setores não chegaram em um acordo e as negociações foram suspensas.

Ainda conforme informações do Sindicato, outros pontos que motivam a paralisação são a garantia de emprego, já que somente neste ano, o setor cortou quase 8 mil postos de trabalho, e o abono salarial proposto pela Fenaban, de R$ 3,3 mil, que não incide nas férias, 13º salário, FGTS, vales e previdência.

Fenaban propõe reajuste de 7% e bancários devem continuar em greve

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 09 set 2016

Tags:, ,

Da Redação

14192004_1611382129154482_4854948734284616541_n
Na manhã desta sexta-feira (9), a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) se reuniu com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) para mais uma rodada de negociação do reajuste salarial dos bancários. A Fenaban propôs um novo reajuste de 7%, mas não foi aceito pelo Sindicato, que afirmou que as negociações devem continuar.

Foi proposto ainda aumento de 7% na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche, além de abono de R$ 3,3 mil. No entanto, a categoria quer reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial – no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) -, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho.

Com isso, a greve dos bancários, que chegou ao seu quarto dia, continua. A última paralisação da categoria ocorreu em outubro do ano passado e teve duração de 21 dias, com agências de bancos públicos e privados fechadas em 24 estados e do Distrito Federal.

Bancários de Vitória da Conquista aderem à paralisação nacional

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 set 2016

Tags:,

por Mateus Novais

sindicatoFoto: Sindicato dos Bancários

Nesta terça-feira (6), os bancários iniciaram uma greve por tempo indeterminado. A paralisação é nacional e foi deflagrada após a rejeição da proposta de reajuste salarial de 6,5%, feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Em Vitória da Conquista e nas outras 44 cidades da região, neste primeiro dia de greve, quase 80% das agências tiveram suas atividades suspensas. Para o presidente do Sindicato dos Bancários, é importante que toda a categoria esteja mobilizada, pois, só assim as reivindicações podem ser atendidas pelos banqueiros. “A greve é nossa maior arma diante do descaso dos bancos em relação à nossa pauta. Precisamos muito da compreensão e do apoio de toda a população neste momento de luta, pois estamos em busca de melhorias não só para nós, bancários, mas, para toda a sociedade”, salienta.

Os trabalhadores reivindicam, além do reajuste salarial, melhores condições de trabalho, como investimentos em segurança, novas contratações de empregados, redução das demissões, redução de juros e tarifas, combate ao assédio moral e à terceirização.

Saiba como evitar transtornos durante a greve nos bancos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 05 set 2016

Tags:, , ,

Da Redação

greve bancáriosCom a confirmação da greve dos bancários por todo o Brasil, a partir desta terça (6), alguns serviços bancários serão suspensos, assim, o consumidor deve ficar atento a algumas medidas que poderão evitar alguns transtornos. Aqueles que precisam pagar contas, pegar empréstimos, fazer transferências, devem buscar formas alternativas durante a greve.

A legislação garante aos clientes bancários, a continuidade de serviços essenciais. Assim, um dos primeiros passos para quem precisa ir ao banco resolver alguma eventualidade, é ligar para a agência e buscar saber se este aderiu à greve. No caso dos saques, sendo a resposta positiva, o usuário deverá entrar em contato com o banco e descobrir qual a agência mais próxima para atendê-lo. Isso também vale para quem tem dinheiro à receber da “boca do caixa”. Os valores menores poderão ser sacados nos caixas eletrônicos.

Durante o período de greve, o consumidor também poderá efetuar pagamentos de serviços públicos, como as contas de luz, de água e telefone nas casas lotéricas ou em supermercados. Também é possível realizar os pagamentos por telefone, internet, ou nos terminais eletrônicos, mas é importante sempre solicitar algum documento ou comprovante de pagamento após realizá-lo.

Se não for possível efetuar o pagamento destas formas, o consumidor deverá entrar em contato com o fornecedor para checar outras maneiras de quitar o débito, ou se a data de vencimento pode ser prorrogada. E atenção, por conta da greve não ser de responsabilidade do consumidor, e nem do fornecedor, não poderão, durante o período de paralisação na atividade dos bancários, serem impostas penalidades como multas e juros, caso haja atraso de pagamentos.

*Com informações do Tribuna da Bahia