Bolsonaro quer subir idade mínima do INSS em dois anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 05 dez 2018

Tags:, ,

 

Folha de S.Paulo e UOL

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou ontem que deverá enviar uma proposta de reforma da Previdência fatiada ao Congresso.

O objetivo é começar as alterações nas aposentadorias pela criação da idade mínima.

A ideia, disse Bolsonaro, é “aumentar a idade mínima em dois anos para todo mundo”, mantendo a diferença para homens e mulheres.

Mas Bolsonaro não esclareceu de qual patamar partiria esse aumento.

A proposta atual, que está parada no Congresso, propõe idades de 62 anos, para mulheres, e de 65, para homens.

“Não podemos deixar o Brasil virar a Grécia. Partidos falaram que estão dispostos a votar ‘sim'”, disse.

Bolsonaro admite reforma da Previdência para 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 13 nov 2018

Tags:, ,

da Folha de São Paulo

Folha de S.Paulo

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem que dificilmente conseguirá aprovar algo da reforma da Previdência ainda neste ano.

Na mesma linha, o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que a tendência é que a aprovação fique para o ano que vem.

No Rio de Janeiro, Bolsonaro disse que o tema é complicado e que a reforma para o setor público deve ser discutida primeiro.

“Sabemos que a previdência realmente é complicada, é o que mais pesa, tem aposentadorias que são acima do teto, tem privilégios. Tem que começar com a previdência pública”, disse.

“É complicado, mas você tem que ter o coração nessa reforma também, não é apenas números.”

Bolsonaro liga para Silvio Santos; participa do Teleton, e ouve previsão que ele governará 8 anos e Sergio Moro, mais 8

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 11 nov 2018

Tags:, ,

da Redação

Ao participar ao vivo do programa do Silvio Santos no SBT, o presidente eleito Jair Bolsonaro, confessou ser fã do apresentador  e fez previsão futura na política Nacional: “O Brasil vai ter 16 anos de homens com vontade de fazer o Brasil caminhar. Pode ser que isso não aconteça, mas se defender da minha vontade e das pessoas que querem ver o Brasil pra frente, 8 anos com Bolsonaro e 8 com o Moro – vai ter 16 anos e um bom caminho”.

Veja o vídeo:

 

Em igreja Batista, Bolsonaro chora e diz atribuir vitória a Deus

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 05 nov 2018

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Agora SP

O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), assistiu na manhã deste domingo (4), a um culto evangélico no Rio de Janeiro.

Bolsonaro permaneceu em todo culto com duração de aproximadamente duas horas, ao lado de sua esposa  Michelle Bolsonaro.

O presidente foi tomado por grande emoção, e chorou ao declarar que atribuiu a sua vitória a Deus.  Se ajoelhou no púlpito durante oração e fez um rápido discurso de agradecimento.

Os cristão sempre invocam a Bíblia na afirmação: Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor.

 

Bolsonaro quer aprovar em 2018 reforma da Previdência

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 30 out 2018

Tags:, ,

 

Cristiane Gercina e Folha de S.Paulo
do Agora

Em uma série de entrevistas à imprensa exibidas por emissoras de TV ontem, um dia após vencer e eleição presidencial, Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que vai conversar com Michel Temer (MDB), atual ocupante do posto, para tentar aprovar “ao menos parte” da reforma da Previdência ainda em 2018, antes de assumir o cargo.

A primeira entrevista foi exibida pela TV Record. Poucos depois Band, SBT e Globo também transmitiram conversas com o presidente eleito.

“Semana que vem estaremos em Brasília e tentaremos junto ao atual governo de Michel Temer aprovar alguma coisa. Senão toda a reforma da Previdência, ao menos parte, para evitar problemas para um futuro governo”, disse à Record.

A declaração contradiz a postura adotada por sua equipe a respeito da proposta de reforma previdenciária proposta pelo governo Temer.

O coordenador político da campanha do PSL, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), já havia declarado no início de outubro que o assunto só seria discutido depois da posse, e não na transição.

Discurso: Bolsonaro tem as bençãos de Deus para governar o Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 29 out 2018

Tags:, ,

da Redação

Bolsonaro cita a Bíblia e garante respeito a Constituição. Salve o Brasil!!! 

O novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, eleito neste domingo, com 55,14% dos votos válidos, com uma frente de mais de 10 milhões de votos, falou ao povo brasileiro, e deixou uma mensagem de fé em Deus, de esperança e de respeito a Constituição do País.

Leia a íntegra do discurso de Bolsonaro:

“Conhecereis a verdade e a verdade os libertará. Nunca estive sozinho, sempre senti a presença de Deus e a força do povo brasileiro, orações de homens, mulheres, crianças, famílias inteiras, que diante da ameaça de seguirmos por um caminho que não é o que os brasileiros desejam e merecem, colocaram o Brasil acima de tudo. Faço de vocês minhas testemunhas de que esse governo será um defensor da Constituição, da democracia e da liberdade. Isso é uma promessa não de um partido não é a palavra de homem, é um juramento a Deus. A verdade vai liberar esse grande país e vai nos transformar em uma grande nação. A verdade foi o farol que nos guiou até aqui e vai seguir iluminando nosso caminho.

O que ocorreu hoje nas urnas não foi a vitória de um partido, mas a celebração de um país pela liberdade. O compromisso que assumimos com os brasileiros foi de fazer um governo decente, comprometido exclusivamente com o país e o nosso povo e eu garanto que assim o será. Nosso governo será formado por pessoas que tenham o mesmo propósito de cada um que me ouve nesse momento, o propósito de transformar o Brasil em uma grande, livre e próspera nação. Podem ter certeza de que nós trabalharemos dia e noite para isso. Liberdade é um princípio fundamental. Liberdade de ir e vir, andar nas ruas em todos os lugares desse país, liberdade de empreender, liberdade política e religiosa, liberdade de fazer, formar e ter opinião, liberdade de escolhas e ser respeitado por elas. Esse é um país de todos nós, brasileiros natos ou de coração. Um Brasil de diversas opiniões, cores e orientações.

Como defensor da liberdade, vou guiar um governo que defenda, proteja os direitos do cidadão que cumpre seus deveres e respeita as leis. Elas são para todos, assim será o nosso governo constitucional e democrático: acredito na capacidade do povo brasileiro que trabalha de forma honesta, de que podemos juntos, governo e sociedade, construir um futuro melhor. Esse futuro de que falo e acredito passa por um governo que crie condições para que todos cresçam. Isso significa que o governo dará um passo atrás, reduzindo sua estrutura e a burocracia, cortando desperdícios e privilégios para que as pessoas possam dar muitos passos à frente. Nosso governo vai quebrar paradigmas, vamos confiar nas pessoas, vamos desburocratizar, simplificar, desburocratizar e permitir que o cidadão, o empreendedor, tenha menos dificuldades para criar e construir o seu futuro. Vamos desamarrar o Brasil. Outro paradigma que vamos quebrar: o governo respeitará de verdade a federação, as pessoas vivem nos municípios, portanto os recursos irão para os estados e municípios. colocaremos de pé a federação brasileira. Nesse sentido, repetimos que precisamos de mais Brasil e menos Brasília. Muito do que estamos fundando no presente trará conquistas no futuro. As sementes serão lançadas e regadas para que a prosperidade seja o desígnio dos brasileiros do presente e do futuro.

Esse não será um governo de resposta apenas às necessidades imediatas, as reformas que nos propomos são para criar um novo futuro para os brasileiros. E quando digo isso falo com uma mão voltada ao seringueiro no coração da selva amazônica e a outra para o empreendedor suando para criar e desenvolver sua empresa. Porque não existem brasileiros do sul e do norte, somos todos um só país, uma só nação, uma nação democrática.

O Estado democrático de direito tem como um dos seus pilares o direito à propriedade. Reafirmamos aqui o respeito e a defesa desse princípio constitucional e fundador das principais nações democráticas do mundo. Emprego, renda e equilíbrio fiscal é o nosso compromisso para ficarmos mais próximos de oportunidades e trabalho para todos. Quebraremos o ciclo vicioso do crescimento da dívida, substituindo-o pelo ciclo virtuoso de menores déficits, dívida decrescente e juros mais baixos. Isso estimulará os investimentos, o crescimento e a consequente geração de empregos. O déficit público primário precisa ser eliminado o mais rápido possível e convertido em superávit, esse é o nosso propósito.

Aos jovens, palavra do fundo do meu coração: vocês têm vivido um período de incerteza e estagnação econômica, vocês foram e estão sendo testados a provar sua capacidade de resistir. Prometo que isso vai mudar, essa é a nossa missão. Governaremos com os olhos nas futuras gerações e não na próxima eleição.

Libertaremos o Brasil e o Itamaraty das relações internacionais com viés ideológico a que fomos submetidos nos últimos anos. O Brasil deixará de estar apartado das nações mais desenvolvidas, buscaremos relações bilaterais com países que possam agregar valor econômico e tecnológico aos produtos brasileiros. Recuperaremos o respeito internacional pelo nosso amado Brasil. Durante a nossa caminhada de quatro anos pelo Brasil, uma frase se repetiu muitas vezes: ‘Bolsonaro, você é a nossa esperança’. Cada abraço, cada aperto de mão, cada palavra ou manifestação de estímulo que recebemos nessa caminhada fortaleceram o nosso propósito de colocar o Brasil no lugar que merece. Nesse projeto que construímos cabem todos aqueles que têm o mesmo objetivo que o nosso. Mesmo no momento mais difícil dessa caminhada, quando, por obra de Deus e da equipe médica de Juiz de Fora e do Albert Einstein, ganhei uma nossa certidão de nascimento, não perdemos a convicção de que juntos poderíamos chegar à vitória. É com essa mesma convicção que afirmo: ofereceremos a vocês um governo decente, que trabalhará verdadeiramente por todos os brasileiros. Somos um grande país e agora vamos, juntos, transformar esse país em uma grande nação, uma nação livre, democrática e próspera. Brasil acima de tudo e Deus acima de todos.”

Herzem comemora vitória de Jair Bolsonaro, eleito presidente do Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política, Vit. da Conquista | Data: 28 out 2018

Tags:, ,

da Redação

O deputado federal do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro, foi eleito neste domingo (28) de outubro de 2018, o novo presidente da República. Com 92% das urnas totalizadas, ele lidera a apuração com 55,63% dos votos válidos — seu adversário, Fernando Haddad (PT) tem 44,37%.

A vitória de Bolsonaro, foi muito bem recebida pelo prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), primeiro prefeito de uma grande cidade baiana, oposição ao PT,  a declarar apoio ao Capitão do Exército, ainda no 1º turno.

“Deus no comando! O novo presidente contará com as bençãos de Deus. O Brasil ora pelo sucesso do novo presidente. Glória a Deus pela vitória de Bolsonaro”, disse Herzem Gusmão a reportagem do BRG.

O novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em seu primeiro discurso como presidente eleito, colocou a Bíblia e a Constituição Federal, como norte das suas decisões no COMANDO do Brasil.

 

Deu no Blog do Fábio Sena: Em reunião com lideranças, Herzem declara apoio a Bolsonaro no segundo turno

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 01 out 2018

Tags:, , ,


Reprodução no Blog do Fábio Sena

Apesar de manter sua fidelidade partidária e declarar seu voto no candidato Henrique Meireles, do MDB – que amarga insignificante intenção de votos, segundo revelam as pesquisas –, o prefeito Herzem Gusmão estimulou dezenas de lideranças com as quais se reuniu agora à noite a exercerem o propalado ‘voto útil’. Assim, acabou influenciando o voto em Bolsonaro, do PSL, primeiro colocado em todas as pesquisas eleitorais.

A reunião foi realizada no comitê eleitoral do vereador Gilmar Ferraz, candidato a deputado estadual pelo MDB e que conta com o apoio e voto do prefeito Herzem Gusmão. Aos liderados, ele afirmou que a disputa é contra o Partido dos Trabalhadores e que cada um deveria se sentir livre para votar naquele que apresenta as melhores condições para derrotar o partido de Lula.

Em entrevista exclusiva ao Blog do Fábio Sena agora a pouco, Herzem Gusmão afirmou o seguinte: “Eu estimulei o voto útil em todos os níveis. Agora, declarei apoio a Bolsonaro no segundo turno e declarei que nosso adversário é o PT. Portanto, eu estive no evento de Henrique Meirelles, apontei a importância do voto em João Santana, mas no segundo turno estou declarando meu apoio a Bolsonaro”.

Herzem declara voto a Bolsonaro no 2º turno, e já admite vitória no 1º turno

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Política, Vit. da Conquista | Data: 01 out 2018

Tags:, , ,

da Redação

Na reunião realizada na noite desta 2ª feira (01/09), no Comitê Central dos candidatos do MDB, o prefeito Herzem Gusmão, estimulou o voto útil em todos os níveis, e ao declarar apoio as candidaturas de João Santana para Governador, e Meirelles para Presidente disse que em um eventual 2º turno votará em Bolsonaro. A palavra do prefeito foi abrangente no sentido do voto útil também para deputados e senadores.

O prefeito chamou atenção para que todos evitem o extremismo. “O ódio tem invadido as ruas, e nós precisamos dar exemplo de civilidade promovendo debate apenas no campo das ideias”, disse Herzem.

Em Conquista é voz geral que Bolsonaro ganhará no 1º turno. “Não existe nenhuma hipótese para apoio a qualquer candidato do PT”, reafirmou o prefeito.

Na década de 70, na Rádio Cultura da Bahia,  França Teixeira dizia: ” O muro está cheio de caco de vidro”, alusão a quem fica em cima do muro e não se posiciona. Exemplo que Herzem tem lembrado e que guarda desde quando militou na Rádio Cultura em Salvador.

“O PT fez muito mal ao Brasil e não merece retornar ao poder nunca mais. Não desejamos que o Brasil seja transformado em uma Venezuela”, sentenciou o prefeito.

 

Bolsonaro anda pelo hospital e brinca com equipe médica

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 17 set 2018

Tags:, , ,

 

 

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado no Hospital Israelita Albert Einstein após ser atacado há pouco mais de uma semana por uma facada em campanha, recebeu neste domingo, 16, alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo informações do mais recente boletim da equipe médica.

Em um vídeo, ele aparece bem-humorado, andando pelo hospital com a ajuda de um andador e brincando com um dos médicos responsáveis pelo seu tratamento.

Nas imagens, divulgadas por pessoas de dentro do hospital, Bolsonaro faz piada com o Dr. Antônio Luiz Macedo, que filmou e registrou a saída da UTI.

Bolsonaro o chama para perto e, olhando para a câmera, diz que irá “cavalgar” com Macedo assim que melhorar, provocando risos do médico que vem acompanhando o tratamento do presidenciável.

Segundo o parecer, Bolsonaro – que fez uma segunda cirurgia na última quarta-feira – passa agora para uma unidade de cuidados semi-intensivos.

No boletim, os médicos dizem que o candidato “prossegue com boa evolução clínica, sem febre e exames laboratoriais estáveis, recebendo nutrição por via parenteral (endovenosa) exclusiva, medidas de prevenção de trombose venosa e fisioterapia respiratória e motora”.

Bolsonaro se emociona e diz: “Se eu crescer nas pesquisas vão tentar me destruir”

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 16 set 2018

Tags:, , ,

da Redação
Com informações do UOL

Bolsonaro faz declarações graves contra o processo eleitoral e teme que a eleição seja fraudada

Bolsonaro, candidato à Presidência da República, falou neste domingo (16), do Hospital Albert Einstein (SP). onde está internado desde o dia 7 de setembro.

Disse que teme fraude na eleição e lembrou que o PT lançou proposta para controlar a mídia.

Caso Bolsonaro: Alto Comando do Exército covoca reunião de urgência

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 06 set 2018

Tags:, , ,

banner alfa park

da Redação

O Antagonista apurou que o comandante do Exército, General Villas Bôas, convocou reunião do Alto Comando que possui 16 generais de 4 estrela.

A reunião ganhou caráter emergencial, depois do ataque a Jair Bolsonaro. A motivação, segundo notícias na imprensa, visa uma operação para que os presidenciáveis possam ter mais segurança, e que o processo eleitoral transcorra dentro dos padrões da normalidade.

Na cúpula do Exército, o entendimento é de que a “a situação do país piorou”. Foi apurado que o Exército está preocupado com a tensão que vive o País. “As instituições perderam a mão. Se o Bolsonaro morrer, a coisa vai desandar”, comentou um oficial, segundo o Antagonista.

Veja o vídeo com declarações do agressor Adélio Bispo de Oliveira, natural de Montes Claros (MG):

Bolsonaro sofre atentado. Agressor alega questões pessoais

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 06 set 2018

Tags:, ,

Banner marcelo santana

Da Redação / google imagens

A Polícia Militar (PM) de Minas Gerais confirmou que Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi o responsável por esfaquear o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no início da tarde desta quinta-feira, 6, em Juiz de Fora. O homem que atacou o presidenciável alegou, ao prestar depoimento à polícia, que agiu motivado por “questões pessoais”. Adelio foi agredido enquanto era escoltado até a delegacia da Polícia Federal na cidade.

O advogado de defesa diz ter ficado surpreso com a informação quando soube que trava-se de Adelio. “Fiquei muito surpreso quanto soube que era o Adelio. Tive pouco contato com ele mas até onde conheci não parecia uma pessoa violenta. Ele era servente de pedreiro”, disse o advogado Pedro Tiago Oliveira Santos que defende Adelio em uma ação trabalhista.

terra.com.br

Bolsonaro ofende os brasileiros ao homenagear torturador, diz FHC

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 23 abr 2016

Tags:, , ,

Veja (online)

Tucano afirmou que o PSDB deve repudiar “com clareza” as declarações do deputado, que homenageou o ex-chefe do DOI-Codi Carlos Brilhante Ustra durante votação do pedido de impeachment na Câmara

Fernando Henrique Cardoso, FHC (2012)
Para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a declaração do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) é uma ‘estapafúrdia’(Yasuyoshi Chiba/AFP)

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) classificou como “estapafúrdia” a declaração do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na votação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, na Câmara, no último domingo. O deputado exaltou a ditadura militar e a memória do coronel reformado Carlos Brilhante Ustra, que foi chefe do DOI-Codi de São Paulo, um dos principais centros de repressão política, e morreu no ano passado. Para FHC, o PSDB deve “repudiar com clareza” as declarações. “É inaceitável que tantos anos após a Constituição de 1988 ainda haja alguém com a ousadia de defender a tortura e, pior, elogiar conhecido torturador. O PSDB precisa repudiar com clareza essas afirmações, que representam uma ofensa aos cidadãos do país e, muito especialmente, aos que sofreram torturas”, disse FHC. …Leia na íntegra