21 de abril – Dia de Tiradentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 abr 2017

Tags:, , ,

da Redação

Pesquisa histórica Mundo Educação ( Por Claudio Fernandes)

21 de abril – Dia de Tiradentes
Tiradentes foi preso em 1789, mas a sentença de seu julgamento só foi dada em 1792
  • Por que 21 de abril?

No dia 21 de abril é feriado no Brasil porque se comemora o Dia de Tiradentes. A data remete ao dia da morte do mineiro Joaquim José da Silva Xavier, o que ocorreu em 21 de abril de 1792. Joaquim José foi um dos líderes da Inconfidência Mineira. Era conhecido pelo apelido “Tiradentes” e foi tido por muitos como um “herói nacional”.

  • Quem foi Tiradentes?

Tiradentes nasceu na Capitania de Minas Gerais, em 12 de novembro de 1746, na época do período colonial do Brasil. Entre as muitas profissões que exerceu, estava a de dentista amador, por isso recebeu o apelido de “Tiradentes”, pelo qual se tornou conhecido. Foi, porém, na carreira militar que Tiradentes fixou-se como profissional. Ele fez parte da cavalaria de Dragões Reais de Minas, no posto de alferes – uma patente abaixo da de tenente. Os Dragões eram uma companhia militar formada por portugueses e brasileiros que estava submetida à autoridade da Coroa lusitana e atuava na Colônia.

  • O quinto e a derrama

O posto militar de Tiradentes lhe permitiu ter algumas posses, como terras e escravos, e transitar entre as principais lideranças políticas e intelectuais da Capitania de Minas, à época insatisfeitas com a arbitrariedade da Coroa portuguesa. O ponto mais discutido com relação a essa arbitrariedade era a questão da cobrança de impostos sobre o outro extraído em Minas. À coroa os mineiros tinham de repassar o chamado quinto, isto é, cerca de 20% do que era produzido. A partir da década de 1760, a produção aurífera regrediu na Capitania de Minas, mas o quinto continuou sendo cobrado na mesma proporção.

Dada a escassez de ouro, a cobrança do quinto não mais satisfazia as necessidades dos lusitanos. Como solução a esse problema, a Corte portuguesa autorizou os governadores da Capitania de Minas a cobrarem a derrama, uma forma de imposto que compensava o deficit do quinto. Não havendo o cumprimento do saldo do quinto, cobrava-se o restante deficitário com tributos sobre outras posses que os mineiros tivessem. Quaisquer bens estavam sujeitos à imposição da derrama. (Para mais informações sobre a tributação na Capitania de Minas, clique aqui). …Leia na íntegra

Novo cálculo da reforma pode reduzir aposentadoria

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 abr 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani e Leda Antunes
do Agora

A reforma da Previdência vai propor que o trabalhador tenha direito à aposentadoria integral ao completar 40 anos de contribuição ao INSS, e não mais com 49 anos de recolhimentos, como queria o governo.

Mas a mudança, sugerida pelo relator da reforma, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), não é tão boa quanto parece.

Na comparação com a proposta do governo, o relatório apresentado ontem pelo deputado cria um cálculo que reduz o valor da aposentadoria para quem se aposenta com tempo de contribuição entre 25 e 33 anos.

No texto enviado pelo governo Michel Temer (PMDB) à Câmara, no final do ano passado, o trabalhador poderia se aposentar ao completar 25 anos de contribuição e a idade mínima de 65 anos.

Ainda de acordo com essa proposta, o cálculo do benefício seria de 51% sobre a média salarial do segurado, acrescido de 1% para cada ano a mais de contribuição.

Confira sua aposentadoria com as mudanças na reforma

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 18 abr 2017

Tags:, , ,

Leda Antunes
do Agora, e Folha de S.Paulo

O relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), apresenta hoje o parecer final sobre as mudanças na aposentadoria na comissão especial da Câmara dos Deputados.

O relatório deve trazer diversas mudanças no texto original enviado pelo governo.

As alterações foram negociadas entre Maia e representantes das equipes econômica e política do presidente Michel Temer para viabilizar a aprovação da proposta no Congresso.

Uma das principais mudanças será feita no cálculo do benefício.

Na regra proposta pelo governo, a aposentadoria seria calculada com base em 51% da média salarial do segurado mais 1% para cada ano de contribuição ao INSS.

Dessa forma, só seria possível receber o benefício integral, que é igual a 100% da média dos salários, aos 49 anos de contribuição.

Esse foi um dos pontos mais criticados na reforma.

Veja quem garante a revisão que dá a aposentadoria integral

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 abr 2017

Tags:, ,

Leda Antunes
do Agora

O trabalhador que se aposentou depois de entrar em vigor a regra 85/95, mas mesmo assim recebeu um benefício com desconto, pode ter direito a uma revisão de sua aposentadoria.

A fórmula que concede o benefício integral, igual a média dos salários, entrou em vigor em 18 de junho de 2015.

Para garantir o cálculo, o segurado precisa ter, na soma da idade com o tempo de contribuição, 85 pontos, se for mulher, e 95 pontos, se for homem.

Por erro no sistema do INSS ou falta de reconhecimento de períodos trabalhados, por exemplo, o segurado pode ter recebido o desconto do fator previdenciário no seu benefício, mesmo já tendo direito ao cálculo mais vantajoso, pela regra 85/95.

Cuba cancela envio de médicos para o Brasil; médicos não querem voltar

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 14 abr 2017

Tags:, ,

da Redação

Conteúdo Diário do Poder

Foto: Karina Zambrana

Motivo da suspensão é a grande quantidade de médicos que não querem voltar 

O governo de Cuba suspendeu o envio para o Brasil de 710 profissionais treinados para trabalhar no Programa Mais Médicos. O grupo deveria desembarcar no País ainda neste mês. A decisão do governo cubano, comunicada ao Ministério da Saúde na terça-feira, 11, é reflexo do descontentamento com a grande quantidade de médicos que se recusam a voltar para Cuba, terminados os 3 anos de trabalho no programa. Há atualmente 88 profissionais que recorreram à Justiça para permanecer no Brasil e garantir o direito de continuar no programa do governo federal.

O governo cubano argumenta que a permanência dos profissionais no Brasil não estaria em conformidade com o acordo de cooperação firmado. Diante desse impasse, o governo brasileiro deve enviar uma comitiva ao país para discutir o assunto nas próximas semanas.

O maior receio do governo cubano é de que um novo grupo de médicos resista em voltar para o país quando chamados de volta e que isso acabe afetando também o comportamento de profissionais que já estão atuando em outros países. Além do Brasil, Cuba tem outros acordos de cooperação, baseados no envio de profissionais de saúde. Esse tipo de cooperação é também uma forma de renda para ilha. No trato firmado entre Brasil e Cuba, parte dos salários dos médicos é paga diretamente para o governo cubano.

O Ministério da Saúde já havia anunciado a intenção de limitar o número de cubanos integrantes do Mais Médicos. A redução da participação de profissionais estrangeiros, no entanto, deveria ser feita de forma gradual, para não provocar vazios assistenciais, sobretudo em regiões onde há grande dificuldade de se garantir a permanência de médicos brasileiros. …Leia na íntegra

Regras da terceirização já estão valendo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 11 abr 2017

Tags:, ,

da Redação

Fonte: CNDL

Sancionado na última sexta-feira (31) pelo presidente da República, o Projeto de Lei nº 4.302/98, que versa sobre a terceirização, já está vigorando. Agora, qualquer atividade exercida, tanto na esfera pública quanto privada, pode ser terceirizada.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, a ampliação das possibilidades de contratação do serviço terceirizado representa a desburocratização nas relações entre empregado e empregador, além de favorecer a eficiência no mercado de trabalho.

“A terceirização é fundamental porque é uma forma do setor produtivo melhorar sua eficiência por meio da especialização. As novas regras também impulsionarão a geração de novos empregos impulsionando esse movimento da retomada da economia nacional”, destacou Pinheiro.

“Apesar de toda polêmica que envolveu a terceirização, todos os direitos serão mantidos e os benefícios dos trabalhadores continuam sendo garantidos pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT)’, completou o presidente.

Principais pontos

Dentre os itens aprovados no texto, a empresa terceirizada é responsável pelo cumprimento de todas as garantias dos trabalhadores, como o recolhimento do FGTS e INSS, férias, 13º salário. Em caso de não cumprimento das obrigações trabalhistas impostas pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), a pessoa jurídica prestadora de serviços poderá ser punidas pela auditoria do Ministério Público do Trabalho (MPT) e Justiça do Trabalho. …Leia na íntegra

Feriados 2017: cuidado para não desequilibrar as finanças

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 10 abr 2017

Tags:, , , ,

da Redação
Fonte: site CDL / Conquista (Conteúdo)

O ano começou com muitos feriados e emendas. Mas cuidado para não prejudicar suas finanças com o excesso de dias de folga

ferias_shutterstock

Em 2015 foram 9 feriados nacionais e muitos dias considerados facultativos. Na época Solange Moraes programou dias de descanso com a família inteira. “Eu sempre senti necessidade de curtir dias de folga com a família e quando vi que o ano estava repleto deles, programei viagens para praia e uma grande para Buenos Aires. O problema é que esqueci de me organizar financeiramente e fiquei quase um ano pagando minhas dívidas de cartão de crédito. As viagens foram incríveis, mas hoje sei que é possível curtir e me aproximar dos filhos sem, necessariamente, viajar e gastar”, conta.

Por isso, em 2017, ano com mais 9 feriados nacionais durante a semana, sem contar eventuais feriados regionais, é importante ter controle total das finanças e planejamento para que os dias de folga não virem uma dor de cabeça.  “Para quem não tem planejamento o grande número de feriados pode se tornar um problema porque as despesas com viagens, passeios, restaurantes e supérfluos tende a aumentar e quando as contas não fecham o descontrole financeiro virá”, conta José Vignoli, educador financeiro do Portal Meu Bolso Feliz. Então, para curtir dias de folga sem pagar uma alta conta logo depois, fique de olho nas nossas dicas:

Planeje-se

…Leia na íntegra

Microfranquias se revelam alternativas acessíveis para o negócio próprio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 09 abr 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Yahoo Notícias / CDL (Conquista)

Nas últimas décadas o Brasil passou por momentos econômicos promissores. Muitas pessoas prosperaram durante um período em que o mundo vivia uma crise financeira. Agora o cenário nacional confirma a realidade inevitável da recessão. O consumo diminuiu e muitas vagas de empregos foram fechadas. Mas o brasileiro não desiste nunca e busca cada vez mais novas maneiras de empreender. Investimentos menores que as conhecidas franquias surgem a cada dia e dão esperança a novos empresários em potencial que se perguntam: Vale a pena investir em uma microfranquia?

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franquias (ABF) microfranquias são classificadas como marcas e modelos de negócio com investimento inicial de até R$ 90 mil. Esse cálculo é feito com base nos dados do PIB, renda média per capita e variação cambial. Além da definição, o mais importante é que o candidato tenha em mente onde está investimento. “A primeira coisa que uma pessoa precisa saber ao entrar para uma franquia é que ela está investindo no acesso à informação, à estrutura que uma empresa pode oferecer”, explica Adriana Auriemo, diretora de microfranquias e novos negócios da ABF. …Leia na íntegra

Medicamentos ficam cerca de 5% mais caros

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 02 abr 2017

Tags:, ,

da Redação
Conteúdo Marco Antonio Jr / A Tarde (SP)

O reajuste começa a valer neste fim de semana - Foto: Carlos Severo | Fotos Públicas | Divulgação
O reajuste começa a valer neste fim de semana
Carlos Severo | Fotos Públicas | Divulgação

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) anunciou nesta sexta-feira, 31, um reajuste de até 4,76% no preço dos remédios. Com o anúncio, os distribuidores e varejistas de todo o país devem repassar os novos preços ao consumidor já a partir deste final de semana.

Apesar do aumento de quase 5%, a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) destaca que a média dos reajustes está abaixo da inflação, bem como nos últimos 12 anos, com exceção de 2016. No ano passado, o aumento foi considerável, de 12,5%, quase o dobro da inflação (6,29%).

O problema foi a crise do setor, em consequência da recessão econômica, e o aumento de preços dos insumos, dos transportes e de itens que são importados e acompanham a variação do dólar. Ainda assim, entre 2005 e 2016, o crescimento percentual do valor dos remédios foi até 77%, abaixo da variação de 103% do IPCA no mesmo período.

O presidente da Interfarma, Antônio Brito, explica que reajustes serão feitos em três áreas: remédios produzidos em um mercado concentrado e produtos com média e alta concorrência. Desta forma, o aumento de preços variará entre 1,63% e 5%, tendo a média de 3,4%, diferente de outros anos, que tiveram um valor fixo.   “O reajuste não é totalmente aplicado, na prática, porque a concorrência de mercado resulta em descontos expressivos nas vendas em farmácias. E existem descontos obrigatórios para o governo, além de abatimentos negociados”, diz o presidente em nota oficial.

Em uma pesquisa realizada pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (Ifepec), foi constatado que a maioria dos consumidores (97%) prioriza o preço na hora da compra de medicamentos. Os resultados ainda indicam que 45% trocam os produtos de marcas caras por genéricos de menor preço.

Como economizar …Leia na íntegra

Brasil praticamente garante vaga na Copa da Rússia, veja os gols

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Esportes | Data: 29 mar 2017

Tags:, , ,

da Redação

Na noite desta 3ª feira (28), a Seleção do Brasil, garantiu vaga na Copa da Rússia ao golear a Seleção do Paraguai pelo placar de 3×0. O jogo parecia ser difícil com a dura marcação do Paraguai. Veja os belos gols do Brasil.

Em meio à crise e pagamentos de início de ano, 80% dos brasileiros não conseguiram poupar em janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 25 mar 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CNDL / CDL Conquista (Conteúdo)

Em meio aos gastos típicos de início de ano, os brasileiros não estão conseguindo poupar dinheiro nos primeiros meses de 2017. A situação é agravada ainda mais pela contínua crise econômica, que reduz a renda disponível das famílias. O Indicador de Reserva Financeira, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que expressivos 80% dos entrevistados não conseguiram poupar, ante 17% que conseguiram, no mês anterior à pesquisa, em janeiro.

Como esperado, nas classes A e B, a proporção de poupadores foi maior do que nas classes C, D e E: enquanto no estrato superior de renda 34% guardaram algum valor em janeiro, no estrato inferior essa proporção foi de 12%, pouco mais de um a cada dez dos entrevistados dessa classe de renda específica. A comparação entre homens e mulheres não mostra diferença estatisticamente significante.

Entre os que conseguiram poupar em janeiro, a quantia média foi de R$ 446,49, um pouco abaixo da quantia média observada em dezembro (R$ 480,85). …Leia na íntegra

Brasil tem 620 vagas com salários acima de R$ 5 mil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 mar 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Correio / CDL / Conquista

No momento, 620 vagas com salário acima de R$ 5 mil estão com inscrições abertas em 50 concursos no Brasil. Na Bahia, a maior remuneração é oferecida pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano), R$ 9.114,67 para professores com título de doutorado. No total, o certame oferece 80 vagas, sendo 43 para docente e 37 para técnicos. As inscrições devem ser feitas no site www.gestaoconcursos.fundacaocefetminas.org.br até o dia 9 de abril.

Com destaque no número de vagas, o concurso da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) oferece no estado 53 oportunidades de nível superior- de um total de 600 para todos os níveis – com salário de R$ 6.793,31. O edital foi lançado na semana passada e as inscrições vão até 5 de abril no site www.ibfc.org.br. Para ver dicas de como ser aprovado, confira na matéria do Empregos & Soluções.

Para quem está disposto a sair da Bahia e almeja salários superiores a R$ 10 mil, mais de 15 concursos estão oferecendo essa remuneração em todo o país. Um deles é para o cargo de promotor de justiça substituto do estado de Roraima.  São quatro vagas, sendo uma para candidato com deficiência. O salário previsto no edital é de R$ 24.681,59 e as inscrições estão abertas no site www.cespe.unb.br até 5 de abril. …Leia na íntegra

Após 22 meses, Brasil volta a gerar empregos com carteira assinada

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 17 mar 2017

Tags:, ,

Após 22 meses de queda, Caged tem em fevereiro primeiro resultado positivo

Fernando Nakagawa

Foram geradas 35.612 vagas formais em fevereiro, segundo o Caged - Foto: Edilson Lima l Ag. A TARDE
Foram geradas 35.612 vagas formais em fevereiro, segundo o Caged
Edilson Lima l Ag. A TARDE

O presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira, 16, que a economia brasileira criou 35.612 novas vagas de emprego formal no mês de fevereiro. Esse foi o primeiro resultado positivo após 22 meses seguidos com queda do número de empregos formais – desde março de 2015. Para os meses de fevereiro, esse é o primeiro resultado positivo desde 2014, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O número foi comemorado por Temer. “É preciso começar e o começo veio por essa notícia que estou dando a vocês.”

“Vocês sabem que a economia brasileira volta a crescer e os sinais desse fato são cada dia mais claros. Em fevereiro, por exemplo, o número de empregos formais de 35.612 vagas”, disse Temer em uma entrevista coletiva convocada no fim da manhã para a divulgação dos dados.

Para o presidente da República, o número representa “o começo depois de 22 meses negativos”. Ele destacou que a reação do mercado de trabalho dá possibilidade de vida digna aos mais de 35 mil brasileiros que retornaram ao mercado de trabalho formal.

A divulgação dos dados sobre o mercado de trabalho em fevereiro estava prevista originalmente para o dia 20 de março, mas acabou sendo antecipada por um pedido de última hora.

Caixa libera R$ 3,8 bilhões no 1º dia de saques de contas inativas do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 12 mar 2017

Tags:, , ,

da Redação

Fonte: Diário do Poder (Conteúdo)

1,4 milhão de trabalhadores sacaram R$ 1,8 bilhão nas agências

Reforma eleva renda em até R$ 21,2 mil em um ano

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 12 mar 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

A reforma da Previdência será ruim para quase todos os trabalhadores interessados em se aposentar tão logo completem o tempo mínimo de contribuição –hoje de 30 anos para mulheres e de 35 anos para homens–, pois a mudança nas regras deverá introduzir a idade mínima de aposentadoria aos 65 anos.

Mas existe um grupo menor de segurados que poderá se dar bem com as alterações propostas pelo governo: os trabalhadores que já estão próximos ou até já completaram o tempo de contribuição exigido atualmente e, além disso, têm idades a partir de 45 anos (mulheres) ou de 50 anos (homens).

O Agora verificou que, com a nova regra, a aposentadoria desses homens poderia ficar até 49% maior. A das mulheres subiria até 65%. Para quem tem média salarial mais perto possível do teto de R$ 5.531,31, a renda anual subiria até R$ 21,2 mil.

Atividade do Comércio cresce 1,8% em fevereiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 08 mar 2017

Tags:, , ,

da Redação
Com informações do site DCL  / Conteúdo / Conquista)

Fonte: Varejista.com

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas de todo o país cresceu 1,8% em fevereiro/17, já efetuados os devidos ajustes sazonais. Em relação ao mesmo mês do ano passado (fevereiro/16), o recuo da atividade varejista no segundo mês de 2017 foi de 2,7%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, depois do tombo de janeiro/17 (queda de 2,1%), houve certa reação do varejo em fevereiro/17, porém sem conseguir compensar integralmente o recuo do primeiro mês do ano. Apesar dos impactos benéficos da queda da inflação sobre alguns segmentos varejistas (como os supermercados, por exemplo), fatores como a alta do desemprego ainda pesam negativamente sobre uma recuperação mais significativa do varejo.

A maior alta observada no varejo em fevereiro/17 foi o crescimento de 2,1% do setor de material de construção, após ter amargado queda de 3,5% em janeiro/17. O segmento de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas avançou 1,0% em fevereiro/17. Veículos, motos e peças cresceram 0,3% em fevereiro/17 ao passo que, com alta de 0,1% ficaram empatados os segmentos de móveis, eletroeletrônicos e informática e o de combustíveis e lubrificantes. Apenas o segmento de tecidos, vestuário, calçados e acessórios experimentou recuo em fevereiro/17: -0,2%.

Na comparação com o primeiro bimestre de 2016, todos os segmentos varejistas recuaram nestes primeiros dois meses de 2017, a saber: supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-5,6%); móveis, eletroeletrônicos e informática (-11,9%); combustíveis e lubrificantes (-2,9%); veículos, motos e peças (-10,6%); tecidos, vestuário, calçados e acessórios (-10,9%); e material de construção (-12,7%)

 

Brasil já fechou 40,8 mil com carteira assina em 2017, diz Gaged

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 04 mar 2017

Tags:,

da Redação

Com informações do Diário do Poder (Conteúdo)

Oito em cada dez empresários de varejo e serviços consideram importante a reforma tributária

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 02 mar 2017

Tags:,

da Redação
Fonte: CNDL (Conteúdo)

Para 77% das empresas ouvidas, a reforma melhoraria a economia do país de alguma forma; 65% avaliam negativamente o sistema de impostos atual

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) afirma que oito em cada dez empresários brasileiros dos setores de varejo e serviços (83%) consideram importante ou muito importante a reforma tributária no país. O estudo mostra também que 77% dos entrevistados acreditam que a reforma melhoraria a economia do país de alguma forma, sendo que, para estes, os principais resultados positivos seriam a geração de empregos (60%), o aumento na capacidade de investimento nos negócios (41%) e incentivo na criação de novos negócios (38%).

Já entre os 7% que entendem que a reforma traria uma piora ao país, os motivos seriam a oportunidade de criação de novos impostos (15%), possibilidade de distorções na distribuição de recursos entre os Estados (14%) e agravamento da situação fiscal dos Estados (12%). 46% dos que acreditam na piora não souberam responder o motivo.

O estudo indica ainda que 65% dos empresários avaliam o sistema atual como ruim ou muito ruim. Além disso, o grau de satisfação quanto à forma que o governo utiliza os impostos foi baixo: de 1 a 10, a média foi de 3,1. …Leia na íntegra

Reforma poderá considerar idade e tempo de trabalho

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 25 fev 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

Técnicos e consultores da Câmara dos Deputados estão elaborando sugestões para a reforma da Previdência na tentativa de equilibrar a necessidade do governo gastar menos com aposentadorias precoces e a realidade de segurados que começam a trabalhar muito cedo e, por isso, obtêm o benefício quando chegam à casa dos 50 anos de idade.

Para o Planalto, a resposta para o problema é impor a idade mínima de 65 anos para a maioria dos atuais segurados do INSS.

Mas essa proposta vem recebendo críticas das centrais sindicais e, principalmente, da oposição.

A solução, segundo alguns dos técnicos da Consultoria Legislativa da Câmara, é criar uma regra de transição longa e que combine o aumento progressivo do tempo de contribuição e da idade exigidos para a aposentadoria.

“Não adianta só aumentar o tempo de contribuição. Tem que pegar pela idade, ou as pessoas vão continuar se aposentando cedo”, disse um dos técnicos.

Nova queda da taxa Selic – entenda o impacto para a população

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 25 fev 2017

Tags:, ,

da Redação

Por Reinaldo Domingos (DSOP Educação Financeira)

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central divulgou, nessa quarta-feira (22) um forte corte de 0,75 ponto percentual na taxa básica de juros (Selic) ficando agora em 12,25% ao ano. A notícia reflete em muitos aspectos, mas o que de fato isso muda na sua vida? Com a queda do juros, um dos objetivos do Governo é impulsionar o consumo. Os preços podem cair, pois, os juros imbutidos nos produtos serão menores.

Além disso, essa redução deve refletir na queda dos juros nas tomadas de empréstimos e parcelamentos também. Ou seja, com essa decisão ocorre um claro sinal de que se busca motivar a população a voltar às comprar. Até pelo fato de que a decisão tem impacto negativo para muitos investimento.

Sendo que, para quem tem aplicações, a noticia não é tão boa, pois, essas perderão rentabilidade. No caso da Caderneta da Poupança, não haverá mudanças em seus rendimentos, pois, se a Selic for maior ou igual a 8,50% ao ano, a poupança paga sempre 0,50% ao mês mais Taxa Referencial (TR).

Aos que se encontram endividados ou ainda que precisam pegar empréstimos ou fazer parcelamentos, já que a taxa influencia diretamente nessas situações, a queda da Selic é sempre boa. Contudo, se os juros foram definidos antes, nada mudará. …Leia na íntegra