Ronda Escolar discute conceitos de respeito, bullying e violência em sala de aula

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 08 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_4896

Estudantes de Vitória da Conquista estão sendo beneficiado com palestras que passam para os alunos conceitos de respeito, bullying e violência. As atividades realizadas pela Ronda Escolar acontecem durante esta sexta-feira (08) com cerca de 100 alunos do 4° e 5° anos da Escola Municipal Zulema Cotrim, localizada no bairro Morada dos Pássaros 3.

Segundo o comando da 77º CIPM, que coordena as ações, esses temas ajudam a melhorar a escola através do incentivo à amizade e dignidade, e funciona com a integração de todos os alunos. “Essas atividades têm gerado mudanças no comportamento de alunos das escolas onde são desenvolvidas e tem como meta principal conscientizar os alunos e fazer com que eles se tornem multiplicadores de bons comportamentos”, diz o comando da companhia.

Colégio Opção lança campanha “Bullying, quem cala consente”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 22 ago 2014

Tags:, ,

Ascom Colégio Opção

BULLYING1Nos últimos anos cresce o número de crianças e adolescentes vítimas de uma agressão antiga mas que hoje tem um nome moderno: Bullying. De origem inglesa e sem tradução ainda no Brasil, é utilizado para qualificar comportamentos agressivos no âmbito escolar, praticados tanto por meninos quanto por meninas. Os atos de violência (física ou não) ocorrem de forma intencional e repetitiva contra um ou mais alunos que se encontram impossibilitados de fazer frente às agressões sofridas. Em última instância, significa dizer que, de forma “natural”, os mais fortes utilizam os mais frágeis como meros objetos de diversão, prazer e poder.

Depressão, queda no rendimento escolar e até suicídio são algumas das consequências que as vítimas sofrem. A psicóloga Sumaia Cardoso, uma das colaboradoras do projeto “Bullying, quem cala consente”,  alerta os pais para a gravidade do problema. “Muitas vezes o pai percebe a recusa do filho em vir à escola e quando isso acontece deve procurar a direção imediatamente”, aconselha. …Leia na íntegra