Morador da zona rural de Cândido Sales morre com suspeita de Febre Amarela

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 25 jan 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Um morador do Papagaio, localidade da zona rural de Cândido Sales, morreu no Hospital Municipal Deputado Luís Eduardo Magalhães, nessa segunda-feira (23). A suspeita de que a morte tenha sido provocada pela febre amarela.

Segundo informações da Vigilância Epidemiológica Municipal, o corpo do homem foi encaminhado para o instituto médico legal de Vitória da Conquista para a necropsia, e o sangue foi encaminhado para o Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), em Salvador. Amostras também foram encaminhadas para análise na FioCruz, Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro.

Os trabalhos de combate também foram intensificados no município, onde agentes de endemias utilizam larvicida nas comunidades da zona rural.

A vítima, de 35 anos, que está tendo a identidade preservada, teria passado 15 dias no município de Pedra Azul, uma região de risco do estado de Minas Gerais.

O Ministério da Saúde divulgou que a Bahia possuía sete casos notificados em três municípios, mas um destes foi descartado ontem (24). No entanto, segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), outros dois casos “importados” (com origem da infecção em Minas Gerais) estão sendo investigados, entre eles o de Cândido Sales.

Quatro casos em Coribe, no Extremo Oeste Baiano, um em Teixeira de Freitas, no Sul baiano, e outro em Itiúba, no Centro Norte do Estado.

Os quatro pacientes de Coribe encontram-se internados, aguardando resultados de exames, assim como o de Teixeira e o de Itiúba. Segundo a Sesab, todos os casos registrados até agora foram de febre amarela silvestre, mais frequente em região de mata ou zona rural.

No início do mês, a Sesab havia determinado a vacinação de 100% da população de 45 municípios e decidiu, recentemente, estender a imunização para mais 22 cidades.

Bahia registra 583 casos de microcefalia em 133 municípios 

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 abr 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

microcefaliaAté o dia 9 de abril, 583 casos de microcefalia foram notificados em 133 municípios da Bahia. Desses, 246 foram investigados com a realização de exame de imagem ou exame laboratorial. 168 foram confirmados e 68 descartados.

Os casos se enquadram no novo critério adotado pelo Ministério da Saúde, que considera o perímetro cefálico de 31,9 centímetros para bebês do sexo masculino e perímetro cefálico de 30,5 centímetros para bebês do sexo feminino.

As mortes por microcefalia foram registradas nos municípios de Alagoinhas (1), Anguera (1), Camaçari (3), Conceição do Jacuípe (1), Cravolândia (1), Crisópolis (1), Monte Santo (1), Barro Preto (1), Campo Formoso (1), Itabuna (2), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (6), Tanhaçu (1), Esplanada (1), Feira de Santana (1), Presidente Tancredo Neves (1), Santo Antônio de Jesus (1), Simões Filho (1), Senhor do Bonfim (1), Ilhéus (1) e Lauro de Freitas (1).

Casos suspeitos de microcefalia sobem para 312 na Bahia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 29 dez 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_0600

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) registrou um crescimento de 15% no número de casos suspeitos de microcefalia. De acordo com boletim divulgado nesta terça-feira (29), foram registradas 312 ocorrências no estado.

Segundo a Sesab, 69 municípios baianos tiveram registros. Salvador conta com 55% das notificações (176 ocorrências). Destes, 2 bebês morreram na capital baiana com suspeita de microcefalia. A Sesab registrou outros oito óbitos em Itapetinga (1), Olindina (1), Tanhaçu (1), Camaçari (1) e Itabuna (1), Campo Formoso (1), Alagoinhas (1) e Crisópolis (1).

Ainda de acordo com a Secretaria, 83 pacientes passaram por exames para comprovar a má formação. Em 68,7% foram constatadas alterações patológicas do sistema nervoso central, mas os testes ainda não são conclusivos sobre microcefalia. Ou seja, até o momento, nenhum caso foi confirmado.

Casos de microcefalia sobem 16% em uma semana na Bahia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 22 dez 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_0600Imagem de ultrassom de feto diagnosticado com microcefalia, em Guanambi

Um novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira (22), apontou aumento de 16% nos casos de microcefalia em apenas uma semana. Com 271 registros a mais nesse período, a Bahia continua sendo o terceiro estado com maior número de casos possivelmente relacionadas ao vírus Zika.

No Brasil, o total foi de 2.782 casos suspeitos e 40 mortes. As ocorrências estão distribuídas em 618 municípios de 20 unidades da Federação. Pernambuco continua sendo o estado com maior número de casos, com 1.031, seguido pela Paraíba, com 429.

O Ministério da Saúde alerta para a necessidade de reforçar o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chicungunya e do vírus zika nas férias e festas de fim de ano, período marcado por chuvas em muitos estados e com maior circulação de pessoas.

Bahia já registrou 180 casos de microcefalia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 08 dez 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

microcefalia

A Bahia tem 180 casos notificados de microcefalia, aponta o novo boletim epidemiológico divulgado na manhã desta terça-feira (8), pelo Ministério da Saúde. O número é 20% maior do que o divulgado na segunda (7), pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), que foi de 150 casos até o dia 3 de dezembro.

O estado tem o terceiro maior número de casos suspeitos do Brasil, ficando atrás de Pernambuco (804) e Paraíba (316). O ministério divulgou também que foram registrados 19 mortes notificadas, sendo duas delas na Bahia. O Rio Grande do Norte é o estado com maior número de óbitos, com sete registrados.

Em todo o Brasil, são 1.761 casos notificados em 422 municípios de 14 estados. O número já é 41,1% maior em relação ao divulgado no terceiro boletim, no último dia 30 de novembro, quando o ministério anunciou 1.248 casos notificados em 311 municípios de 14 unidades da federação. Informações A Tarde

Vitória da Conquista: Casos de dengue aumentam 70% em menos de um mês

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 27 abr 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: divulgação

dengue

A população de Vitória da Conquista deve estar em alerta para a dengue. Em menos de um mês, o número de casos confirmados aumentou 70% na cidade. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde.

Até o dia 27 de abril, foram notificados 129 casos suspeitos para a dengue, aponta o último levantamento divulgado pela Secretaria. Destes, 85 foram positivos, 38 negativos, 1 indeterminado e 5 aguardam o resultado. Os números são bem superiores aos do levantamento realizado no dia 6 deste mesmo mês, quando haviam 86 casos notificados, com 50 positivos, 30 negativos, 1 indeterminado e 5 aguardando resultado.

A Prefeitura Municipal afirma que vem fazendo sua parte, principalmente através de mutirões. “Trabalhamos durante a semana, seguindo o cronograma que contempla toda a cidade e, aos sábados, realizamos os mutirões, priorizando aqueles bairros que estão com infestação mais alta – de acordo com o último levantamento – ou apresentando casos da doença”, explicou a coordenadora de Endemias, Polyana Gusmão.

Um desses mutirões ocorreu nesse sábado (25), no bairro Cidade Modelo, onde nove casos de dengue foram confirmados este ano. Cinquenta e oito agentes de endemias 1.856 imóveis (casas, terrenos e comércio) existentes na localidade. “O tratamento que nós fazemos é muito importante, mas o efeito dele é potencializado com a colaboração dos moradores, evitando acumular água em recipientes abertos”, ressaltou a agente de endemias, Jussilene de Jesus Santos.