Campanha do CRMV-BA reforça benefícios da castração e obrigatoriedade do registro de mutirões no órgão

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde | Data: 25 nov 2019

Tags:, ,

crmvba.org.br

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Castração Legal. Faz bem pra saúde do seu pet. É melhor para todo mundo. Esse é o tema da nova campanha institucional do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA). A campanha está em circulação no rádio, TV e internet e além de destacar os benefícios da castração, reforça a preocupação do CRMV-BA com a segurança dos procedimentos e com a saúde e o bem-estar dos animais.

O médico-veterinário e presidente da Comissão de Saúde Pública do CRMV-BA, José Eduardo Ungar explica que as gatas aos seis, sete meses, já podem apresentar ciclos estrais e engravidar, gerando de quatro a oito filhotes em cada gestação de 60 dias. Ainda de acordo com o profissional, o ritmo de reprodução das cadelas é um pouco mais lento, uma vez que entram no cio a cada seis meses, o que não impede a proliferação desordenada e o crescimento da população de animais de rua, que pode impactar em acidentes de trânsito, ataques a pessoas, com risco de transmissão de raiva e outras zoonoses, eliminação de fezes e urina em ambiente público, expondo a comunidade a parasitoses, infecções fúngicas e bacterianas, além da sujeira gerada.

Segundo Ungar, grande parte desses problemas pode ser reduzida com a castração. “Animais castrados, obviamente, não reproduzem e quebram esse ciclo de proliferação de animais nas ruas, evitando uma série de problemas de segurança e saúde para a população. Nos animais domiciliados, além de evitar a reprodução descontrolada, a castração tem como papel a prevenção do câncer de mama e doenças reprodutivas, além de corrigir alguns comportamentos indesejáveis nos machos”, pontua.

Com a campanha, o regional baiano reforça que é completamente favorável às castrações e alerta para o cumprimento das resoluções CFMV nº 962/2010 e nº 1275/2019 e do CRMV-BA nº 056/2019 que compõem a legislação que trata sobre o tema. Ainda que sejam realizados com recursos próprios, as campanhas e mutirões de castração devem obrigatoriamente seguir as resoluções e possuírem registro e autorização do CRMV. O registro deve ser feito com antecedência mínima de 60 dias da realização da ação.

“As cirurgias de castração apenas podem ser realizadas em clínicas ou hospitais, universitários ou privados. Em caso de mutirões, estes precisam ter uma estrutura equivalente e adequada, que atendam, entre outras questões, as condições de higiene, biossegurança e bem-estar para os animais e devem, obrigatoriamente, ter um médico-veterinário como responsável técnico. Além disso, nenhuma taxa pode ser cobrada do tutor do animal”, destaca Altair Santana de Oliveira, presidente do CRMV-BA.

Qualquer cidadão pode obter esclarecimentos e orientações sobre as campanhas e mutirões de castração com o setor de Responsabilidade Técnica do Conselho, por meio do telefone (71) 3082-8184 e pelo e-mail rt@crmvba.org.br.

Prefeituras Notificadas

Em junho de 2019 o CRMV-BA notificou as Prefeituras dos 417 municípios do estado sobre a obrigatoriedade dos registros de projetos e campanhas de mutirões de castração animal junto ao Conselho.

A notificação foi encaminhada em razão do crescimento das ações que têm sido realizadas em diversas cidades baianas. No ofício, os prefeitos foram alertados que o controle populacional de cães e gatos envolve riscos aos animais, aos profissionais envolvidos, à comunidade e ao meio ambiente, o que configura uma questão de saúde pública.

Conselho Regional de Medicina Veterinária apoia os mutirões de castração

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 20 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

CRMV BA facebook

O Conselho Regional de Medicina Veterinária apoia os mutirões de castração, desde que estejam regularizados e autorizados. Mesmo que os mutirões sejam realizados com recursos próprios, eles precisam estar registrados e autorizados pelo Conselho. E sabe por quê? Porque é o Conselho quem disciplina e normatiza o exercício da Medicina Veterinária e os mutirões devem seguir uma legislação específica, com a única finalidade de proteger a saúde e a manutenção do bem-estar do seu pet. A castração evita a procriação, diminui a agressividade e previne doenças. Mas você não vai confiar a vida do seu bichinho a uma pessoa que não está habilitada, não é? Por isso, fique atento! Os mutirões ilegais são uma armadilha que colocam em risco a vida do seu animal. Na dúvida, procure o Conselho Regional de Medicina Veterinária. Entre com a gente nessa campanha pela Castração Legal. Seu PET agradece.Castração legal. Faz bem para a saúde do seu PET. É melhor pra todo mundo.#castração #conscientização#castraçãolegal #crmvbaemacao#Campanha #saudeanimal#Crmvba #bemestaranimal

Posted by Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia on Tuesday, November 19, 2019

O Conselho Regional de Medicina Veterinária apoia os mutirões de castração, desde que estejam regularizados e autorizados. Mesmo que os mutirões sejam realizados com recursos próprios, eles precisam estar registrados e autorizados pelo Conselho. E sabe por quê? Porque é o Conselho quem disciplina e normatiza o exercício da Medicina Veterinária e os mutirões devem seguir uma legislação específica, com a única finalidade de proteger a saúde e a manutenção do bem-estar do seu pet.

A castração evita a procriação, diminui a agressividade e previne doenças. Mas você não vai confiar a vida do seu bichinho a uma pessoa que não está habilitada, não é? Por isso, fique atento! Os mutirões ilegais são uma armadilha que colocam em risco a vida do seu animal. Na dúvida, procure o Conselho Regional de Medicina Veterinária. Entre com a gente nessa campanha pela Castração Legal. Seu PET agradece.

Prefeito Herzem Gusmão anuncia coordenação em apoio à causa animal

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 27 out 2017

Tags:, ,

Da Redação / Foto Blog da Resenha Geral

Em entrevista ao programa Resenha Geral hoje (27), na Brasil FM 107,7 ao meio dia, o Prefeito Herzem Gusmão anunciou ainda para este ano uma coordenação de apoio aos animais em situação de rua e pertencentes à proprietários carentes. A coordenação visa dar suporte aos protetores de animais e aos animais de rua, devido a falta de um Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

O governo somente libera a obra do CCZ na íntegra, não havendo a possibilidade da construção por módulos. A obra completa do CCZ tem um valor de milhões, não havendo a possibilidade da realização da obra completa. A coordenação vai dar um suporte à causa enquanto o sonhado CCZ não chega em Conquista.

O prefeito anunciou castrações em parceria com 3 clínicas veterinárias de Conquista, garantindo o bem estar animal, reduzindo a população de animais de rua e consequentemente a redução de zoonoses (doenças transmitidas dos animais para o homem).

Em audiência pública realizada em 25 de agosto deste ano na câmara de vereadores, o prefeito informou que 1,5 mil animais circulam na cidade, segundo dados do último levantamento. “Imagine o descontrole para a saúde pública e a contaminação?”, questionou. Ele explicou que em oito meses de governo e dentro da realidade a sua gestão tomou algumas medidas. “Já criamos, pelo menos nos bastidores, pra funcionar ainda esse ano, uma Coordenação de Controle de Zoonoses. Não é um CCZ, ainda”, explicou. O prefeito ainda frisou que o Executivo vai manter convênio com clínicas veterinárias para serviços de vacinação e castração de animais em situação de rua.

Associação dos Médicos Veterinários de Conquista emite nota de esclarecimento à Campanha de Castração

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 15 maio 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

logo-CRMVA Associação de Médicos Veterinários de Vitória da Conquista (ASMEVEC) emitiu uma nota de repúdio contra a organização da Campanha de Castração Animal, ocorrida na cidade no início deste mês. O imbróglio entre os dois grupos surgiu após a Associação intervir contra o local escolhido inicialmente para realizar a castração coletiva de cães e gatos.

Segundo a ASMEVEC, após a transferência do evento para um local apropriado, “uma versão rancorosa do fato ocorrido [foi divulgada pela organização da Campanha], que maculou a honra e a dignidade de toda a classe médico veterinária”. O deputado estadual Marcell Moraes, autor do projeto, declarou que os médicos veterinários locais tentaram inviabilizar a atividade. “A gente só tem a lamentar a atitude do Conselho de Medicina, que tentou inviabilizar a nossa atividade”, disse o deputado.

Confira a nota completa:

NOTA PÚBLICA

A Associação de Médicos Veterinários de Vitória da Conquista (ASMEVEC) vem a público registrar o seu profundo repúdio à divulgação maledicente dos fatos ocorridos por ocasião da realização da campanha de castração de cães em Vitória da Conquista no dia 02 de maio.

A fiscalização do Conselho Regional de Medicina Veterinária, juntamente com a Vigilância Sanitária Municipal de Vitória da Conquista, com presença da presidência da ASMEVEC, impediu a realização da castração coletiva de cães e gatos que seriam realizadas em um local inadequado para realização de procedimentos cirúrgicos.

O local onde ocorreriam as castrações era uma sala improvisada e totalmente inapropriada, deficiente na sua higienização, inclusive sem equipamento para esterilização do material cirúrgico ou para dar suporte à anestesia e ainda, sem água corrente. …Leia na íntegra

Deputado não participa da 1ª Campanha de Castração devido cancelamento de voo

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 02 maio 2015

Tags:, , ,

da Redação

Devido o mau tempo,  voos foram cancelados e o deputado Marcell Moraes (PV) ficou impedido de participar de uma campanha de castração de cães e gatos. As cirurgias serão realizadas a preços populares nos dias 2 e 3 de maio, das 8 às 18 horas, na Rua Líbero Badaró, 154, Centro.

A iniciativa é do Ministério Público com o apoio do parlamentar baiano responsável pela criação do Castramóvel que já realizou gratuitamente em Salvador, mais de cinco mil cirurgias de castrações através de um ônibus adaptado.

Na Assembleia Legislativa da Bahia, Marcell apresentou um projeto de criação da Unidade de Esterilização Móvel, com o objetivo de realizar o controle populacional dos animais domésticos, evitando a proliferação de doenças ao homem já que muitos deles acabam sendo abandonados nas ruas. A medida contribui com a redução de animais abandonados em sofrimento pelas ruas das cidade da Bahia.

Convidado,  o deputado defensor dos animais,  iria conceder entrevista ao vivo ao programa Resenha Geral na Rádio Clube FM (95,9), neste sábado(2).

Vitória da Conquista recebe campanha de castração animal

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 27 abr 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: divulgação

IMG_8871A cidade de Vitória da Conquista receberá a visita da primeira campanha de castração de cães e gatos. O objetivo do projeto é realizar o controle populacional dos animais domésticos, evitando a proliferação de doenças ao homem, já que muitos deles acabam sendo abandonados nas ruas.

Responsável pela criação do Castramóvel em Salvador, quando vereador, o deputado estadual Marcell Moraes (PV) conta que o intuito é expandir o projeto para todo o estado. Para isso, o parlamentar apresentou na Assembleia Legislativa um projeto que cria a Unidade de Esterilização Móvel. “Os animais são dignos do carinho e respeito do seu tutor, tendo direito à proteção e zelo pela sua qualidade de vida e sobrevivência. E, como sabemos que há ambientes e fatores de riscos epidemiológicos, sanitários ou ambientais, devemos realizar ações que possam diminuir os riscos á saúde humana e animal”, explica o deputado.

Em clínicas veterinárias particulares, a cirurgia pode chegar a R$ 600. No Castramóvel, o procedimento terá um custo de R$ 75. As cirurgias vão ser realizadas nos dias 2 e 3 de maio, sábado e domingo, das 8h às 18h, na Rua Líbero Badaró, 154, Centro. O projeto conta com uma equipe própria, com veterinários de fora da cidade. Nenhum veterinário local está participando do projeto. A maioria das clínicas particulares de Conquista já realizam praticamente toda semana castrações com baixo custo ou nenhum para a população carente e protetores, além de consultas e internações. Para participar, os tutores interessados devem se inscrever através do telefone (77) 8864.0507. As vagas são limitadas.