Chuva intensa é registrada em toda região Sudoeste

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 13 nov 2017

Tags:, , , ,

Da Redação

Chuva na cidade de Caetité. Foto Léo Cardoso

A chuva chegou para valer não só em Vitória da Conquista, mas em toda região Sudoeste da Bahia.Cidades como Jequié, Caetité e Tanhaçu registram um alto volume de chuva já neste início de semana.

Em Caetité, segundo a prefeitura, choveu 85 milímetros, nesta segunda (13). Ruas ficaram inundadas e a água invadiu comércio e casas. Parte do muro de ginásio de esportes desabou. Pelas ruas, buracos e crateras foram abertas pela força da enxurrada. Mas, conforme a administração municipal, não houve registro de feridos e desabrigados.

Choveu forte também na manhã desta segunda-feira em Tanhaçu. Segundo moradores, a chuva durou cerca de duas horas e a água tomou conta de várias ruas da cidade. Em Jequié, as chuvas começaram a cair desde o fim da tarde de domingo (12). Em alguns pontos da cidade, ruas ficaram alagadas, principalmente nos bairros periféricos.

Em Vitória da Conquista, as pancadas de chuvas vêm ocorrendo desde a noite do último sábado (11). Segundo a previsão do tempo, durante toda a semana, a chuva não dará trégua.

*Com informações do G1/Bahia

Buraco no Conveima é asfalto de 2016 aplicado na Perimetral

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 nov 2017

Tags:, ,

da Redação
Fotos: Blog do Rodrigo Ferraz e Blog da Resenha Geral

O buraco que surgiu após a chuva é resultado de obras na Perimetral do Governo Municipal do ano passado. A cratera foi mostrada pela TV Sudoeste e muitas pessoas, até as ligadas ao atual Governo, pensaram que o asfalto foi aplicado neste ano. Segundo informações colhidas pelo BRG, este ano, a Prefeitura não aplicou sequer 10 metros de asfalto em toda extensão da Perimetral. Predomina na obras apenas drenagem, e início da terraplenagem no trecho 1 denominado de J. Pedral.

Recuperação

O trecho que cedeu na Avenida H, na lateral do Presídio Nilton Gonçalves, no acesso principal ao bairro Conveima, a Prefeitura iniciou a recuperação. Para o secretário José Antonio (Infraestrutura) o grande problema é que as ruas que cruzam a Av. H não possuem asfalto. Com as enxurradas  areia e terra são acumuladas no trecho asfaltado. Por outro lado a cratera aberta foi em função de uma galeria pluvial entupida que provocou a infiltração de água em um pequeno trecho da rua.

 

 

Chuvas fortes cairão em Conquista, diz previsão Clima Tempo

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 07 nov 2017

Tags:, , ,

da Redação

Nesta terça-feira (7), muitas áreas de instabilidade voltam a se formar entre o sul e o centro-oeste da Bahia e há previsão de pancadas de chuva desde cedo, com moderada a forte intensidade . No norte baiano e no Recôncavo Baiano, incluindo Salvador, a previsão é de pancadas de chuva até moderadas.

Vitória da Conquista

As instabilidades vão se intensificar ainda mais nos próximos dias, alertam os meteorologistas da Climatempo . A previsão é de volumes em torno dos 100 mm para vários municípios. Em Conquista a chuva vai se intensificar até o dia 11, próximo sábado.

A Prefeitura de Conquista nos últimos dias vem intensificando a limpeza de canais. A cidade carece de drenagem. A existente nunca foi suficiente, e as fortes chuvas têm demonstrado o quando a cidade necessita de recursos para a macro drenagem. A devastação na Serra do Periperi, que continua mesmo com as providências da atual administração, tem contribuído muito com os problemas causados pelas fortes chuvas.

 

Uesb mostra que chove menos em Vitória da Conquista nos últimos anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 out 2017

Tags:, ,


da Redação

Dados levantados pelo agrônomo Reuber Matos que integra a equipe da Secretaria da Agricultura da Prefeitura de Vitória da Conquista mostra o nível de chuva na cidade nos últimos 25 anos. Os índices pluviométricos têm sofrido queda considerável. Os dados são da Uesb – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Medição

O índice pluviométrico refere-se à quantidade de chuva por metro quadrado em determinado local e em determinado período. O índice é calculado em milímetros. Se dissermos que o índice pluviométrico de um dia, em um certo local, foi de 2mm, significa que, se tivéssemos nesse local uma caixa aberta, com 1 metro quadrado de base, o nível da água dentro dela teria atingido 2 mm de altura naquele dia. Para chegar a esse índice, as centenas de estações meteorológicas espalhadas pelo país utilizam um aparelho conhecido como pluviômetro.  Com base em todos os aparelhos instalados na cidade, é possível chegar à média da precipitação observada na área total. Quando escutamos que choveu 7 milímetros na cidade, por exemplo, significa que essa seria a altura média alcançada pela água a partir do chão, na área total da cidade em determinado período de tempo.

Os diagnósticos que permitem afirmar que choveu mais ou menos do que o esperado para a semana ou o mês estão relacionados com gráficos elaborados com base na média de chuva em cada período

Ações

O prefeito de Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), foi ao Ministério da Integração Nacional e recebeu atenção do ministro Helder Barbalho e do secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Coronel Renato Newton, que receberam as solicitações para recursos para a Operação Pipa e construção de novos sistemas simplificados de água. Coube ao deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) a articulação para o proveitoso encontro do prefeito com as autoridades do Governo Federal.

No início do ano, o Exército, que comanda a Operação Pipa, reduziu drasticamente a oferta de água na Zona Rural.  O número de caminhões que atendem o interior do município foram reduzidos de 38 para 19. O pleito de Conquista tem amparo no Decreto de Situação de Emergência publicado no Diário Oficial da União.

Operação Pipa Municipal

Após encontro de vereadores com o prefeito – foi garantida a operação pipa municipal. O vereador Cori (PT), colaborou ao sugerir a utilização de recursos que ficam contingenciados, na ordem de 0,5% do orçamento, e que podem ser utilizados sem os trâmites burocráticos.  O município decretou Estado de Emergência o que faz dispensar os lentos processos licitatórios. 10 caminhões já estão operando desde a semana passado sob o comando da Secretaria da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

 

Chuva provoca mais estragos nas ruas, mas acaba com racionamento de água na Cidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 12 jul 2017

Tags:, ,

da Redação

A quantidade de buracos aumenta  em função das chuvas que também trazem alegria para a cidade e o campo. A população tem reclamado insistentemente das péssimas condições de trafegabilidade. Importante lembrar que o governo passado deixou a cidade suja, esburacada e sem 1 Kg de asfalto na usina. A compra dos primeiros R$ 4 milhões de asfalto demorou em função do tempo burocrático que a lei exige em um processo licitatório.

Quando o asfalto chegou a chuva aumentou – impossibilitando a continuidade do asfaltamento de ruas, avenidas,  e até a simples operação tapa-buracos. Todos sabem que asfalto não combina com água. Nunca é de mais lembrar que a qualidade do asfalto aplicado pelo governo do PT sempre foi muito criticado. Uma simples chuva levou todo asfalto da ruas do Vila América logo após as eleições do ano passado.

Outro aspecto relevante é a falta de macrodrenagem na cidade. Esse é um problema que em 20 anos as administrações petistas não fizeram nada para iniciar a tão esperada macrodrenagem. Ao contrário, – o que se vê são deputados petistas estimulando  e apoiando as invasões  na Serra do Periperi. A destruição da vegetação na serra aumenta a velocidade e volume de água das enxurradas.

Fum do racionamento

Com as chuvas as barragens estão cheias e o Governo do Estado anunciou o fim do racionamento que vem penalizando a cidade há muitos anos. Se as chuvas causam estragos na cidade – por outro lado têm aumentado a esperança de pecuaristas e agricultores.

Semana continua fria e chuvosa em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 jul 2017

Tags:, ,

Da Redação


O dia amanheceu chuvoso e com céu nublado nesta segunda-feira (10), em Vitória da Conquista. E assim deve permanecer durante toda a semana, de acordo com o Climatempo. Ainda conforme os meteorologistas, nesta segunda (10), a temperatura não deve passar dos 19º na cidade.

Até a próxima quarta (12), haverá muitos momentos de pancadas de chuvas em Vitória da Conquista. E o sol só deve aparecer com mais intensidade no próximo domingo (16).

Em alguns dias dessa semana, a temperatura em terras conquistenses pode chegar a 12º, com sensação térmica de até 9º, devido ao vento frio.

Coopmac faz balanço positivo da 51ª Exposição Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 03 abr 2017

Tags:, ,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão


Terminou nesse domingo (2), a 51ª Exposição Agropecuária de Vitória da Conquista. Apesar das chuvas intensas que caíram sobre a cidade nos seis dias do evento, a Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense (Coopemac) que o saldo de mais uma edição da festa foi bastante positivo.

Mais de 200 milímetros de chuva caíram no Parque de Exposições  Teopompo de Almeida durante a Exposição Conquista, o que, segundo a Coopmac, representa dois terços da média de volume dos últimos três anos. “Fomos agraciados com um volume de chuva nunca visto antes. É um volume muito considerável e a gente sabe que o público reduziu bastante. Mas, para a agropecuária, foi muito positivo. Nos negócios, principalmente”, afirmou Jaymilton Gusmão Filho, o Jaymiltinho, presidente da Coopmac.

Por conta da chuva, inevitavelmente, o público no Parque de Exposições diminui, no entanto, para Jaymiltinho os dias chuvosos foram muito bons. “Ninguém reclama da chuva. A chuva não atrapalha nenhum tipo de evento. E ainda mais para a gente, que estava precisando”, afirmou.

Ao longo do evento, foram expostos aproximadamente 3 mil animais, dos quais mais de 1.300 foram vendidos em cinco grandes leilões. A Exposição Conquista contou ainda com Feira Coopmac, Feira de Artesanto, espaços gastronômicos, parque de diversões e shows de artistas locais. “Esse tripé no qual a Exposição se baseia, capacitação, entretenimento e negócios, mas uma vez se fortaleceu”, comentou Jaymiltinho.

Em 12 horas, choveu mais de 80 milímetros em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 29 mar 2017

Tags:,

Da Redação

A chuva que caiu em Vitória da Conquista nesta madrugada superou todas as expectativas. De acordo com a estação meteorológica da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), das 21 horas desta terça-feira (28) até às 9 horas desta quarta (29), choveu na cidade 83.3 milímetros, quando o esperado girava em torno de 30 milímetros.

Com esse índice pluviométrico, a chuva que caiu em Vitória da Conquista foi a mais intensa do ano, com direito a raios e trovoadas. Além disso, a quantidade de chuva registrada apenas nesta madrugada é equivalente à precipitações esperadas para uma semana inteira.

De acordo com a previsão do tempo, a tendência é que o clima chuvoso permaneça na cidade até o fim da semana. Para esta quarta, por exemplo, espera-se que chova em média 40 milímetros. Já a temperatura deve variar em torno de 26º e 18º.

 

 

Volta a chover em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 mar 2017

Tags:,

Da Redação


A segunda semana do outono será de chuva em Vitória da Conquista. Durante a tarde e noite dessa segunda-feira (27), a chuva caiu de forma tímida em alguns pontos da cidade, se intensificando na madrugada desta terça (28).

A manhã começou com muita neblina e com temperatura mais amena, dando uma trégua no calorão dos últimos dias. Segundo a meteorologia a expectativa é que caia na cidade ao menos 15 mm de chuva. Já a quarta-feira (29) deve ser o dia mais chuvoso da semana, quando se espera 28 mm de chuva.

Nesta semana, a temperatura deve variar entre 19º e 31º. Confira aqui a previsão completa.

Conquistenses tiram os casacos do armário em pleno verão

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 fev 2017

Tags:, , ,

Da Redação
Foto: Fabiana Lacerda

Vitória da Conquista é conhecida por sua baixas temperaturas, mas no inverno. No entanto, nesse verão, os conquistenses estão precisando tirar os casacos do armário.

De acordo com a Estação Meteorológica da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), no último sábado (12), a temperatura mínima na cidade chegou a 15.4ºC. Já nessa terça (14), os termômetros marcaram 16ºC.

Nesta quarta (15), a miníma registrada na cidade foi de 16.6ºC. Porém, por conta da chuva que cai em Vitória da Conquista desde o início da manhã, a sensação térmica ficou ainda menor, podendo ter chegado, em alguns pontos da cidade, entre 14ºC e 13ºC. O que está obrigando os conquistenses a se agasalharem na estação que é considerada a mais quente do ano.

Conquista tem previsão de chuva para os próximos dias

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 fev 2017

Tags:, , ,

da Redação

O Instituto Climatempo mostra previsão de chuva para o município de Vitória da Conquista para os próximos dias. A cidade e região vêm sofrendo com a falta de chuva o que fez a administração municipal a decretar Estado de Emergência.

Segundo o agrônomo Reuber Matos, ligado a da Secretaria da Agricultura, o município de Vitória da Conquista, com extensão de .743 Km2, está todo no semiárido. A região que mais sofre com a seca vai de José Gonçalves até o Bate-Pé.

Climatempo

O Climatempo prevê já para esta terça feira, chuva de 16 mm e deverá permanecer por toda semana, com previsão para 30 mm no final de semana, até a 2ª feira (13).

Circulou notícias que a chuva prevista para o dia 10/02, 6ª feira, seria de 130 mm. Com a previsão, ainda não confirmada, a Defesa Civil e outras secretarias foram avisadas e iniciaram limpeza de canais e sarjetas em pontos estratégicos na cidade.

 

Situação da barragem segue praticamente inalterada

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 dez 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

Enquanto a chuva cai forte sobre Vitória da Conquista, no distrito de Barra Nova (em Barra do Choça), onde estão situadas as barragens de Água Fria I e II, a situação é bem diferente. A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que, não registrou chuvas nessa segunda-feira (12).

A última chuva na região das barragens ocorreu no domingo (11), quando foram registradas precipitações de 40 milímetros. O acumulado do mês de dezembro representa 58 milímetros, o que contribuiu diretamente para o aumento da vazão dos rios e mantem a tendência de recuperação gradual do reservatório principal.

Nível da barragem

As medições desta segunda apontam que a barragem de Água Fria I (reservatório para situações emergenciais) continua com sua capacidade máxima, que é de 175 mil metros cúbicos (m³). Já a barragem de Água Fria II está com 54%, o que significa que possui 3,5 bilhões de litros de sua capacidade total, que é de 6,5 bilhões de litros.

Neste momento, a Adutora do Catolé representa 86% da oferta de água distribuída pelo Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Vitória da Conquista.

Chuva dessa segunda (12) foi a maior do ano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 dez 2016

Tags:,

por Mateus Novais

Os pluviômetros automáticos instalados em Vitória da Conquista registraram o maior indicie de precipitação na cidade em 2016 nessa segunda-feira (12). Segundo a Defesa Civil, choveu 53,77 milímetros cúbicos, o que causou alagamento em vários bairros da cidade.

Dos cinco pontos onde estão instalados os pluviômetros, o maior indicie de precipitação ocorreu no Centro – 64 mm. Depois vieram o Patagônia (56 mm), Bruno Bacelar (55 mm), Lomantão (50 mm) e Recreio (41 mm).

Apesar da quantidade de chuva, nenhuma ocorrência grave foi registrada. Segundo a Defesa Civil, equipes estão nas ruas avaliando os chamados, entre eles, casas invadidas pela água, muros caídos, rachaduras em paredes e pontos de alagamentos.

Um desses registros de alagamentos está no bairro Conveima, onde ruas próximas à BR 116 estão tomadas pela águas. Veja o vídeo:

Vídeo: chuva volta a causar estragos em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 12 dez 2016

Tags:,

por Mateus Novais

A chuva de verão voltou a causar estragos em Vitória da Conquista, nesta segunda-feira (12). A chuva durou cerca de duas horas, o suficiente para alagar ruas, invadir lojas e arrastar carros e contêineres. A Defesa Civil ainda não divulgou o volume de chuva que caiu sobre a cidade.

Na rua Ascendino Melo, no Centro, dois veículos colidiram devido a força da enxurrada. Os carros estavam estacionados quando começou a chuva.

Na Praça do Gil, um contêiner foi arrastado pela força da chuva e acabou se chocando com um ônibus, que estava parado no engarrafamento.

Sem energia, Hospital de Base tenta reparar danos causados pela chuva

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 09 dez 2016

Tags:,

por Mateus Novais

img_0725Os danos causados pela chuva desta semana ainda causam problemas de atendimento no Hospital de Base, em Vitória da Conquista. Por meio de nota, a direção do hospital informou que ainda tenta reestabelecer a energia em alguns setores da unidade de saúde. Ainda assim, o atendimento está mantido.

Confira a nota na íntegra:

Com relação às imagens de no Hospital de Base de água em umas das enfermarias da emergência, veiculadas em alguns blogs da cidade, informamos que, devido à intensidade das chuvas desta última quarta (7), uma das calhas de escoamento de água se rompeu. A chuva também causou danos nas instalações elétricas da emergência. A equipe de manutenção predial do HGVC realizou o reparo nas calhas ainda no mesmo dia e está trabalhando para reestabelecer a rede elétrica em todos os setores afetados.

Trânsito está lento no entorno da Av. Lauro de Freitas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_1157foto: Blog Transitar

Quem precisa circular pelo centro de Vitória da Conquista na manhã desta sexta-feira (9) tem que redobrar a paciência. Na região do terminal da Avenida Lauro de Freitas, um dos principais gargalos da mobilidade no município, o transito está mais lento que o normal.

O motivo é os impactos das fortes chuvas que têm caído sobre a cidade nesta semana.

Na região, houve queda de energia e muitos danos aos comércios, com placas de sinalização derrubadas. A queda de uma placa de publicidade sobre a fiação interrompeu o fornecimento de energia elétrica e causou transtornos com parte da pista sendo bloqueada, o que gera lentidão.

Equipes da Coelba e de empresas de comunicação visual trabalham para corrigir os danos. Agentes do Simtrans também estão no local tentando regular o fluxo de veículos. Mas, o conselho é que, por hora, os motoristas evitem a Lauro de Freitas.

Ocorrências

A quarta e quinta-feira (7 e 8), a Central de Operações do Simtrans atendeu 25 chamados da população, destes, houve 21 deslocamentos de agentes de trânsito para auxílio à Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e companhia de eletricidade.

Vídeo: tempestade causa alagamento dentro do Hospital de Base

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 09 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Como noticiado nessa quinta-feira (8) pelo BLOG DA RESENHA GERAL, a tempestade desta semana causou estragos também dentro do Hospital de Base. Parentes de pacientes enviaram vídeos da água da chuva entrando pelo teto da Emergência, onde pacientes aguardavam atendimento.

A direção do Hospital ainda aguarda relatório da Defesa Civil para avaliar os estragos.

Confira:

Coelba registra alto número de queda de energia após temporal

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_9183Em função do mau tempo ocorrido nessa quinta e sexta-feira (7 e 8) em Vitória da Conquista e região, com fortes chuvas e ventos, acompanhados de descargas atmosféricas (raios), a Coelba apontou o aumento de ocorrências relacionadas à interrupção no fornecimento de energia.

Segundo a concessionária de energia, o número de turmas de operação e manutenção foi incrementado e o efetivo continuará reforçado até que a situação seja regularizada. “Nestas situações, quando ocorre aumento no número de ocorrências, são priorizadas aquelas que afetam um número elevado de consumidores e os atendimentos que envolvam a segurança das pessoas”, informou a Coelba.

A concessionária orienta a população para os seguintes cuidados com a rede elétrica:

– em caso de fio caído, não se aproximar e avisar imediatamente à Coelba;
– não tentar retirar galhos de árvore ou objetos caídos sobre a rede elétrica.

Atendimento:

Os consumidores que precisarem acionar a Coelba para informar falta de energia podem utilizar os seguintes canais de atendimento:

– Site www.coelba.com.br
– Central de Teleatendimento 0800 071 0800: O consumidor deve optar pela opção 2 (Falta de Energia) no menu de atendimento. Para agilizar a solicitação, é importante ter em mãos o número do contrato ou CPF do titular da fatura.

Água da chuva invade Hospital de Base e gera caos na emergência

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 08 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_0725

A forte chuva que cai em Vitória da Conquista desde a tarde de ontem (quinta-feira, 7) causou transtornos dentro do Hospital de Base. A repórter do programa Resenha Geral, Mônica Cajaíba, esteve na unidade de saúde e relata a situação do setor de emergência.

“O fornecimento de energia foi interrompido. Providenciaram um gerador, mas também não funcionou. E, como improviso, foram instalados bicos de extensão de energia. Tomadas foram espalhadas na sala de choque e na emergência, e o ambiente ficou difícil para trabalhar com condições insalubres e escuro”, relatou a repórter.

Ainda segundo Mônica Cajaíba, pacientes relataram que a água alagou os corredores. “Os mesmos tiveram que  ser levados para outros locais e parecia que a chuva era dentro do Hospital que está  em obras. Muitos pacientes nos corredores, um mau cheiro terrível, pacientes amontoados, uma situação crítica. Inclusive tivemos informações de que quem gravou as cenas foram obrigados a apagar as imagens pelos seguranças”, disse.

“Na manhã de hoje pude constatar uma equipe de técnicos já  restabelecendo a questão da  energia. Funcionários, dedicados, estão tendo que se desdobrar para dar conta de tantos pacientes. Mas todos recebem atendimento, só que em condições desumanas”, contou a repórter da Resenha Geral.

Em contato com o delegado regional do Cremeb de Vitória da Conquista, Dr. Luiz Cláudio Carvalho, Mônica Cajaíba foi informada que o órgão já está adotando providências quanto ao assunto. “Como há previsão de mais chuvas, o CREMEB poderá pedir a interdição da emergência da unidade hospitalar se a situação persistir”, declarou o delegado do Cremeb.

Chuva: Defesa Civil registra 17 chamadas de emergência; sem vítimas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 dez 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

img_1557

Os pluviômetros automáticos instalados em Vitória da Conquista, por meio do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) do Governo Federal, registraram 29,68 milímetros de chuva (Índice Geral de Precipitação), nessa quarta-feira (7). Segundo a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, até o início da manhã de hoje (8), o órgão atendeu a 17 chamados.

“Apenas danos materiais foram registrados, sem ocorrências com vítimas”. A equipe da Defesa Civil encontra-se em campo avaliando a situação.

A Secretaria de Mobilidade Urbana também informou que a pavimentação asfáltica de algumas ruas foi danificada. Uma equipe da Semob já está avaliando diversos pontos da cidade e realizando algumas intervenções imediatas. “A Operação Tapa Buracos deve ser retomada logo após a passagem das chuvas”.

A Prefeitura lembra ao cidadão que pode solicitar ajuda referente a deslizamentos, desabamentos, enchentes, inundações, entre outras emergências, por meio do telefone da Defesa Civil: 199.