10 ônibus direto da Industria Caio para Cidade Verde já em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 16 dez 2018

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

da Redação

A Prefeitura de Vitória da Conquista vem anunciando, que a Viação Cidade Verde, iria adquirir 10 ônibus ZERO para integrar a frota que corresponde o Lote 1, que pertencia a Viação Vitória.

Os 10 veículos foram liberados pela Industria Caio e já estão na garagem da empresa na Av. Juraci Magalhães. 

A Prefeitura respondeu com rapidez e eficiência debelando uma crise profunda deixada pela gestão anterior. “Não ganhamos a eleição para reclamar. Ganhamos para resolver e estamos agindo rápido”, disse o prefeito Herzem Gusmão. 

Conquista: Cidade Verde anuncia a chegada de novos 10 ônibus

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 dez 2018

Tags:,

Da Redação
foto: divulgação


A Cidade Verde, empresa que opera o transporte coletivo em Vitória da Conquista, divulgou um comunicado informando que nos próximos dias dez novos ônibus chegarão à cidade. Conforme o comunicado, os novos carros já saíram da linha de produção, e estão prontos para pegar a estrada rumo a Vitória da Conquista.

“Com estas unidades a Viação Cidade outra vez demonstra compromisso e respeito com Vitória da Conquista. Agora são 90 unidades zero km que a empresa colocou em circulação pela nossa cidade. Um feito milionário que nenhuma outra empresa  fizera nem mesmos nos remotos tempos da história do transporte público desta cidade.”, afirmou a nota da Cidade Verde.

 

Urgente: ônibus coletivo é incendiado em Vitória da Conquista.

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 nov 2018

Tags:, , ,


Reprodução do Blog do Léo Santos

No final da tarde deste sábado(10) já no começo da noite,um ônibus da viação Cidade Verde foi incendiado no loteamento Santa Mônica, região do Bairro Urbis 6,  próximo á Dass calçados,em Vitória da Conquista.

Tudo indica  que o incêndio foi criminoso.

O Corpo de Bombeiros foi acionado rapidamente e se deslocou até o local para controlar as chamas.

Ainda não se sabe se alguém ficou ferido

 

Transporte coletivo: mais 10 ônibus chegam à Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 03 out 2018

Tags:, , ,

Reprodução do site da PMVC

Cidade receberá mais 10 veículos 0 Km até fim de novembro

De forma acertada e rápida, o Governo Municipal está renovando a frota de ônibus e normalizando o transporte coletivo urbano de Vitória da Conquista. Isso porque, por meio de um contrato emergencial, a Empresa Cidade Verde passou a operar o Lote 1 do Sistema de Transporte Coletivo. A empresa conta agora com 147 veículos.

É que mais 10 ônibus chegaram à cidade nesse domingo (30) e já estão sendo preparados para começar a rodar. A secretaria está reestruturando as linhas para melhor atender a dinâmica social. “Desde o início da gestão, o prefeito está preocupado com a melhoria do transporte público. A chegada desses ônibus vai melhorar bastante o serviço em Conquista”, celebrou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Ivan Cordeiro.

Graças ao bom diálogo da Prefeitura com a empresa, os benefícios para os usuários do transporte público vão além do que foi acordado. “O prefeito acabou convencendo a empresa que trouxesse mais dez carros, porém não usados. Então, está chegando mais dez veículos zero quilômetro. A compra já foi faturada numa empresa local e os ônibus já estão liberados para o encarroçamento”, revela o instrutor da Cidade Verde, Elionardo de Almeida.

Segundo Almeida, cada ônibus custa em média R$ 400 mil. “É um investimento alto e Vitória da Conquista merece. Isso mostra que a Cidade Verde, em cinco anos, trouxe para a cidade 90 carros zero quilômetros. O que é muito bom para o município”, afirma o instrutor.

Os 10 ônibus 0 Km devem começar a operar antes de dois meses. Com essa celeridade, ganham usuários e os trabalhadores. De acordo o gerente de operações, Geovanino Jorge Nogueira, a Cidade Verde já contratou 256 funcionários e espera selecionar mais 75, gerando 331 vagas de emprego no município.

Desde o dia 24 de setembro, motoristas e cobradores contratados pela empresa passam por treinamento. Na tarde dessa segunda-feira (01), Almeida ministrava para mais uma turma. “Fazemos um trabalho voltado para o transporte público, preparando o motorista e o cobrador, cumprindo assim as exigências do edital de licitação”, explicou o instrutor, que começou como motorista na Cidade Verde.

Para Edmundo, a Prefeitura agiu muito rápido

Quem já tem 28 anos de experiência nessa função é Edmundo de Jesus (52). Ele estava desempregado há quatro meses e foi um dos ex-funcionários da Vitória contratados pela Cidade Verde. “Fomos pegos de surpresa e desesperadamente precisávamos do emprego, aí tivemos a oportunidade de entrar na Cidade Verde e foi um alívio. Eu me sinto honrado com essa oportunidade muito grande de desenvolver o conhecimento, que não tínhamos antes”, contou.

Para Edmundo, a Prefeitura também agiu muito rápido: “Foi relâmpago. Se não a gente ficaria mais quantos meses ou anos, pois não é fácil uma licitação. Mas graças a Deus, agiu rápido e foi muito bom”.

A Cidade Verde passou a operar todas as linhas do Transporte Coletivo Urbano depois da decisão da Prefeitura de cancelar o contrato com a Viação Vitória. A medida foi tomada após recomendação da comissão do processo administrativo de inadimplência n. 014/2018, que julgou as irregularidades cometidas pela concessionária de transporte coletivo. Mas desde a lacração dos 74 ônibus da Vitória, a Cidade Verde já operava de forma emergencial e temporária algumas linhas do lote 1.

Almeida ministra treinamento para novos cobradores e motoristas

Cidade Verde anuncia 20 ônibus zero Km, e mais 20, para o 1º semestre de 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 01 out 2018

Tags:, , ,

da Redação

Foto: Arquivo (Diário do Transporte)

O prefeito Herzem Gusmão (MDB), foi rápido nas negociações que permitiram que a Viação Cidade Verde voltasse a investir, e regularizar em tempo recorde, a frota que compõe o transporte coletivo na cidade. A empresa em contrato emergencial assumiu o Lote 1 que pertencia a Viação Vitória.

Nas negociações,  o prefeito envolveu  secretários titulares de várias pastas, para de forma clara e transparente bater o martelo e negociar com a Viação Cidade Verde. Diretores da empresa participaram ativamente do entendimento que permitiu uma rápida solução.

A Cidade Verde revelou que adquiriu os novos veículos com os novos chassis Mercedes Benz – modelo 1721,  última geração homologadas nas rígidas normas ambientais EURO 5, menos poluentes.

20 novos ônibus

A chegada de 20 ônibus zero Km novas unidades está prevista  para final de novembro deste ano, e mais  20 vinte, para o primeiro semestre de 2019. Importante realçar que os 40 novos ônibus integrarão o Lote 1 que era operado pela Viação Vitória.

 

Viação Vitória perde contrato e abre caminho para Cidade Verde que já opera com 126 ônibus

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 29 ago 2018

Tags:, , ,


banner alfa park

da Redação
Com informações da Secom

Enquanto seguimentos da oposição tentam tumultuar a cidade com bloquei de ruas, e pedido de CPI, o prefeito Herzem Gusmão (MDB), foi rápido e resolveu o problema de transporte coletivo na cidade.

O cancelamento do contrato com a Viação Vitória foi oficializado  pela administração municipal e a Viação Cidade Verde já opera as linhas do Lote 1. Já são 126 ônibus circulando pela cidade.

Em apenas duas semanas, a empresa estará com um total de 170 veículos em circulação, cobrindo todas as linhas que eram de responsabilidade da Viação Vitória. A novidade é que a Prefeitura autorizou a circulação de micro-ônibus que já estão integrados na frota. Vão circular de forma gratuita por chácaras no bairro Lagoa das Flores, facilitando a locomoção das pessoas que moram mais distantes dos principais pontos de ônibus.

Atitude

Com coragem e atitude, o Governo Municipal agiu rápido após ter lacrado 74 ônibus da Viação Vitória – que estavam colocando em risco a segurança de passageiros e da população. “Nós recebemos o transporte em sua situação gravíssima, mas já resolvemos o problema e a cidade já sente a normalização do transporte. Através de um decreto de emergência, estamos permitindo que a Cidade Verde opere todas as linhas da Vitória. Ontem eu estive na garagem da empresa acompanhando de perto, quando chegaram mais 10 ônibus”, informou o prefeito Herzem Gusmão ao site da PMVC.

O diretor da Cidade Verde, Sérgio Ubner, conta ainda outras novidades: “Estamos ampliando a garagem, alugando uma estrutura aqui ao lado, onde já funcionou uma empresa de ônibus no passado, para poder ter condições melhores. Estamos recontratando algumas pessoas, contratando uma parte dos funcionários da Viação Vitória. Já estamos chegando a quase 100 pessoas, acostumados a lidar com os clientes daquela região, onde operava a outra empresa”.

 

Cidade Verde já opera quase todas as linhas da Viação Vitória

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 28 ago 2018

Tags:, , ,

Banner marcelo santana

da Redação
Foto: Diário do Transporte

Acompanhado dos secretários Marcos Ferreira, Gildásio Oliveira e Ivan Cordeiro (Mobilidade Urbana), e ainda do Coordenador de Transportes, Jackson Ishiura, o prefeito Herzem Gusmão (MDB) fez uma visita surpresa a garagem da Viação Cidade Verde.

“Ao chegar me deparei com mais 10 ônibus que tinham chegado para integrar a frota que irá operar emergencialmente”, disse. O prefeito disse ainda  que o problema já está resolvido e com mais 15 dias a Cidade Verde estará operando todas as linhas da Viação Vitória.

A garagem da Cidade Verde foi ampliada com a incorporação de uma grande área que fica ao lado. O espaço é divido apenas por um muro que será demolido na ampliação da garagem da empresa.

Micro-ônibus

Ainda esta semana, a Cidade Verde, iniciará uma experiência com a disponibilidade de micro-ônibus para atender os moradores da Lagoa das Flores. Segundo o representante da empresa, Sergio Hubner, outras linhas serão atendidas por veículos mais leves, tipo micro-ônibus.

Protesto

Curioso protesto foi realizado na noite desta segunda-feira (27). Para a administração municipal “é uma orquestração de adversários que tentam tumultuar a cidade”. Um bloqueio irresponsável travou o centro da cidade, a partir do terminal de passageiros da Av. Lauro de Freitas.

A Prefeitura foi rápida na resposta. Logo após  a operação que lacrou 74 ônibus da Viação Vitória, o Governo não parou e viu como a solução  a contratação da Cidade Verde para também operar o Lote 1.

Em aproximadamente 20 dias, a Viação Cidade Verde já estará operando todas as linhas da Viação Vitória

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 17 ago 2018

Tags:, , ,

Banner marcelo santana

da Redação
Foto: Blog do Marcelo

Em entrevista concedida nesta 5ª feira (16), as emissoras Rádio Clube FM e Rádio Brasil FM, o prefeito Herzem Gusmão (MDB) informou que em aproximadamente 20 dias a Viação Cidade Verde estará operando todas as linhas da Viação Vitória.

O trabalho parcialmente foi iniciado, e na atualidade, 100 ônibus atendem a cidade, e mais veículos estão chegando toda semana. Segunda-feira (20), mais 11 ônibus chegarão para integrar o sistema de transporte coletivo em Conquista.

O prefeito admitiu ser a melhor opção, a escolha da Cidade Verde, após ter tentado outras empresas a exemplo da Anchieta de Belo Horizonte, Passaredo e Camurugipe.

Na entrevista, o prefeito falou que mandará uma mensagem a Câmara de Vereadores, para que a isenção do ISS seja aprovada. Sem a cobrança do ISS, a nova tarifa, inevitável para não gerar mais demandas com pleitos de reequilíbrio econômico financeiro, terá peso menor com a Prefeitura subsidiando o transporte coletivo com a isenção do ISS.

Outra revelação importante, é que os funcionários da Viação Vitória, após rescisão contratual  (baixa na CT), serão contratados pela Cidade Verde. A garantia foi dada por diretores da Cidade Verde, em reunião com o prefeito, PGM e secretários do município.

Cidade Verde deve realmente assumir as linhas da Vitória

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 06 ago 2018

Tags:,

Da Redação

Prefeitura e representantes da Viação Cidade Verde se reuniram na tarde desta segunda (6) para debater camimhos que possam solucionar a questão do transporte coletivo em Vitória fa Conquista. Na oportunidade, os representante da empresa apresentaram proposta para assumir de forma emergencial o lote 1 do Contrato 001/2013, que é de responsabilidade da Viação Vitória.

A oferta de mais ônibus para operar emergencialmente no Município foi um dos pontos de pauta. “Atualmente, 15 ônibus da Viação Cidade Verde operam emergencialmente em Vitória da Conquista, além dos 77 que compõem o seu próprio lote. Estes 15 são responsáveis por 9 das 27 linhas do lote 1, antes operadas pela Viação Vitória”, afirmou a nota divulgada pela Prefeitura.

Ainda segundo a nota, na reunião, a Prefeitura manifestou preocupação com os funcionários da Viação Vitória, que estão sem receber salários e passando por dificuldades financeiras. “A Prefeitura busca que a empresa que assuma temporariamente o lote 1 recontrate esses funcionários”.

Por fim, a nota afirma que a “Cidade Verde e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana combinaram que vão realizar um estudo para reavaliar as linhas do Município, visando a celebração de um contrato emergencial. A ação visa atender toda a população no menor prazo possível”.

Nove ônibus da Vitória estão circulando; Cidade Verde está operando com 11 veículos extras

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 23 jul 2018

Tags:, ,

Da Redação


A situação no transporte coletivo de Vitória da Conquista ainda continua dramática. A Viação Vitória continua impossibilitada de operar em suas linhas e, no momento, possui apenas nove ônibus circulando.

Em nota, a Viação Vitória alegou que não tem recursos em caixa para poder regularizar os 73 ônibus que estão lacrados. Conforme a nota, a situação se torna mais difícil porque a circulação do seus ônibus gera a única “fonte de recursos que a empresa tem para pagar funcionários, comprar combustível e tentar sobreviver sob dois processos: um de recuperação judicial e outro de caducidade”.

A nota ainda destacou que “se com 80 carros e todas as linhas funcionando a Viação Vitória tinha dificuldade para gerar fluxo de caixa nas catracas para saldar em dia os salários, agora a situação é mais grave ainda”.

Na tentativa de evitar mais transtornos para a população, a Cidade Verde está operando com 11 veículos extras, que estão atendendo oito linhas da Viação Vitória. São elas: Alto Maron, Nova Cidade, Cidade Maravilhosa, Boa Vista, Pradoso e Miro Cairo.

Justiça confirma condenação da Viação Cidade Verde e exige nova licitação

0

Publicado por Editor | Colocado em Justiça, Vit. da Conquista | Data: 30 jun 2018

Tags:, ,

da Redação

O Diário Oficial do Município de Vitória da Conquista divulgou Decreto para início do processo licitatório para o Lote 2, que vem sendo operado pela Viação Cidade Verde.

Condenação

A Justiça condenou a Viação Cidade Verde por ter fraudado o balanço, que foi apresentado a Prefeitura, na gestão do prefeito Guilherme Menezes (PT), conforme sentença judicial de fls. 1.881 a 1.905, nos autos da Ação Popular nº 0501761-94.2013.8.05.0274, na qual o Judiciário desconstitui, por nulidade absoluta, o ato de contratar a Cidade Verde Transporte Rodoviário Ltda. para operar o transporte de passageiros do lote 02 da Concorrência Pública.

Condenação II

Ainda na sentença o juiz, Dr. Frederico Campos determinou:

Art. 2º
Fica o Secretário Municipal de Administração e a Procuradoria Geral do
Município com a competência de garantir prioridade e celeridade para todas as
demandas relativas ao cumprimento da sentença judicial, sob pena de
responsabilização, bem como de promover a qualidade organizacional e técnica do
processo licitatório, de que trata este decreto.
Art. 3º
O Secretário Municipal de Mobilidade Urbana deverá, mensalmente,
demonstrar os atos e decisões administrativas realizados em cumprimento da
decisão judicial, com as justificativas necessárias, ao Gabinete do Prefeito, com cópia
à Procuradoria Geral do Município.

 

Ministério Público pede que contrato com a Cidade Verde seja anulado e alega falta de lisura no processo licitatório

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 18 abr 2018

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Secom/Prefeitura (2013)

MP considerou ilegal o contrato firmado pelo ex-prefeito Guilherme Menezes (PT) com a Cidade Verde

A Prefeitura de Vitória da Conquista celebrou no dia 8 de outubro de 2013, contrato com a Cidade Verde, para operar linhas do transporte coletivo na cidade. O contrato foi assinado pelo prefeito Guilherme Menezes (PT) e o empresário Joaquim Constantino Neto, diretor da empresa.

Ilegalidade

Na época o processo licitatório durou 3 anos. O valor da outorga foi de apenas R$ 6 milhões e considerado muito estranho já que a Viação Vitória ganhou o Lote 01 com valor de R$ 37 milhões. A Serrana Transporte, ganhou o Lote 02 com valor de R$ 20 milhões e não assinou o contrato.

A Prefeitura no Governo do PT quebrou 5 empresas e não conseguiu emplacar uma gestão eficiente no transporte. O processo licitatório foi amplamente denunciado pelo programa Resenha Geral da Rádio Clube FM.

Ministério Público

Com todas as evidência que o processo licitatório foi manipulado e cheio de irregularidades,  uma Ação Pública, de autoria do ex-vereador Arlindo Rebouças, poderá a qualquer momento ter o desfecho com a sentença do juiz, Dr, Ricardo Frederico Campos.

Pedido do MP 

O blog transcreve na íntegra trecho do parecer de Dra. Lucimeire Carvalho Farias da 8ª Promotoria da  Justiça da Comarca de Vitória da Conquista:

Quer a Lei a lisura do certame

(…) O que vemos no presente processo foi a ocorrência de atos administrativos que macularam a lisura da concorrência pública e desrespeitaram o princípio da legalidade, da moralidade, impessoalidade, isonomia, probidade administrativa, vinculação ao instrumento convocatório e julgamento objetivo, vez que a administração agiu de forma contrária à legislação atinente à matéria e com desvio de finalidade, como ficou acima demonstrado.

Contrato

O Ministério Público entendeu que que a presente Ação Pública deve ser julgada procedente, para anular o contrato de concessão que foi assinado com a Ré Cidade Verde.

Concluiu o Ministério Público: (…) Como precaução e para respeitar o princípio da descontinuidade dos serviços públicos, entende, ainda o MPE que V.Exa. deve determinar que o Município providencie a realização e conclusão de Licitação Pública, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias a contar do trânsito em julgado da sentença, para as linhas integrantes do Lote 02.

 

Cidade Verde poderá operar linhas da Viação Vitória, revela comentarista da Rádio Clube

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 20 fev 2018

Tags:, , ,



da Redação

A Prefeitura  vem cumprindo todas as etapas necessárias e legais no processo de caducidade que poderá culminar com o rompimento do contrato com a Viação Vitória, empresa do transporte coletivo em Vitória da Conquista.

Além do processo de caducidade em curso, pesa contra a empresa outro processo de Recuperação Judicial – que poderá resultar ou não na falência da Vitória, decisão que caberá ao juiz.

Decisão

No Programa Sudoeste Agora, da Rádio Clube FM ((5,9), edição desta 2ª feira (20), o jornalista Humberto Pinheiro  anunciou a possibilidade da empresa Cidade Verde operar linhas em vários bairros da cidade, cujo serviços de transporte são feitos pela Viação Vitória. Serão retirados de circulação os veículos que possam colocar em risco a segurança de passageiros e da população da cidade.

Por telefone o prefeito Herzem Gusmão (MDB) assegurou ao jornalista Humberto Pinheiro que “Reunião está marcada e uma  proposta será apresentada a empresa Cidade Verde que passaria a operar as linhas que a Viação Vitória vem encontrando dificuldades devido ao envelhecimento da sua frota”, relatou o prefeito. “Diferente do governo passado que transferiu a linha D38 – Alto Maron/Urbis VI, da Vitória para Cidade Verde, a medida seria revogada tão logo a empresa colocasse em circulação veículos vistoriados e aprovados pela Secretaria de Mobilidade Urbana”, completou o prefeito.

As últimas cenas mostradas pela imprensa, com vários veículos da Viação Vitória em situação deplorável, sempre apresentando defeito e até falta de diesel motivaram que a Prefeitura tomasse essa medida extrema. Tudo agora depende da empresa Cidade Verde aceitar a proposta.

 

Sindicato dos Rodoviários irá ao Tribunal Superior do Trabalho para resolver impasse com a Cidade Verde

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 07 jun 2017

Tags:, ,

Da Redação


Depois de mais de 40 dias, o transporte público em Vitória da Conquista voltou à sua normalidade. Isto, porque chegaram ao fim, na última semana, as paralisações dos funcionários da Empresa Cidade Verde. Agora, para resolver o impasse o Sindicato dos Rodoviários promete ir ao Tribunal Superior do Trabalho.

O Sindicato da categoria, os funcionários pedem 16% de aumento do salário, aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

No entanto, a Cidade Verde ofereceu reajuste salarial de 4,55% para motoristas e cobradores, ou seja, eles passarão a receber, respectivamente, R$ 1.780,75 e R$ 1.1019,52. O vale-refeição passou de R$ 280 para R$ 292,88.

O Sindicato, por sua vez, quer que a Cidade Verde pague aos seus funcionários o mesmo valor concedido pela Viação Vitória.Em maio, a empresa concedeu aumento de 6%, fracionados em 5% (cinco por cento) de imediato e 1% (um por cento) para o quinto dia útil do mês de setembro. Também foi proposto,aumento no ticket alimentação para o valor de R$ 350,00.

Impasse entre Cidade Verde e rodoviários já dura um mês

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 18 maio 2017

Tags:, ,

Da Redação


Há exatamente um mês, a população de Vitória da Conquista, que depende do transporte público, vem sofrendo com o impasse que foi estabelecido pela empresa Cidade Verde, uma das empresas que opera o transporte coletivo na cidade, e seus funcionários.

De um lado, os rodoviários querem reajuste salarial. Segundo o Sindicato da categoria, os funcionários pedem 16% de aumento do salário, aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

Do outro lado, a Cidade Verde, se nega a entrar em um acordo com os funcionários. A situação, inclusive, foi discutida em uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Salvador, na última semana, mas nada foi definido.

Enquanto a situação não é resolvida, a população sofre a duras penas. “A gente vai pro ponto e não se o ônibus realmente vai passar”, afirmou uma usuária do transporte público. Isso, porque, diante da negativa de acordo, os rodoviários continuam realizando paralisações – que tiveram início no dia 18 de abril. Além de reduzir a frota a 30%, em determinados horários, os funcionários recolhem os ônibus, gerando diversos transtornos aos usuários do transporte coletivo.

A pergunta que todos estão fazendo é : “Até quando a situação irá ficar assim?”.

Paralisação dos rodoviários da Cidade Verde pode acabar na próxima terça

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 08 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Na próxima terça (9),  será realizada uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Salvador, para definir a situação da Cidade Verde Transportes com os seus funcionários. A depender do que for decidido na audiência, a paralisação dos rodoviários da empresa pode chegar ao fim.

Desde o dia 24 de abril, os rodoviários da Cidade Verde estão de greve. Os ônibus das empresa só estão circulando normalmente nos horários de pico, no restante do dia, somente 20% da frota está operando. Segundo o Sindicato dos Rodoviários, o estado de greve foi deflagrado, porque a empresa abandonou as negociações referentes ao reajuste salarial.

Os rodoviários cobram reajuste salarial de 16%,  aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

Viação Vitória

No último sábado (6), o Sindicato da categoria aceitou a nova proposta apresentada pela empresa Viação Vitória. Durante assembleia, foi aprovado reajuste salarial de 6%, fracionados em 5% de imediato, valendo para o dia primeiro de maio, e 1% para o quinto dia útil do mês de setembro do referido ano. Também foi proposto aumento no ticket alimentação, para o valor de R$ 350,00.

Ainda conforme o Sindicato, as demais clausulas, como plano de saúde e prêmio de férias, serão discutidas no dia 10 de maio.

Impasse entre rodoviários e empresas do transporte municipal segue causando transtorno à população

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 02 maio 2017

Tags:, , , ,

Da Redação


Desde o dia 18 de abril, os usuários do transporte coletivo de Vitória da Conquista vêm enfrentando uma série de transtornos. Por conta da negociação por reajuste salarial, os ônibus que atendem a cidade estão funcionando em horários alternativos, com apenas uma pequena parte da frota.

Após quase uma semana realizando paralisações pontuais, os rodoviários da empresa Viação Cidade Verde decretaram greve por tempo indeterminado no dia 25 de abril, em reivindicação por aumento de salário e melhores condições de trabalho. O comunicado foi feito pelo Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintravc), sob a justificativa de que os diretores da empresa não participaram da reunião agendada para o dia 24, nem apresentaram propostas de reajuste salarial.

A empresa, porém, alega que foi o próprio sindicato que se distanciou das negociações. Diante do impasse, as atividades dos funcionários da Cidade Verde estão parcialmente suspensas.  Segundo o sindicato, apenas 20% do quadro de funcionários está sendo mantido, que possui cerca de 80 funcionários. Ainda conforme o sindicato, “por consideração à população”, nos horários pico, que compreendem o período de 5h às 8h e 17h às 19h, todo o efetivo está mantido.

Já os rodoviários da Viação Vitória resolveram voltar às atividades nesta terça-feira (2) após terem cruzado os braços na última quinta-feira (27), quando entraram em greve. De acordo com o sindicato da categoria, os funcionários da Vitória decidiram voltar ao trabalho após a empresa se comprometer em apresentar uma proposta de negociação com valores acima da anterior. A proposta vai ser discutida em reunião entre empresa e sindicato, na quarta-feira (3).

Enquanto a situação não é resolvida, a população que depende do transporte coletivo – aproximadamente 100 mil pessoas que utilizam o serviço diariamente -, segue tendo diversos problemas. Em alguns bairros, por exemplo, é necessário esperar mais de uma hora para conseguir se deslocar utilizando um ônibus.

Rodoviários da Cidade Verde anunciam greve por tempo indeterminado

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 24 abr 2017

Tags:, ,

Da Redação


Os rodoviários da empresa Cidade Verde, uma das empresas que opera no transporte coletivo de Vitória da Conquista, anunciaram greve por tempo indeterminado.  De acordo com o Sindicato da categoria, a decisão foi tomada na tarde desta segunda (24), após a empresa cancelar a reunião proposta para discutir o reajuste salarial.

Conforme as informações divulgadas, a direção da Cidade Verde alega que a manutenção das paralisações, organizada pelo sindicato da categoria desde a última terça (18), significa “abandono da mesa de negociação, razão pela qual, entende a empresa que está cancelada a reunião agenda para esta data”, informou o ofício da Cidade Verde encaminhado à Prefeitura de Vitória da Conquista. O Blog da Resenha Geral entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da empresa, mas até o momento não obteve resposta.

Nesta terça-feira (25), conforme o Sindicato, das 05 às 08 horas, os veículos vão circular normalmente. Das 08 às 17 horas, apenas 30% da frota de veículos vai rodar. Das 17 às 19 horas, os ônibus voltarão a circular com 100% da frota. Já de 19 horas à meia-noite, apenas 30% dos ônibus da empresa atender a população.

Reivindicações

Os rodoviários cobram reajuste salarial de 16%,  aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

Funcionários da Cidade Verde podem entrar em greve nesta segunda (24)

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 24 abr 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Desde a última terça-feira (18), os usuários do transporte público de Vitória da Conquista vêm enfrentando transtornos devido às constantes paralisações dos rodoviários da Cidade Verde. Nos últimos sete dias, nos horários de pico, apenas 30% da frota da empesa está circulando.

As paralisações fazem parte das medidas encontradas pelo Sindicato do Rodoviários para forçar a negociação do reajuste salarial. Conforme a direção do Sindicato, na tarde desta segunda (24), haverá mais uma rodada de negociação, caso não haja acordo, os funcionários da empresa irão entrar em greve.

Reivindicações

Os rodoviários cobram reajuste salarial de 16%,  aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

Em relação à Viação Vitória, o Sindicato afirmou que uma proposta já foi feita pela empresa, no entanto, não foi acatada pelos rodoviários. Ainda nesta semana, será realizada uma contra-proposta e, a partir do posicionamento da Viação Vitória, serão analisadas as medidas que deverão ser tomadas.

Motoristas e cobradores voltam a parar as atividades nesta quarta em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 19 abr 2017

Tags:, , , , ,

Da Redação


Os trabalhadores da empresa de transporte público Cidade Verde, em Vitória da Conquista paralisaram parcialmente o serviço nesta quarta-feira (19). Segundo o sindicato da categoria, o ato é uma reivindicação por aumento de salário e melhores condições de trabalho.

A Viação Vitória circulou normalmente logo no início da manhã, mas apenas metade da frota a de ônibus da empresa Cidade Verde atendeu a população nas primeiras horas do dia. Motoristas e cobradores pararam das 5 até as 7 horas e prometem voltar a paralisar as atividades das 11 até 13 horas e das 17 às 19 horas.

Os trabalhadores pedem reajuste de 16% no salário, aumento no valor do tíquete alimentação para R$ 450 e pagamento de 80% do plano de saúde pela empresa. Os motoristas da Viação Vitória também devem parar, se não houver negociação no final do dia.

Atualmente, a categoria não tem plano de saúde. As empresas de ônibus dizem que só podem atender às reivindicações se houver aumento na passagem de ônibus, entretanto, um reajuste no valor da tarifa já foi aplicado há três meses. A passagem que custava R$ 2,80 passou para o valor de R$ 3,30.