Colégio Fernando Spinola pode ser extinto pelo Governo da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação, Vit. da Conquista | Data: 30 nov 2015

Tags:, ,

da Redação

Vereador Andreson Ribeiro (PCdoB) reage contra decisão da Secretaria de Educação 

Colégio

Tem sido corriqueiras por parte do Governo da Bahia a desativação de escolas em Vitória da Conquista. Na mira da Secretaria de Educação o Colégio Fernando Spinola. O vereador Andreson Ribeiro (PCdoB) iniciou campanha contraria à desativação do tradicional colégio.

Na sessão da Câmara de Vereadores de sexta-feira (27), disse: “Em meio a tanta violência e caos social, chega uma notícia do Coordenador do Núcleo de Educação, Ricardo Costa, que irá fechar um importante colégio na Patagônia, que é o Fernando Spínola”.

O vereador destacou que colégio, fundado em 1970, bem localizado, tem hoje 860 alunos nos três turnos e 36 professores. “Já que tem a demanda, precisamos colocar mais escolas, ou melhorar as condições das que já existem”. apelou a Casa na tentativa de evitar mais uma desativação de colégio na cidade. Informações da Ascom/Câmara

Governo planeja fechar Colégio Fernando Spínola, denuncia vereador

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 28 nov 2015

Tags:, ,

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

por Mateus Novais

DSC_1764

Nessa sexta-feira (27), uma péssima notícia abateu a Educação de Vitória da Conquista. Os rumores sobre o fechamento de mais uma escola estadual foi confirmado por um dos membros do Legislativo Municipal. Segundo o vereador Andreson Ribeiro (PCdoB) Colégio Estadual Fernando Spínola é a bola da vez.

A informação foi confirmada, de acordo com o parlamentar, pelo Núcleo Regional de Educação. “Em meio a tanta violência e caos social, chega uma notícia do coordenador do Núcleo de Educação, Ricardo Costa, que irá fechar um importante colégio na Patagônia, que é o Fernando Spínola”, revelou o vereador.

Caso a informação do parlamentar se confirme, esta será o segundo colégio estadual fechado na cidade no governo petista. O primeiro foi o Dirlene Mendonça, que encerrou suas atividades no ano de 2010, tendo que realocar 396 alunos.

Já o número de alunos do Colégio Estadual Fernando Spínola é bem maior. Fundado nos anos 70, o Fernando Spínola oferece 860 vagas nos três turnos. Os 36 professores que trabalham no colégio atendem aos moradores da Patagônia, Kadija, Conveima e Condomínios dos Campinhos.