Coligação Uma Conquista Melhor divulga nota sobre pesquisa P&A

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 14 set 2016

Tags:, , ,

Assessoria/Jornalismo

herzem-irma1. A pesquisa foi realizada pela P&A, Pesquisa e Análise, de Salvador, um dos institutos de pesquisa mais respeitados do nordeste do país. Entre os clientes do instituto estão o Ministério da Previdência Social, EMBASA e a Secretaria do Turismo do Estado da Bahia, sendo esses dois últimos órgãos administrados, atualmente, pelo PT.

2. Não existe nenhum vínculo que ligue a P&A à Coligação “Uma Conquista Melhor”, que tem Herzem Gusmão como candidato a prefeito.

3. A encomenda de qualquer pesquisa, de cunho eleitoral ou não, tem que ser feita por pessoa jurídica, seja um partido, seja uma empresa. No entanto, é importante que se diga: que quem contrata a pesquisa não tem poder algum de influir no resultado final do levantamento, e a coligação encabeçada pelo PT de Conquista sabe muito bem disso.

4. Por fim cabe ressaltar que a chapa do PT entrou com liminar na Justiça tentando impedir que o levantamento fosse divulgado durante o Horário Eleitoral, e perdeu. O juiz da 41 ª zona eleitoral, Clarindo Lacerda Brito, indeferiu o pedido alegando em seu despacho não haver qualquer ilegalidade na contratação da referida pesquisa eleitoral.

Sendo o que se apresenta para o momento, solicitamos que a verdade dos fatos seja restaurada dentro dos padrões de ética e lisura profissional que sabemos ser marca do trabalho do ilustre jornalista.

PMDB não coliga com Democratas na proporcional em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 22 jul 2016

Tags:, , ,

da Redação

PMDB

Em reunião na noite desta quinta-feira (21), que teve início na residência da presidente do PMDB, Geanne Oliveira, e terminou na casa do secretário geral do partido, ex-vereador Edvaldo Ferreira, o PMDB apreciou e vetou proposta de coligação na proporcional com o Democratas.

A reunião contou com a presença do deputado federal Lúcio Vieira Lima e do deputado estadual Soldado Prisco (PPS). Após consulta feita aos pré-candidatos do PMDB a proposta foi rechaçada por absoluta maioria. Apenas 3 votos a favor da coligação PMDB/DEM. Na opinião dos filiados o fato do grupo ser ouvido fortaleceu o partido e a democracia interna na legenda peemedebista.

Filiação

A presença do deputado Soldado Prisco na reunião teve por finalidade apresentar ao grupo o nome do Sargento/PM Flaucidio Neto que disputará uma vaga na Câmara de Vereadores como candidato. Prisco disse que mesmo sendo filiado ao PPS iria apoiar a pré-candidatura a prefeito de Herzem Gusmão (PMDB) com Irma Lemos (PTB) na vice. O parlamentar orientou e aprovou a filiação de Flaucidio no PMDB.

Diferente da rejeição a coligação na proporcional com o DEM, quase que unanime, já a aprovação do nome de Flaucidio foi por aclamação. O PMDB, PTB, PSC, PRB, PSDC, PPL e PMB farão suas convenções neste sábado (23), com início às 9 horas, e término previsto par às 17 horas. O ponto alto do evento será das 11 às 13 horas nas dependência da Câmara de Vereadores.

DEM quer Álvaro Pithon e Lúcia Rocha amparados na disputa eleitoral em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 04 jul 2016

Tags:, , , ,

da Redação

Foto: arquivo

alvaro e luciaO comando estadual do Democratas (DEM) em Salvador, desde o ano passado,  vem manifestando preocupação em amparar os seus dois e únicos vereadores Álvaro Pithon e Lúcia Rocha, os mais votados nas eleições de 2012.

Na Convenção do partido realizada no ano passado, no salão de eventos Sonho de ìcaro, os únicos edis do DEM na Câmara de Vereadores de Conquista não foram convidados a compor a mesa de honra e sequer tiveram os nomes citados. Foi um convite para deixarem a agremiação. O clima ficou tenso e o descontentamento de Álvaro e Lúcia foi notado.

Os deputados Paulo Azzi (federal) e Luciano Ribeiro (estadual), trabalharam nos bastidores para pacificar o partido em Vitória da Conquista e conseguiram.

Coligação

Preocupa a legenda o fato do partido está isolado sem conseguir uma coligação que possa viabilizar a reeleição de Álvaro e Lúcia. Este mês será decisivo para as pretensões de ambos em conseguir amparo partidário. O PEN, SD, e o PSDB podem ser a solução que viabilize a renovação do mandato de ambos nas eleições de outubro este ano. A resistência é muito grande dos aliados, mas a esperança é que sejam convencidos a aceitar os candidatos do DEM.

Solidariedade garante apoio a Marcelo Melo, mas sem coligação com o DEM

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 14 jun 2016

Tags:, ,

da Redação

Os vereadores Álvaro Pithon e Lúcia Rocha, ambos do DEM, permanecem sem alternativa de coligação

alvaro

Após notícia veiculada na Tribuna da Conquista, e reproduzida no BRG, o pré-candidato a prefeito e presidente do DEM, Marcelo Melo, em nota encaminhada a redação da TC, informou que o presidente do Solidariedade em Vitória da Conquista, Capitão Lima, “ratifica seu apoio a Marcelo Melo, pré-candidato a prefeito do DEM” nas eleições 2016, porém esclarece que “tem chapa de pré-candidatos a vereadores fechada, não vai coligar na proporcional”.

Álvaro Pithon e Lúcia Rocha

Com essa decisão do SD, os vereadores Álvaro Pithon e Lúcia Rocha,  permanecem sem alternativa de coligação. Nem o próprio partido a que pertencem está conseguindo contornar o dilema dos dois edis. Resta agora o PEN e naturalmente Melo deverá buscar em outros partidos o difícil abrigo para Álvaro e Lúcia.

DEM/PSDB

Apostas estão sendo feitas que a possível coligação do DEM/PSDB, com uma chapa com os pré-candidatos a prefeito das duas legendas, seria possível um acordo para permitir uma coligação também na proporcional. Neste cenário Álvaro e Lúcia teriam  solução satisfatória.

 

PRB, PTB e PPL se unem na proporcional; PMDB e PSC saem sozinhos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 09 jun 2016

Tags:, , , , , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0092

O cenário para a eleição à Câmara de Vereadores já começam a ganhar seus contornos. Alguns partidos já anunciaram seu posicionamento para a disputa proporcional, entre eles os da oposição. Em entrevista coletiva, nessa quarta-feira (8), o PRB, PTB, PPL, PMDB e PSC anunciaram como caminharão em busca das cadeiras ao Legislativo Municipal.

O PRB, PTB e PPL definiram que irão coligar. Os partidos têm a frente o vereador Pastor Sidney Oliveira, a vereadora Irma Lemos, que já anunciou que não concorrerá a reeleição, e o coronel Esmeraldino Correia, respectivamente. Já o PMDB, do pré-candidato a prefeitura Herzem Gusmão, e o PSC, de Ney Mota, sairão sozinhos, sem coligar com nenhum outro partido.

Cada coligação poderá apresentar 32 candidatos à Câmara Municipal, obedecendo os 10% mínimos para um dos dois sexos. O Legislativo conta com 21 cadeiras.

“Quem chega primeiro tem uma atenção especial”, diz Herzem sobre vice

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 08 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_1133

No anúncio de apoio dos partidos PTB, PRB e PSC à pré-candidatura de Herzem Gusmão (PMDB) a prefeitura de Vitória da Conquista uma pergunta ficou em aberto: Irma Lemos (PTB) será candidata a vice na chapa majoritária? Os dois principais envolvidos na questão fez questão de mostrar que a sintonia está afinada, mas que ainda há muito o que se conversar.

Em sua fala, a vereadora Irma Lemos lembrou que foi convidada por diversos partidos, inclusive do atual governo, para coligar como vice-prefeita, mas preferiu seguir com Herzem. “Todos sabem que minha caminhada com Herzem não é de agora, começamos lá em 2010, quado já vínhamos conversando, e continua com este apoio. Mas todos sabem que não serei mais candidata a vereadora. Estou em meu terceiro mandato e já anunciei que vou me aposentar do Legislativo Municipal”, comentou Irma, passando a bola para Herzem Gusmão.

Já Herzem pregou a calma nesse início de diálogo: “Quando começamos a conversar com dona Irma, o nome dela foi proposto como nossa vice. Mas eu fiz várias ponderações para que não tomássemos essa decisão imediatamente, já que ainda temos que conversar com os demais partidos da oposição e há nomes importantes que também podem compor. Ela entendeu e mesmo assim decidiu manter seu apoio, o que me deixou muito feliz”, contou Herzem.

No fim, ele deixou escapar que gosta da ideia de te a vereadora como sua vice-prefeita. “Eu não vou negar a todos vocês que quem chega primeiro tem uma atenção especial. Então, quando for o momento de tomar essa decisão, nós vamos olhar com mais carinho esse gesto que dona Irma está tendo nesse momento tão especial”, confidenciou Gusmão.

Cunha agradece ataque do PT e prevê interrupção da coligação com o PMDB

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 14 jun 2015

Tags:, , , ,

 

Escrito por Josias de Souza

Beto Barata/Folha

Alvejado no encerramento do 5º Congresso do PT com gritos de ‘Fora Cunha, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), festejou na internet: “Quero agradecer as manifestações de hostilidade no Congresso do PT. Isso é sinal de que estou no caminho certo.” Acrescentou, em tom de alívio: “Ficaria preocupado é se fosse aplaudido lá.” E vaticinou: “O PMDB não repetirá a aliança com o PT.”

O deputado indicou aos seus seguidores no Twitter um link que conduz para entrevista que concedeu aos repórteres Daniel Carvalho e Erich Decat. Nessa conversa, disponível aqui, Cunha declarou que “está esgotado” o modelo de coalizão que tem o PMDB e o PT como sócios majoritários. …Leia na íntegra

TRE-BA diz que lista de deputados eleitos ainda não está completamente fechada

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 10 out 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

plenario-da-assembleiaO Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) admitiu a possibilidade de uma eventual redistribuição das cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado no caso de deferimentos de registro de candidaturas. O comunicado foi feito após a Coligação “Unidos para uma Bahia Melhor” entrar com uma petição solicitando um novo calculo para a aferição do quociente eleitoral.

Segundo a petição protocolada pelo Democratas baiano, o cálculo do TRE-BA está errado, o que acabou cedendo a 24º cadeira da coligação oposicionista para a coligação “Pra Bahia avançar mais”, encabeçada pelo PT (que ficou com 30 cadeiras).

O TRE-BA afirmou que “não há qualquer erro na divulgação dos resultados realizada pela Comissão Apuradora das Eleições 2014”. No entanto, ressaltou “que eventuais deferimentos de registro de candidaturas de pleiteantes ao cargo de Deputado Estadual que concorreram no último dia 5 de outubro sem o deferimento definitivo do registro poderão ainda alterar o resultado do quociente eleitoral, fato que poderá ensejar uma eventual redistribuição das cadeiras. O resultado divulgado, portanto, reveste-se de caráter provisório, estando, contudo, em plena consonância com a legislação em vigor”. …Leia na íntegra