É de uma supina burrice ou má-fé afirmar que intervenção é só manobra por causa da Previdência. Ou: Corticoide e febre amarela

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 18 fev 2018

Tags:, , ,

Por Reinaldo Azevedo (Reprodução)

Presidente Michel Temer explica, em pronunciamento, a intervenção na segurança pública do Rio

De todas as boçalidades ditas sobre a intervenção na área de segurança pública do Rio, a mais assombrosa é a que sugere que, agora, o presidente Michel Temer tem uma boa desculpa para deixar de lado a reforma da Previdência, já que ela vem se afigurando difícil, talvez impossível de ser aprovada.

Mal sei por onde começar a tratar da burrice — ou da vigarice analítica. O próprio presidente abordou a questão na entrevista exclusive que concedeu a este escriba no programa “O É da Coisa” (está aqui). Vamos lá.

Segundo dispõe o Artigo 60 da Constituição, esta não pode ser emendada na vigência de intervenção federal num estado. Ora, como romper o que parece, então, um impasse? Afinal, o país precisa da reforma da Previdência; o Rio, por outro lado, vive um caos na segurança pública. Com efeito, o país não pode ficar paralisado por causa da crise no Estado, mas o Estado não pode ficar à mercê da bandidagem porque o país precisa da reforma.

Na entrevista, o presidente lembrou duas coisas importantes.  A Constituição proíbe aprovação de emenda durante a intervenção, mas não impede o Congresso de trabalhar em favor de uma proposta. Os debates não precisam ter fim. Que fale o presidente:

“Eles [Rodrigo Maia e Eunício Oliveira] vão examinar, ao longo desta semana, da outra semana, a possibilidade de votar a reforma da Previdência. Se chegarem, e chegarmos todos, à conclusão de que há os 308 votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, o que é que eu faço? Eu faço cessar a intervenção. E aí, naturalmente, se retoma a possibilidade de votação da emenda à Constituição. A meu modo de ver, como a Constituição diz que ela não pode ser emendada durante a intervenção federal, não significa que não possa haver discussão. Emendar significa pôr um dispositivo novo na Constituição. Mas a discussão, as considerações a respeito disso, pode ser feita. O que não se pode é votar e depois colocar isso na Constituição. (…) Uma coisa não prejudica a outra. São duas coisas emergentes: a questão da reforma da Previdência, fundamental para o país, e a questão do Rio de Janeiro, igualmente emergente, porque tem repercussão não só no Rio, mas em todo o país. Então vamos conservar esses dois valores: de um lado, a intervenção; de outro lado, a possibilidade de continuar examinando [a reforma].”

Muito bem! Digamos que o governo consiga os 308 votos e que o presidente faça cessar a intervenção. Não se sabe quando isso pode acontecer. E se os problemas de segurança do Rio continuarem a pedir a intervenção. Bem, nada impede que ela seja decretada novamente, é claro, mas o presidente chamou a atenção para um outro aspecto de seu entendimento com o governador Luiz Fernando Pezão:
“Está combinado com o governador que, se eu cessar a intervenção em função da votação da Previdência, ele mantém a estrutura que foi montada pelo interventor e o próprio interventor. Então está combinadíssimo com o governador. Então eu acho que nós encontramos uma solução intermediária muito útil para o Rio de Janeiro e para o país”.

Tudo às claras
Como se vê, não há nada sendo escamoteado. Aprovar a reforma da Previdência não ficou nem mais fácil nem mais difícil com a intervenção. O ato impede a votação, mas não o trabalho político em favor da emenda. “Ah, se o presidente admite que, para votá-la, pode suspender a intervenção, então esta não era assim tão necessária”. Trata-se de um raciocínio asnal. Faz supor que uma necessidade elimine a outra.

Apelarei a medicina, com um caso em voga, para demonstrar a estupidez de tal raciocínio. Pacientes que estejam se tratando com corticoides não devem tomar a vacina contra a febre amarela. Digamos que um médico decida, por um tempo, suspender o tratamento com os corticoides para que o paciente seja devidamente imunizado. Mais tarde, oportunamente, retoma-se o tratamento com a droga se necessário. Segundo o raciocínio asinino, os corticoides, então, eram dispensáveis já que sua ministração foi suspensa para que o paciente pudesse tomar a vacina.

Não ocorre a esse raciocínio que tem os dois pés no chão e as duas mãos também que as duas coisas podem ser necessárias: os corticoides e a vacina — vale dizer: a reforma da Previdência e a intervenção federal. Ocorre que pode haver uma incompatibilidade temporal entre uma coisa e outra: a reforma e a intervenção (o corticoide e a vacina ). Faz parte da boa política e da boa medicina conciliar as necessidades, de sorte que não se precise abrir mão nem de uma coisa nem de outra.

Candidato à cadeia, Lula faz pose

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 28 ago 2017

Tags:, , ,

da Redação
Comentário de Josias de Souza

Qual o impacto da Reforma Trabalhista para o RH das empresas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 jul 2017

Tags:,

Por Celso Bazzola

Foi aprovada a Reforma Trabalhista pelo Senado Federal no dia 11 de julho, tema que era foco de intenso debate, com parcela da população contrária radicalmente e outra parcela defendendo. Nesse ponto é importante ter em mente que Consolidação da Leis Trabalhista Brasileiras (CLT) foi criada por decreto-lei de 1º de maio de 1943, de lá para cá muita coisa mudou.

Por isso, vejo esse momento como um avanço nas relações, principalmente para as áreas de recursos humanos. Possibilitando empresas, sindicato e trabalhadores definirem a melhor forma de conduzir mudanças sem estarem presos a regras que já não fazem parte de nossa realidade.

Um ponto crucial é que muito tem se falado em perda de direitos, mas não se observa mudanças substanciais, porém os colaboradores poderão conduzir de forma mais aberta negociações. A empresa e trabalhadores poderão adequar seus acordos de forma mais efetiva, conforme interesse, onde o sindicato terá fundamental importância nas negociações

Uma coisa que importante é que com isso as empresas poderão ajustar questões de informalidade, como é do parcelamento de férias, que não era permitido, mas que ocorria em grande parte das empresas, por anseio do próprio trabalhador. Assim, se observa que os direitos serão preservados cabendo as partes buscarem o consenso. Assim, isso significa que, em grande parte, a reforma está regularizando o que hoje já se faz, o que todos aceitam e poucos questionam. …Leia na íntegra

Ademir Ismerim comenta mudanças na lei eleitoral

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 25 jul 2016

Tags:, , ,

Bocão News

IsmerimAdvogado especialista em direito eleitoral, Ademir Ismerim, concedeu entrevista à reportagem do Bocão News esclarecendo alguns pontos da nova legislação validada para a eleição de outubro próximo. As mudanças mais significativas são apresentadas pelo advogado nesta conversa. De acordo com Ismerim, a pré-campanha transcorreu sem maiores problemas jurídicos, mas o próximo período promete dar dor de cabeça aos advogados e candidatos.

Bocão News: quais as principais mudanças neste período pré-eleitoral?

Ademir Ismerim: a nova regra traz uma série de novidades como mais liberalidade na pré-campanha. O candidato pode dar entrevista, pode fazer evento fechado. Só não pode pedir voto. Já houve caso em que candidatos fizeram adesivo de carro só com o nome. Panfletos. Um detalhe: a lei não trouxe nenhuma restrição em relação a gasto com pré-campanha.

Bocão News: mas durante a campanha a fiscalização quanto aos gastos será intensificada?

Ademir Ismerim: enquanto na campanha a rigidez da lei é impressionante, a pré-campanha não tem absolutamente nada. O pré-candidato não precisa de CNPJ, não precisa prestar contas. Simplesmente não tem nada. A pré-campanha é território livre.

Bocão News: quanto as entrevistas as restrições também são maiores? Como ficou isto?

Ademir Ismerim: o detentor de mandato pode ser entrevistado como detentor de mandato e não como pré-candidato, ou pode entrevista-lo como pré-candidato. Os detentores de mandato estão divulgando os projetos e nesta época de campanha estão divulgando mais. …Leia na íntegra

Ruína econômica é obra de Dilma, não de Levy

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 19 dez 2015

Tags:, , ,

Comentário de Josias de Souza

A legitimidade não é sinônimo de credibilidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 07 ago 2015

Tags:, ,

Comentário de Josias de Souza

Reinaldo Azevedo – Aconteceu o que o PT queria: Cunha na Berlinda

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 17 jul 2015

Tags:, ,

Jovem Pan

Alexandre Garcia direto de Brasília para a Resenha Geral da Rádio Clube FM (95,9)

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 12 abr 2015

Tags:, , ,

da Redação

Alexandre Garcia 2A  Rádio Clube FM (95,9) não para de inovar. Nesta segunda-feira (13), estréia no programa Resenha Geral o comentário diário do jornalista Alexandre Garcia. A aquisição reforça a equipe que tem Herzem Gusmão, Dilton Rocha, Sindy Santos, Mônica Cajaíba, Vilson Marcílio, Luciano Pina e Roberto Silva.

O comentarista e apresentador de programas de jornalismo da Rede Globo de Televisão, nos seus comentários, estará abordando temas relevantes de interesse do Brasil. A estréia de Alexandre Garcia é mais uma vitória da Rádio Clube, pioneira em implantar uma emissora de Rádio em Vitória da Conquista em 1952.

Eduardo Cunha: “Aborto e regulação da mídia, só por cima do meu cadáver”; “modelo de partilha no petróleo tem de acabar”; “o PT quis esfacelar o PMDB”

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 09 fev 2015

Tags:, ,

Por Reinaldo Azevedo

Reinaldo AzevedoComo? Você não gosta de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara? É um direito seu. Acha que ele recorre a esse ou àquele métodos que não são muito bacanas? Que sejam expostos, então. Agora, rejeitá-lo porque ele sabe fazer política, aí não dá! Há muito eu não via alguém no seu posto falar com tanta clareza e demonstrar altivez. Se for tudo firula e se isso ficar claro, a gente aponta. Eu, por exemplo, nunca pensei num presidente da Câmara para ser meu amigo pessoal, meu genro, meu confidente, meu “companheiro”… No cargo, é preciso ter alguém que se ocupe de questões institucionais, fale com clareza e mantenha a independência do Legislativo, que não pode ser nem doado nem vendido ao Executivo.

Cunha concedeu duas excelentes entrevistas neste fim de semana. Uma às “Páginas Amarelas”, da VEJA, e outra ao Estadão. Daquelas de deixar jornalistas “progressistas”, que já perderam o costume de viver numa sociedade democrática, arrepiadinhos. Daquelas de indignar os barbudinhos suados que querem “controlar a mídia”. Daquelas de deixar com ódio os vagabundos que hoje são alimentados por estatais para pregar a censura à imprensa. …Leia na íntegra

Uesb disponibiliza conteúdo de vídeo e impresso sobre filmes do Vestibular 2015

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 30 out 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

vestibular-uesb-2015A Uesb disponibilizou do canal do Janela Indiscreta no Youtube os vídeos com comentários dos filmes que fazem parte do Vestibular 2015 da instituição. A iniciativa é uma forma de facilitar o acesso do estudante ao conteúdo do certame, que será realizado no mês de dezembro.

Além dos vídeos comentários, o candidato poderá baixar o livreto “Leituras de Cinema” que também traz reflexões dos professores e pesquisadores convidados para comentar os longas-metragens durante o projeto “Cinema: Eis a Questão – O Janela Indiscreta no Vestibular”.

Os filmes que fazem parte desse Vestibular são: À Beira do Caminho, comentado pelos professores Glauber Lacerda, Marcio Venancio e Aline de CaldasOs Incompreendidos, comentado pelos professores Izis MuellerEder Amaral e João Diógenes; e Garapa, comentado pelos professores Veruska AnaciremaFilipe Brito e Dayse Maria. Confira a playlist de todos os vídeos e acesse o livreto para download.

Ibope: Aécio cresce e Dilma cai no 1º turno; viés volta a ser de baixa para a candidata do PT; pânico volta às hostes petistas

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 17 set 2014

Tags:, ,

Por Reinaldo Azevedo

Agora ficou clara a razão da euforia do mercado nesta terça-feira. Os números do Ibope indicam que o cenário eleitoral tem um viés de baixa para a petista Dilma Rousseff. No primeiro turno, quem cresceu foi o tucano Aécio Neves. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos. O instituto ouviu 3.010 eleitores em 204 municípios, entre os dias 13 e 15, e a pesquisa está registrada no TSE sob o número BR 657/2014. Todos os gráficos deste post foram feitos pela TV Globo.

Ibope 16.09 1º TV Globo

Em uma semana, Dilma caiu três pontos no primeiro turno e aparece, agora, com 36% das intenções de voto. A peessebista Marina Silva oscilou um para baixo e tem 30%. O tucano Aécio Neves cresceu quatro e aparece com 19%. Entre os demais candidatos, só Pastor Everaldo, do PSC, pontuou: 1%.

A petista segue na liderança folgada da rejeição: dizem que não votariam nela de jeito nenhum 32% dos eleitores, contra apenas 19% em Aécio e 14% em Marina.

Segundo turno
No segundo turno, o cenário também piorou para Dilma Rousseff. Vejam. …Leia na íntegra

Pesquisa: sinal de desastre à vista para o PT?

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 21 jul 2014

Tags:, ,

da Redação

Artigo do professor Nilton Junior vale a pena ver de novo

PEsquisa BBO candidato a presidente do Brasil, Aécio Neves (PSDB) vem afirmado que a presidente Dilma Rousseff, candidata a reeleição pelo PT está com baixa popularidade impedida de ir às ruas fazer campanha. O tucano afirmou que a impopularidade de Dilma Rousseff não permite que ela ande pelas ruas em campanha eleitoral e somente poderá participar de eventos fechados com a militância sendo convocada para tal.

“Está se iniciando uma nova etapa da campanha eleitoral, que é esse contato físico, olho no olho. O candidato tem de transmitir confiança para o eleitor. Vamos andar o Brasil inteiro, e minha companheira de viagem é a verdade. Não sei se a presidente da República tem hoje condição de andar o Brasil e olhar nos olhos daqueles que nela confiaram e se decepcionaram”, afirmou Aécio Neves.

O título dessa matéria é um gancho extraído do excelente artigo do professor Nilton Junior ao avaliar o desempenho dos presidenciáveis após pesquisa Datafolha, realizada logo após p término da Copa do Mundo. O artigo endossa as afirmações do senador Aécio Neves. Confira o artigo:

A oposição na hora da verdade
Por Nilton Junior (Professor universitário) …Leia na íntegra

Resenha Geral: comentário de Herzem Gusmão

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 04 abr 2014

Tags:,

.

Rádio Clube FM Bda Redação
.

 

 

 

Elomar publica texto sobre o trânsito em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 31 mar 2014

Tags:, , ,

Depois de publicar seu último artigo, em outubro de 2001, o “Hebdomadário Estado do Sertão”, de proposta essencialmente crítico-ensaística, lança o mais novo texto de Elomar Figueira Mello: “Incômpt et Impromptus”. Escrito em 27 de março de 2014, o artigo faz uma citação da coragem destemida dos fabulistas gregos Fedro e Esopo, para, como que um desabafo, sem ter a quem indagar, fazer uma reflexão sobre o trânsito em Vitória da Conquista. Para ler, acesse o “Hebdomadário Estado do Sertão”, na Porteira Oficial de Elomar Figueira Mello:

.

Por Rossane Nascimento

Terssália, Urgente – Do Correspondente especial de Guerra para o Estado do Sertão

 Elomar Figueira Mello. 

Incômpt et Impromptus*

Há muitos, muitos séculos passados, coisa de dois mil quinhentos e um bom punhado de anos, viveu na lendária Grécia um escravo muito inteligente e destemido. Veio a este mundo com distorções físicas cruéis; era deformado de rosto e de corpo, corcunda rejeitado por quem quer que o olhasse, contudo senhor de um fino espírito crítico e pleno de sabedoria na separação do que é justo, daquilo que é perverso. No meu juízo eu sempre o tive como o mais importante dos pré-socráticos, mesmo que relegado a um simples fabulista pelo tribunal classificatório da pedante e preconceituosa academia dos tempos modernos. Digo mais, Sócrates não passa de um simples pós-Ele. Mesmo sendo escravo encoleirado, sua superioridade intelectiva forçou em seu senhor o reconhecimento da grandeza de sua pessoa, não só consentindo o assentamento de seu fabulário, – de crítica severa e implacável à Ordem sistêmica de então – como também o alforriando após a ciência de tal fato. Seu nome, Esopo. …Leia na íntegra

Ibope mostra Dilma “derretendo”, diz Serra

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 29 mar 2014

Tags:, , ,

Na Folha:

O ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) afirmou nesta sexta-feira (28) que a queda da aprovação da presidente Dilma Rousseff mostra que a petista “está derretendo”. “A avaliação de governo tem um papel determinante na eleição”, completou Serra. De acordo com uma pesquisa do Ibope divulgada na quinta-feira (27), o índice de pessoas que consideram a gestão federal boa ou ótima caiu de 43% para 36% desde novembro.

No mesmo instante em que o ex-governador fazia essas afirmações para um grupo de repórteres, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também falava com jornalistas em outra roda (…): “O cenário eleitoral não está posto. A população não está pensando em eleição agora […] Quando saí do governo para ser candidato à Presidência, em maio [de 1994], pensei até em desistir por causa das pesquisas. Em julho, eu estava começando a melhorar. E depois ganhei em primeiro turno”, explicou FHC.
(…)
Serra e Fernando Henrique participaram do seminário “O golpe de 1964: o passado e o presente 50 anos depois”, evento organizado pelo instituto FHC.

Por Reinaldo Azevedo

Tornado é fotografado perto do aeroporto em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 21 jan 2014

Tags:, , ,

Por Ubirajara Brito

Tornado 1BX

Fenômeno raro foi visto ontem, dia 20, nos céus de Conquista, a Oeste, por volta das 12:45. Com origem na formação de cumulonimbus a uma altitude aproximada de 2.500 metros,  surgiu um tornado, cujo vértice (ou olho) desceu até 1.500 metros de altura, alongando-se por cerca de 1.000 metros e espalhando as nuvens secas que se encontravam mais abaixo, formando um visível e enorme buraco. Tornados assim giram a velocidades ao redor de 200km/h, formam-se e desaparecem em poucos minutos. Fotografado quando já estava na metade do seu comprimento, em menos de cinco minutos se dissipou velozmente na direção Leste.

Tornado 2BXFelizmente seu olho só chegou a 1.500 metros do solo e nenhuma aeronave passava por perto, pois localizava-se perigosamente na rota preferencial de pouso do aeroporto.

Com a palavra o leitor

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 07 out 2013

Tags:, ,

 por Wolmar Carregozi

Wolmar B Olá, Hérzem! Boa noite! Aí vai uma sugestão para o Comentário do Dia.

Frustrante e patética é como podemos classificar a organização da Prefeitura de Vitória da Conquista para a apresentação do Grupo Palavra Cantada, na Praça Barão do Rio Branco. Uma pena! Um show tão lindo, lúdico, com uma linguagem moderna e encantadora, totalmente desperdiçado, debaixo de chuva e em espaço aberto (o que já não é seguro para crianças, pois, se os pais as perderem de vista, podem ir para a pista ou até mesmo serem levadas por estranhos). Um público reduzido e mal acomodado, os guarda-chuvas atrapalhavam a visão dos pequeninos. A Prefeitura tem que se redimir e marcar este mesmo show para outra data, num outro local, cercado e coberto, com cadeiras para os pais e toda infraestrutura que as crianças requerem e merecem (inclusive com sanitários higienizados) e de forma que possam ter uma visão privilegiada para se encantarem com o espetáculo.

Vitória da Conquista não merece tanto descaso

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 05 set 2013

Tags:, , ,

Por Ivan Cordeiro

IvanOs números não mentem e a realidade muito menos. Vitória da Conquista há muito tempo está mergulhada em um verdadeiro caos, muito embora, a propaganda do governo gasta tanto dinheiro para dizer o contrário. Nessa semana, a Revista Exame revelou uma série de dados que mais uma vez coloca a cidade entre as 100 piores quando o assunto é Educação, Saúde e Segurança.

O que mais espanta é que a população parece ter se acostumado com o cenário caótico em que se encontra. Já são mais de 20 anos com o mesmo grupo político, e nos últimos anos ainda conta com o alinhamento estadual e federal. Entretanto, a cidade não consegue desenvolver e sofre com as questões mais básicas e importantes para qualquer município, que são justamente a Educação, a Saúde e a Segurança. …Leia na íntegra

O conquistense gosta de futebol?

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes | Data: 28 ago 2013

Tags:, ,

Divagando & Katilografando

Francisco CuritibaObjetivamente, a resposta é não. Salvo algumas exceções, alguns abnegados guardam ainda dentro de si algum gosto pelo futebol, de chegar ao ponto de “quase lotar” o LOMANTÃO com mais ou menos 1.700 torcedores para assistir ao jogo ECPP X SERGIPE.

O torcedor conquistense em sua ampla maioria gosta mesmo é de “bolacha quebrada”. SUA NOTA É UM SHOW proporcionava com que milhares de pessoas fossem ao estádio fazendo crer que o conquistense fosse um grande prestigiador do futebol da nossa cidade. Mera ilusão. A falta de reais alternativas de laser em nossa cidade faz com que, de graça, esse povo vá até o estádio para assistir essa ou aquela partida de futebol, nada mais.

Aqui, à distância, tenho acompanhado a luta, beirando inglória, dos nossos empresários do futebol. O Ederlaine tem sido um bastião neste mister. Tem bancado toda sorte ou agruras de ser um presidente que busca uma satisfação para os torcedores conquistenses. O time tem respondido na proporção do apoio que essa ínfima torcida dá ao clube. …Leia na íntegra

Com a palavra o leitor (IDH de Vitória da Conquista)

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 jul 2013

Tags:, ,

Por Alexandro Gomes

Vitoria-da-Conquista2

Meu nome é Alexandro Gomes, estudante de economia da UESB, e estou indignado com mais esta tentativa de manipulação da opinião pública de nossa cidade! Li num certo blog a notícia sobre a publicação de um professor da UESB, exaltando os novos índices de desenvolvimento socioeconômico dos municípios brasileiros, e resolvi fazer uma comparação dos números de 2010 (atuais), entre os principais municípios baianos.

Nota-se claramente que Vitória da Conquista continua confirmando, a cada ano, a inferioridade dos seus índices de desenvolvimento, e os partidários aliados oportunistas tentam, a qualquer custo, enganar a população com estratégias de marketing eleitoral. Não se pode considerar o percentual de evolução sabendo que Conquista está abaixo de municípios como Ilhéus, Itabuna, Feira de Santana e Barreiras. Não podemos mais continuar vivendo de aparências!

Eu queria entender até quando essas pessoas vão querer enganar a opinião pública… Conquista, entre as 6 principais Cidades da Bahia, é a única que possui IDH abaixo de 0.7 (considerado IDHM médio). Se formos considerar as comparações entre os períodos com estes mesmos municípios, chegaremos a conclusão de que estamos entre os piores! Conquista tem indicadores de desenvolvimento medíocres! Tá na hora de abrir os olhos da população!! …Leia na íntegra