Entidade oferece emprego para Dirceu, Genoíno e Delúbio. Salário é de pouco mais de R$ 500

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Polícia, Política, Trabalho | Data: 05 dez 2013

Tags:, , , ,

por Paulo Anderson Rocha

Nesta quinta-feira, foi protocolada, no Supremo Tribunal Federal (STF) oferta de emprego para o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), José Genoino, e para o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares.

De acordo com a proposta, os três trabalhariam na Cooperativa Sonho de Liberdade, formada por presidiários e que funciona na Chácara Santa Luzia, na Cidade Estrutural, em Brasília.

Para José Dirceu, a oferta é para trabalhar como administrador do setor de fabricação, e para Delúbio Soares é de atuar como assistente de marcenaria. Para ambos os cargos, o salário seria de 75% do salário mínimo, correspondentes a R$ 508,50. Para Genoíno, a oferta para costurar bolas e ganhar R$ 5 por unidade. As ofertas serão levadas ao conhecimento dos condenados, que podem ou não aceitar as propostas.

A entidade afirma, no documento, que os condenados “não serão discriminados já que a cooperativa é composta de 80 encarcerados, todos do regime aberto ou semiaberto, grande parte já em adiantado estágio de ressocialização, que certamente acolherão os recém chegados sem qualquer tipo de preconceito”.

Com informações do G1

Condenados do mensalão estão no presídio da Papuda, na capital federal

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 17 nov 2013

Tags:

Agência Brasil

RTEmagicC_aviaomensaleiros1711.jpg

Às 16h48, horário de Brasília, eles iniciaram a última reunião juntos. Mas, dessa vez, sem conluios para a compra de votos de parlamentares. O último voo dos mensaleiros foi feito ontem em um avião da Força Nacional, de Belo Horizonte até Brasília, onde, por determinação da Justiça, devem ficar presos na penitenciária da Papuda, onde já estão alojados até que se defina onde cada um vai cumprir sua pena. A primeira informação era de que os réus seriam levados para a Superintendência da Polícia Federal.

A bordo do jato ERJ 145 da Embraer, nove dos 12 condenados que tiveram mandados de prisão expedidos na sexta-feira. Seis deles começam a cumprir prisão em regime fechado, a exemplo de Marcos Valério e Kátia Rabello. Os outros cinco em regime semiaberto, como Delúbio Soares, José Dirceu, José Genoino.

…Leia na íntegra