Anagé insiste em tentar tomar território de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 03 maio 2017

Tags:, , ,

da Redação

A vizinha cidade de Anagé, que já pertenceu ao município de Vitória da Conquista, com o nome de Vila Nova, mantém no TJ/BA, uma  Ação Direta de Inconstitucionalidade impetrada pela Prefeitura de Anagé, em que pede que seja revogada  a Lei nº 12.564/2012 que atualiza os limites dos municípios que integram o território de identidade de Vitória da Conquista.

Uma decisão favorável a Anagé, a cidade de Vitória da Conquista pode perder cerca de 20 localidades da zona rural  que corresponde a uma população de quase 10 mil habitantes. Essas localidades estão na região de José Gonçalves a exemplo da Roseira, Catarina, Algodão, Visão, Boqueirão dentre outras.

Tribunal de Justiça

O Tribunal de Justiça da Bahia julgou procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) interposta pela prefeitura da cidade de Anagé. A prefeitura de Anagé visa aumentar a sua receita em R$ 200 mil com o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A PMVC recorreu da decisão.

Câmara Municipal

A audiência pública desta 5ª feira (4), às 8:30, foi uma iniciativa do mandato do vereador  Professor Cori (PT), que contou com apoio dos demais vereadores. A Prefeitura participará da audiência pública e sustentará a posição do prefeito Herzem Gusmão (PMDB) – que defende a manutenção do território em Conquista.

Entrevistados pelo programa Brasil Notícias da Rádio Brasil FM (107,7), o vereador Cori, e o ex-vereador Arlindo Rebouças, atual secretário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, manifestaram opinião que o território em conflito continue a pertencer a Vitória da Conquista.

 

Denúncia contra sócio da Viação Vitória evidencia conflito no transporte público de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 15 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_1236

Uma denúncia de agressão contra o sócio-diretor da Viação Vitória acabou jogando os holofotes para o conflito interno existente entre as empresas do transporte coletivo urbano de Vitória da Conquista. O motorista instrutor da Viação Cidade Verde, Elionardo Moreira de Almeida, acusa Waldir Mansur de ter o agredido com um soco após ele tecer críticas a atuação da Vitória no município. A confusão foi parar na delegacia e gerou uma resposta ríspida por parte da empresa em que o motorista trabalha.

No boletim de ocorrência, Elionaldo relatou que estava trabalhando no terminal de ônibus da Avenida Lauro de Freitas, quando avistou o sócio-diretor da Viação Vitória o procurando. “Ao me identificar, fui surpreendido com um soco no peito. Insatisfeito, o agressor me provocou ainda mais, esperando por minha reação”, informou Elionaldo, que disse não ter reagido às provocações.

Em nota, a Viação Cidade Verde repudiou o ato do sócio-diretor da Viação Vitória e fez questão de evidenciar os conflitos entre as empresas. “O descompasso entre as duas empresas, que já é visível na prestação de serviços, parece estar entrando agora na relação entre integrantes das duas empresas”. O comunicado também informa que a Cidade Verde acionou seu corpo jurídico para “medidas judiciais cabíveis”.

Também por meio de nota, o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista e Região (Sintravc) informou que a vítima, mesmo sendo filiado, não procurou formalmente o setor jurídico da entidade. “Desse modo, qualquer outra providência não nos cabe decidir. […] As medidas cabíveis, sobre a suposta agressão sofrida pelo funcionário da Viação Cidade Verde, devem ser tomadas pelas partes envolvidas”.

Até o fechamento dessa matéria, o BLOG DA RESENHA GERAL tentou contato com a diretoria da Viação Vitória; sem sucesso.

Travessia continua difícil próximo ao Atacadão (BR 116)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 28 jun 2016

Tags:, , , ,

da Redação
foto: Tudo Conquista

Atacadão BR 116

A foto traduz com fidelidade o caos na travessia em frente ao Atacadão na Rio – Bahia. Providências vêm sendo solicitadas junto a Via Bahia que permanece sem agir para controlar os conflitos no trânsito naquele trecho de tráfego intenso.

Na foto, lado direito, junto a uma placa, uma empresa instala um radar para controlar a velocidade. Significa que o trânsito ficará mais lento e travado naquele trecho.

Até a chegada da solução definitiva, a tão esperada duplicação da BR-116 – segundo técnicos, o remédio emergencial e provisório seria a imediata instalação de um semáforo.

O emperrado sistema de transporte coletivo em Vitória da Conquista e os seus conflitos

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 11 fev 2016

Tags:,

da Redação

Foto: Revista Gambiarra

Terminal VC

O Sistema de Transporte Público complementar, que recebeu a denominação de transporte alternativo, precisa ser encarado como uma nova realidade pela Prefeitura de Vitória da Conquista. A PMVC precisa com urgência encomendar um estudo de viabilidade. A modalidade deste transporte poderá ser pesquisado em outras cidades do país.

Em outros municípios e capitais do Brasil,  o serviço obedece normas estabelecidas pelas prefeituras. O itinerário de cada linha do serviço complementar será distribuído de forma que o equilíbrio seja mantido. Os conflitos sem ordem e comando  fortalecem a clandestinidade – como os verificados na atualidade em Vitória da Conquista.

Cidade Verde/Vans

A empresa Cidade Verde possui moderna gestão, e uma boa infraestrutura que a coloca distante do sistema de transporte coletivo da cidade. A empresa  goza de prestígio e credibilidade. A Cidade Verde, não é nenhum exagero afirmar, que já é vítima da falta de gestão e autoridade da Prefeitura no setor.

A administração da empresa reclama que o transporte alternativo, feito pelas vans reduz o faturamento a cada mês na ordem de R$ 200 mil. A Viação Vitória tem reclamação semelhante com prejuízo mensal acima de R$ 200 mil.

A Prefeitura segue inerte, não toma nenhuma atitude para resolver o problema que cabe a ela (Prefeitura) resolvê-lo. Não consegue impedir a circulação das vans, a população aprova e gosta, e nem regularizar essa nova realidade de um transporte leve e mais ágil.

A inexistência acertada de licença para moto-táxis funcionar na cidade, credencia e avaliza a necessidade de regulamentar o transporte alternativo feito palas vans e similares. Basta a Prefeitura regularizar o transporte alternativo para ter poder sobre ele. Regularizado facilitará o controle para evitar proliferação e desequilíbrio no sistema de transportes.

Deus enviou um Anjo para ajudar os refugiados sírios

0

Publicado por Editor | Colocado em Mundo | Data: 07 set 2015

Tags:, , ,

Editorial

CRIANÇA síria

Corações duros e insensíveis, muros, arame farpado e omissão de várias nações marcam a maior fuga de homens, mulheres e crianças que correm dos sangrentos conflitos no Oriente Médio. A morte de 12 pessoas na Turquia, sacudiu o planeta terra simbolizada pela imagem do corpo de Aylan Kurdi, de 3 anos, que foi levado pelas ondas do mar até a areia da praia. Milhares de refugiados que tentam chegar à Europa estão enfrentando as mais difíceis circunstâncias –  como os sírios que estavam em barcos que naufragaram a caminho da Grécia.

Parece que Deus usou esse Anjo de nome Aylan Kurdi para sensibilizar as nações que insistem em fechar as suas fronteiras para a solidariedade. Somos ou não irmãos? O Brasil neste aspecto dá uma lição ao mundo. São Paulo é o maior exemplo da solidariedade natural que o povo brasileiro cultiva naturalmente.

Que a imagem da criança morta na praia sirva para que o mundo abra as portas para o Amor e Solidariedade. Muitas orações estão sendo feitas para o povo sírio. O poder da oração é o poder de Deus que escuta e nos conduz necessariamente à prática da bondade e solidariedade. Deus é amor, fé e perdão!!!

Vandalismo e conflitos com monitores são registrados no primeiro dia da Zona Azul

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 abr 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0059Alguns incidentes marcaram o primeiro dia de funcionamento da Zona Azul em Vitória da Conquista. Problemas de funcionamento dos parquímetros e conflito entre usuários e monitores da Expark dificultaram o contato inicial com o sistema rotativo de estacionamento público.

Em entrevista ao BLOG DA RESENHA GERAL, o diretor técnico da Expark, Carlos Pinto Junior, explicou que o sistema “como um todo” está funcionando, mas apresentou problemas pontuais provocados por atos de vandalismo. “Embora Vitória da Conquista seja uma cidade relativamente menor que outras cidades em que operamos, o nível de vandalismo é elevado. Nós já encontramos paus, pedra e lacres de cerveja dentro dos parquímetros”.

Por conta dessas ações de vândalos, alguns parquímetros poderão apresentar problemas de funcionamento. “Mas os nossos técnicos estão aqui para recuperar os equipamentos e os monitores estão aptos a prestar os esclarecimentos para a população”, explica o representante da Expark.

Além disso, discussões entre monitores da empresa e motoristas foram registradas. “Nós vemos cidadãos com letras maiúsculas que estacionam, vão ao parquímetro e praticam sua cidadania. Mas existem outros cidadãos que parecem que não entendem que o direito tem que ser igual para todos. Então descarregam sua ira no primeiro que chegar, obviamente o parquímetro não vai responder, e eles acabam agredindo verbalmente nossos monitores”, apontou Carlos Pinto. Felizmente não houve agressões físicas.

“A população de Conquista é bastante educada. Por isso, esperamos que isso seja transitório e logo na primeira ou segunda semana a população se acostume e comece a ter uma convivência pacífica entre as partes”, finalizou o diretor da Expark.

Venezuela: em uma semana, 55 agressões a jornalistas; Maduro cassa licenças de profissionais da CNN

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 fev 2014

Tags:, ,

Por Diego Braga Norte, na VEJA

O presidente do Colégio Nacional de Jornalistas (CNP, associação dos profissionais de imprensa venezuelanos), Guia Tinedo, informou nesta sexta-feira que entre os dias 12 de fevereiro – data inicial dos protestos contra o governo de Nicolás Maduro – e 20, ao menos 55 jornalistas sofreram algum tipo de agressão na Venezuela. Em uma entrevista transmitida pelo canal Globovisión, Guia revelou que dos 71 casos registrados neste ano, a última semana responde por mais de 77%.

Guia manifestou preocupação com a crescente onda de ataques contra jornalistas e o impedimento do trabalho da imprensa. Desde o início dos protestos, jornalistas já tiveram seus equipamentos ‘confiscados’ – eufemismo para roubados, pois os profissionais não conseguem recuperá-los – e também foram agredidos por policiais e milícias bolivarianas. Entre os casos de violência registrados, a CNP divulgou um vídeo mostrando policiais agredindo um jornalista do jornal Panorama, em Maracaibo, cidade ao norte do país. Ao lado de outros jornalistas, como o secretário-geral do Sindicato Nacional de Trabalhadores de Imprensa (SNTP, na sigla em espanhol), Carlos Correa, o presidente da ONG Espaço Público, Bernardino Herrera, e outros, Guia também mostrou preocupação com a situação de censura da mídia e criticou a postura do governo contra a CNN. …Leia na íntegra

Nota do Democratas sobre os conflitos na Venezuela

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 20 fev 2014

Tags:, , ,

153_00Os conflitos vividos neste momento pela sociedade venezuelana afligem e inquietam as nações democráticas no mundo inteiro. O Brasil exerce natural papel de liderança na América do Sul. E, em assim sendo, impõe-se que o governo brasileiro, sem ideologias que não sejam a defesa da paz e o respeito aos direitos humanos, se posicione de modo a contribuir para o fim de um estado de beligerância de conseqüências imprevisíveis.

A Caixa Econômica e Prefeitura distribuem senhas para quem ocupou casas no Miro Cairo

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 dez 2013

Tags:, , ,

da Redação

Casas BCXA Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Vitória da Conquista abriram prazo de 15 dias para desocupação das unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida. 80 famílias receberam senhas com a promessa que podem receber uma unidade do programa.

Segundo informações colhidas junto ao superintendente da CEF, José Ronaldo Cunha (foto no centro das negociações), será feita avaliação com os invasores e muitos poderão ser contemplados com uma casa. ” Não assinamos contrato com quem invadiu. É preciso  que o cadastro seja regularizado e que se cumpra todos os requisitos do  Ministério das Cidades. É melhor aguardar mais um pouco e garantir a legalidade. 95% das pessoas que invadiram já têm cadastro”, disse o representante maior da CEF.         A CEF e PMVC estão tentando com diplomacia acabar com a tensão que tomou conta de vários blocos. No sábado houve resistência às prisões efetuadas pela PM  com bloqueio da alça oeste do anel rodoviário.

SUP CEF

 

 

 

 

 

No início da tarde desta 2ª feira (30), por volta das 13 horas, um jovem de 24 anos, ainda sem identificação, foi baleado e morto por dois homens que estavam em uma moto. O fato pode não ter relação com a ocupação feita em uma das unidades pela vítima. A CEF e Prefeitura precisam assumir o controle da situação e melhorar o cadastramento feito. Nem sempre os mais necessitados são contgemplados. Precisa também os órgãos responsáveis afastarem a ingerência de políticos que utilizam o programa do Governo Federal como moeda de troca por votos e apoios políticos.

Sem-teto resistem à mandado de reintegração de posse em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 09 fev 2010

Tags:, , , , ,

da TV Sudoeste / Blog do Marcelo

Uma ação de reintegração de posse causou confusão na manhã desta segunda-feira em Vitória da Conquista. Algumas casas já haviam sido construídas no local e os moradores da área ocupada tentaram resistir à decisão da Justiça. A Polícia Militar precisou intervir.