Energia fora do horário de pico ficará mais barata em 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 07 set 2016

Tags:,

Correio 24h

conta-luzA partir de janeiro de 2018, o consumidor poderá optar por uma conta de luz com preço flexível. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu ontem o prazo para o início de operação da chamada ‘tarifa branca’.

Trata-se de um novo regime que vai permitir que o consumidor deixe de pagar um preço único pela energia que consome diariamente. Em vez disso, haverá uma tabela de preços que vão oscilar conforme o horário desse consumo.

Em horários de pico (início da noite), o consumidor que aderir ao novo modelo pagará um preço maior pela energia nesses horários que aquele cobrado por uma conta convencional. Nos demais horários, porém, o preço da ‘luz’ terá descontos de 10% a 20% sobre a tarifa.

Conta de luz: bandeira verde continua no mês de setembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 30 ago 2016

Tags:, ,

Da Redação

conta-embasaNo mês de setembro, a bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz será verde, ou seja, não haverá nenhum valor adicional a ser pago pelos consumidores brasileiros. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o resultado positivo do período úmido e o aumento de energia disponível, com redução de demanda, e a adição de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro favoreceram a manutenção da bandeira verde pelo sexto mês consecutivo.

Havia uma expectativa no setor elétrico de que a bandeira pudesse passar para amarela no mês de setembro, principalmente porque o nível dos reservatórios das hidrelétricas das regiões Norte e Nordeste estão baixos para esta época do ano. Quando há pouca água nos reservatórios, é preciso acionar as termelétricas para garantir o suprimento de energia, o que encarece o custo da energia.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015, como forma de recompor os gastos extras das distribuidoras de energia com a compra de energia de usinas termelétricas. A cor da bandeira que é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) indica o custo da energia elétrica, em função das condições de geração de eletricidade.

Contas de luz poderão ficar mais caras em setembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 16 ago 2016

Tags:, ,

Da Redação

conta-luzAtenção, consumidor! As contas de energia em todo o país devem ficar mais caras a partir do mês de setembro. De acordo com O Globo, a bandeira tarifária amarela deverá ser retomada, o que significa cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh).

A medida é decorrente da falta de chuvas e de uma queda menor no consumo de energia, e pode voltar após cinco meses de nível verde nas contas de luz – quando não há taxa extra. Ainda segundo O Globo, três fatores apontam para a retomada da bandeira amarela em setembro: os meses de setembro e outubro são mais secos, os reservatórios das hidrelétricas atingem nível menor, logo, será exigido mais das térmicas – se houver custo superior a R$ 211 por MWh, há indicação para bandeira amarela -; aumento do consumo projetado para o ano; e a situação dos reservatórios nos sistemas Norte e Nordeste, já que as condições dos rios São Francisco e Tucuruí estão críticass.

No entanto, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que só se manifestará sobre a bandeira de setembro na data oficial para liberação, 26 de agosto.

Conta de energia: bandeira tarifária continua verde em julho

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 27 jun 2016

Tags:,

Da Redação

conta-luzEm julho, não haverá cobrança extra nas contas de luz pelo uso de termelétricas, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Assim, no próximo mês, a bandeira tarifária permanecerá na cor verde.

Dessa forma, julho será o quarto mês consecutivo sem a cobrança extra na conta de luz, visto que desde abril a bandeira tarifária está na cor verde. A manutenção da bandeira se deve, segundo a Aneel, ao resultado positivo do período úmido (de chuvas), que recompôs os reservatórios das hidrelétricas; ao aumento de energia disponível com redução de demanda (queda no consumo); e à adição de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro.

O sistema de bandeiras tarifárias começou a valer no país em janeiro de 2015. O mecanismo foi criado para permitir a arrecadação imediata de recursos para cobrir gastos extras com o aumento do uso de eletricidade produzida pelas termelétrica, cuja energia custa mais caro que a das hidrelétricas porque é produzida pela queima de combustíveis, como óleo e gás natural.

Bandeira tarifária da conta de energia continua na cor verde em junho, diz Aneel

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 31 maio 2016

Tags:, , ,

Da Redação

conta-luzEm junho, a bandeira tarifária da conta de energia permanecerá na cor verde. Foi o que informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nesta terça-feira (31).

Desde abril a bandeira tarifária está na cor verde. Com junho, portanto, serão três meses seguidos sem a cobrança extra na conta de luz pelo uso de termelétricas.

De acordo com a Aneel, a mudança foi possível principalmente por conta da melhora no armazenamento de água nos reservatórios das principais hidrelétricas do país durante o último período de chuvas (novembro a abril).

O sistema de bandeiras tarifárias começou a valer em janeiro de 2015. O mecanismo foi criado para permitir a arrecadação imediata de recursos para cobrir gastos extras com o aumento do uso de eletricidade produzida pelas termelétricas.

Gastos com conta de luz foram os mais sentidos pelos consumidores com crise econômica

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 22 fev 2016

Tags:, ,

Da Redação

conta-luz
Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) investigou quais são as consequências da crise financeira na vida dos consumidores. Segundo o estudo, os impactos no bolso foram sentidos principalmente com os gastos nas contas de energia elétrica.

80,4% das pesosas que participara da pesquisa afirmaram sentir aumento na conta de luz e 69,1% nas compras mensais de supermercado. Estas também são as despesas que tiveram os maiores aumentos, com cerca de 33,4% e 27,4% de aumento médio na conta nos últimos 6 meses, respectivamente.

A pesquisa mostra ainda que os fatores externos relacionados à crise econômica são mencionados por metade da amostra da pesquisa (50,9%) para justificar o fechamento das contas no vermelho: não conseguir pagar as contas com o salário porque as coisas estão mais caras (17,5%), a diminuição da renda (15,7%) e a perda do emprego (11,0%).

Reajustes de luz e água vão seguir o patamar de 2015, dizem especialistas

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 03 jan 2016

Tags:,

Tribuna da Bahia

650x375_conta-de-luz_1541229As contas fixas, como a de energia elétrica e água, devem ficar até 15% mais caras na Bahia este ano. A previsão é dos especialistas no setor energético e de economistas, com base no cenário de 2015 e projeções de juros e inflação para este ano que começa.

Segundo o boletim Focus, do Banco Central (BC), a mediana das estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2016 saiu de 6,80% para 6,87%. O mercado financeiro acredita que o Banco Central vai elevar a taxa básica de juros (Selic) em 0,50 ponto percentual, para 14,75%, ainda em janeiro. Em abril, os juros terão chegado a 15,25% ao ano. A taxa ficaria nesse nível até outubro e seria reduzida a 14,75% em dezembro.

Nesse contexto, o consumidor continuará a sofrer com aumento da energia em 2016 – que deve seguir o mesmo patamar de 2015, podendo ter uma alta de  15%. Pelo menos é o que acredita o engenheiro elétrico Sérvulo Ramos, que também é coordenador do Curso de Engenharia Elétrica na Faculdade ÁREA 1 Devry Brasil.

…Leia na íntegra

Conta de luz continuará com bandeira vermelha no mês de outubro

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 27 set 2015

Tags:,

Tribuna da Bahia

conta de luzA Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manterá na cor vermelha a bandeira tarifária referente ao mês de outubro. Com isso, as contas de luz virão com acréscimo de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O sistema de bandeiras tarifárias permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, que varia de acordo com o custo de geração de energia. Esse valor adicional é indicado pelas bandeiras verde, amarela e vermelha, de forma a informar ao consumidor se ele está pagando mais caro pela energia.

A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia, situação que não resulta em acréscimos na tarifa. A bandeira amarela indica condições de geração menos favoráveis. Nesse caso, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos.

Prepare o bolso: luz, telefone e gás terão novos aumentos de preço

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Bahia | Data: 27 set 2015

Tags:, ,

Correio da Bahia

650x375_conta-de-luz_1541229Uma das maiores vilãs da alta inflacionária do Brasil deste ano, a conta de luz das residências pode subir mais 8% ainda este ano a depender da região do país.

O aumento é devido ao cumprimento de decisão judicial que levou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a livrar, na quinta-feira (24), os integrantes da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace) do pagamento de parte dos programas bancados pelo fundo setorial Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

Sem o dinheiro das indústrias, as despesas terão que ser pagas pelos consumidores residenciais. Com o novo rateio, a Aneel estima que as contas de luz terão que subir até 8% no próximo reajuste tarifário, que, dependendo da empresa, pode ser ainda neste ano ou apenas em 2016. A Light, do Rio de Janeiro, por exemplo, passará por reajuste em novembro, mas a Coleba, que atende a Bahia, tem aumento anual nos meses de maio.

…Leia na íntegra

Aneel aprova redução de 18% na bandeira vermelha da conta de luz

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 28 ago 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

conta-luz

Boa notícia para o consumidor! A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta sexta-feira (28) a redução de 18% no valor da tarifa da bandeira vermelha, o indicador que engloba os usuários que pagam o custo mais alto de energia.

Com a decisão, o valor adicional para cada 100 kWh consumidos cai de R$ 5,50 para R$ 4,50. Para os consumidores, o novo valor corresponderá a uma redução de dois pontos percentuais no custo da conta de luz. A mudança entra em vigor em 1º de setembro e vai até 31 de dezembro.

A decisão foi adotada em razão da redução no custo de produção de energia decorrente do desligamento de 21 termelétricas, com custo variável unitário maior que R$ 600 MWh, aprovada no início deste mês.

Agosto também terá bandeira vermelha nas contas de luz

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 31 jul 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

COELBA

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, nesta sexta-feira (31), que a bandeira tarifária vermelha estará em vigor também em agosto. Isso significa que os consumidores vão pagar novamente um adicional de R$ 5,50 a cada 100 quilowatts/hora (kWh) de energia consumidos, no período.

Em julho, a bandeira também foi vermelha, por causa do uso intenso da energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a gerada por usinas hidrelétricas. O sistema de bandeiras tarifárias permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, de acordo com o custo de geração de energia.

Tarifaço na energia triplica calote na conta de luz

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 19 jul 2015

Tags:,

Agência Brasil

650x375_conta-de-luz_1541229O tarifaço aplicado pelo governo nas contas de luz ao longo do primeiro semestre do ano já triplicou o crescimento da inadimplência no setor. Com aumentos nas tarifas superiores a 50% em algumas regiões do País, a expansão dos calotes nas faturas saltou de uma variação média de cerca de 6% no começo do ano para 17,35% em junho, na comparação com os mesmos meses de 2014. A preocupação das distribuidoras de energia é que esse problema resulte no crescimento de outro: os furtos de energia, popularmente conhecidos como “gatos” na rede elétrica.

De acordo com dados do SPC Brasil, a falta de pagamento de contas de luz já respondia por 6,47% das dívidas dos brasileiros no mês passado. Essa é a maior participação do setor no total de calotes desde quando a entidade passou a acompanhar os dados, em janeiro de 2010. Na época, os atrasos nas faturas de eletricidade representavam apenas 2,53% da inadimplência no País.

…Leia na íntegra

Aumento nas contas de energia já está valendo na Bahia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 23 abr 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

340x255_conta-coelba-reajuste_1407447Começou a valer ontem, o aumento médio de 11,43% nas contas de luz que foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para clientes da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). A decisão da Aneel foi divulgada na terça-feira (14). A distribuidora atende a 5,5 milhões de unidades consumidoras na Bahia.

Os consumidores atendidos em Baixa Tensão, que representam 99% dos consumidores da empresa e incluem os clientes residenciais, terão um aumento médio de 10,45%. Já os consumidores Industriais e Comerciais de médio e grande porte, atendidos em Alta Tensão, terão reajuste de 13,34%, em média. A Coelba informou que este reajuste é realizado anualmente, sempre no mês de abril e que o consumidor só irá perceber essa variação a partir da fatura de maio.

Bahia: ANEEL aprova novo reajuste de 10,5% nas contas residenciais de energia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 14 abr 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

650x375_conta-coelba-reajuste_1406080A conta de energia dos baianos vai aumentar pela segunda vez em 2015. Nesta terça-feira (14), a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou o reajuste tarifário da empresa Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Os novos valores serão aplicados a partir de 22 de abril para 5,5 milhões de unidades consumidoras localizadas em 415 municípios da Bahia.

Os consumidores atendidos em Baixa Tensão, que representam 99% dos consumidores da empresa e incluem os clientes residenciais, terão um aumento médio de 10,45%. Já os consumidores Industriais e Comerciais de médio e grande porte, atendidos em Alta Tensão, terão reajuste de 13,34%, em média. A Coelba informou que este reajuste é realizado anualmente, sempre no mês de abril e que o consumidor só irá perceber essa variação a partir da fatura de maio.

No último dia 02 de março, os clientes baianos tiveram outro reajuste em suas contas. A revisão tarifária extraordinária, aprovada pela ANEEL em 27 de fevereiro, elevou o valor das contas de energia no Estado em 5,40%.

Aneel volta a aplicar bandeira vermelha nas contas de luz

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 29 mar 2015

Tags:, ,

Agência Brasil

imagesO consumidor terá de enfrentar mais um mês de tarifas altas no setor de energia elétrica. A conta de luz do mês de abril, segundo divulgado ontem pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), será acrescida de R$ 5,50 a cada 100 kilowatt-hora (kWh) consumidos. Trata-se da aplicação do sistema de bandeiras tarifárias, que está em vigor desde janeiro.

Para abril, a cor da bandeira novamente será a vermelha, como já ocorreu em janeiro e fevereiro. Especialistas do setor  – e técnicos do próprio governo – acreditam que essa cor dificilmente irá mudar ao longo do ano. Isso ocorre porque a bandeira tarifária serve justamente para repassar ao consumidor o uso intenso das usinas térmicas, que são mais caras que as hidrelétricas.

…Leia na íntegra

Aumento de 5,4% na conta de luz passa a valer nesta segunda (2)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 02 mar 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

Reduzir Conta de Luz 2A partir de hoje (segunda-feira, 2), a conta de luz vai ficar mais cara para consumidores atendidos por 58 concessionárias. A revisão tarifária extraordinária para essas empresas foi aprovada na última sexta-feira (27) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A previsão é de um aumento médio de 23,4%.

Os impactos da revisão serão diferentes conforme a região da distribuidora. Para as concessionárias das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste o impacto médio será de 28,7% e para as distribuidoras que atuam nas regiões Norte e Nordeste, de 5,5%. Na Bahia, a Coelba terá reajuste de 5,4%, mas em alguns estados o aumento chegará a 38%.

Segundo a Aneel, a revisão leva em consideração diversos fatores, como o orçamento da Conta de Desenvolvimento Energético deste ano, o aumento dos custos com a compra de energia da Usina de Itaipu – por causa da falta de chuvas -, o resultado do último leilão de ajuste – que aumentou a exposição das distribuidoras ao mercado livre – e o ingresso de novas cotas de energia hidrelétrica.

Conta de luz terá aumento de 5,4% na Bahia a partir de segunda (2)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 28 fev 2015

Tags:, ,


por Mateus Novais

650x375_conta-coelba-reajuste_1406080A partir da próxima segunda-feira (2), a conta de luz vai ficar mais cara para consumidores atendidos por 58 concessionárias. A revisão tarifária extraordinária para essas empresas foi aprovada na última sexta-feira (27) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A  previsão é de um aumento médio de 23,4%.

Os impactos da revisão serão diferentes conforme a região da distribuidora. Para as concessionárias das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste o impacto médio será de 28,7% e para as distribuidoras que atuam nas regiões Norte e Nordeste, de 5,5%. Na Bahia, a Coelba terá reajuste de 5,4%, mas em alguns estados o aumento chegará a 38%.

Segundo a Aneel, a revisão leva em consideração diversos fatores, como o orçamento da Conta de Desenvolvimento Energético deste ano, o aumento dos custos com a compra de energia da Usina de Itaipu – por causa da falta de chuvas -, o resultado do último leilão de ajuste – que aumentou a exposição das distribuidoras ao mercado livre – e o ingresso de novas cotas de energia hidrelétrica.

Conta de luz deve subir 27,6%; Gasolina, 8% no ano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 30 jan 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

imagem (1)O Banco Central trabalha com a perspectiva de que a conta de luz sofra uma alta de nada menos que 27,6% neste ano. Já a gasolina, segundo a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), ficará 8% mais cara em 2015, após a elevação dos impostos sobre os combustíveis.

E o peso no bolso do brasileiro vai ser ainda maior. O BC também prevê reajuste de 3% no botijão de gás e de 0,6% nas tarifas de telefone fixo. Informações do Diário do Poder

Conta de luz começa o ano 8,3% mais cara

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Bahia | Data: 27 dez 2014

Tags:,

A Tarde

650x375_coelba-energia-tarifa_1478356O consumidor brasileiro já vai começar 2015 pagando uma conta de luz mais cara. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou, nesta sábado, 27, que as chamadas bandeiras tarifárias para janeiro serão classificadas como vermelhas em todas as regiões do País, indicando que o custo da energia está em seu nível mais alto.

Assim, cada conta de luz terá um adicional de R$ 3 por cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. As empresas distribuidoras devem arrecadar até R$ 800 milhões a mais já no próximo mês. Uma conta de R$ 65,20 subiria para R$ 67,65 em caso de adoção da bandeira amarela e para R$ 70,09 no caso da bandeira vermelha.

Isso porque o consumo médio do brasileiro é de 163 kWh por residência, segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e a tarifa média do consumidor residencial, de acordo com a Aneel, é de R$ 400 por megawatt-hora (Mwh). Os valores parecem pouco significativos individualmente.

…Leia na íntegra

Conta de luz ficará mais cara a partir de janeiro

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 13 dez 2014

Tags:, , ,


650x375_conta-coelba-reajuste_1406080A partir de janeiro de 2015 já começa a valer o Sistema de Bandeiras Tarifárias, nas contas de energia de todo o país. Os baianos já estão recebendo as contas com bandeiras nas cores verde, amarela e vermelha, que sinaliza o custo da energia. Ou seja, sempre que as usinas térmicas forem acionadas, o preço da energia aumenta. Conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), “as bandeiras funcionam como um semáforo de trânsito que indica diferença de custo de geração de energia para o consumidor”.

A Bandeira Verde significa custos baixos para gerar a energia e nenhum acréscimo na tarifa. A Amarela indica um sinal de atenção, pois os custos de geração estão aumentando e a tarifa sofre acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatt-hora (KWh) consumidos. …Leia na íntegra