Seleção Brasileira segue viva na disputa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, transporte | Data: 22 jun 2018

Tags:, ,


Da Redação

Nesta sexta-feira (22), a seleção brasileira entrou em campo e em uma partida sofrida conseguiu vencer a seleção de Costa Rica. O jogo foi pela segunda rodada da Copa do Mundo, em São Petersburgo.

Mesmo com  69% da posse de bola e se pressionando durante todo o jogo, a seleção só conseguiu marcar nos últimos instantes, aos 46 minutos, com o lateral-esquerdo Philippe Coutinho batendo de dentro  área em um leve toque.

E para testar mais o coração dos brasileiros o menino Neymar conseguiu  fazer o segundo gol do Brasil, aos 52 minutos no finalzinho dos acressimos.

Com a vitória o Brasil chega a quatro pontos em dois jogos, depois de ficar em um empate por 1 x 1 com a Suíça na estreia, e agora definirá seu futuro no Mundial na última partida da primeira fase, contra a Sérvia, no dia 27.

 

 

Van Gaal e Krul brilham e Holanda derrota Costa Rica nos pênaltis

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Esportes | Data: 05 jul 2014

Tags:, ,

Lance Net

Krul-Holanda-Costa-Foto-AndersenAFP_LANIMA20140705_0211_1

Foi sofrido, difícil e após dominar o jogo no tempo normal e na prorrogação, mas a Holanda conseguiu despachar a zebra Costa Rica, nos pênaltis por 4 a 3, após empate sem gols em 120 minutos. E os grandes destaques foram o técnico Van Gaal e o goleiro reserva Krul. O treinador trocou de arqueiro no último minuto da prorrogação, apostando na fama de pegador de pênaltis de Krul e tirando o titular Jasper Cillessen. E ele não decepcionou. Pegou as cobranças de Ruiz e Ureña e colocou a Oranje nas semifinais da Copa do Mundo.

Agora, a Laranja Mecânica enfrentará a Argentina, na próxima quarta-feira, em São Paulo, por uma vaga na final do Mundial. E os costarriquenhos voltam para casa de cabeça erguida, com a melhor campanha da história do país e invictos, com duas vitórias e três empates.

…Leia na íntegra

Nos pênaltis, Costa Rica está entre os 8 melhores após muito sofrimento

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Esportes | Data: 29 jun 2014

Tags:, ,

Uol

Costa-Grecia-Pedro-Ugarte-AFP_LANIMA20140629_0127_1

Qual a culpa Costa Rica e Grécia têm se Itália, Inglaterra e Costa do Marfim foram incapazes de eliminá-los? Nenhuma, além do melhor futebol jogado por suas equipes. Foi assim que surgiu o mais alternativo jogo das oitavas de final da Copa o Mundo 2014, e foi com o espírito com que conseguiram suas vagas que as duas seleções entraram em campo na Arena Pernambuco neste domingo. Melhor para a Costa Rica, que ousou mais, tentou mais o ataque e foi recompensada com a vaga inédita nas quartas de final da Copa: 5 a 3 nos pênaltis sobre os gregos, após 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação. Vitória apenas nos pênaltis, sim, mas para quem mostrou o futebol mais curioso da Copa até aqui, qual o problema? Ninguém esperava nada deles no “Grupo da Morte”, e agora já alcançam sua melhor participação em Copas. Será que algo é impossível para os “Ticos”?

Eles tentarão descobrir contra a Holanda, atual vice-campeã do mundo, no próximo sábado em Salvador. Itália e Inglaterra, campeãs do mundo, já sofreram com o time da América Central – será que um time três vezes vice também sofrerá? Até lá, segue o conto de fadas costarriquenho. Para a Grécia, fica a lição de que, às vezes, é preciso sair para o ataque. Quando conseguirem, talvez repitam a bela história construída pela Costa Rica, que está ente as oito melhores seleções do mundo no momento.

…Leia na íntegra

Costa Rica segura reservas da Inglaterra e garante liderança da chave

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Esportes | Data: 24 jun 2014

Tags:, ,

Lance Net

Costa-Rica-Inglaterra-Gustavo-AndradeAFP_LANIMA20140624_0092_49

Costa Rica entrou em campo precisando de um empate com os reservas da Inglaterra para conquistar uma memorável primeira posição no Grupo D. E, ao contrário dos dois primeiros jogos, os Ticos jogaram com cautela e usando o regulamento, tentando frear os jovens ingleses. O 0 a 0 no fim do jogo garantiu os costarriquenhos no topo da chave, mas diminuiu um pouco o encanto sobre a sensação da Copa do Mundo até aqui.

Com relação à Inglaterra, as nove mudanças do técnico Roy Hodgson até que surtiram efeito: os ingleses foram melhores nos 90 minutos, mas não tiveram forças físicas para conquistar a vitória. Agora é hora de reconstruir para os próximos torneios. Com jovens do quilate de Shaw, Wilshere e Barkley, o material humano é bom.

…Leia na íntegra

Zebra de novo! Costa Rica passa pela Itália e se classifica no grupo da morte

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Esportes | Data: 20 jun 2014

Tags:, , ,

LanceNet

thumb

Antes do início da Copa do Mundo, a Costa Rica era tida como o saco de pancadas do grupo da morte. Afinal, iria jogar com três campeões mundiais. Na primeira rodada, os “Ticos” surpreenderam e bateram o Uruguai. Nesta sexta-feira, o teste de fogo: a tetracampeã Itália do craque Balotelli. Os costarriquenhos não só passaram pela prova, como fizeram história: venceram os italianos por 1 a 0 e garantiram vaga nas oitavas de final pela segunda vez no Mundial, a exemplo do que ocorreu em 1990.

A vaga veio com antecipação, pois a Costa Rica tem seis pontos e Uruguai e Itália, que estão com três, se enfrentam. Ou seja, só um deles pode chegar a seis. A Inglaterra é mais uma equipe eliminada da Copa, a exemplo de Camarões, Espanha e Austrália. Os costarriquenhos se juntam a Holanda, Chile e Colômbia entre as 16 melhores seleções do mundo. Quem diria…

Castelazo! De virada, Costa Rica surpreende e derrota o Uruguai

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Esportes | Data: 14 jun 2014

Tags:, ,

Globo Esportes

campbell2_reu

Os uruguaios dominaram as cadeiras brancas do Castelão para ver neste sábado o início de uma caminhada semelhante à de 1950, quando, numa Copa no Brasil, calou um estádio cheio de brasileiros e levou o Mundial. Não faltaram faixas e camisetas em alusão ao Maracanazo, mas o que se viu foi um Castelazo. Como num roteiro maquiavélico e genial, os papéis se inverteram. Favorito, o Uruguai cedeu virada de 3 a 1 para a antes pouco expressiva Costa Rica. O Ghiggia dos trópicos se chama Campbell e, como num exército de um homem só, dizimou em 90 minutos uma equipe montada com rigor espartano durante quase uma década por Óscar Tabárez. E que terminou amealhando a antipatia dos anfitriões castigados há 64 anos, numa ironia regada a gritos do mais amarelinho dos “olés”.

Faltou Luis Suárez, que ficou no banco por recuperação de cirurgia no joelho realizada há 23 dias. O ataque até parecia não sentir a ausência. Marcou cedo, aos 23 minutos, com Cavani, em pênalti bem marcado pelo árbitro alemão Felix Brych, um puxão sem cerimônias de Díaz sobre Lugano. Pobre Lugano, aliás. Pobres também foram Godín, Gargano, Arévalo Rios… todos que tentaram marcar um atacante que nem era para estar em campo.

…Leia na íntegra