Alunos de creche incendiada em Janaúba voltam às aulas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 19 out 2017

Tags:, , ,


Agência Brasil


Vinte e seis alunos da creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, incendiada em Janaúba (MG) no dia 5 deste mês, voltaram às aulas hoje (19). Eles foram direcionados ao prédio da Unidade de Atendimento Infantojuvenil do município e terão aulas ali até que a creche seja reconstruída.

Na terça-feira (17) e ontem (18), o local foi apresentado aos funcionários da creche e aos pais dos alunos. Além disso, segundo a prefeitura de Janaúba, todas as famílias têm recebido assistência psicológica e social.

Na manhã do dia 5 de outubro, o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na creche, onde trabalhava, e ateou fogo em crianças e nele mesmo. Foram 11 os mortos – nove crianças, a professora Heley Abreu Batista, de 43 anos, e o autor do ataque, além de 48 pessoas feridas.

A reconstrução da creche Gente Inocente será financiada por um grupo de empresários de Janaúba e Montes Claros e a previsão de retomada das aulas no local é no início de 2018.

Creche em MG não tinha extintor e nem alvará dos Bombeiros

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 06 out 2017

Tags:, , ,

Estadão


Inaugurada no ano 2000, a creche municipal Gente Inocente, onde cinco crianças e uma professora morreram queimadas, não tinha extintor, sistema anti-fogo e nem alvará do Corpo de Bombeiros. A prefeitura afirma que, agora, vai mapear todos os prédios públicos.

À reportagem, o coronel Primo Lara de Almeida, do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, afirmou que o imóvel, antes, era usado como residência e sempre funcionou sem alvará. “A creche tem 200 metros quadrados e a necessidade do combate a incêndio era de projeto técnico simplificado”, disse. “Não havia sinalização de emergência, extintores, nem monitoramento de brigada.”

Por volta das 9 horas de quinta-feira, 5, o vigilante Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na unidade, atirou material inflamável contra as crianças e no próprio corpo, e ateou fogo, que se alastrou rapidamente. Em meio ao tumulto, as pessoas tentavam apagar o incêndio com baldes de água e resgatar as vítimas das chamas e da fumaça.

“Por causa da dinâmica de como as coisas aconteceram, independentemente de ter todo o aparato, o resultado seria o mesmo, porque a queima foi muito rápida”, disse Almeida.

Segundo o coronel, a prefeitura de Janaúba solicitou aos Bombeiros, após a tragédia, que vistoriassem todos os prédios municipais. A prefeitura confirmou a informação.

“Para ele (o prefeito), estava tudo ok, porque já vinha de outras gestões”, afirmou Almeida. “Infelizmente, no Brasil, só depois que acontece o fato é que vai correr atrás.”

“Tenho a tranquilidade de dizer que não me pesa nenhuma culpabilidade pelo que aconteceu. Isso vem desde 2000 (ano de inauguração da creche)”, afirmou o prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes (PSDB).

“O cidadão de Janaúba percebe o esforço que estamos fazendo para recuperar a cidade e trabalhar”, disse. “Muito embora haja o pesar de uma tragédia tão grande como essa, naturalmente isso vai servir de lição não só para Janaúba, mas para o Brasil inteiro.”

Creche reformada pela Fundação Abrinq é reinaugurada em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 06 abr 2017

Tags:, ,

Da Redação

Na tarde desta quinta-feira (6), o Instituto Social Bela Vista, foi reinaugurado em Vitória da Conquista. O espaço passou por uma ampla reforma realizada  pela Fundação Abrinq, por meio do Programa “Creche para Todas as Crianças” e com o financiamento da Generall Mills Foundation.

A creche ganhou novas instalações para a sala de jogos, sala de leitura e parque, o que, segundo a direção da creche irá oferecer melhor condições de aprendizagem, no que se refere às questões cognitivas e motoras, ao alunos da unidade de ensino. Além da revitalização dos espaços, a Creche Bela Vista ganhou um curso de formação de profissionais e novos kits pedagógicos.

“Essa iniciativa representa a valorização e o respeito pelas crianças, pois estamos dando a elas o direito que lhes foi negado pela própria desigualdade social em que vivem”, afirmou Nivaldo Santos, um dos articuladores regionais da Fundação Abrinq.

O Programa: 

Desde 2007, o Programa “Creche para Todas as Crianças” contribui com a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade do atendimento em creches, garantindo educação integral e atenção à saúde e proteção para crianças de 0 a 3 anos. As atividades acontecem em diversos municípios do Brasil, sendo que cada ação conta com a atuação de pessoas físicas ou instituições da Rede de Articuladores Regionais Voluntários da Fundação Abrinq.

Para melhorar a qualidade do atendimento às crianças, Fundação Abrinq e Generall Mills Foundation promovem reforma na Creche Bela Vista, em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 06 abr 2017

Tags:, , ,

Por Mariana Diello

Além da revitalização dos espaços, a Creche Bela Vista ganhou um curso de formação de profissionais e novos kits pedagógicos

A Fundação Abrinq, por meio do Programa “Creche para Todas as Crianças” e com o financiamento da Generall Mills Foundation, acaba de realizar uma ampla reforma nos espaços do Instituto Social Bela Vista, em Vitória da Conquista (BA). A creche ganhou novas instalações para a sala de jogos, sala de leitura e parque. A inauguração desses espaços acontecerá no dia 6 de abril, às 14h30, na rua Claudia Botelho, 30 – Bela Vista.

O projeto de reforma da Creche Bela Vista teve início em 2016 e só foi possível graças ao trabalho dos articuladores regionais da Fundação Abrinq, Sandra Regina Barros e Nivaldo Santos, além do financiamento da General Mills Foundation. Os articuladores regionais atuam diretamente com prefeitos, colaborando com a criação de políticas públicas que ampliam o número de vagas em creches e melhoram a qualidade do atendimento às crianças. …Leia na íntegra

Prefeitura culpa antiga gestão por problemas no fornecimento de merenda escolar

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 09 mar 2017

Tags:, , , ,

Redação

Nesta quinta-feira (9), a Prefeitura de Vitória da Conquista emitiu nota explicando o problema de falta de merenda em unidade de ensino do município. Desde o fim do mês de fevereiro (menos de 30 dias após o início do ano letivo), pais e professores têm reclamado da baixa oferta ou total falta de alimentos para a merenda escolar.

No comunicado, a Secretaria de Educação aponta que o problema foi causado pelo atraso nos processos licitatórios, que “deveriam ter sido iniciados no 2º semestre de 2016, […] considerando que um processo licitatório de tal magnitude demanda, ao menos, quatro meses.

No entanto, o Governo Municipal afirma que os esforços para regularizar o problema está surtindo efeito e cita como exemplo da creche municipal Tia Zaza. A unidade era uma das que estavam com o estoque de alimentos mais baixos no município e desde a última segunda (6) recebeu um grande lote de itens alimentares.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Educação,  informa que os processos licitatórios destinados à aquisição de itens necessários ao fornecimento da Alimentação Escolar, para o ano de 2017, deveriam ter sido iniciados no 2º semestre de 2016. Entretanto, o planejamento devido não ocorreu, considerando que um processo licitatório de tal magnitude demanda, ao menos, quatro meses. …Leia na íntegra

Secretário garante regularizar escacesez da merenda escolar em até 20 dias

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 06 mar 2017

Tags:, , ,

Redação

A baixa oferta ou escassez de merenda em escolas e creches tem deixado pais e professores do município de Vitória da Conquista preocupados. Desde o início do ano letivo, a refeição não está chegando corretamente às mesas das crianças durante o intervalo. No entanto, a Secretaria Municipal de Educação garante que o problema será corrigido dentro de 20 dias.

“Nós recebemos o setor de alimentação escolar com um depósito que era suficiente para suprir apenas alguns dias do início do ano letivo. E quando nós fomos fazer as novas compras haviam distorções [de preços]. Por exemplo, na ata o feijão estava a nove reais e fração, sendo que no comércio está entre quatro e cinco [reais]. Então, nós não poderíamos comprar o feijão ou outros itens com preços desequilibrados – tivemos que fazer o reequilíbrio e até novas licitações. E isso demora um pouco”, explica o secretário de Educação, Marcelo Melo.

O secretário também informou que o Setor de Compras da Prefeitura já liberou para que os produtos da merenda fossem comprados e anunciou uma comissão para avaliar as demandas das creches do município. “Nós fizemos uma comissão, da administração escolar e da alimentação, onde faremos uma vistoria em todas as 28 creches ainda esta semana para identificar todos os problemas, não apenas da alimentação, e solucioná-los o mais rápido possível”.

Alunos da Creche Tia Zaza ensinam comunidade a lutar contra o Aedes aegypti

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 18 maio 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_0250

Na manhã desta quarta-feira (18), os alunos da Creche Tia Zaza participaram de uma ação de cidadania e conscientização sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, realizada na Praça 9 de Novembro. Durante as atividades, as crianças distribuíram panfletos e explicaram para as pessoas que passavam pela praça a importância de colocar em prática os cuidados para prevenir o mosquito.

Segundo a diretora da Creche Tia Zaza, Juciara Soares, a ação das crianças é um exemplo de cidadania. “É a culminância do nosso projeto de combate ao mosquito e tem o objetivo de incentivar as crianças a alertarem os adultos sobre o perigo do Aedes aegypti. Elas estão exercendo a cidadania em prol de uma causa importante”.

A professora Sirleide Marques contou que as crianças têm sido importantes multiplicadores. “Temos relatos de alunos que estão falando nas igrejas, em suas casas e nas ruas, sobre as maneiras de combater o mosquito. O que eles estão aprendendo agora vão levar para a vida toda”.

Câmara retoma visitas a instituições sociais conveniadas ao Município

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 abr 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais*

DSC_3689O presidente da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, Gilzete Moreira (PSD), esteve, no último dia 14, na Creche Mei Mei. A visita faz parte de projeto do Legislativo, iniciado em 2015, que busca conhecer melhor as instituições sociais que atuam no município. A creche Mei Mei foi fundada em 1984 e atualmente atende 200 crianças de 3 a 5 anos, residentes no Kadija, Patagônia, Conveima I e II e adjacências.

Gilzete foi recebido pela diretora, Tecla Aguiar Botelho Felix, que apresentou todo o equipamento, colaboradores e alunos. A Creche Mei Mei faz parte do Departamento Social da União Espírita de Vitória da Conquista. O foco são famílias de baixa renda que não têm condições de pagar uma creche particular. A creche possui período integral e parcial, divididas em oito turmas. A entidade fornece quatro refeições por dia, fardamento e material didático.

DSC_3696A Mei Mei é mantida com um convênio com a Prefeitura Municipal. Segundo a diretora, doações, trabalho voluntário e campanhas para arrecadação de fundos complementam o orçamento. No próprio equipamento funciona um brechó, alimentado com doações da comunidade.

A creche realiza projetos como o aniversário solidário, festa de aniversário coletivo que reúne as crianças aniversariantes do mês. Toda a estrutura da festa vem de doações e trabalho voluntário.

“É muito importante fazermos essas visitas porque é uma forma maravilhosa de conhecermos de perto a realidade dessas instituições. Nossa ideia é ouvir as demandas e encaminhá-las seja à prefeitura ou outra esfera de governo. Na Mei Mei ficamos muito felizes com a recepção: o espaço é muito bem cuidado e as crianças são muito simpáticas. A direção e toda a equipe estão de parabéns”, disse Gilzete.

*com informações da Ascom Câmara

Faltam colchonetes para crianças na creche do Iguá

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_2286

Famílias do distrito do Iguá estão tendo que conviver com um problema que afeta diretamente a rotina. A única creche da zona rural do município, a Creche Prascóvia Menezes Lapa, não conta com colchonetes para as crianças dormirem. O problema persiste há mais de um mês.

As mães que precisam manter os seus filhos em tempo integral estão sendo obrigadas a retirar seus filhos ao meio dia da creche, pois a falta de colchonetes impede as crianças de permanecerem em tempo integral na localidade. Segundo os moradores, “existem mães que estão deixando seu trabalho, porque não tem com quem deixar mais as crianças”.

De acordo com o vereador Nelson de Vivi (PCdoB), há cerca de um mês, ele esteve reunido com o ex-secretário de Educação, Valdemir Dias, e o mesmo disse que os colchonetes para as crianças dormirem estariam na localidade dentro de uma semana. Passados trinta dias, o material não foi entregue. Na última semana, um novo prazo de 20 dias foi apresentado pela Secretaria, revelou o vereador.

A creche do Iguá é a única na zona rural, beneficiando também os moradores de Tesoureiro e Lagoa do Boi, e foi implantada no governo de Pedral Sampaio.

Mato cresce em creche que espera há quase um ano para ser inaugurada

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 24 mar 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_0322

O atraso na entrega de uma creche tem irritado moradores do bairro Conveima 2. A unidade foi anunciada em 2013 e está pronta há cerca de um ano, mas não tem previsão para ser inaugurada.

A repórter Mônica Cajaíba, do programa Resenha Geral da Rádio Clube (FM 95,9), esteve no bairro e conversou com mães que moram próximo a creche. Todas se queixaram que a creche fechada atrapalha que elas consigam trabalho. “Nós precisando colocar nossos filhos lá pra ir trabalhar e essa creche fechada”, disse Ivanilda dos Santos, mãe de uma menina.

IMG_0421

Ela também aponta a degradação do prédio com a demora da inauguração. “Até mato já está criando dentro da creche. Tem que inaugurar essa creche logo. A escola está pronta, o que está faltando para inaugurar? A da Urbis 6 já inaugurou, só falta a daqui”.

Enquanto a espera não chega ao fim, “as crianças estão estudando em uma escola [improvisada], numa casinha que nem cadeira tem, eles sentam em um banquinho. Todo mundo reclama dessa creche”, se queixa a mãe.

Pais dormem na porta de creches de Conquista para conseguir vaga para filhos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 04 jan 2016

Tags:, , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

IMG_0120foto: reprodução TV Sudoeste

Pais e responsáveis por crianças em idade de creche, em Vitória da Conquista, estão dormindo em frente as creches para garantir vaga para as crianças. Eles chegaram à porta das unidades desde a noite da última sexta-feira (1º de janeiro) para conseguir uma ficha que só seria disponibilizada nesta segunda (4).

Os responsáveis pelas crianças se revezavam com outros parentes nas filas, chegando a dormir na porta das creches. Colchões e cadeiras de plástico foram utilizados pelas pessoas para passar a noite. As fichas devem começar a ser distribuídas às 8 horas.

Em contato com a TV Sudoeste, a Secretaria de Educação informou que Conquista possui 21 creches, 11 da Rede Municipal e 10 conveniadas, atendendo cerca de 3.950 crianças. Mas os pais dizem que essa quantidade não é suficiente.

Cercadinho cobra água, ambulância, segurança e creche, em Sessão Itinerante da Câmara

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 set 2015

Tags:, , , , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0013

O distrito de Cercadinho recebeu, nesta quarta-feira (23), a segunda sessão itinerante da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) em 2015. A atividade do Poder Legislativo Municipal promove a participação da população que reside na zona rural, através da ampliação dos debates sobre assuntos de interesse da comunidade.

A sessão ocorreu na Escola Municipal Rui Barbosa e contou com uma boa participação popular, que pode utilizar o espaço da Tribuna Livre para cobrar as principais demandas da região. Segundo a comunidade, os problemas enfrentado por quem mora em Cercadinho têm relação com a grande distância para a zona urbana (o distrito é o mais distante do centro da cidade, são 80 km). Os moradores afirmam que sofrem sérios problemas com a falta de água, principalmente para a produção. Além disso, a ausência de linha ou sinal de operadora de telefonia causa uma grande distância com outros pontos do município.

DSC_0006

Outros dois pontos levantados também na sessão itinerante é a falta de uma creche, para os pais que precisam trabalhar, e a necessidade de uma ambulância para fazer o deslocamento dos pacientes do distrito. Segundo a comunidade, os atendimentos com urgência e não podem esperar pra ser encaminhado ao posto de saúde local, mas o deslocamento para um hospital no município, em veículo comum, compromete o estado do paciente.

Por fim, os moradores solicitaram maior atuação dos setores responsáveis pela Segurança. Eles denunciam que as rondas da polícia são com baixa frequência, principalmente pela distância, e que está se tornando comum pequenos arrastões às casas e mercados da localidade.

Na ocasião, os vereadores também apresentaram as ações e projetos da Câmara para a população de Cercadinho e discutiram as questões levantadas por parte do público presente.

Obras de escolas e creche da zona rural de Conquista deixam alunos sem aulas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 08 abr 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0114As obras de construção da Creche-escola da Lagoa das Flores seguem em ritmo lento e sem previsão de entrega. A construção da Creche-escola da Lagoa das Flores segue em ritmo lento e sem previsão de entrega. As obras iniciadas em junho de 2013 deveriam ter sido entregues em março de 2014, mas problemas no contrato continuam atrasando os trabalhos. Se já estivesse pronta, ela atenderia cerca de 200 crianças na faixa etária de 2 a 4 anos de idade.

A obra, orçada em pouco mais de R$ 782 mil, tem recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e chegou a ser suspensa por falta de pagamentos de salários. Após essa interrupção, o novo cronograma de término da obra foi alterado para outubro do ano passado, o que também não foi cumprido.

Nesta quarta-feira (8), o presidente da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara de Vereadores, Adinilson Pereira (PSB), revelou que houve problemas com a primeira empresa e o contrato foi suspenso. Mesmo com a contratação de outra empresa, a obra está muito atrasada. “Há muitos trabalhos irregulares ali na obra. O telhado feito pelo marceneiro faz vergonha como está sendo construída. Temos que fiscalizar essas obras”, disse o vereador.

Assim como a creche da Lagoa das Flores, outros alunos das escolas José Novaes, na Fazenda Paixão, e Robert Kennedy, no Povoado da Choça, estão fora da sala de aula devido a problemas em contratos de construção e reforma. O parlamentar revelou que na escola José Novaes mais de 400 alunos estão com seu ano letivo comprometido.

Merenda escolar recebe investimento federal de R$ 6 milhões anuais

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 10 mar 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais

SC2_4042Anualmente, R$ 6 milhões são investidos na alimentação escolar das unidades de ensino fundamental e creches de Vitória da Conquista. O valor é repassado ao município pelo Governo Federal, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O volume de gêneros alimentícios distribuídos na Rede Municipal gira em torno de 500 toneladas por ano. Esses alimentos passam pelas mãos de aproximadamente 450 manipuladores de alimentação escolar, antes de chegar às mesas de cerca de 44 mil alunos, nas 204 escolas e creches urbanas e rurais do município.

O coordenador municipal de Alimentação Escolar, Josenilton Pacheco, explica que o município cumpre a exigência feita pelo Governo Federal, de que o cardápio da alimentação escolar seja elaborado por nutricionistas devidamente habilitados profissionalmente e cadastrados no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Tanto o cardápio quanto a quantidade de calorias se renovam a cada três meses, de acordo com as variações climáticas, que podem exigir maior ou menor número de nutrientes por dia. Aos alunos que vivem em regiões quilombolas, a Prefeitura garante um cardápio diferenciado, com aproximadamente 10% a mais de calorias do que a merenda consumida pelo restante do público estudantil, explicou

Escolas e creches de Conquista começam a receber edição da Mostrinha de Cinema Infantil

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 30 out 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1294-598x399Entre os dias 20 e 24 de outubro, os distritos de foram Inhobim, José Gonçalves, Pradoso, São Sebastião e Iguá receberam parte da programação da 5ª edição da Mostrinha de Cinema Infantil de Vitória da Conquista. A partir da próxima semana inicia-se a segunda etapa do evento; desta vez na zona urbana.

Nos dias 5, 7, 17, 19 e 21 de novembro, e nos dias 1º, 3, 5, 10 e 12 de dezembro, sempre às 15h, 15 escolas e creches municipais receberão o projeto.

A Mostrinha surgiu como parte do projeto “O que se aprende com o cinema”, cujo objetivo inicial foi o despertar novos olhares e potencialidades por meio do contato com a sétima arte, possibilitando o acesso a filmes que, geralmente, não estão no circuito comercial.

Em quatro edições da Mostrinha de Cinema Infantil, já foram exibidas 80 produções infantis e cerca de 10 mil crianças da Rede Municipal de Ensino foram contempladas com as exibições e as oficinas de Fotografia e Produção de Vídeo e de Animação.

Obras da Creche da Lagoa das Flores estão atrasadas há mais de 4 meses

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 22 jul 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0114Seguem em ritmo lento as obras de construção da Creche-escola da Lagoa das Flores. A obra iniciada em junho de 2013 deveria ter sido entregue em março deste ano. Se já estivesse pronta, ela atenderia cerca de 200 crianças na faixa etária de 2 a 4 anos de idade.

A obra orçada em pouco mais de R$ 782 mil tem recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e foi suspensa recentemente por falta de pagamentos de salários. Após essa interrupção, o novo cronograma de término da obra foi alterado para outubro, o que representa, pelo menos, sete meses de atraso.

A creche contará com quatro salas de aula com banheiro, repouso e solário, sala para os professores, espaço de informática, copa para funcionários, depósito, dois sanitários adaptados, cozinha, dispensa, lactário e lavanderia com depósito para materiais de limpeza. Ela também terá uma sala para a administração com almoxarifado.