Estatística aponta redução da criminalidade na zona leste de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 07 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_4728

A 77ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), responsável pelo policiamento na zona oeste de Vitória da Conquista, divulgou dados estatísticos referentes ao trabalho durante o primeiro semestre de 2016. Os dados (confira os números completos) apontam uma redução gradativa da criminalidade, no comparativo entre os anos de 2013 e 2015.

O numero de homicídios apresenta uma queda, com um pico no ano de 2014. Mas aponta para uma redução no número total deste ano. Foram 60 (2013), 70 (2014), 63 (2015), e 25 (2016). Os registros de tentativas de homicídios também seguem o mesmo ritmo do número de mortes violentas: 70 (2013), 62 (2014), 60 (2015), e 26 (2016).

O destaque na redução da criminalidade fica para o número de roubo contra estabelecimentos comerciais: 275 (2013), 263 (2014), 213 (2015), e 57 (2016). Este dado pode ter ligação direta ao fato de a sede da companhia ter mudado para a Rua 7 de Setembro, ao lado do centro comercial.

“Mesmo sendo apenas uma parcial no ano de 2016 é estimada uma continuidade dessa redução tendo em vista a aplicação de efetivo policial especialmente voltado para o atendimento ao centro comercial de Vitoria da Conquista”, aponta o comando da 77ª CIPM.

Secretário analisa aumento de 170% da criminalidade em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 25 fev 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0261

A reunião da Região Integrada de Segurança Pública, nesta quinta-feira (25) em Vitória da Conquista, serviu como uma grande lavagem de roupa suja, onde Governo do Estado, polícias Civil e Militar, além do Judiciário e Ministério Público tentaram acertar as arestas. O encontro foi realizado a portas fechadas e contou com a presença da cúpula da Segurança Pública Estadual.

No entanto, antes da reunião, o secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, conversou com a imprensa e comentou o aumento de quase 170% no número de homicídios em Vitória da Conquista. “Sabemos que este mês de janeiro foi um mês atípico em detrimento ao mês de janeiro do ano passado, mas é bom que se diga que Vitória da Conquista foi um dos municípios que mais reduziram a criminalidade no ano de 2015 e temos alguns problemas relacionados a disputas entre traficantes”.

O secretário ainda ressaltou que há a necessidade de ter um melhor diálogo com a Justiça, no sentido de definir estratégias para retirar os principais criminosos de circulação. “Temos solicitado um apoio maior do Judiciário e do Ministério Público para que haja um engajamento maior de todas estas instituições no combate ao tráfico de drogas”, finalizou.

Em Vitória da Conquista, o número de pedidos de prisão acatados pela Justiça chega a 25%. Em contra ponto, a relação entre os pedidos apreciados e acatados pela Vara do Juri é alto, ultrapassando a casa dos 90%.

Novo presídio será inaugurado superlotado, diz Pastoral Carcerária

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 17 dez 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Arquivo BRG

DSC_0654O novo presídio de Vitória da Conquista está com a data de inauguração se estendendo desde o mês de outubro, quando foi anunciado o fim das obras de construção. Mas, mesmo sem estar funcionando, já gera preocupações. De acordo com o coordenador da Pastoral Carcerária, Genildo Galdino Prates, a unidade prisional será aberta superlotada.

“Em 2015 será inaugurado, em nossa cidade, um presídio com vagas para 800 presos, e já estará superlotado. São nossos irmãos privados da liberdade, sofrendo preconceito, sem um trabalho de ressocialização”, afirmou Prates em cerimônia, na Câmara de Vereadores, onde a Pastoral foi homenageada com uma Moção de Aplausos. O coordenador da entidade fez um alertas ao Poder Público local. “Pedimos as autoridades de Vitória da Conquista que revejam essa questão da criminalidade, da violência, pois é preocupante e gritante”, ressaltou.

A Pastoral Carcerária tem 38 anos de trabalho e atua com os encarcerados e às famílias em Vitória da Conquista, Jequié e Salvador, onde tem presídios e penitenciárias. Somente em 2014, por cinco vezes, a Pastoral levou as famílias para visitarem seus parentes presos em Salvador, sendo 30 pessoas em cada viagem.

Crime está migrando para zona rural, revela comandante da 78ª CIPM

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 03 nov 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Mônica Cajaíba

reuniao-zona-ruralUma nova reunião entre a 78ª Companhia Independente de Polícia Militar e moradores da zona rural de Vitória da Conquista ocorreu, nesta segunda-feira (3), na Câmara de Vereadores. O encontro, que ocorre há aproximadamente seis meses, discute ações para melhoria da segurança pública no interior do município.

O major Selmo Luiz, comandante da 78ª CIPM revela que as ações criminosas estão migrando para a zona rural. Devido a isso, ele garante que a polícia tem ampliado o policiamento nos povoados e distritos. “Conseguimos, com o aumento das horas extras que o Estado concedeu desde o mês de setembro, fazer uma implementação maior. Inclusive fizemos ações pontuais este final de semana em algumas localidades. Mas tem ações específicas que eles [os moradores] estão nos passando para a gente agir de forma mais centrada e efetiva contra as ações criminosas.”, explicou o major à repórter Mônica Cajaíba.

O comandante garante que a Polícia Militar vem se esforçando para coibir o aumento da criminalidade na zona rural da cidade. E, segundo ele, estas reuniões é uma prova disso. “A nossa obrigação é ouvir a comunidade para que eles nos digam se realmente a gente está agindo certo, porque se não estivermos atendendo bem, a gente tem que mudar nossa estratégia. Vamos fazer de tudo para atender da melhor forma possível.”, finalizou.

A próxima reunião ocorrerá no dia 1º de dezembro, no mesmo local.

Violência e criminalidade preocupam eleitores

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 02 fev 2010

Tags:, , , ,

da Agência Estado

A violência e a criminalidade desbancaram o desemprego como principal problema do País. Isso é o que mostra a pesquisa CNT/Sensus, divulgada hoje. No levantamento feito em janeiro junto a 2 mil entrevistados, a violência foi citada como o problema que mais incomoda, por 22,9% das pessoas.

Na primeira edição da pesquisa, feita em março de 1998, o principal mal do País era o desemprego, citado, na época, por 57% dos entrevistados. Já em janeiro passado, apenas 19% mencionaram o desemprego.

Por outro lado, aumentou a percepção de que a corrupção cresce no País. Se em setembro de 1998, 56% dos entrevistados avaliavam que a corrupção crescia, em janeiro passado, 69,4% manifestaram essa opinião.

…Leia na íntegra