O Partido do compromisso com o futuro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Política | Data: 07 nov 2016

Tags:,

Por Cristovam Buarque

cristovam-buarqueA situação do Rio de Janeiro é o retrato da falência fiscal dos governos brasileiros e do sofrimento consequente da população, especialmente os pobres. As alternativas tradicionais e irresponsáveis usadas nessas crises sempre foram dívida e inflação, que enganam no presente e comprometem o futuro. Esse caminho se esgotou; a saída agora exige unidade nacional em um movimento de responsabilidade dos brasileiros de hoje para corrigir os erros de ontem, e deixar um Brasil melhor para amanhã.

Há décadas mantemos uma maldita aliança entre direita e esquerda que enganou a todos, desrespeitando os limites de recursos financeiros disponíveis para o setor público: aumentamos os ganhos dos privilegiados e o salário mínimo dos pobres; projetamos estradas, portos, escolas, saneamento, saúde, além de generosíssimos subsídios aos empresários, fartos benefícios às corporações, ao mesmo tempo em que permitimos o saqueio do Estado pela corrupção.

Prometemos tudo, deixamos tudo incompleto e construímos o desastre nos serviços públicos e na base para o futuro; provocamos aumento do endividamento e desvalorização da moeda, ao mesmo tempo em que desprezamos setores essenciais, como educação básica, saúde, saneamento.

Corrompemos a aritmética, arrecadando quatro e gastando cinco: o resultado foi a desarticulação das finanças, sacrificando doentes sem hospital, idosos sem aposentadoria, crianças sem escola, e comprometendo nossas futuras gerações. Além disso, o irresponsável pacto da direita e da esquerda desmoralizou a política democrática. …Leia na íntegra

A desconstrução da esquerda

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 20 fev 2016

Tags:, , , ,

Por Cristovam Buarque

ESquerda

Os constantes noticiários sobre a Lava-Jato têm levado militantes dos partidos do governo a dizerem que está em marcha uma campanha de desconstrução do PT e da imagem do ex-presidente Lula, cujo objetivo seria a desconstrução da esquerda.

É até possível que as oposições estejam usando as notícias com esta intenção; mas a desconstrução foi feita pela própria esquerda, contando com a colaboração do Lula, do PT e demais partidos de apoio ao governo.

A desconstrução da esquerda ocorreu por causa da aceitação da corrupção, sob o argumento de que todos a praticam; pela perda do vigor transformador e o consequente acomodamento; a falta de imaginação para formular nossas alternativas para avanço social; a incapacidade para perceber e entender a vertiginosa transformação tecnológica e política no mundo e o desprezo por compromissos programáticos e ideológicos.

A esquerda não foi capaz de entender o pleno significado da queda do Muro de Berlim, do fim do socialismo pela distribuição da produção e o consumo industrial depredador; a consolidação do poder sindical da aristocratização do proletariado em contraposição aos interesses das grandes massas; não entendeu a dimensão da crise que vai além da luta de classes e contesta a própria base da civilização industrial; não tem proposta para a ampliação do bem-estar, combinado com o equilíbrio ecológico; não percebe a força da globalização implantando o livre comércio, quebrando as fronteiras nacionais; nem a realidade da economia atual, onde o principal fator de produção é o conhecimento, não o capital financeiro, nem os recursos naturais. …Leia na íntegra

PT se ‘autoassassinou’ e governo está em fase terminal, diz ex-ministro de Lula

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 23 jan 2016

Tags:, , ,

Adriano Brito – @adrianobrito
Da BBC Brasil em São Paulo

  • Reprodução de vídeo/UOL

Há pouco mais de dez anos, o senador Cristovam Buarque deixou o PT após uma série de desgastes que levaram à sua demissão, por telefone, do cargo de ministro da Educação e no embalo da eclosão do escândalo do mensalão – ele foi um dos integrantes que não concordaram com a resposta dada pelo partido e pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva às irregularidades reveladas à época.

Hoje, ensaia um novo desembarque, desta vez do PDT, que, nas palavras de Cristovam, “não existe” como partido, pois virou um “puxadinho do PT” controlado pelo ex-ministro Carlos Lupi que já colocou como candidato à próxima corrida presidencial um nome escolhido por Lula – Ciro Gomes – para “preencher o vazio” caso o petismo não se recupere a tempo de 2018.

Segundo o senador, “o PT se autoassassinou” ao desconsiderar a meritocracia na nomeação de cargos e não pensar um projeto de longo prazo para o país.

Diz ainda que o “fracasso” da gestão Dilma Rousseff se deve principalmente a erros cometidos pela presidente em seu governo, que está em “fase terminal”. …Leia na íntegra

Frase de Cristovam Buarque serve para o PCdoB, PV e PSB de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 20 jan 2016

Tags:, ,

da Redação

Cristovam“O PDT virou um puxadinho do PT”, afirmação do senador Cristovam Buarque, que sempre foi um crítico da aliança do PDT com o PT de Dilma e Lula. Esta afirmação do senador serve para a cidade de Vitória da Conquista onde o PT gerou ao longo de 20 anos vários puxadinhos. Essa pelo menos é a opinião que circula nos bastidores. Ninguém crer que o PCdoB e PSB farão oposição ao PT.

O PCdoB, aliado histórico, colocou o nome do deputado Jean Fabrício como pré-candidato a prefeito na certeza que não vai desgarrar do PT. Os “comunistas’ passaram a acreditar na possibilidade de Fabrício disputar um eventual 2º turno.

O desgaste do PT motivou que a direção nacional divulgasse uma resolução admitindo até apoiar um aliado em cidades de mais de 100 mil habitantes. Na história a agremiação nunca apoiou ninguém, mas as evidências sinalizam que o desgaste tende a aumentar com o fracasso do Governo Dilma. A resolução motivou a candidatura de Fabrício que já pensa em ser apoiado pelo PT em um provável 2º turno.

Para muitos integrantes de partidos de oposição a situação do PSB e do PV não é diferente. Irão lançar os seus pré-candidatos aguardando a ordem de alinhamento. O lançamento de vários candidatos é para tentar provocar o 2º turno proposta que o secretário Josias Gomes (PT), Relações Institucionais do Governo Rui Costa (PT), não esconde. A ideia é lançar vários candidatos de partidos aliados nas grandes cidades da Bahia.

Cidades educadoras

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 14 jun 2015

Tags:, , ,

Escrito por Cristovam Buarque / Senador (PDT-DF)

Cristovao BuarqueDeixar a educação com as cidades é manter escolas sem recursos

Faz quase seis meses que a presidente Dilma lançou o lema, mas até hoje não definiu como seria a Pátria Educadora, nem o que seu governo fará para construí-la.

Por falta de definição da presidente ou dos marqueteiros que criaram o lema, devemos imaginar como seria a Pátria Educadora e o que fazer para construí-la.

A condição fundamental, óbvia, é ter todas as suas crianças em escolas com a máxima qualidade, o que exige: professores muito bem preparados, escolhidos entre os melhores jovens da sociedade, para isso eles precisam estar entre os profissionais muito bem remunerados, todos bem selecionados e avaliados permanentemente; os prédios das escolas entre os mais bonitos, limpos e confortáveis, com os mais modernos equipamentos de tecnologia da informação, bibliotecas, ginásios poliesportivos e facilidades culturais; todas as crianças em horário integral, durante os 220 dias de aulas por ano, sem paralisações. …Leia na íntegra