Guanambi: MEC suspende seleção para funcionamento de curso de medicina

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 08 jun 2017

Tags:,

Da Redação


O Ministério da Educação (MEC) determinou a suspensão da seleção de uma faculdade particular que deveria implantar um curso de medicina na cidade de Guanambi. A suspensão ocorreu depois da denúncia de suposta fraude na seleção da instituição que ofereceria o curso, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

De acordo com as informações divulgadas, teria sido realizada uma troca de pareceres, com o objetivo de alterar a classificação das participantes da concorrência, para beneficiar a Sociedade Padrão de Educação Superior, que mantém as Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros (FIPMoc). De acordo com a Folha de São Paulo, a empresa tem como um dos sócios a Samos Participações, do ex-ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia.

Em nota, a assessoria da FIPMoc afirmou que foi habilitada de maneira legal na concorrência, com o cumprimento de todas as exigências do edital. Também diz que foi classificada em primeiro lugar porque ofereceu as melhores contrapartidas ao município e benefícios aos acadêmicos, pessoal docente e técnico administrativo, e, especialmente, pelo projeto de fornecimento de equipamentos, instalações de apoio e capacitação de profissionais da rede SUS.

UESB tem curso de Medicina de Jequié reconhecido pelo Conselho Estadual de Educação

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 24 jan 2017

Tags:, , , ,

Da Redação

 

Campus da Uesb em Jequié

O parecer de Reconhecimento do curso, emitido pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), valerá durante o período de seis anos. A criação do curso aconteceu no ano de 2009, e a primeira turma formada do curso de Medicina da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), campus de Jequié, foi em cerimônia realizada em outubro do ano passado.

O professor Tarso Carvalho Barberino, coordenador do curso em Jequié, destacou o avanço em se concretizar algo que foi planejado durante todo esse tempo. “O Reconhecimento significa que conseguimos, nestes seis anos, planejar, organizar e implementar um projeto pedagógico que atendesse de forma atualizada às Diretrizes Curriculares Nacionais, formando profissionais médicos capazes de atender às demandas de saúde, com visão crítica da realidade, levando em conta os aspectos técnicos e éticos necessários”, ressalta Barberino.

“Esse resultado nos coloca com objetivo de avançar na melhoria da infraestrutura e na qualificação do corpo docente, garantindo a manutenção da qualidade dos profissionais formados pela nossa Universidade”, comemorou o reitor da Uesb, professor Paulo Roberto Pinto Santos, sobre o fechamento desse ciclo após a colação de grau da primeira turma.

 

Faculdade Santo Agostinho definirá em reunião com estudantes melhorias para curso de Medicina

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 11 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

faculdade-santo-agostinho

Após a manifestação de estudantes do curso de Medicina, a Faculdade Santo Agostinho emitiu nota informando que está com um canal aberto de conversa com seus discentes para a melhoria do ensino.

“As Faculdades Santo Agostinho (Fasa), conforme demanda dos alunos, está com encontro agendado nessa quinta-feira para, em reunião com os alunos, entender os motivos da manifestação, dialogar e definir encaminhamentos”, afirma a nota da instituição de ensino.

Além disso, a assessoria de imprensa da Faculdade Santo Agostinho informou ao BLOG DA RESENHA GERAL, que muitas das demandas apontadas pelos estudantes já vinham sendo solucionadas pela instituição no curto prazo.

Estudantes de Medicina da Faculdade Santo Agostinho, em Conquista, realizam manifestação

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 11 abr 2016

Tags:, , , ,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão

DSC_1043Os alunos dos 1º, 2º e 3º semestre do curso de Medicina da Faculdade Santo Agostinho (Fasa) vêm realizando desde a última semana manifestações em frente à Instituição, em Vitória da Conquista. Vestidos de preto e com cartazes e apitos, os estudantes protestam solicitando melhores condições de ensino e aprendizagem.

Por meio de nota pública, os estudantes afirmam que, desde a implantação, o curso de Medicina da Faculdade vem passando por dificuldades. Assim, desde o início, eles fizeram algumas reivindicações e realizaram alguns acordos com a Santo Agostinho, os quais não foram cumpridos.

DSC_1034

Diante das negativas, os estudantes decidiram paralisar as atividades até que a Faculdade se posicione em relação aos pontos que estão sendo reivindicados pelos discentes, como: insuficiência e inadequação do espaço físico para as atividades acadêmicas; estruturação inadequada do curso; desrespeito da instituição para com os alunos; excesso de dependência em relação à matriz em Minas gerais; dificuldade de acesso e diálogo com a atual diretoria e incerteza em relação às atividades ambulatoriais e de internato.

Mais promessas de implantação de Universidade Federal e Curso de Medicina em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 14 ago 2014

Tags:, ,

da Redação

FOTO FEDERAL BB

O Governo Federal criou várias Universidades na Bahia e Vitória da Conquista ficou de fora

 A comunidade do Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Campus Anísio Teixeira, em Vitória da Conquista, a Reitora da UFBA, Dora Leal, e parlamentares baianos foram a Brasília, nesta segunda-feira (11), protocolar, no Ministério da Educação (MEC), o processo de criação da Universidade Federal do Sudoeste da Bahia.

O governo da presidente Dilma Roussef (PT) criou várias universidades federais na Bahia, e só agora, ao final do mandato, e em plena campanha eleitoral é que os deputados de Vitória da Conquista, Waldenor Pereira (federal) e José Raimundo Fontes (estadual), ambos do PT vão ao MEC para produzirem fotos para campanha eleitoral. O curso de Medicina voltou também a ser solicitado na visita à capital federal. Os dois parlamentares estão em campanha e necessitam da produção dessas notícias na tentativa de angariar votos. Confira a foto e tire suas conclusões.

Governo desiste dos 2 anos a mais em curso de medicina

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 31 jul 2013

Tags:,

Agência Estado

340x255_1343799O governo desistiu de ampliar os cursos de medicina de seis para oito anos, conforme previsto na Medida Provisória dos Programa Mais Médicos, e vai apoiar agora a proposta trazida à mesa por uma comissão de especialistas para que os dois anos adicionais se transformem em residência médica. “(A diretriz é que) após a formação do médico na graduação, em seis anos, a residência médica assegure essa vivência na urgência e emergência e na atenção primária”, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, após participar de uma reunião com o titular da Saúde, Alexandre Padilha, e representantes de faculdades de medicina federais do País, em Brasília.

Mercadante defende que a Medida Provisória 621, que trata do Programa Mais Médicos e tramita no Congresso Nacional, já previa a possibilidade de que os dois anos adicionais se convertessem em residência médica. O Conselho Nacional de Educação (CNE) também deverá propor novas diretrizes para os cursos de medicina a partir das modificações estabelecidas pela MP.

…Leia na íntegra