Defensoria Pública da União pede suspensão de matrículas na Ufba após denúncias de fraudes nas cotas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação, Geral, Justiça | Data: 13 fev 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:

Nesta semana a Defensoria Pública da União na Bahia (DPU-BA) entrou com um pedido de suspensão das matrículas na Universidade Federal da Bahia (UFBA), nos cursos de Bacharelado Interdisciplinar (BI) e nos Cursos de Progressão Linear (CPL), após alunos denunciarem suspeitas de fraudes no sistema de cotas.

A ação foi ajuizada pelos defensor regional de Direitos Humanos (DRDH) na Bahia, Vladimir Correia, e pede a apuração da seleção de alunos autodeclarados pardos e negros, mas que não têm fenótipo que condizem com as cotas. De acordo com o defensor, o pedido de suspensão acontece até que seja apurada a veracidade das declarações fornecidas pelos estudantes. Os candidatos que se sentiram lesados, procuraram a DPU após buscarem os nomes e rostos dos selecionados nas redes sociais e afirmarem que eles não se aplicam a lei das cotas.

“O intuito da DPU não é desqualificar a autodeclaração firmada pelo aluno, mas tão somente tornar evidente a plausibilidade das denúncias e representações recebidas, demonstrando ser imprescindível a avaliação de todos os candidatos por uma comissão específica, em momento anterior à matrícula”, afirmou Vladimir Correia.

Em razão das denúncias recebidas, o defensor afirmou que enviou à UFBA um ofício para pedir esclarecimentos e detalhes sobre como é feita a seleção dos candidatos cotistas e se o enquadramento é feito apenas por autodeclaração ou está sujeito à análise de uma banca de verificação.

O que diz a UFBA

…Leia na íntegra

Defensoria Pública da União realiza seleção de estágio em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Trabalho | Data: 01 ago 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_2315

Entre os dias 3 e 20 de agosto, a Defensoria Pública da União em Vitória da Conquista realiza as inscrições para o segundo exame de admissão ao estágio forense. A seleção é feita entre estudantes do curso de Direito, com bolsa de R$ 800, vale-transporte de R$ 8 diários e carga horária de 4 horas diárias.

O estudante, que obrigatoriamente deve estar cursando entre o 4º semestre e o 8º semestre, terá que ir pessoalmente à sede da Defensoria Pública da União, na Avenida Otávio Santos, nº 757, bairro; telefone: (77) 3424-5228. A DPU solicita que o candidato contribua com 1 kg de alimento não perecível (exceto sal e farinha), a serem entregues no dia da inscrição.

Os alimentos serão repassados a uma instituição de caridade. A prova será realizada no dia 23 de agosto, conforme edital disponível no site www.dpu.gov.br.

Defensoria Pública abre seleção; salário de R$ 16.489

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Bahia, Trabalho | Data: 16 nov 2014

Tags:

A Tarde

imagesA Defensoria Pública da União abre nesta segunda-feira, 17, as inscrições para concurso. No total, são 58 oportunidades para o cargo de defensor público federal, com salário de R$ 16.489.

É exigido formação em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de três anos de prática jurídica. As inscrições, com taxa de R$ 180, podem ser realizadas até 8 de dezembro por meio do site www.cespe.unb.br.