Polícia confirma: corpo encontrado em carro incendiado é do delegado Marcos Torres

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia | Data: 14 abr 2018

Tags:, ,

Da Redação

A polícia confirmou que o corpo carbonizado que foi encontrado dentro de um carro entre os municípios de Tanhaçu e Anagé, é do delegado Marco Antônio Torres, da cidade de Barra da Estiva. Ele estava desaparecido desde desde quinta-feira (12) após sair de Barra da Estiva em direção a Vitória da Conquista.

O veículo com o corpo foi encontrado em uma estrada vicinal, próximo ao povoado de Sussuarana, que pertence ao município de Tanhaçu. O carro com o corpo do delegado foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Vitória da Conquista, para ser periciado, mas ainda não há informações sobre as circunstâncias da morte.

A Polícia Civil divulgou uma nota afirmando que “externa suas condolências aos familiares de Marco Antônio neste momento de grande sofrimento, declarando luto da Polícia Civil da Bahia pela inestimável perda”. Disse, ainda, que todos os esforços estão sendo empregados no sentido de identificar o responsável pelo crime.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que determinou apuração rigorosa do caso e que vem prestando apoio aos familiares do delegado.

Marco Antônio iniciou a carreira de policial em Minas Gerais, onde atuou como investigador. Delegado da Polícia Civil baiana há quase 10 anos, era titular na Delegacia Territorial (DT) do município de Barra da Estiva e substituto da delegacia de Ibicoara.

O corpo do delegado Marco Antônio Torres será sepultado na cidade mineira de Governador Valadares neste sábado (14). O horário não foi di

Barra da Estiva: corpo é encontrado dentro de carro incendiado de delegado

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 13 abr 2018

Tags:,

Da Redação


Um corpo foi encontrado na manhã desta sexta (13) dentro do carro do delegado da cidade de Barra da Estiva, Marcos Torres. Conforme as informações divulgadas, o corpo estava carbonizado dentro do veículo que foi incendiado, na zona rural, no distrito de Sussuarana, na cidade de Aracatu.

A Polícia ainda não confirmou, mas o corpo pode ser do próprio delegado. Marcos Torres saiu da cidade de Barra da Estiva, em direção a Vitória da Conquista, por volta das 15 horas dessa quinta (12). Como não chegou ao destino, foi dado como desaparecido.

Ainda não há informações sobre o motivo do crime. O carro com o corpo já foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Vitória da Conquista, para ser periciado.

 

Piripá: delegado diz que mais de 30 armas e 100 veículos foram levados da delegacia durante protesto

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 01 nov 2017

Tags:, ,

Da Redação


O delegado Florisvaldo Nery da Cruz, titular da delegacia de Piripá, afirmou que mais de 30 armas de fogo e cerca de 100 veículos, entre carros e motocicletas, foram furtados durante o protesto da noite do dia 30, última segunda-feira.  Cerca de 150 pessoas da cidade picharam a fachada do prédio, quebraram equipamentos, destruíram as instalações e colocaram fogo em veículos que estavam na frente da delegacia, em protesto contra a permanência do delegado no cargo.

Ao G1,  Florisvaldo Nery da Cruz informou que a polícia está tentando identificar os autores dos furtos. O delegado disse que os veículos roubados, que estavam apreendidos, estavam estacionados no fundo da delegacia. Com relação às armas furtadas, o delegado disse que foram de calibres diversos.

Os moradores que realizaram a manifestação contra o delegado dizem que ele não estaria mais abrindo investigações, efetuando prisões, nem enviando os processos à Justiça. Florisvaldo, por sua vez, afirmou que o ato foi feito por pessoas ligadas a um grupo político da cidade, depois que ele teria aberto investigação sobre corrupção no município.

Por meio de nota oficial, a Polícia Civil da Bahia afirmou que o delegado Florisvaldo Nery da Silva só trabalha na Delegacia Territorial de Piripá por ordem da Justiça. Além disso, a corporação reiterou que “todas as medidas administrativas possíveis para retirá-lo da função, como aposentadoria por invalidez ou remoção para a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Vitória da Conquista, já foram adotadas pela instituição, mas a Justiça, em todas essas ocasiões, determinou que o servidor retornasse ao posto na Delegacia de Piripá”.

População invade e destrói delegacia de Piripá em protesto contra delegado

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 31 out 2017

Tags:, , ,

Da Redação

No início da noite dessa segunda-feira (30), cerca de 150 pessoas invadiram a delegacia do município de Piripá, em protesto contra o delegado Florisvaldo Nery da Cruz. Conforme as informações divulgadas, os populares, picharam a fachada do prédio, quebraram equipamentos, destruíram as instalações e colocaram fogo em veículos que estavam na frente da delegacia.

A ação foi uma retaliação à permanência  do delegado Florisvaldo Nery da Cruz que, segundo a população, não estaria mais abrindo investigações, efetuando prisões, nem enviando os processos à Justiça. Na quarta-feira passada (25), eles já tinham feito outro protesto na cidade contra o titular. Cerca de 1.500 pessoas protestaram com faixas, cartazes e os muros da cidade foram pintados com palavras de ordem “Fora Delegado Florisvaldo”.

O delegado disse que o ato desta terça-feira (31) foi feito por pessoas ligadas a um grupo político da cidade, depois que ele teria aberto investigação sobre corrupção no município. Segundo ele, é um movimento que começou pela Câmara de Vereadores e pelo Executivo. O delegado afirmou ainda que atua na cidade desde o ano de 2006 quando começou a investigação da suposta prática de corrupção na prefeitura.

Pindaí: preso delegado suspeito de peculato e associação para tráfico

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 12 maio 2017

Tags:,

Da Redação

O delegado titular de Pindaí, Nilo Ebrahin Ribeiro Bonfim, de 46 anos, foi preso por ser suspeito de peculato e associação para o tráfico. A Polícia Civil divulgou a informação nesta sexta-feira (12) e outras três pessoas, que não são servidores da Polícia Civil, também foram presas suspeitas de parceria com ele.

Conforme as informações divulgadas, o delegado começou a ser investigado pela Corregedoria da Corporação (Correpol) após receberem denúncias de participação em crimes como peculato, associação para o tráfico e venda de inquéritos, dentre outros. Os delitos teriam sido cometidos em 2016, enquanto ele era delegado titular de Cariranha.

O mandado de prisão preventiva de Nilo foi expedido pelo Juízo Criminal de Cariranha e cumprido por agentes da Correpol.

Arilano Botelho assume Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 18 mar 2017

Tags:, , ,

Da Redação


O delegado Arilano Kleber Medeiros Botelho assumirá Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Vitória da Conquista. Ele irá substituir o delegado Ney Brito, que foi exonerado do cargo nesta semana.

Atualmente, Arilano Kleber estava à frente da Polícia Civil na região de Condeúba, com passagem também no Núcleo de Entorpecentes na cidade de Jequié, além das delegacias de Encruzilhada e Itiruçu.

Perseguição política pode ter sido o motivo da exoneração do delegado Ney Brito. De acordo com o próprio delegado,  ele recebeu o comunicado de Salvador que a sua exoneração aconteceu após ser visto em um almoço com o deputado federal Benito Gama (PTB), vice-prefeita Irma Lemos (PTB) e do vereador Luis Carlos Duidé (PTB).

Governo pode ter exonerado delegado por perseguição política

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 16 mar 2017

Tags:, ,

da Redação

Perseguição política pode ter sido o motivo da exoneração do delegado Ney Brito, da chefia da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Vitória da Conquista. A notícia divulgada no BRG na manhã desta 5ª feira (16) repercutiu bastante na cidade.

Conforme anunciamos, o delegado foi entrevistado no programa Resenha Geral da Rádio Brasil FM (107,7),  e disse que recebeu o comunicado de Salvador que a sua exoneração aconteceu após ser visto em um almoço com o deputado federal Benito Gama (PTB), vice-prefeita Irma Lemos (PTB) e do vereador Luis Carlos Duidé (PTB).

O modo petista de marcar adversários, e até rejeitar emendas parlamentares tem sido uma prática que precisa ser banida da vida pública.

.

Exoneração do delegado Ney Brito desfalca a Polícia Civil de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, Segurança, Vit. da Conquista | Data: 16 mar 2017

Tags:, ,

da Redação

A cidade de Vitória da Conquista recebeu com surpresa a exoneração feita pelo Governo do Estado de Ney Brito, do cargo de Delegado Titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado desta 5ª feira (16).

É comum no mesmo dia da exoneração a publicação do substituto, o que não foi feita pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia. O delegado exonerado, além de bons serviços prestados na cidade e região, goza de prestígio junto a sociedade conquistense.

Logo mais às 12 horas, no programa Resenha Geral da Rádio Brasil FM (107,7), o delegado Ney Brito, que aguarda nova nomeação para outra cidade da Bahia, concederá entrevista sobre a sua inesperada exoneração.

Caso Jéssica: “estamos no encalço do Américo”, afirma delegado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 13 maio 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

delegadoO delegado Luiz Gustavo Tortorelli, responsável pelo inquérito do caso Jéssica Nascimento, garantiu que a Polícia Civil continua trabalhando para cumprir o mandado de prisão preventiva contra o acusado da agressão, o estudante Américo Francisco Vinhas Neto. Segundo o delegado há a expectativa que Américo seja preso ou se apresente em breve.

“Estamos no encalço do Américo para que ele seja preso, ou que ele se apresente espontaneamente e que venha a Justiça realmente ser feita, que ele passe por um julgamento, já que ele tem todo direito à ampla defesa, que o ordenamento jurídico concede”, afirmou o delegado.

Dr. Luiz Gustavo Tortorelli lamentou a morte de Jéssica e afirmou que, com isso, o inquérito muda. “Lamentavelmente ela veio a óbito, o que muda a tipificação do crime, já entendo como lesão corporal seguida de morte, crime previsto no Artigo 129, Parágrafo 3 do Código Penal, que dá uma pena de até 12 anos de reclusão”. No entanto, o prazo para o envio ao Ministério Público continua o mesmo. “Temos o prazo para concluir o inquérito até dia 25, temos colhido todas as provas possíveis, tudo o que é pertinente ao caso tem sido feito, e a gente espera concluir o inquérito, para que o Ministério Público tenha um bom embasamento para oferecer a denúncia”.

Caso Jéssica: delegado explica fiança e diz que feto passará por exame toxicológico e de DNA

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 03 maio 2016

Tags:, , , , , ,

por Mateus Novais

delegado-Luiz GustavoNesta terça-feira (3), o delegado Luiz Gustavo Tortorelli Dutra (foto), responsável pelo caso Jéssica Nascimento, concedeu entrevista exclusiva ao programa Resenha Geral, da Rádio Clube (FM 95,9), e respondeu os principais questionamentos sobre a condução do inquérito. À repórter Mônica Cajaíba, ele explicou a questão do valor da fiança (considerada por muitos como baixa), e a suspeita de que os socos e chutes desferidos por Américo Neto contra Jéssica foi motivado pelo uso excessivo de drogas.

Dr. Luiz Gustavo também falou sobre o enquadramento do inquérito, como lesão corporal, mesmo tendo resultado na morte de um feto, e revelou que pedirá em breve a prisão preventiva de Américo Neto. Confira os principais trechos da entrevista:

Ocorrência

Quando chegamos aqui, nos deparamos com essa situação, em que a Polícia Militar nos apresentou como agressão, em que ele [Américo Neto] teria agredido supostamente a namorada.  Com os elementos que a gente teve no momento da apresentação da ocorrência, eu entendi que houve um quadro de violência contra a mulher, enquadrada na Lei Maria da Penha. Em função disso, eu arbitrei a fiança.

Fiança

O caso, talvez, poderia ser enquadrado como lesão corporal, que não precisa ser feito o auto de prisão em flagrante, seria feito apenas um TCO [Termo Circunstanciado de Ocorrência] e ele [Américo Neto] sairia sem pagar nada de fiança. Mas, nesse caso, eu entendi como violência contra a mulher e arbitrei a fiança. Lembrando que o valor de fiança, de acordo com o Código de Processo Penal, é arbitrado de acordo com a condição econômica do réu e não da família. Inclusive, as o valor da fiança é altíssimo. Cinco mil reais é um valor alto para os padrões de Conquista.

Gravidez

A gente só teve essa informação 48 horas após o fato. Quando chegamos aqui, a Polícia Militar nos apresentou a ocorrência, dizendo que ela [Jéssica] teve convulsão e precisou ser hospitalizada. Então, a gente entrou em contato com o Hospital de Base e eles informaram que ela tinha tido várias convulsões, estava internada sem previsão de alta e que não poderia falar sobre o estado clínico dela naquele momento, se era grave ou se estava estável…

Então, a gente tem que decidir na hora. Inclusive, naquela segunda-feira, dia 25, foi um dia atípico. A gente teve aqui cinco prisões em flagrante durante o dia. As ocorrências chegam, muitas vezes juntas – as vezes chagam cinco, seis guarnições da PM ao mesmo tempo e temos que resolver na hora. Nós não podemos manter o acusado aqui, nem a guarnição da Polícia Militar para decidir no decorrer do dia ou no final do plantão. A gente tem que decidir na hora. E, com as informações que eu tinha no momento (nós não sabíamos da questão da gravidez, só viemos saber depois, e ficou uma coisa duvidosa em relação ao estado dela), a gente não pôde dizer qual era o risco de vida que ela teria naquele momento.

Drogas

As testemunhas já foram ouvidas e duas delas relataram as agressões. Que o Américo estava fora de si, devido ao uso exagerado de entorpecentes. Todos os presentes, incluindo a Jéssica, fizeram o uso de drogas, inclusive, alucinógenos.

Segundo os relatos, eles começaram com cerveja, ainda na rua. Depois misturaram com catuaba. Depois começaram a usar cocaína. Depois, na casa, começaram a fumar maconha e usaram alucinógeno conhecido como MD, que é uma droga sintética nova, considerada mais potente que o êxtase.

Prisão preventiva

A gente terminou de ouvir ontem as testemunhas. Obtivemos o laudo do estado de saúde dela, que relata o aborto. Então, de posse disso, vamos pedir a prisão preventiva dele.

Feto

O feto foi levado para o IML [Instituto Médico Legal], onde passou por necropsia e a gente pediu exame toxicológico e de DNA. Apesar de que a gente considera que o fato dele ser pai ou não da criança, não modifica a tipificação penal, mas a gente pediu a análise ao laboratório de Salvador e estamos esperando o exame.

Inquérito

A Deam está me auxiliando no caso, mas eu estou conduzindo o inquérito e tenho o prazo de aproximadamente 20 dias para concluí-lo e apresentar à Justiça.

Foi um caso de muita repercussão e tem havido muitas críticas e especulações. Mas o caso, pra quem tem o conhecimento da lei, viu que todo o processo foi feito com lisura. Todo o processo foi e está sendo feito de acordo com o que cabia fazer no momento.

O delegado e a imprensa

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, Vit. da Conquista | Data: 27 jan 2016

Tags:, , ,


da Redação

Delegado

Por ocasião da apresentação do falso Pastor Edimar Brito,  o delegado Coordenador da Polícia Civil, Marcus Vinicius, responsável pela competente operação que culminou com a prisão, fez uma selfie com os membros da imprensa que estavam na coletiva onde foi apresentado o acusado de duplo assassinato em Vitória da Conquista. A foto naturalmente será guardada no arquivo do delegado, e foi uma espécie de despedida do comando da Polícia Civil de Conquista.

O delegado Marcus Vinícius sempre foi extremamente correto, e nunca privilegiou as notícias policiais para nenhum órgão de imprensa. A sua postura sempre foi apreciada por todos. Educação, gentileza, disponibilidade, eficiência, seriedade e respeito a todos são características marcantes na atuação do coordenador de polícia.

Entrevistado pelo programa Resenha Geral, o delegado informou que deixará a coordenação e manifestou a repórter Mônica Cajaiba que gosta da sua profissão e pretende continuar morando em Conquista. Marcus Vinicius é do Rio de Janeiro, e em Conquista e Itapetinga se revelou como um grande profissional da Polícia da Bahia. “Gosto da investigação e pretendo continuar trabalhando nesta atividade”, disse.

Delegados de Conquista participam de curso com o Departamento de Polícia de Miami

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 17 set 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_7036foto: divulgação

Os delegados Neuberto Costa e Hudson Santana, titular e adjunto da Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista, finalizaram no início deste mês o curso de homicídios ministrado pelo Departamento de Homicídios da Polícia de Miami (EUA). O curso durou uma semana e foi realizado na sede da Coordenadoria de Operações Especiais da Polícia Civil (COE), em Salvador.

O curso contou com a participação de alguns delegados baianos e de outros estados do Brasil, que trabalham com investigações de homicídios. Nele, foram debatidas técnicas utilizadas pelos policiais americanos de isolamento de local de crime, perícias em locais de homicídios, técnicas de investigações de homicídios e interrogatórios de suspeitos e testemunhas, legislação americana aplicada em casos de homicídios e outros temas relacionados aos trabalhos de investigação.

Os policiais americanos Carlos Castellanos, Fred Ponce e Frankie Sanchez, que ministraram o curso, também apontaram diferenças nos trabalhos realizados pela Polícia de Miami, principalmente quanto a legislação. No Estado da Flórida, a pena aplicada pela Justiça em casos de homicídios pode chegar à prisão perpétua ou pena de morte, a depender do caso.

Jequié vive onda de homicídios; 9 foram registrados em 4 dias

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 31 ago 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

Necropsiafoto: Jequié Repórter

A cidade de Jequié (a 150 km de Vitória da Conquista) está passando por um período de tensão. No período de quatro dias, nove homicídios e uma morte em confronto com a polícia foram registrados no município. O número é semelhante ao registrado em todo um mês. Os crimes foram registrados da última quinta-feira (27) até esse domingo (30).

DrO último registro foi a morte de um acusado de tráfico, identificado como ‘Linho’. A Polícia Militar conta que ele teria resistido à voz de prisão e disparou contra os soldados.

Apesar da morte não constar nos registros da polícia como homicídio, a Polícia Civil de Jequié reconhece que a situação na cidade é delicada. O delegado coordenador da 9ª Coorpin, Fabiano Aurich, soldados da Caesg,  Rondesp Sul, além de investigadores civis foram deslocados para a cidade, no intuito de reforçar os trabalhos de investigação e segurança do município. “Temos o direcionamento do próprio governador para que a polícia dê total atenção a esses casos na cidade”, disse o delegado.

Dr. Aurich também adiantou que dos nove casos registrados nestes últimos dias, cinco já foram elucidados e outros dois são considerados fatos isolados. “Mas ainda não podemos revelar o andamento das investigações para não atrapalhar os trabalhos”, concluiu o coordenador da Polícia Civil.

Delegado defende implantação de Guarda Municipal em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Segurança, Vit. da Conquista | Data: 16 ago 2015

Tags:, , ,

da Redação

OdilsonEntrevistado no programa Fatos&Feitos da Rádio Clube FM (95,9), neste sábado (15), pela manhã, o delegado da Polícia Civil de Vitória da Conquista, Odilson Pereira Silva, defendeu a implantação na cidade da Guarda Municipal, considerada a 3ª força e que pode contribuir muito no combate a violência.  O programa é ancorado pelo Cel. Esmeraldino Correia, também um especialista em segurança pública,  que conduziu com maestria a entrevista.

O tema foi a violência crescente na 3ª maior cidade da Bahia. O delegado durante a entrevista disse que  além da implantação da Gurda Municipal,  precisa da urgente  implantação da Casa de Internação para adolescentes infratores na cidade. “A polícia prende e logo esses jovens infratores são colocados em liberdade por falta de um local adequado”, disse. O delegado realçou a necessidade de valorização dos conselhos de segurança. “Os conselhos contribuem muito. Quem conhece mais os problemas da violência é a sociedade”, destacou.

A estrutura do sistema de defesa da cidade carece de mais investimento no combate a violência. Conquista é considerada uma das mais violentas cidades do Brasil. A  baixa qualidade do ensino, e a ausência de programas sociais,  educativos e de esporte são fatores que têm contribuído com o aumento da violência na cidade.

Polícia descarta prática de sequestro relâmpago em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 16 jun 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0318A prática de roubos a veículos em Vitória da Conquista tem ganhado destaque nas ocorrências policiais da imprensa local. No último final de semana foram registradas quatro possíveis sequestros relâmpagos. Porém, a Polícia Civil descarta a possibilidade desse tipo de crime na cidade.

Em entrevista com o delegado Ney Brito (foto), titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, os crimes se tratam de uma nova modalidade de assalto. “Todas as ocorrências que chegaram ao conhecimento da nossa delegacia se caracterizam como assalto a veículos. Os bandidos acabam levando o proprietário do automóvel para que ele não possa denunciar o crime à polícia, que poderá localizá-lo com mais rapidez”, revelou o delegado.

No último final de semana, ocorreram quatro assaltos com estas características. Em todos, dois ou três bandidos abordam o condutor dos veículos, tomam o controle dos carros e libertam a vítima em um local distante do que ocorreu a abordagem.

Vale ressaltar que o sequestro relâmpago se caracteriza pelo assalto, com restrição de liberdade da vítima por um espaço de tempo curto, acrescido de subtração de valores (compras e saques em dinheiro com seus cartões de crédito e saques bancários com cheques assinados pela vítima).

Polícia divulga nome e detalhes do homicídio dentro de ônibus

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 03 mar 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_2978Em coletiva nesta terça-feira (3), a Polícia Civil divulgou detalhes do homicídio ocorrido dentro de um ônibus lotado, em Vitória da Conquista. O autor dos disparos foi identificado como Luciano Araujo Souza, de 34 anos. A polícia trabalha com a versão de que o crime foi premeditado e aguarda a apresentação do acusado.

O delegado titular da Delegacia de Homicídio, Dr. Neuberto Costa, informou que a partir das imagens da câmera de monitoramento do ônibus e testemunhos da família da vítima, Pedro Almeida Teixeira, foi possível identificar o autor do crime. “Luciano teve uma desavença com a vítima no mês de setembro, onde houve uma briga e ele acabou apanhando da vítima e do primo da vítima. A partir dessa data, ele fez ameaças de morte”.

Segundo o delegado, os três envolvidos na briga são moradores do distrito de Itaipu e a família de Luciano está colaborando com a polícia. “Eles confirmaram que Luciano veio do povoado de Itaipu ontem, por volta das 6h. Provavelmente ele já veio no intuito de seguir a vítima e cometer esse ato hediondo”, apontou Dr. Neuberto.  Os familiares também informaram que o acusado saiu de casa usando boné, o que não era comum, e uma mochila, o que reforça a ideia de que se trata de um crime premeditado.

O advogado do acusado está negociando com a polícia para realizar a apresentação de Luciano. “Mesmo assim, já solicitamos a prisão preventiva do autor, por se tratar de um acusado de homicídio que está foragido e de posse de uma arma”, revelou o delegado. Tanto Luciano, quanto a vítima, Pedro, não tinham passagem pela polícia. Inclusive, Luciano trabalhou como segurança patrimonial no estado de São Paulo.

Belo Campo: acusado de matar ex-vereador estava em condicional por homicídio, diz delegado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 10 nov 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_1326O delegado substituto de Belo Campo, Relder Andrade, esteve hoje (segunda-feira, 10) no programa RESENHA GERAL, da Rádio Clube (95,9), esclarecendo os detalhes da investigação sobre o latrocínio de um ex-vereador em Belo Campo. De acordo com o delegado, o chefe do bando estava em liberdade condicional pelo crime de homicídio.

Os acusados de participação no crime foram Gleidson Moreira do Prado, de 33 anos; um adolescente de 16 anos; e Roseno de Jesus Santos, de 37 anos (conhecido como Negão). Este último comandou o bando em vários assaltos na região de Belo Campo e é o único que ainda está foragido. “Roseno é o mais perigoso. Ele tem cinco mandados de prisão, um deles por homicídio. E tudo leva a crer que foi ele quem deflagrou o disparo que matou o senhor Edgar [ex-vereador]”, revelou o delegado.

Da fazenda do ex-vereador, os bandidos levaram R$ 5 mil em dinheiro e objetos. A perseguição para encontrar Roseno durou 15 horas ininterruptas. “A comunidade de Belo Campo pode ficar tranquila que em breve iremos colocar as mãos neste bandido”, finalizou Dr. Relder Andrade.

Polícia de Belo Campo identifica e prende acusados de matar ex-vereador

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 10 nov 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG-20141021-WA0000-1-1A polícia civil de Belo Campo já identificou os acusados pelo latrocínio que vitimou o ex-vereador Edgar José da Silva (foto). A vítima foi morta quando chegava em sua residência, na zona rural daquele município, na noite do dia 20 de outubro.

O delegado substituto da delegacia de Belo Campo, Relder Andrade dos Santos, adiantou ao BLOG DA RESENHA GERAL que são três os acusados da morte do ex-vereador. Um deles está detido e um adolescente se apresentou, confessou participação no crime e foi liberado em seguida. “Ainda há um suspeito foragido, mas estamos trabalhando para identificá-lo”, revelou o delegado.

O crime chocou a comunidade do município e revoltou os moradores após a liberação do adolescente que participou do crime. Belo Campo, assim como Vitória da Conquista, não tem uma Unidade de Medida Socioeducativa.

*Colaboração Mônica Cajaíba

Novo delegado da Polícia Federal conquistense diz que continuará “excelente trabalho” dos antecessores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 22 ago 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_3666Durante sua posse como novo delegado-chefe da Polícia Federal (PF) de Vitória da Conquista, Marcelo Siqueira (a direita da foto), declarou que pretende continuar desempenhando o excelente trabalho que vem sendo feito pela PF na cidade. O novo delegado declarou sentir-se “honrado em chefiar a Polícia Federal em uma das maiores cidades do estado e uma das que mais cresce em todo o Nordeste. A minha intenção é continuar a desempenhar esse excelente trabalho que já vem sendo executado aqui no município”.

DSC_3687O seu antecessor, o delegado Rodrigo Kolbe (a esquerda da foto), que deixa a chefia da PF na cidade após dois anos de trabalho, revelou estar deixando uma realidade completamente diferente da que encontrou na instituição. Kolbe também deu as boas-vindas ao novo delegado-chefe dizendo acreditar “que ele irá desempenhar um ótimo trabalho aqui no município”.

O superintendente regional da Polícia Federal, José Rita Martins Lara, que conduziu a solenidade, afirmou que “a Polícia Federal tem uma tendência de priorizar as suas relações institucionais. Todas as vezes que trabalhamos em parceria com outras instituições, nós diminuímos muito o tempo das nossas investigações”. Com informações da Ascom PMVC.

Delegado diz que gerente da Embasa recebeu vários golpes de faca no rosto

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 31 maio 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0735O delegado Relder Andrade dos Santos, titular da Delegacia de Cândido Sales, concedeu entrevista ao programa Resenha Geral deste sábado (31). O delegado revelou mais detalhes sobre o assassinato da gerente do escritório da Embasa na cidade, Emília Nascimento Barbosa de Oliveira.

De acordo com o delegado, “a maior quantidade dos golpes de faca recebidos pela vítima foi no rosto.”. Relder também afirmou que o acusado garantiu que “sabia que a vítima tinha dinheiro e foi até a casa dela para roubar. Quando a Emília disse que o dinheiro estava no banco, ele teria se irritado e, neste momento, foi atacado pela vítima. Então o acusado reagiu, com golpes de faca.”.

O delegado revelou que só foi possível retirar Wallace da delegacia, com o apoio da Caesg, já que a população tentou invadir a delegacia para linchar o suspeito. Wallace se encontra apreendido no presídio Nilton Gonçalves.