Coronel da PM é preso em Feira de Santana pela Polícia Federal

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, Segurança | Data: 28 nov 2013

Tags:, , ,

por Paulo Anderson Rocha

coronel pm martinhoA Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (28), a operação “Vulcano”, para o combate a golpes no programa federal de desarmamento na Bahia. No total, são 12 mandados: quatro de prisão temporária e 8 de busca e apreensão e condução coercitiva, expeditos pela 2ª vara Federal de Feira de Santana.

Até então, três pessoas foram presas, entre elas o Coronel da Polícia Militar Martinho. Os outros presos foram os irmão Clóvis e Carlos Nunes, responsáveis pela Organização Não Governamental Casa da Paz, que recolhia armas pelo programa de desarmamento do Governo Federal.

De acordo com informações da PF, a ONG fazia parte de esquema fraudulento, em que os irmãos Nunes fabricavam armas artesanais e as repassavam à Organização, recebendo uma taxa indenizatória, além de falsificar recibos e documentos. A estimativa é que as ações tenha levado um prejuízo de R$ 1 milhão.

O coronel Martinho foi preso por porte ilegal de arma. Segundo a Polícia Federal, foi encontrado um rifle 44 sem documentação durante revista à casa do policial militar.

De acordo com o delegado responsável pela operação, Val Gular, o esquema envolve a PM e várias ONGs, tendo atuação nas cidades de Feira de Santana, Cícero Dantas, Antas e, ainda, na cidade de Fortaleza, onde Carlos Nunes foi preso.

Com informações do Bahia Notícias

Brasil já recolheu mais de 61 mil armas

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 25 dez 2012

Tags:,

Tribuna da Bahia

O massacre ocorrido no último dia 14 na escola Sandy Hook, em Newtown, Connecticut, nos Estados Unidos, quando 28 pessoas morreram, trouxe à tona a discussão sobre o porte de armas no Brasil.

Desde o início da nova campanha, já foram recolhidas mais de 61 mil armas de fogo em todo o país, ultrapassando o número de armas na operação de 2008/2009, que foi de quase 32 mil entre revólveres, espingardas, pistolas, entre outras.

São Paulo ocupa a primeira posição na lista nacional: em números absolutos, foram 17.759 armas desde 2011. No mesmo período, em números relativos, por 100 mil habitantes, a lista passa a ser: Rio Grande do Sul, Acre, Bahia e São Paulo.

…Leia na íntegra