Cidade verde diz que proposta de Sindicato é ‘desumana’ com trabalhadores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 13 nov 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0429

A empresa do transporte coletivo de Vitória da Conquista, Viação Cidade Verde, se manifestou, nesta sexta-feira (13), 24 horas após os seus funcionários deflagrarem uma nova greve. Em nota, a Cidade Verde alega que, ao contrário do que afirma o Sindicato dos Rodoviários, está “está alinhada com as leis trabalhistas, cumprindo o que rege a CLT quanto ao intervalo de descanso de qualquer funcionário”.

O documento ainda ressalta que a intrajornada com mínimo de 1h e máximo de 2h foi uma exigência que partiu do próprio Sindicato. “O presidente do Sindicato defendeu que os motoristas e cobradores não tinham em sua intrajornada o tempo necessário para realizar o repouso, se alimentar e fazer necessidades fisiológicas”, diz trecho da nota.

Por fim, a empresa diz que é contra ao intrajornada de 15 e 30 minutos, proposto pela categoria em reunião recente, “por compreender a lei de forma correta e por achar desumano um intervalo de tão pouco tempo para seus funcionários descansarem, se alimentar e fazer alguma necessidade fisiológica”.

Leia a nota na íntegra: …Leia na íntegra