Quase 100 mil consumidores recorreram ao Procon-BA em 2014

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Economia, Justiça | Data: 20 mar 2015

Tags:,

Da Redação

A divulgação do cadastro faz parte das comemorações do Dia Mundial do Consumidor, celebrado em 15 de março, e cumpre o Artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor, que prevê a divulgação anual.

procon-bahia-baA Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), vinculada à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), divulgou esta semana o Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas de 2014. O documento apresenta o ranking das 30 empresas com maior número de processos abertos no ano, além da lista completa que registra o total de 22.803 reclamações fundamentadas.

O atendimento realizado pelo Procon – incluindo os casos que não resultaram em processos e, que em razão disso, não integram o cadastro, somam 99.761 demandas, entre orientações, consultas, atendimentos preliminares, Cartas de Informação Preliminares (CIP) e reclamações. Ao todo, o índice de resolutividade das demandas ficou em 92,3%.

A divulgação do cadastro faz parte das comemorações do Dia Mundial do Consumidor, celebrado em 15 de março, e cumpre o disposto no Artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que prevê a divulgação anual …Leia na íntegra

Rede de Consumo Seguro e Saúde alerta sobre risco de produtos perigosos

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Justiça, Vit. da Conquista | Data: 23 jan 2015

Tags:, ,

Da Redação

Em Vitória da Conquista o PROCON atende na Praça Virgílio Ferraz, Nº 86, Centro.

Direito-do-ConsumidorÓrgãos públicos ligados aos direitos do consumidor na Bahia, que integram a Rede de Consumo Seguro e Saúde-BA (RCSS-BA), como o Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), Procon-BA e a Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental (Divisa/Sesab), realizaram a primeira reunião de trabalho deste ano, com o foco principal na necessidade de divulgar à sociedade os riscos dos chamados produtos perigosos.

Nesse sentido, inclusive, está sendo realizada a pesquisa nacional do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) sobre acidentes de consumo para que a população participe, auxiliando as entidades públicas nas providências necessárias para abolir esses itens do mercado. A pesquisa pode ser respondida até o dia 28 de janeiro pelo site do órgão. O encontro aconteceu na terça-feira (20), na sede do Ibametro, na Pituba, em Salvador. …Leia na íntegra