Quadra poliesportiva de José Gonçalves é entregue nesse sábado, 18

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes, Vit. da Conquista | Data: 19 jun 2016

Tags:, ,

da Redação

Festa

Na tarde deste sábado (18), a Prefeitura de Vitória da Conquista inaugurou  a quadra poliesportiva de José Gonçalves. O espaço para a prática do esporte era muito esperado pela comunidade local, e em especial os jovens e crianças.

Por ocasião da entrega do equipamento a Escola Municipal Moisés Meira, realizou a sua festa junina com comida típica, dança, música e cultura nordestina. O prefeito Guilherme Menezes (PT) compareceu a festa de entrega da quadra.

A quadra foi  construída em área de 1.024 m², e servirá para a prática de futsal, basquete e vôlei. Os recursos somam R$ 616 mil do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com contrapartida municipal.

 

Moradores de José Gonçalves realizam ‘operação tapa-buraco’ na BA 959

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 22 fev 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Willian Silva

centro_industrial3

Os moradores do distrito de José Gonçalves, em Vitória da Conquista, se juntaram para tentar resolver um velho problema da localidade: a estrada. O problema é antigo e se arrasta por vários governos estaduais. A BA 959, que liga a BR 116 até o município de Anagé.

índiceA operação tapa-buraco informal ocorreu nesse domingo (21), com ajuda de equipamentos improvisados e material cedido pela ViaBahia. “Conseguimos com a Via Bahia o asfalto que eles estão retirando do trecho da Lagoa das flores, fizemos um mutirão pra tapar os buracos”, explicou o motorista Willian Silva.

Conseg explica atraso em regularização de viatura em José Gonçalves

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 13 nov 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_1586Célio Barbosa, presidente do Conseg

O BLOG DA RESENHA GERAL procurou, na manhã desta sexta-feira (13), o presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) para saber os motivos da demora na regularização da viatura doada para a Polícia Militar. O veículo, que será utilizado pela 92ª CIPM (Companhia Rural), atuará na segurança da região de José Gonçalves.

De acordo com o presidente do Conseg, Célio Barbosa, o processo de comodato (em que a entidade empresta o veículo por dois ou três anos ao Governo do Estado) demorou mais do que o normal principalmente pelo fato de ser um veículo seminovo. “Como o carro é seminovo, o tramite é mais demorado. Nós tivemos que transferir pro Conselho de Segurança, emplacar – o que demanda tempo no Detran –,transformar em carro oficial e depois plotar”, conta Célio. Ele também esclarece que um erro de digitação do documento de comodato contribuiu para a demora. “Por conta disso, o documento acabou retornando, mas já foi reenviado para Salvador e o veículo já deve ter sido incluído no CTF [Controle Total de Frotas] do Governo, que é o processo final, como os outros seis que nós já cedemos à polícia”.

Por fim, Célio Barbosa ressalta que entende a necessidade de uma viatura na localidade, mas destaca que o número reduzido de soldados é o principal problema para a Polícia Militar. “Nós sabemos que a comunidade de José Gonçalves anseia pelo funcionamento dessa viatura, mas nós temos que entender que a viatura por si só não resolve o problema da insegurança. Lá em José Gonçalves, tem sempre dois policiais atuantes e o Comando tem se esforçado para levar segurança à comunidade, mas temos que admitir que o contingente é pequeno, como em toda a cidade”.

Burocracia trava funcionamento de viatura doada há 6 meses pela comunidade de José Gonçalves

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 13 nov 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_0453foto: reprodução – Rede Bahia

A comunidade do distrito de José Gonçalves, em Vitória da Conquista, doou uma viatura para a Polícia Militar há cerca de seis meses. O veículo deveria ser utilizado para o policiamento do local, através da 92º CIPM (Companhia Rural), porém, até o momento, a viatura não foi utilizada por problemas de documentação.

na manhã desta sexta-feira (13), o BLOG DA RESENHA GERAL tentou contato com o comandante da Companhia Rural, capitão Edmário Brito, porém, foi informado que o mesmo estava participando de uma solenidade na cidade de Itapetinga. Nossa reportagem também procurou a viatura no pátio do Disep, mas ela já havia sido retirada.

Ontem, em entrevista à Rede Bahia, o comandante da Companhia Rural afirmou que agora é preciso “que o termo de comodato feito entre o conselho de segurança e a polícia militar seja assinado, para que, de maneira legal, esse carro possa estar à disposição da comunidade”. Ele também disse que o veículo deve estar regularizado até o final deste mês.

Enquanto isso, os moradores do distrito contam que a criminalidade só vem crescendo na comunidade. Um mercado local já foi assaltado sete vezes.