Só 21% dos motoristas pediram restituição do DPVAT

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 14 fev 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:

A Seguradora Líder, responsável pelo seguro DPVAT abriu o sistema de pedidos de restituição do dinheiro pago a mais pelos usuários. Porém, dos cerca de 4 milhões de afetados, apenas 828.026 abriram procedimento para receber o valor de volta – ou um em cada cinco motoristas.

O pedido de ressarcimento para quem pagou a mais no DPVAT 2020 começou em 15 de janeiro. O processo deve ser feito pela internet, em um site da Seguradora Líder.

Considerando os veículos por tipo, automóveis aparecem com quase metade dos pedidos de ressarcimento, com 474,5 mil, seguidos por motocicletas, com 272,3 mil e caminhões, com 73,4 mil.

Acesse o site para pedir a restituição

Quase 2 milhões de motoristas receberão restituição do DPVAT

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 jan 2020

Tags:,

Editar imagem

Começou a funcionar na última quarta-feira (15) o site para que os proprietários de veículos que têm direito à restituição de valores pagos a mais do seguro Dpvat 2020 (sigla de Danos Pessoais por Veículos Automotores de Vias Terrestres).

O pedido para receber os valores pagos a mais deve ser feito pelo site.  A restituição da diferença dos valores será feita diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo. 
De acordo com a seguradora Líder, mais de 1,9 milhão de veículos em todo o Brasil estão aptos a receber o pagamento da restituição. O prazo para pedir o valor pago a mais é até o final do exercício de 2020.

A restituição foi anunciada na semana passada pela seguradora, responsável pela gestão do seguro, após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, ter voltado atrás e acolhido pedido do governo para extinguir sua própria liminar, reduzindo os valores do seguro obrigatório Dpvat.

Para fazer a solicitação, os proprietários de veículos deverão informar o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) ou CNPJ (Cadastro de Pessoas Jurídicas) do proprietário; Renavam do veículo; valor pago; data em que o pagamento a mais foi realizado; dados bancários (banco, agência e conta corrente ou conta poupança do proprietário); e-mail de contato e telefone de contato.
“Ao enviar a solicitação, o proprietário receberá um número de protocolo para o acompanhamento da restituição, no mesmo site.

DPVAT 2020 começa a receber pedidos de restituição

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Geral | Data: 15 jan 2020

Tags:,

Editar imagem

Fonte:

Começou a funcionar nesta quarta-feira (15) o site para que os proprietários de veículos que têm direito à restituição de valores pagos a mais do seguro Dpvat 2020. O pedido para receber os valores pagos a mais deve ser feito pelo SITE.

A restituição da diferença dos valores será feita diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo. De acordo com a seguradora Líder, mais de 1,9 milhão de veículos em todo o Brasil estão aptos a receber o pagamento da restituição. O prazo para pedir o valor pago a mais é até o final do exercício de 2020.

A restituição foi anunciada na semana passada pela seguradora, responsável pela gestão do seguro, após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, ter voltado atrás e acolhido pedido do governo para extinguir sua própria liminar, reduzindo os valores do seguro obrigatório Dpvat.

Para fazer a solicitação, os proprietários de veículos deverão informar o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) ou CNPJ (Cadastro de Pessoas Jurídicas) do proprietário; Renavam do veículo; valor pago; data em que o pagamento a mais foi realizado; dados bancários (banco, agência e conta corrente ou conta poupança do proprietário); e-mail de contato e telefone de contato.

“Ao enviar a solicitação, o proprietário receberá um número de protocolo para o acompanhamento da restituição, no mesmo site. Após o cadastro, a restituição será processada em até dois dias úteis, dependendo apenas da compensação bancária para a sua finalização”, informou a seguradora.

Valor do Seguro DPVAT para automóveis teve redução de R$ 37

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, transporte | Data: 21 dez 2016

Tags:, ,

Da Redação

Os valores do prêmio tarifário do Seguro DPVAT teve uma queda de R$ 37,41 para automóveis particulares e táxis. A medida começa a valer a partir do dia 1º de janeiro de 2017 em todo país, de acordo com a resolução da Superintendência de Seguros Privados (Susep) divulgada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (21).

Dez categorias de veículos estão incluídas na redução dos valores. O prêmio cai de R$ 101,10 para R$ 63,69, no valor cobrado de automóveis particulares e táxis; de R$ 286,75 para R$ 180,65, para motos; e para os ônibus, de R$ 390,84 para R$ 246,23.

O DPVAT foi criado em 1974 para amparar vítimas de acidentes de trânsito em todo o País, ignorando de quem seja a culpa do acidente. Pela Legislação, o proprietário de veículo sujeito a registro e a licenciamento deve pagar o prêmio.

Indenizações de até R$ 13,5 mil são pagas pelo Seguro em caso de morte e invalidez permanente. Para o caso de despesas médicas, o DPVAT cobre até o valor de R$ 2,7 mil.

A Susep também alterou alguns porcentuais de repasse dos valores arrecadados com Seguro. As despesas administrativas subiram de 4,75% para 5,35% e para a corretagem média caiu de 0,7% para 0,59%. O índice para prêmio puro mais Provisão de Sinistros Ocorridos e Não Avisados (IBNR) teve queda de 42,55% para 42,06%.

Para o Sistema Único de Saúde (SUS) e ao Denatran os repasses continuam inalterados, 45% e 5%, respectivamente.

Guanambi: PF desarticula quadrilha suspeita de fraudar R$ 28 milhões do DPVAT

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 13 abr 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais

polícia federalA Polícia Federal (PF) está cumprindo mandados judiciais na cidade de Guanambi, Urandi e em outras cidades do estado de Minas Gerais e Rio de Janeiro da operação Tempo de Despertar, para combater fraudes no Seguro Obrigatório de Danos Pessoais (DPVAT). O objetivo, segundo a PF, é desmantelar uma organização criminosa cujas fraudes podem ter alçancado o montante de R$ 28 milhões.

A operação foi deflagrada na madrugada desta segunda-feira (13), com a participação de 220 agentes. Os policiais cumprem 229 mandados judiciais, sendo 41 de prisão, sete de condução coercitiva, 61 de busca e apreensão, 12 afastamentos de cargo público, 51 sequestros de bens e 57 afastamentos de sigilo bancário.

Os investigadores identificaram diferentes maneiras utilizadas pelos criminosos para fraudar o seguro DPVAT, como falsificação de assinaturas em procurações e declarações de residências falsas, que possibilitavam o juizamento de ações judiciais por escritórios de advocacia sem conhecimento e autorização deles.

Os acusados vão responder por crimes de formação de quadrilha, estelionato, falsificação e uso de documentos públicos, corrupção ativa e passiva, e facilitação ou permissão de senhas de acesso restrito a terceiros. Informações A Tarde

Indenizações por acidente de trânsito dobram em 5 anos na Semana Santa

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 20 abr 2014

Tags:,

Agência Brasil

acidente envolvendo caminhão e van na BR-116No feriado da Semana Santa dos últimos cinco anos, o Brasil registrou uma média de mil acidentes com veículos com vítima por dia. Os dados são da Seguradora Líder, responsável pelo Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat), e consideram apenas os pedidos de indenização por morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares.

De acordo com a seguradora, foram 4.742 pagamentos para acidentes ocorridos durante o feriado de 2013, número 94,4% maior do que o registrado em 2009. O diretor de Relações Institucionais da seguradora, Marcio Norton, explica que o aumento da frota de motocicletas no país responde por parte desse aumento.

…Leia na íntegra

Acidentes com moto respondem por cerca de 70% das indenizações do Dpvat

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 26 fev 2013

Tags:,


Agência Brasil

foto_22022011145109O balanço anual, divulgado nesta terça-feira (26/2), do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) aponta que 69% das indenizações pagas, de 2011 a 2012, pelo seguro decorreram de acidentes com moto. Os números chamam a atenção para um cenário de alerta. “Estamos diante de uma doença epidêmica e generalizada [número de acidentes com motos] e não vemos ações drásticas do Estado para contê-la”, disse um dos diretores da Associação Brasileira de Medicina no Trânsito (Abramet), o médico Dirceu Rodrigues Alves.

A associação estima que, nos próximos seis meses, 69% dos motociclistas podem sofrer algum acidente, com lesões leves, médias ou graves. O cálculo foi feito com base em uma amostragem com 800 motoqueiros, em 1993. De acordo com Alves , a projeção condiz com a situação atual e pode, inclusive, ser otimista diante do grande número de motocicletas no país, que já passa de 19 milhões. As motos representam 27% da frota nacional de veículos.

…Leia na íntegra

DPVAT beneficia vítimas de acidentes e seus familiares

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 04 fev 2010

Tags:, , , ,

do A Tarde

O motorista de caminhão Vitor Silva só soube que tinha direito ao seguro um ano após acidente

O motorista Vítor da Silva, 28 anos, foi vítima de acidente de carro em 2008, mas só teve conhecimento sobre à indenização por Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) um ano após o ocorrido, quando resolveu procurar o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA).

Vítor perdeu a visão do olho direito, sofreu lesões nos nervos da perna e não consegue andar sem a ajuda de pessoas ou aparelhos. O motorista está recebendo um salário mínimo de aposentadoria por invalidez, que diz não ser suficiente para o sustento próprio.

“Estava juntando dinheiro para comprar minha casa, mas, depois do acidente, meu sonho foi por água abaixo por causa dos gastos com atendimento médico e remédios” desabafa.

…Leia na íntegra