Projeto Revelando Talentos: alunos da rede municipal recebem oficinas de artes plásticas

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Vit. da Conquista | Data: 09 maio 2018

Tags:, , , ,

da Redação
Fonte: Secom/Prefeitura (Conteúdo)

Alan Silva, 12 anos: “Achei uma forma de expressar ao mundo os meus sentimentos”

“Eu andava muito desanimado, com minha avó doente em casa e enfrentando problemas familiares, mas aqui encontrei mais do que distração, achei uma forma de expressar ao mundo os meus sentimentos”, declarou o estudante Alan Silva, 12 anos, da Escola Municipal Zélia Saldanha. Alan é um dos 70 alunos de escolas da Rede Municipal de Vitória da Conquista que participam do projeto “Revelando Talentos”.

Idealizado pela Galeria de Arte e Atelier da artista plástica Edméa de Oliveira, e desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, o projeto conta com oficinas práticas e teóricas de artes plásticas. “Além de descobrir novos talentos, nosso objetivo é formar cidadãos e pessoas que possam fazer da arte a sua profissão, podendo inclusive viver dela”, declarou a professora Edméa de Oliveira.

A artista plástica Edméa de Oliveira (de cachecol): “Nosso objetivo é formar cidadãos que façam da arte sua profissão”

“A Prefeitura vê nesse projeto uma oportunidade para que alunos da rede municipal desenvolvam as suas habilidades e tenham um maior contato com a arte. É lindo ver a maneira como eles estão se expressando e como essas atividades têm feito muitos florescerem em meio a sonhos e talentos”, destacou a secretária municipal de Educação, Selma Oliveira, que acompanhada da primeira-dama do município, Luci Gusmão, visitou o projeto nesta terça-feira (8).

“Estou encantada, os trabalhos são ricos em detalhes e repletos de emoção. O projeto de fato é de suma importância para nossas crianças e adolescentes que expressam esperança e sonhos através da arte, que também é ferramenta de equilíbrio emocional. Simplesmente fantástico, Professora Edméia e o Governo Municipal estão de parabéns”, parabenizou a primeira-dama.

O curso acontece no horário oposto ao das aulas e os alunos participantes são selecionados pelas escolas. “Estou aqui desde o ano passado e já senti muitos benefícios para a minha vida, inclusive acabei mais com a timidez, declarou a estudante Mariana Alves, 13 anos. E Natália Veloso, aluna do 7º ano, completou: “até a minha concentração melhorou, antes eu me dispersava muito principalmente na escola”.

A primeira-dama Luci Gusmão; a artista plástica Edméa de Oliveira e a secretária de Educação Selma Oliveira

As pinturas, em caderno de desenho e tela, são feitas após explicação da teoria e discussão do tema em sala de aula. “Hoje mesmo falamos sobre o Nordeste, e os resultados aparecem nas imagens da caatinga e do homem sertanejo, por exemplo”, explicou a professora Edméa.