CPR-Sudoeste é aprovado em Lei Orgânica da PM; implantação será a partir de abril

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 27 fev 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

reisO novo subcomandante geral da Polícia Militar na Bahia, Coronel Antônio José Barbosa Reis, anunciou que a nova Lei Orgânica da Polícia Militar (LOP) aprovou a implantação do Comando Regional da Polícia em Vitória da Conquista (CPR-Sudoeste) . A declaração foi dada em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (27). O áudio da entrevista foi disponibilizado pelo Blog do Rodrigo Ferraz.

De acordo com o subcomandante geral da PM uma comissão está trabalhando na regulação da LOP. “Nós temos o prazo de 9 de abril para dar isso como concluído, já para instalar as novas unidades, inclusive o CPR Sudoeste”, revelou o Coronel Reis (foto).

Ele também anunciou que com o CPR-Sudoeste, Vitória da Conquista terá novas companhias e aumento no efetivo. “Uma nova sede de comando regional trás um novo efetivo, uma nova companhia especializada, que é a nova CIPT (Companhia Independente de Policiamento Tático), pertencente ao quadro da CPR, e as companhias que foram criadas nessa nova LOP. Então vai ter um aumento do efetivo de entorno de 300 homens”.

Aprovação da Lei de Organização Básica deve aumentar efetivo do Corpo de Bombeiros

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 20 nov 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Bombeiros_079A nova Lei 20.981/14, aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) na última quarta-feira (19), organiza a estrutura do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM-BA) e desvincula a corporação da Polícia Militar. Com isso, a corporação passa a ter condições administrativa e financeira para realizar licitações e contratos, bem como promoções no quadro funcional. A expectativa é que a decisão crie possibilidades de ampliação do efetivo.

Atualmente o CBM-BA dispõe do efetivo de 2,3 mil homens. De acordo com o coronel José Nilton Nunes Filho, a perspectiva é dobrar esse número. “Essa Lei de Organização Básica nos dá a perspectiva de [chegar a] 5.058 homens. Há perspectiva muito boa de começarmos a avançar neste contexto [de incremento de pessoal]. Provavelmente novos concursos serão abertos e teremos mais presença em cidades onde ainda não estamos”.

Além de 123 cargos comissionados, no CBM-BA serão criadas 1,7 mil vagas para cabos. A corporação também pode ter a oportunidade de criar novas unidades. Atualmente, a instituição possui 15 Grupamentos e nove subgrupamentos.

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 138/2014, que desvincula o Corpo de Bombeiros da estrutura da PM e o coloca ligado à Secretaria da Segurança Pública, já havia sido aprovada por unanimidade pela Alba, em junho deste ano. Porém, os projetos de lei 20.980/14 e 20.981/14 instituem a organização básica da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, respectivamente.