Prazo para solicitar voto em trânsito termina hoje (23)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 23 ago 2018

Tags:,

Banner marcelo santana

Da Redação

Quem estiver fora do seu domicílio eleitoral no período das eleições deste ano tem até essa quinta-feira(23), para pedir a autorização à Justiça eleitoral para votar em outras cidades. O prazo para o requerimento começou em 17 de julho e termina hoje, podendo ter validade tanto para o primeiro quanto para o segundo turno.

Isso só poderá ser feito em capitais ou municípios com mais de 100 mil eleitores. Para garantir esse direito, o eleitor deverá comparecer a qualquer cartório eleitoral até o fim do expediente desta quinta  o horário de funcionamento varia em cada estado.

Basta levar um documento com foto e indicar o local onde pretende votar. O eleitor, porém, deve estar em dia com a Justiça Eleitoral, com título válido, sem pendências.

Saiba quais os locais onde haverá o voto em trânsito

Eleições 2018: campanha eleitoral começa morna

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 16 ago 2018

Tags:,

Da Redação


Nesta quinta-feira (16), teve início a propaganda eleitoral, conforme resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para as Eleições 2018. Em 7 de outubro, brasileiros vão às urnas escolher candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador, deputado federal e deputado estadual ou distrital. Onde houver segundo turno, a campanha nas ruas vai até 27 de outubro, na véspera da votação (28, domingo).

Até o dia 6 de outubro, os candidato podem distribuir folhetos, adesivos e impressos; Usar bandeiras móveis em vias públicas, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos; Realizar comícios; Fazer propaganda na internet, inclusive nas redes sociais; Enviar mensagens eletrônicas, entre outras coias.

No entanto, neste primeiro dia de campanha, poucos candidatos recorreram a um desses recursos. A campanha eleitoral 2018 deve ganhar fôlego quando inciar a propaganda na rádio e na tv. O horário político será veiculado de 31 de agosto a 04 de outubro.

Eleitor tem até 8 de agosto para tirar 2ª via do título fora do domicílio eleitoral

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 12 jul 2018

Tags:,

Da Redação

Até o dia 8 de agosto, os eleitores que perderam ou tiveram extraviado o título de eleitor podem requerer a segunda via do documento foram da cidade onde votam. Já os eleitores que estão em seu domicílio eleitoral e querem tirar a segunda via têm até 10 dias antes da eleição, ou seja, até 27 de setembro, para realizar o procedimento, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

Para tirar a segunda via do documento, o eleitor pode ir a qualquer cartório, com um documento de identificação original com foto – a exemplo de RG, Carteira de Trabalho e Previdência Social, carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional (OAB, CRM, CREA etc) ou Carteira Nacional de Habilitação.

O eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais.

Eleições 2018: já estão em vigor algumas proibições para os candidatos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 09 jul 2018

Tags:, ,

Da Redação


No dia 7 de outubro, acontecem em todo o Brasil as eleições para os cargos de presidente, senador, governador, além de deputado federal e estadual. A três meses das eleições, pontos da Lei Eleitoral proíbe os agentes públicos, servidores ou não, de praticar condutas que possam causar desigualdade entre candidatos para as eleições deste ano.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os candidatos ficam proibidos de comparecerem em inaugurações de obras públicas, realizarem propaganda institucional de atos ou serviços dos órgãos públicos. É vedada também a contratação de shows artísticos para eventos que sejam pagos com recursos públicos.

Entre outras coisas, os agentes também ficam proibidos de fazer pronunciamento em cadeia de rádio e televisão fora do horário eleitoral gratuito. Além disso, fica vedada a transferência de recursos da União aos estados e municípios, e dos Estados aos municípios.

O objetivo das proibições, conforme o TSE, é evitar o uso de cargos e funções públicas em benefício de determinadas candidaturas e partidos. No caso de desrespeito à norma, além da suspensão imediata da conduta ilícita, o candidato beneficiado, agente público ou não, ficará sujeito à cassação do registro ou do diploma.

Obras da Prefeitura não serão utilizadas em campanha eleitoral, diz Herzem

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 20 jun 2018

Tags:, ,

da Redação

O prefeito Herzem Gusmão (MDB), vem divulgando que os secretários municipais e técnicos que ocupam cargos de confiança no 2º escalão do Governo estão livres para escolha de candidatos às eleições de 2018.

“As pessoas que foram nomeadas, em confiança, o foram para trabalhar, para contribuir com o governo na sua missão de melhorar a cidade e é isso é o que cobro e espero delas, não vou impor nomes de candidatos”, garantiu Herzem ao ser entrevistado pelo Blog do Giorlando Lima.

Reforço na tese

Na manhã desta quarta-feira (20), entrevistado pelo Blog do Anderson, o prefeito Herzem Gusmão declarou que além de não impor nomes de candidatos –  promoverá uma reunião geral para alertar membros da equipe que a máquina não será utilizada em benefício de nenhum candidato.

“Esta postura não é nova. Na década de 70, o ex-prefeito Jadiel Matos, não permitiu que obras e realizações do seu Governo fossem utilizadas em benefício de candidatos nas eleições”, lembrou o prefeito. “Ninguém será obrigado a participar de qualquer ato político partidário. Eu não convidarei membros da nossa equipe para eventos políticos, e espero e cobrarei que os secretários façam o mesmo”, destacou Herzem.

Na Resenha Geral

Durante muitos anos no programa Resenha Geral, na Rádio Clube, o editorialista do programa, radialista Herzem Gusmão, sempre lamentava a utilização de obras públicas em beneficio de candidatos.

Outra prática que o prefeito condena é a entrega de ambulâncias, viaturas e tratores por políticos “A  entrega de ambulâncias e tratores como moeda para atrair votos é indecente, imoral e deseduca o leitor”, disse o prefeito.

Atraso

O prefeito ainda defende que a Bahia precisa evoluir politicamente. “Na década de 70, Elquisson Soares já dizia que a Bahia é o Estado politicamente mais atrasado do Brasil”.  Herzem e disse que a frase do ex-deputado federal Elquisson Solares pode ser aplicada na atualidade.

 

Eleitor tem 30 dias para transferir, atualizar ou emitir título eleitoral

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 09 abr 2018

Tags:,

Da Redação


No dia 9 de maio, termina o prazo para os eleitores transferirem, atualizarem ou emitirem o título eleitoral para participar das eleições de 2018. Os eleitores votam neste ano para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual ou distrital.

Apenas eleitores que têm menos de 18 anos ou mais de 70 anos não precisam votar. O eleitor que completa 18 anos até 7 de outubro, dia do 1º turno, também precisa emitir o título eleitoral até 9 de maio. Esse também é o prazo para quem mudou de endereço e deseja transferir o título eleitoral. O procedimento exige a apresentação do comprovante de residência e de um documento oficial com foto em uma unidade do cartório eleitoral.

Neste ano, a biometria será obrigatória em cerca de 2.800 cidades de todos os estados. Nesses municípios, os eleitores que não fizerem o cadastro biométrico devem ter o título de eleitor cancelado. Ainda, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quem não votou nem justificou ausência nas últimas três eleições teve título cancelado e deve procurar a Justiça Eleitoral para regularizar a situação.

Eleições 2018: Eduardo Vasconcelos pode não apoiar reeleição de Rui Costa em Brumado

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Sudoeste | Data: 04 abr 2018

Tags:, ,

da Redação
Reprodução do Achei Sudoeste

Nilo Coelho é o nome do Sudoeste para compor a chapa das oposições na Bahia, diz Herzem Gusmão

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 19 fev 2018

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Arquivo BRG

O prefeito Herzem Gusmão (PMDB) tentou no ano passado convencer o PMDB da Bahia da necessidade de ter no seu quadro nomes como o do ex-governador Nilo Coelho (PSDB), José Ronaldo (DEM), prefeito de Feira de Santana, ex-ministro Antonio Imbassahy (PSDB), deputado federal Arthur Maia (PPS) e Benito Gama (PTB), deputado federal, como solução imediata para revigorar a agremiação no Estado da Bahia. Neste cenário o PMDB poderia apresentar um pré-candidato ao Senado da República e outro nome para vice-governador na chapa com ACM Neto (DEM), nome consolidado ao Governo da Bahia.

Na opinião do prefeito de Vitória da Conquista o PMDB perdeu naquele momento uma grande oportunidade de se fortalecer, e colocar nomes para a composição da chapa majoritária: “Entendo ser o momento para o PMDB ocupar posição de destaque no cenário político da Bahia. Com os nomes de Nilo Coelho, Arthur Maia, José Ronaldo, Imbassahy e Benito Gama o PMDB terá mais alternativas de nomes para composição da chapa majoritária”, dizia Gusmão em suas entrevistas e em reuniões internas do partido realizadas no ano passado.

Nilo Coelho 

Na atual conjuntura, com o nome de ACM Neto (DEM), liderando todas as pesquisas na disputa do Palácio de Ondina, o prefeito Herzem Gusmão entende ser necessário que a região Sudoeste tenha um nome capaz de aglutinar e fomentar uma nova composição que traduza em força política regional.

“Tenho o dever como prefeito da terceira maior cidade do Estado de tomar uma posição capaz de fortalecer politicamente o interior da Bahia. Nilo Coelho é o nome capaz de robustecer a ideia politica e atrair as atenções do Governo para regiões esquecidas pelo PT”, declarou Gusmão a reportagem do BRG.

O nome de Nilo Colho foi lembrado na possibilidade de ser candidato a Senador ou compor a chapa de ACM Neto na condição de candidato a vice-governador. “Conversas foram iniciadas. Nilo não disse que sim, mas também não disse que não aceita”, lembrou Herzem.

Dudé é mais um pré-candidato da Câmara Municipal a deputado

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 24 jan 2018

Tags:, , ,

da Redação

A Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista é bastante plural tendo representação política de vários partidos dentre os 21 vereadores.

A Casa é composta por três bancadas; duas representam situação com 11 vereadores, e a oposição com 7. A outra é a independente com três vereadores.

Postulantes

A imprensa vem noticiando que os vereadores David Salomão (PTC), Gilmar Ferraz (MDB), Lúcia Rocha (DEM) estarão na disputa eleitoral deste ano. Salomão como pré-candidato a deputado federal e Gilmar e Lúcia Rocha na condição de pré-candidatos a uma vaga de deputado estadual.

Federal

Na semana passada mais um nome surgiu na imprensa. Entrevistado na Rádio Brasil FM (107,7) o vereador Luis Carlos Dudé (PTB)  declarou ser pré-candidato a deputado federal.

Segundo informações de bastidores a pré-candidatura de Dudé é pra valer e conta com apoio de segmentos importantes da Igreja Católica. Ele já articula composição com o Esmeraldino Correia, ainda sem partido, que na condição de pré-candidato a deputado estadual formaria uma dobradinha conquistense com o vereador.

 

 

Tempo no Rádio/TV nas eleições 2018. PT/MDB praticamente com o mesmo tempo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 19 jan 2018

Tags:, , ,

da Redação

A campanha política este ano terá apenas  35 dias,  e começa no dia 31 de agosto. A propaganda obedecerá a seguinte distribuição:  no Rádio/TV serão  9 minutos para os candidatos a governador, 9 minutos para os candidatos a deputados estaduais e 7 para senadores.

Os dias serão nas segundas, quartas e sextas-feiras. Aqueles que concorrerão ao cargo de presidente e de deputados federais veicularão propaganda às terças, quintas e sábados, com períodos nos dois casos de 12 minutos e 30 segundos.

No tempo previsto na legislação – 90%, serão  distribuídos proporcionalmente ao número de representantes na Câmara dos Deputados e 10% distribuídos igualitariamente.

Na eleição para governador e deputados estaduais, o tempo total de 09 minutos será dividido: 54 segundos, igualitariamente e 08 minutos e 06 segundos, de maneira proporcional.

O PT e o MDB estão praticamente empatados com o mesmo tempo. O PT com  pouco mais de 63 segundos e o  MDB terá 61”57, o PSDB, 51”15, o PP, 36”, o PSD, 34”10, o PSB 32”21, o PR 32”21, o PRB, 19”89 e o DEM, 19”89.

Neto lidera em todos os cenários e Rui fica à frente sem o prefeito

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 07 jun 2017

Tags:, , , ,

Bahia Notícias

O prefeito ACM Neto (DEM) ainda não confirmou sua candidatura ao governo do Estado, mas lidera pesquisa de intenção de voto para o posto, com 54,5%, segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, solicitado pela Record Bahia. O governador Rui Costa (PT) obteve 24,1% dos votos; seguido do senador Otto Alencar (PSD), que teve 4,7% e Fábio Nogueira (Psol), com 2,9%.

Neste cenário, 4,3% disseram não saber em quem votar e 9,5% não escolheriam nenhum dos candidatos. No segundo cenário, sem Otto, ACM Neto cresce ligeiramente, passando a 56,4% das intenções de voto, assim como Rui Costa, que obteve 25,8%. Fábio Nogueira reduz a margem e passa a 3,1%. O índice dos que não souberam praticamente se mantém (4,5%), enquanto se eleva um pouco os que não escolheriam nenhum dos candidatos: 10,2%.

Um terceiro cenário, sem Rui, mas com Otto, dá vantagem a Neto, que foi escolhido por 65,3% dos entrevistados. O senador teria 10,6% dos votos, enquanto Fábio Nogueira mantém os 4,5%. Aumenta, neste caso, a quantidade dos que não saberiam em quem votar (5,1%) e mais ainda os que não escolheriam nenhum dos candidatos (14,4%). Rui lidera no quarto cenário, sem Neto: tem 47,2% das intenções de votos. Otto obtém seu melhor resultado (13,8%), assim como Fábio Nogueira (5,7%). Neste cenário, porém, 7,5% dizem não saber em quem votar, enquanto 25,8% afirmaram que não votariam em nenhum dos postulantes.

Considerando eventual segundo turno entre o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa, o primeiro receberia 58,4%; o segundo, 28,8%; 3,9% não saberiam em quem votar; e 8,9% rejeitam os dois candidatos. Foram entrevistadas 1.510 pessoas em 70 municípios baianos, entre os dias 31 de maio e 4 de junho. A margem de erro da pesquisa é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Neto admite candidatura ao governo em 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 27 maio 2017

Tags:, ,


Assessoria

“Se o povo da Bahia quiser, vamos estar na luta no ano que vem”, afirmou o prefeito de Salvador, ACM Neto, ao não descartar a possibilidade de disputar as eleições governamentais de 2018, em pronunciamento na abertura do Encontro Estadual da Juventude Democratas, na manhã deste sábado (27), no Hotel Golden Tulip, na capital baiana.

Diante de mais de 400 jovens de 68 cidades baianas, reunidos no evento, Neto manifestou a sua satisfação de ouvir as vozes das ruas pedindo a sua candidatura a governador. “Há um clamor de mudança e renovação no coração dos baianos”, assinalou o prefeito de Salvador.

Para ACM Neto, há um desejo geral de se realizar em todo o estado o que tem sido feito na capital. “Quem vê Salvador hoje, depois dos últimos quatro anos, enxerga muitos avanços, consequência de trabalho e compromisso com a palavra. Não prometemos o que não podemos cumprir”.

Trabalho e compromisso com a palavra foram diferenciais apontados por Neto entre a gestão da prefeitura e do governo estadual. “Mesmo com o país em crise, estamos inaugurando uma obra por dia, enquanto, em 12 anos, o governo estadual do PT não inaugurou uma nova escola em Salvador”.

Afirmando que sua gestão na capital “não vende pedaço de terra na lua”, ACM Neto observou que quem liga a tevê vê um estado maravilhoso, bem diferente da realidade das ruas. “Fico abismado com a irresponsabilidade dos gastos e mentiras contadas pelo governo nas peças publicitárias”. Segundo ele, as obras estruturantes no interior não saem do papel, e serviços essenciais de saúde e educação não funcionam. …Leia na íntegra