Ponte na Santa Marta é armadilha para motoristas e motociclistas

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 out 2015

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Rafael Gusmão

Ponte 1

Na estrada de acesso a Fazenda Santa Marta, existe uma ponte em uma curva em forma de “S” invertido que representa grave risco para quem trafega. A ponte sobre o Rio Verruga merece toda atenção da Prefeitura de Vitória da Conquista. Não existe nenhuma sinalização e proteção na pequena e perigosa ponte.

No local, vários registros de acidentes com automóveis, motocicletas, carroças e até bicicletas. Segundo informações dos moradores do assentamento da Fazenda Santa Marta, acidentes graves com morte já aconteceram.

Ponte 2

A reportagem do BRG, na tarde do último sábado (3), registrou fotos que reforçam o apelo dos moradores para que a Prefeitura possa imediatamente atuar e resolver o grave problema. Para quem trafega no sentido Santa Marta/Uesb a curva é bem mais traiçoeira.

Mulher dá à luz dentro de carro em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 21 mar 2013

Tags:, , ,

Da Redação

Bebê-AmbulânciaUma mulher moradora do bairro Santa Marta teve um bebê quando era encaminhada para o hospital dentro do carro da família na noite desta quarta-feira (20) em Vitória da Conquista. A mulher seguia com parentes para o hospital em trabalho de parto.

A criança não esperou e nasceu enquanto a família seguia o trajeto para o hospital, no bairro Urbis VI. O Samu 192 foi acionado e prestou atendimento médico à mãe e ao bebê. Mãe e filho passam bem. O bebê, um menino, se chamará Samuel.

Foto: Site Blitz Conquista

Baixa Umidade do ar e altas temperaturas têm provocado incêndios em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 26 out 2012

Tags:, , , ,

Da Redação

Nos últimos dias, foram registrados quatro incêndios em vários pontos da cidade.

Foram quatro incêndios em vários pontos da cidade em menos de 15 dias. O motivo seria o período de sol intenso e a baixa umidade do ar, que está abaixo de 50% segundo a meteorologia, intensificando a possibilidade de queimadas espontâneas.

Mas nem todas as queimadas que ocorreram na cidade foram acarretados por fenômenos da natureza. Em algumas ações do Corpo de Bombeiros, foi possível detectar que a causa do incêndio teria a ver com a ação humana, o que caracteriza crime ambiental. Foi o caso dos dois incêndios ocorridos na Serra do Periperi no último final de semana. A vegetação ainda verde dava sinais de que o fogo não teria iniciado espontaneamente. …Leia na íntegra