Bolsonaro ofende os brasileiros ao homenagear torturador, diz FHC

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 23 abr 2016

Tags:, , ,

Veja (online)

Tucano afirmou que o PSDB deve repudiar “com clareza” as declarações do deputado, que homenageou o ex-chefe do DOI-Codi Carlos Brilhante Ustra durante votação do pedido de impeachment na Câmara

Fernando Henrique Cardoso, FHC (2012)
Para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a declaração do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) é uma ‘estapafúrdia’(Yasuyoshi Chiba/AFP)

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) classificou como “estapafúrdia” a declaração do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na votação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, na Câmara, no último domingo. O deputado exaltou a ditadura militar e a memória do coronel reformado Carlos Brilhante Ustra, que foi chefe do DOI-Codi de São Paulo, um dos principais centros de repressão política, e morreu no ano passado. Para FHC, o PSDB deve “repudiar com clareza” as declarações. “É inaceitável que tantos anos após a Constituição de 1988 ainda haja alguém com a ousadia de defender a tortura e, pior, elogiar conhecido torturador. O PSDB precisa repudiar com clareza essas afirmações, que representam uma ofensa aos cidadãos do país e, muito especialmente, aos que sofreram torturas”, disse FHC. …Leia na íntegra

A que ponto chegamos

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Política | Data: 05 Maio 2014

Tags:

Por Fernando Henrique Cardoso

Nenhum governo pode funcionar na normalidade quando atado a um sistema político que permitiu a criação de mais de 30 partidos

129_339-129-146-129-623-fhc3Eu, como boa parte dos leitores de jornal, nem aguento mais ler as notícias que entremeiam política com corrupção. É um sem-fim de escândalos. Algumas vezes, mesmo sem que haja indícios firmes, os nomes dos políticos aparecem enlameados. Pior, de tantos casos com provas veementes de envolvimento em “malfeitos”, basta citar alguém para que o leitor se convença de imediato de sua culpabilidade. A sociedade já não tem mais dúvidas: se há fumaça, há fogo.

Não escrevo isso para negar responsabilidade de alguém especificamente, nem muito menos para amenizar eventuais culpas dos que se envolveram em escândalos, nem tampouco para desacreditar de antemão as denúncias.

Os escândalos jorram em abundância, não dá para tapar o sol com a peneira. O da Petrobras é o mais simbólico, dado o apreço que todos temos pelo que a companhia fez para o Brasil. Escrevo porque os escândalos que vêm aparecendo numa onda crescente são sintomas de algo mais grave: é o próprio sistema político atual que está em causa, notadamente suas práticas eleitorais e partidárias.

…Leia na íntegra