Blog da Resenha Geral » fgts

Veja como ganhar o FGTS que não foi pago pelo patrão

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 fev 2018

Tags:, ,

Leda Antunes
do Agora

Mais de 29 milhões de trabalhadores em todo o país deixaram de ter a grana do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) depositada devidamente pelo patrão entre os anos 2000 e 2016.

O total devido por mais de 3 milhões de empresas, acumulado neste período, supera os R$ 55 bilhões, segundo estimativa do Ministério do Trabalho, que compara os valores totais depositados na Caixa com os salários pagos e informados na Rais (Relação Anual de Informações Sociais). Apenas no Estado de São Paulo, são 10 milhões de trabalhadores prejudicados pela inadimplência das empresas, que devem R$ 10 bilhões ao fundo.

A Justiça trabalhista é o melhor caminho para recuperar esses valores, mas o prazo para entrar com a ação que pedirá a grana do FGTS que não foi depositada pelo patrão é de até dois anos após a rescisão do contrato.

Caixa libera sistema de FGTS e Previdência adaptado a novas regras trabalhistas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 25 nov 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Época Negócios / CDL (Conteúdo)

Mudanças vão permitir recolhimento do FGTS de trabalhadores intermitentes

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Caixa disponibiliza nesta sexta-feira uma atualização do Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (Sefip) para abranger as mudanças feitas pela reforma trabalhista. Os aplicativos para geração da guia do recolhimento rescisório também devem ser atualizados para permitir novas formas de demissão, como a rescisão contratual por acordo.

As mudanças no Sefip vão permitir aos empregadores recolher o FGTS de trabalhadores intermitentes (contrato por algumas horas ou dias). Além disso, o programa passará a incluir a possibilidade de contribuição complementar nos meses em que, após a soma das remunerações de todos os empregos, os trabalhadores intermitentes receberem menos que um salário mínimo.

Essa possibilidade foi prevista na medida provisória (MP) 808, que modifica algumas regras previstas na reforma trabalhista. Assim, o trabalhador poderá contribuir sobre o que falta para atingir um salário mínimo e garantir tanto a contagem para a aposentadoria quanto o direito a benefícios previdenciários. O sistema também terá que permitir a possibilidade para que vários empregadores recolham o FGTS proporcionalmente às horas e dias trabalhados em contrato intermitente.

Em relação à rescisão contratual, a reforma trabalhista permite que ela seja feita em comum acordo entre empregado e empresa. Esse formato tem condições diferentes das demissões já existentes até hoje. O trabalhador tem direito à metade do aviso prévio e da indenização sobre o saldo do FGTS. E ganha, na integralidade, as demais verbas trabalhistas. Além disso, fica permitida a movimentação da conta vinculada do FGTS limitada a 80% do valor dos depósitos.

O programa pode ser baixado no portal da Caixa. Segundo a assessoria de imprensa do banco, essa já é a segunda atualização do sistema para atender a reforma trabalhista. A primeira foi feita em 13 de novembro, logo após a entrada em vigor da lei. Como a MP trouxe novas mudanças, uma outra atualização será necessária. Além disso, a Caixa informou que algumas falhas serão corrigidas na nova versão.

Confira como consultar o lucro do Fundo de Garantia

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 30 ago 2017

Tags:, ,

Fernanda Brigatti, UOL e Folha de S.Paulo
do Agora

A Caixa Econômica Federal terminou de depositar os R$ 7,2 bilhões do lucro do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aos trabalhadores que têm direito a receber essa grana.

Cerca de 88 milhões de trabalhadores tinham direito à distribuição do lucro, o que significa que cada um recebeu, em média, R$ 29,62.

O número de contas contempladas com o lucro é de 245,7 milhões.

O valor varia de acordo com o saldo do Fundo de Garantia que o trabalhador tinha no dia 31 de dezembro de 2016.

Segundo a Caixa, o total distribuído representa metade do lucro líquido do FGTS no ano passado.

Aposentados terão que esperar para sacar o PIS

Confira como consultar o lucro do Fundo de Garantia

Cliente poderá pedir junta médica a convênio

Justiça avisará segurado só após o confisco do atrasado

 

Caixa credita R$ 72 bi do resultado do FGTS aos trabalhadores

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 29 ago 2017

Tags:,

Da Redação

A Caixa Econômica Federal finalizou o processamento dos créditos de distribuição de resultados do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A operação do crédito dos valores nas contas dos trabalhadores foi concluída antes do prazo definido em lei (31/08/2017). Com resultado de R$ 14,5 bilhões do FGTS no ano passado, foram distribuídos R$ 7,2 bilhões a cerca de 88 milhões de trabalhadores. O índice de rentabilidade das 245,7 milhões de contas contempladas pela medida alcançou 7,14% em 2016.

Para o banco,a efetivação total dos créditos aos trabalhadores encerra um ciclo que iniciou em dezembro passado com a edição da MP 763/2016, que liberou os valores das contas inativas. Com isso, houve melhoria da rentabilidade do fundo e grandes avanços aos trabalhadores brasileiros.

Para que o trabalhador possa consultar de forma rápida o valor creditado referente à distribuição de resultados do FGTS, a CAIXA criou um serviço exclusivo que pode ser acessado pelo site da Caixa (www.caixa.gov.br).Nesta aplicação, basta informar o número do CPF ou do PIS e a senha FGTS para obter a informação do crédito.

Além dos novos canais, o trabalhador pode identificar o valor do crédito por SMS enviado pela CAIXA (para quem tem adesão ao serviço) e no extrato da conta vinculada de FGTS, disponível para consulta pelo App FGTS Caixa e pelo site www.caixa.gov.br/fgts.

Saques do FGTS inativo já movimentaram quase r$ 14 bilhões somente no pagamento de dívidas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 09 ago 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: CDNL/CDL/Conteúdo

Usar o dinheiro extra para cobrir despesas do dia a dia é escolha de 35% dos que têm direito ao benefício e somente 20% optam por investir ou poupar os recursos

O pagamento de dívidas segue como uma das principais prioridades dos trabalhadores que sacaram recursos inativos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Um estudo feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) aponta que 35% dos trabalhadoresusaram ou pretendem usar o dinheiro dessas contas para quitar compromissos em atraso e 5% para abater ao menos parte dessas pendências. Segundo estimativa das duas entidades, até a segunda quinzena de julho, já foram injetados aproximadamente R$ 13,7 bilhões na economia levando em consideração apenas o pagamento de dívidas. E outros R$ 380 milhões ainda devem ser movimentados com essa finalidade nos próximos meses.

Outra estratégia também utilizada pelos entrevistados é aproveitar o dinheiro extra para antecipar o pagamento de contas não atrasadas, como crediário e prestações da casa ou do carro, mencionado por 12% dos entrevistados.

Cobrir gastos do dia a dia é escolha de 35% dos que sacaram ou vão sacar recursos; comércio e serviços já movimentaram R$ 16,2 bilhões

De acordo com a pesquisa, 47% dos brasileiros usaram ou pretendem usar os recursos do FGTS para consumir. A maior parte (35%), contudo, é para cobrir despesas correntes do dia a dia. Apenas 7% dos entrevistados disseram que gastaram ou iriam gastar com produtos extras como roupas e sapatos e 3% na aquisição de smartphones. Investir ou poupar o dinheiro das contas inativas foi opção de 20%dos trabalhadores consultados.

“O fato de tantos consumidores usarem esse dinheiro extra para gastos frequentes do dia a dia é reflexo da dificuldade financeira do brasileiro que está com a renda menor. Fica o alerta para que o consumidor ajuste o seu padrão de vida para baixo, pois esse dinheiro extra é pontual e serve de alivio momentâneo”, afirma a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Os setores do comércio e serviços já receberam R$ 16,2 bilhões oriundos das contas inativas do FGTS, estimam o SPC Brasil e a CNDL. E outros R$ 500 milhões ainda devem ser injetados via consumo, projetam as entidades.

28% dos brasileiros já realizaram saques, mas 15% não têm informações a respeito

De acordo com a pesquisa, 28% dos brasileiros já sacaram o benefício. No total, 52% dos consumidores não têm dinheiro a resgatar o FGTS inativo, enquanto 15% desconhecem se têm direito ao saque ou nem mesmo sabiam que o governo havia liberado esses recursos.

O trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até dezembro de 2015 tem direito ao saque do fundo de garantia. Para descobrir se o consumidor será beneficiado por essa medida, ele deve consultar o site da Caixa Econômica Federal ou procurar qualquer agência física do banco. Caso não retire os recursos até a próxima segunda-feira, dia 31, o trabalhador só terá acesso a esse dinheiro quando for demitido sem justa, em caso de aposentadoria ou doenças graves e para comprar imóveis.

Último dia de saque das contas inativas do FGTS movimenta agências da Caixa

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 31 jul 2017

Tags:, ,

Da Redação


Esta segunda-feira (31) é o último dia de saque das contas inativas do FGTS, o que provocou o aumento do movimento das agências da Caixa Econômica Federal. Conforme o banco, se o beneficiário não retirar o dinheiro, o valor voltará para a conta do FGTS e ele só conseguirá sacá-lo se estiver enquadrado nas hipóteses que permitem o saque do FGTS, como doenças graves ou aposentadoria.

Tem direito a sacar o valor do FGTS inativo quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31/12/2015. Uma conta fica inativa quando o trabalhador deixa o emprego. O trabalhador, no entanto, não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.

A Caixa Econômica Federal já liberou R$ 42,8 bilhões das contas inativas até o último dia 19. O montante equivale a 98,33% do total disponível para saques, de R$ 43,6 bilhões. O dinheiro foi retirado por 25,3 milhões de trabalhadores – ainda faltam cerca de 5 milhões de pessoas (11,3% do total).

Governo prorroga até 2018 o período para saque das contas inativas do FTGS

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 27 jul 2017

Tags:, ,

Da Redação


O Governo Federal prorrogou, até o dia 31 de dezembro de 2018, o prazo para o saque de recursos de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A medida vale para quem. comprovadamente, não conseguir comparecer pessoalmente antes do próximo dia 31, data de encerramento do prazo para retirada.

Doentes graves e presos são exemplo de pessoas que poderão comprovar a impossibilidade de ter retirado o dinheiro das contas inativas. Essa justificativa terá de ser feita junto à Caixa Econômica Federal, que deve definir um novo calendário para os saques com base no novo prazo.

Conforme o Ministério do Trabalho, os trabalhadores retiraram 98,33% do saldo disponível para saques das contas inativas do FGTS. De março a 19 de julho, foram sacados R$ 42,8 bilhões de um total de R$ 43,6 bilhões depositados nas contas inativas. Segundo o Ministério, o saque ainda pode ser feito por 5 milhões de pessoas.

Termina na próxima segunda o prazo para saque das contas inativas do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 24 jul 2017

Tags:, ,


Da Redação


O prazo para saque do dinheiro nas contas inativas do  Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) termina na próxima segunda-feira (31). Depois do prazo, o trabalhador só poderá acessar o dinheiro conforme as regras gerais do fundo, como na compra da casa própria, na aposentadoria ou em caso de doenças graves.

Têm direito a realizar os saques trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos sem justa causa até dezembro de 2015. O dinheiro do FGTS inativo pode ser recebido por meio de transferência via TED, com dinheiro caindo na conta no mesmo dia, ou via DOC, quando o dinheiro é liberado no dia seguinte.

Quem não conseguir sacar o dinheiro, porque o empregador não deu baixa na carteira terá que levar o termo de rescisão de contrato de trabalho. Se a impossibilidade for motivada por um problema da Caixa Econômica, o trabalhador poderá receber depois do prazo, caso faça o pedido até o fim do mês.

Pesquisa revela como brasileiros usaram FGTS resgatado

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 18 jul 2017

Tags:, ,

Por Thainá Protta
Foto: Ilustração (Google)

(…) A Lendico, plataforma online de crédito pessoal, fez um levantamento com quase mil brasileiros para descobrir como eles usaram o dinheiro resgatado das contas inativas do FGTS e como era de se esperar a maioria, 64%, tentou pagar suas dívidas, porém destes somente 31% das pessoas que responderam a pesquisa conseguiram quita-la integralmente. Além disso, 10% usaram o dinheiro para reformar ou construir um imóvel; 7% para compra de um bem; 7% para investimento; 2% para abrir ou investir em um negócio; 2% para viajar; e outros 8% para outros motivos.

Dos que usaram o dinheiro para pagar dívidas, 32% pagaram o cartão de crédito, 23% despesas da casa, 15% cheque especial, 14% empréstimos, 5% financiamentos e 10% outras dívidas. E destes 31% pagou toda a dívida, 27% pagou menos de 25% do que devia e 5% pagou mais de 75% das contas em débito.

“A maioria fez bem em usar o dinheiro para pagar dívidas com juros altos, como o cartão de crédito ou cheque especial, mas quem não conseguiu pagar na totalidade deve se livrar o quanto antes da dívida, para que ela não volte a crescer”. Marcelo Ciampolini.

 

Documentos: como sacar o FGTS de contas inativas na Caixa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 11 jul 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agora SP

A dinheiro das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) poderá ter impedimento para trabalhadores que perderam carteiras profissionais ou rescisões de contratos.

Importante realçar que o prazo prazo para sacar os valores devidos acabará em 31 de julho.

Para não ficar sem o dinheiro, os trabalhadores que não possuem os principais documentos exigidos devem buscar outras provas de que eles pediram demissão ou foram desligados por justa causa de um ou mais empregos até 31 de dezembro de 2015.

Além da rescisão e da carteira profissional, a Caixa Econômica informou aceitar ao menos mais cinco tipos de documentos como comprovação do direito ao saque do Fundo de Garantia inativo.

Contas Inativas

As contas inativas do FGTS são aquelas que deixaram de receber os depósitos mensais que eram normalmente realizados devido a um pedido de demissão ou mesmo a uma dispensa feita pelo empregador. Como as contas do FGTS podem ser comparadas a uma conta poupança, elas também possuem rendimentos que, ao longo do tempo, podem se tornar um bom valor.

Dessa forma, as contas inativas podem ficar sem depósitos, mas se possuírem algum saldo o valor receberá os rendimentos normais do programa. Por iniciativa do Governo Federal foi realizado um levantamento que apontou mais de 30 milhões de contas do FGTS inativas, cujos valores podem alcançar a marca de R$ 43 bilhões, sendo que aproximadamente R$ 34 bilhões devem ser sacados pelos trabalhadores até o final desse primeiro semestre de 2017.

Quem poderá sacar o dinheiro do FGTS inativo?

Conforme divulgado pelo Governo Federal terão direito ao saque os trabalhadores que possuem conta do FGTS que deixaram de receber os depósitos desde o dia 31 de dezembro de 2015, independente se foi fruto de demissão solicitada pelo próprio trabalhador ou a finalização do contrato por justa causa.

Como consultar o saldo da conta inativa do FGTS …Leia na íntegra

Veja os postos do INSS que ajudam no saque do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 10 jul 2017

Tags:, , ,

Clayton Castelani
do Agora

O saque da grana das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), realizado em agências da Caixa Econômica Federal, tem levado trabalhadores a encarar filas também no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Para liberar o dinheiro, funcionários do banco público têm orientado trabalhadores a buscarem as agências da Previdência para obter o extrato do Cnis (Cadastro Nacional de Informações Sociais).

O documento pode ser utilizado para comprovar o encerramento de vínculos de empregos, nos casos em que o trabalhador não possui a informação na carteira profissional e não tem a rescisão do contrato para comprovar que a conta está inativa.

Mas nem sempre é fácil conseguir o Cnis. O Agora esteve nos 28 postos de atendimento do INSS na capital entre os dias 4 e 6 de julho. Apenas 13 unidades imprimiram o documento.

Agências da Caixa abrirão no sábado para saques do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 06 jul 2017

Tags:,

Da Redação


Com a antecipação do pagamento do último lote de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para 8 de julho, a Caixa Econômica Federal (CEF) divulgou as agências que estarão abertas no sábado (8), para atender ao público. Em Vitoria da Conquista, a agência da Barão do Rio Branco irá abrir a partir das 9 horas até as 15 horas.

As agências selecionadas para funcionar no sábado terão atendimento exclusivo para realizar pagamento de contas vinculadas FGTS, solucionar dúvidas, promover acertos de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

Este será o pagamento do último lote de saques das contas inativas do FGTS. A quinta fase do pagamento, conforme o banco, deve liberar um total de R$ 73.182.777,86 na Bahia.

Caixa antecipa último lote de saques do FGTS inativo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 04 jul 2017

Tags:, , ,

Leda Antunes e Folha de S.Paulo
do Agora

A Caixa Econômica Federal inicia neste sábado, dia 8, o saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para 2,5 milhões de trabalhadores nascidos no mês de dezembro.

A liberação da grana, anteriormente prevista para o dia 14, foi antecipada.

O valor total disponível para saque neste mês ultrapassa a marca de R$ 3,5 bilhões.

No Estado de São Paulo, 814 mil trabalhadores serão beneficiados no último lote do calendário de pagamentos.

Poderá sacar a grana quem tem conta antiga no FGTS, de empregos dos quais pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

A grana da conta do emprego atual não será liberada.

Até o dia 28, 22,6 milhões de trabalhadores nascidos entre janeiro e novembro já haviam sacado R$ 38,2 bilhões relativos às contas inativas do FGTS.

Caixa antecipa pagamento do último lote do FGTS inativo

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 03 jul 2017

Tags:, ,

Da Redação
foto: arquivo BRG

A Caixa Econômica Federal vai antecipar o pagamento do último lote das contas inativas do FGTS para quem nasceu em dezembro. Prevista inicialmente para começar no dia 14 de julho, a quinta fase foi antecipada para o próximo sábado, dia 8.

Com a mudança, os beneficiários nascidos em dezembro terão 24 dias para fazer os saques. Para quem nasceu em outro período e ainda não fez o saque o prazo limite é 31 de julho. Tem direito a fazer os saques das contas inativas o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Se o beneficiário não retirar o dinheiro até o prazo final, o valor voltará para a conta do FGTS e ele só conseguirá sacá-lo se estiver enquadrado nas hipóteses que permitem o saque do FGTS, como trabalhadores ou dependentes portadores do vírus HIV; pessoas em tratamento contra o câncer; doentes em estágio terminal em razão de doença grave, ou se ficar pelo menos 3 anos sem receber depósito de empregadores no Fundo de Garantia.

FGTS poderá substituir o seguro-desemprego

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 24 jun 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani e Folha de S.Paulo
do Agora

O governo Michel Temer discute parcelar em três vezes a grana do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) ao trabalhador demitido sem justa causa.

A intenção é economizar com o pagamento do seguro-desemprego, que só seria liberado no quarto mês após a demissão para quem não conseguiu uma nova vaga.

A medida ainda está sendo estudada pelos técnicos do Ministério do Planejamento e, por isso, nem sequer foi avaliada pelo ministro Dyogo Oliveira, informou o órgão.

38% dos trabalhadores usaram saldo do FGTS para pagar dívidas em atraso e 13% fizeram compras extras

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 15 jun 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: CNDL / CDL

Entre quem ainda vai sacar, 27% pretendem quitar pendências; expectativa é de que resgate do benefício injete até R$ 14,6 bilhões no comércio e serviços. No total, 14% dos brasileiros já retiraram benefício na Caixa Econômica

O próximo lote de saques das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) que estará liberado a partir do próximo sábado, (10/6), deve, novamente, contribuir para que mais brasileiros paguem suas dívidas e voltem a ter o nome limpo. Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que, dentre os trabalhadores que já realizaram saques, 38% usaram o dinheiro extra para quitar dívidas em atraso, enquanto 4% usaram esse recurso para pagar ao menos parte das pendências. Os que estão gastando esses valores com despesas do dia a dia representam 29% da amostra. Há ainda 19% de trabalhadores que optaram por poupar o benefício.

Outra estratégia também utilizada pelos entrevistados foi aproveitar o dinheiro extra para antecipar o pagamento de contas não atrasadas, como crediário e prestações da casa ou do carro, citado por 14% dos que já sacaram seus recursos. De acordo com a pesquisa, somente 13% dos trabalhadores que sacaram o benefício até o momento usaram o recurso financeiro para fazer compras extras. A estimativa do SPC Brasil e da CNDL é de que a medida poderá injetar até R$ 14,6 bilhões nos ramos do comércio e serviços, considerando a estimativa do governo, de que os saques atingirão R$ 34,5 bilhões. …Leia na íntegra

Mais de 9 mil conquistenses têm direito a realizar saque das contas inativas do FGTS nesta 4ª fase

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2017

Tags:, ,

Da Redação


Começa neste sábado (10) a quarta fase de saques da contas inativas Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Em Vitória da Conquista, 9200 trabalhadores terão direito a sacar o benefício a partir deste mês.

Segundo a Superintendência da Caixa Econômica Federal, o valor dos benefícios que deve ser sacado pelos conquistenses deve ser acima de 8 milhões de reais. Para atender esse público, as agências da Praça Barão do Rio Branco e da Crescêncio Silveira abrirão neste sábado, das 9 às 15 horas.

Já na segunda, terça e quarta, 12, 13 e 14 de junho, as duas agências abrirão duas horas mais cedo, às 8h30, para prestar atendimento para os trabalhadores que têm direito a realizar os saques.

Mais de 200 mil baianos têm direito a saque de contas inativas do FGTS na 4ª fase

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 07 jun 2017

Tags:, , ,

Da Redação


A Caixa Econômica Federal informou que 202.219 mil trabalhadores terão direito a sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de contas inativas na quarta etapa de saques dos recursos.  Segundo a Caixa Econômica, o valor dos benefícios que deve ser sacado pelos baianos soma R$ 228.022.242,58 milhões.

A quarta fase de saques da contas inativas foi antecipada para o próximo sábado (10). Na Bahia, 67 agências irão abrir nesta data das 9 às 15 horas para atender exclusivamente os cidadãos que têm direito a realizar o saque. Nas segunda, terça e quarta, respectivamente, 12, 13 e 14 de junho, as agências também vão abrir duas mais cedo para prestar atendimento a esse público específico. Em Vitória da Conquista, as agências abrirão às 8h30.

Caixa antecipa para este sábado a 4ª fase de saque de contas inativas do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 06 jun 2017

Tags:, ,

Da Redação


A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou a antecipação, para este sábado (10), da quarta etapa de saques de recursos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Prevista inicialmente para começar em 16 de junho, a quarta fase foi antecipada em função do feriado da próxima semana.

Nesta quarta fase, têm direito a sacar os recursos de contas inativas os trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro. Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada.

Para atender aos trabalhadores que querem fazer o saque das contas inativas, 2.015 agências da Caixa abrirão neste sábado (10) entre 9 e 15 horas. Também haverá atendimento exclusivo em horário especial nos dias 12, 13 e 14 de junho, quando todas as agências do banco abrirão duas horas mais cedo.

Lei que autoriza o saque das contas inativas do FGTS é promulgada

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 30 maio 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte CNDL / CDL (Conquista)

Foi publicada, no dia 26, no Diário Oficial da União (DOU) a Lei nº 13.446/2017 que autoriza o saque das contas inativas do FGTS. A nova lei foi promulgada depois da Câmara dos Deputados e o Senado Federal terem aprovado a MP 763/2016 que beneficia trabalhadores que pediram demissão até 31 de dezembro de 2015.

Segundo balanço da Caixa Econômica Federal, divulgado no dia 17/05, o montante de R$ 24,4 bilhões das contas inativas do FGTS já foi pago, beneficiando quase 16 milhões de trabalhadores nascidos entre janeiro e agosto. Mais 15 milhões de pessoas têm direito ao saque do FGTS.

O setor do varejo aposta na força da medida para impulsionar a retomada da economia como foi observado no mês de março, quando o setor de comércio e serviços sentiu os primeiros impactos no consumo.

Retomada da economia e impactos da crise

A expectativa do segmento de comércio e serviços é que no segundo trimestre a retomada da economia continue e que a aprovação da modernização do mercado de trabalho possa estimular o número de empregos formais.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, apesar da crise política que assolou o país, o Brasil dá sequência à sua agenda legislativa com pautas necessárias à retomada dos investimentos na economia. …Leia na íntegra