Meio Ambiente fiscaliza venda de madeira para fogueiras juninas

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 jun 2018

Tags:, , ,

da Redação
Reprodução do site da PMVC

Fiscalização começa na próxima semana (Foto: Arquivo)

Como bem cantou Luiz Gonzaga, as fogueiras queimam em homenagem a São João. E as famílias conquistenses seguem a tradição junina. Para garantir a segurança da população durante este período e coibir o desmatamento e a retirada ilegal de madeiras não apropriadas para essa finalidade, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) realiza, a partir da próxima semana, a Operação São João.

A comercialização de espécies nativas é ilegal. Além disso, madeira de origem plantada que recebeu tratamento químico também está proibida, já que esses produtos, quando em combustão, são altamente poluentes. “Por isso, recomendamos a utilização da madeira de floresta plantada, principalmente, eucalipto”, sugere o gerente de Fiscalização da Semma, Clédson Alves.

Ele ainda explica: “para comercialização de madeira, o vendedor precisa ter o documento de origem da madeira, que é a documentação de origem florestal ou registro de atividade”.

A comercialização de fogueiras com madeira ilegal é um crime ambiental previsto na Lei Federal nº 9.605/98. As denúncias podem ser feitas por meio dos telefones: (77) 3429-7902/7906.

Operação São João fiscaliza venda de fogueiras

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 jun 2016

Tags:, , ,

Da Redação
foto: arquivo BRG

Fogueira Rua da Granja2Com o objetivo de coibir a comercialização de fogueiras com madeira ilegal, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente está realizando, desde o dia 1º de junho, a Operação São João. A ideia é fiscalizar a venda da madeira utilizada para acender as tradicionais fogueiras juninas, impedindo o desmatamento e a retirada ilegal de madeiras não apropriadas para essa finalidade.

De acordo com o órgão, as ações de fiscalização são feitas nos pontos de venda e na circulação de caminhões de transporte. Em ambos os casos, é verificado se a madeira utilizada para as fogueiras é de planta nativa.

Ainda segundo a Secretaria, o eucalipto e a grevilha são as espécies mais indicadas para as fogueiras, pois são oriundas de florestas plantadas. O órgão lembra que a comercialização de fogueiras com madeira ilegal é crime ambiental previsto na Lei Federal nº 9.605/98.

Confira orientações sobre aquisição de fogueiras no período junino

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente | Data: 13 jun 2015

Tags:, , ,

da Redação

Fogueira Rua da Granja2

Como já é tradição, no período das festas juninas, muitas famílias acendem fogueiras na porta de casa. No entanto, a população precisa ficar atenta aos tipos de árvores que são mais indicados para a prática.

De acordo com a gerência de Defesa e Fiscalização do Meio Ambiente, as espécies mais apropriadas para fogueiras são o eucalipto e grevilha, provenientes de florestas plantadas. Além disso, é importante que os cidadãos observem se o ponto de venda é legalizado. Vitória da Conquista conta com dois pontos autorizados para comercialização de fogueiras: um no Bosque da Paquera (foto) e outro localizado na estrada que dá acesso ao município de Barra do Choça.

Para coibir o desmatamento e a retirada ilegal de madeiras não apropriadas, prática considerada crime ambiental, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente está realizando a Operação São João, que tem o objetivo de intensificar as ações de fiscalização nesse período.

Secretaria de Meio Ambiente intensifica fiscalização sobre a venda de fogueiras

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 jun 2014

Tags:, , ,

 

Secom

Uma das tradições do São João é acender fogueiras nas portas de casa, em homenagem ao santo homenageado nesse período. Ciente disso, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, está realizando a Operação São João. O objetivo é promover uma fiscalização específica do comércio de fogueiras durante este período junino para coibir o desmatamento e a retirada ilegal de madeiras não apropriadas para essa finalidade. O gerente municipal de Defesa e Fiscalização do Meio Ambiente, Matheus Rodrigues, explicou que as espécies mais apropriadas para fogueiras são o eucalipto e grevilha,  oriundos de florestas plantadas. …Leia na íntegra