ACM Neto demonstra força política em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política, Vit. da Conquista | Data: 14 ago 2017

Tags:, ,

da Redação
Foto: Ascom/Prefeitura

Por ocasião da homenagem que foi alvo na Câmara de Vereadores, ao receber o Título de Cidadão Conquistense, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que arrancou muitos aplausos, gritos de é governador, é governador, é governador...demonstrou grande prestígio político na sessão solene que contou com as presenças de dois ex-governadores da Bahia, deputados que integram a Assembleia Legislativa  e Câmara dos Deputados, prefeitos e vereadores da região.

ACM Neto é o mais forte pré-candidato a Governador da Bahia nas Eleições de 2018. O adversário atual, Rui Costa (PT), Governador da Bahia e o PT estão dando sinais claros de grande preocupação com o adversário  ACM Neto.

Na foto do evento que culminou com a entrega da honraria, por iniciativa do mandato do vereador Álvaro Pithon, foi possível observar o peso político do prefeito da capital baiana.

Da esquerda para a direita, na bancada do lado esquerdo, estão posicionados os deputados Luciano Ribeiro (DEM/Caculé), Augusto Castro (DEM/Itabuna), Carlos Geilson (PSDB/Feira de Santana).

Compondo a mesa dos trabalhos na sessão solene, da esquerda para a direita, estão os deputados da Câmara em Brasília, João Gualberto (PSDB/Mata de São João), Arthur Maia (PPS de Guanambi e Bom Jesus da Lapa), Paulo Azi (DEM/Salvador), vice-prefeita Irma Lemos (PTB), ex-governador Paulo Souto (DEM), prefeito Herzem Gusmão (PMDB/Conquista), presidente da Casa, Hermínio Oliveira (PPS), o homenageado, prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), ex-governador Nilo Coelho (PSDB), prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM) e Elmar Nascimento (DEM/Salvador) e por último a vereadora Lúcia Rocha (DEM/Conquista).

A foto não alcançou outros deputados, a exemplo de Lúcio Vieira Lima (PMDB), Juthay Magalhães (PSDB), Leur Lomanto (PMDB), Sandro Regis (DEM) Hildécio Meireles (PMDB) e outros.

Prefeito de Conquista está perdendo maioria na Câmara Municipal e força política

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 10 jul 2015

Tags:, , ,

da Redação

O prefeito Guilherme Menezes poderá perder a condição de escolher o candidato a prefeito de Vitória da Conquista em 2016

PrefeitoO prefeito Guilherme Menezes (PT) vive o seu pior momento na vida política da cidade de Vitória da Conquista. Eleito em 2012 conseguiu a façanha de assegurar para a Frente Conquista Popular 17 das 21 cadeiras existentes na Câmara de Vereadores. Logo no início de sua gestão, Menezes conquistou a vereadora Lúcia Rocha (DEM) e formou um poderoso bloco de situação com 18 vereadores.

Os últimos acontecimentos envolvendo a PMVC e a Câmara Municipal realçam a turbulência que atravessa a atual administração do prefeito. A imprensa vem dando conta que o Governo Municipal poderá perder a maioria que tinha. Até pouco tempo no legislativo municipal eram apenas 3 na oposição, e agora já são 8 com a chegada de Nelson de Vivi, Andreson Ribeiro e Joaquim Libarino, todos do PCdoB. Existem previsões que a bancada de oposição poderá contabilizar 12 cadeiras com a inclusão de Juvêncio da Saúde e Cícero Custódio, ambos do PV. A maioria para oposição seria sacramentada com a chegada do presidente da Casa, Gilzete Moreira e Adinilson Pereira, ambos do PSB.

Neste novo cenário, segundo especialistas e notícias de bastidores, o prefeito Guilherme Menezes perdendo musculatura – poderá perder a condição de escolher o candidato a prefeito de Conquista em 2016. Sua administração vem obtendo fraco desempenho na Educação, Saúde e Segurança Pública de acordo dados oficiais do MEC, Ministério da Saúde e Mapa da Violência. Outro entrave para a administração é a falta de diálogo reconhecida até pelos seus aliados.