Governo começa a pagar os salários dos terceirizados da Educação

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 16 jul 2016

Tags:, , ,

Da Redação

IMG_7509Nessa sexta-feira (15), o Governo do Estado começou a pagar os salários dos trabalhadores terceirizados que prestam serviços à Secretaria da Educação (SEC). Os profissionais estavam com salários atrasados das empresas que mantinham contratos com a SEC, e que foram encerrados no dia 30 de junho.

De acordo com o Governo, os depósitos para pagar os salários atrasados começaram a ser feitos pelo Banco do Brasil. Ainda segundo informações da Secretaria de Educação, o Estado estava com o dinheiro para pagar, mas encontrava problemas do ponto de vista cadastral das empresas, e também na verificação das certidões. Por isso, buscou uma mediação do MPT e da Procuradoria Geral do Estado para formatar o termo de ajuste e conduta.

Nessa sexta, a SEC também firmou os novos contratos de terceirização. O objetivo, segundo a pasta, é promover os contratos com os mesmos trabalhadores que estavam nas escolas, para garantir a manutenção do quadro e não permitir que seja adotada nenhuma manobra que busque trocar os funcionários. A SEC informou ainda que os contratos seguirão o que determina a chamada Lei Anticalote, que prevê a reserva mensal de parte do valor a ser pago às empresas contratadas para que sirva de garantia em caso de inadimplência de salários e demais benefícios trabalhistas.

 

Governo paga por erros na contratação de terceirizados

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 14 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

IMG_7509

Não é de hoje que os contratos celebrados entre o Governo da Bahia e empresas terceirizadas têm causado graves inconvenientes para trabalhadores. Mas, agora, os problemas chegaram aos cofres do Estado.

A Secretaria Estadual da Educação está viabilizando o pagamento direto na conta dos prestadores de serviços terceirizados, que não vinham recebendo seus proventos das empresas, cujos contratos foram encerrados no dia 30 de junho. Sob a supervisão do Ministério Público do Trabalho, foi montada uma força tarefa envolvendo as Secretarias Estaduais da Fazenda e da Administração, juntamente com o Banco do Brasil.

Após o encerramento dos contratos, será realizada uma nova licitação, regida pela Lei Anticalote, para garantir direitos trabalhistas e indenizatórios dos prestadores de serviços. O número de contratos também foi reduzido de 120 para 12.

Estudantes do Instituto de Educação Euclides Dantas ficam sem aulas na manhã de hoje

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 16 set 2013

Tags:, , ,

Da Redação

Eles saíram às ruas nesta manhã (16) junto com os professores e funcionários terceirizados da instituição para protestar o não pagamento dos funcionários terceirizados, que estão há três meses com salários atrasados.

Instituto-de-Educação-Euclides-DantasEstudantes, professores e funcionários terceirizados do Instituto de Educação Euclides Dantas de Vitória da Conquista fizeram um protesto na manhã de hoje (16) na sede da 20ª Diretoria Regional de Educação, Direc 20. O motivo é o atraso do pagamento dos funcionários terceirizados da instituição.

Na manhã de hoje 2.200 estudantes do Instituto ficaram sem aulas. Segundo o diretor do colégio, Albano Carvalho, a manutenção da escola ficou comprometida com a paralisação dos funcionários terceirizados. Eles estão há três meses sem receber salários.

Segundo nota enviada pela Direc 20, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia informou que está regularizando o repasse de recursos às empresas que prestam serviço nas escolas da rede estadual e que os valores referentes a junho e julho já foram repassados para todas as empresas que se encontram com a documentação em dia. O valor do mês de agosto, ainda segundo a Secretaria, também já está sendo regularizado para as empresas sem pendências na documentação.

Funcionários terceirizados da Uesb recebem pagamento de salários atrasados

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 15 ago 2013

Tags:, , ,

Da Redação

É o que afirma nota oficial publicada no site da Universidade. Eles ficaram dois meses sem receber o pagamento.

uesbFuncionários terceirizados da Universidade Estadual do Sudoeste de Vitória da Conquista realizaram várias manifestações nesta semana por causa do atraso no pagamento dos salários. Segundo os funcionários, foram dois meses com salários atrasados. A situação era igual também com relação aos funcionários terceirizados dos outros campi da universidade.

Em nota publicada no site da instituição, os funcionários foram pagos na manhã desta quarta-feira (14). Mas ainda segundo a nota, o pagamento dos auxílios ainda está em aberto.

Segundo a empresa responsável pelo pagamento dos funcionários, o atraso ocorreu porque o governo do estado não teria repassado os recursos para o pagamento.