Nos últimos 4 anos, 88,5% das cidades baianas enfrentaram seca, aponta IBGE

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Meio Ambiente | Data: 05 jul 2018

Tags:, ,

G1

Entre os anos de 2013 e 2017, 369 dos 417 municípios baianos (88,5% do total) informaram ter sofrido episódios de seca, segundo a Pesquisa de Informações Básicas Municipais (MUNIC), divulgada nesta quinta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A proporção, conforme o levantamento, é superior às médias nacional — no mesmo período, 48,1% dos municípios brasileiros enfrentaram seca — e do Nordeste (82,6%).

No estado, no ano passado, nove em cada 10 municípios (89,0% ou 371, em números absolutos) sofreram as consequências de algum impacto ambiental — terceiro maior percentual de cidades atingidas por danos ambientais entre os estados brasileiros.

A Bahia ficou abaixo apenas do Espírito Santo, onde 93,6% dos municípios relataram impactos ambientais, e Ceará (92,9%).

No país como um todo, 3.800 dos 5.570 municípios (68,2%) informaram ter sofrido impactos de danos ambientais em 2017.

Na Bahia, a seca, aponta o IGBE, foi “de longe o desastre natural mais frequente”. Em seguida, aparecem os alagamentos (relatados por 20,6% dos municípios), enxurradas ou inundações bruscas (em 18,9% das cidades) e os processos erosivos acelerados (em 18,7% dos municípios).

O desastre natural menos informado pelos municípios do estado foi o escorregamento ou deslizamento de encosta, que ocorreu em menos de 1 em cada 10 cidades (41 ao todo, ou 9,8% do total).

Os impactos ambientais relacionados a condições climáticas extremas (secas, enxurradas), atingiram 6 em cada 10 municípios no estado (61,2%) em 2017 – quinto maior percentual do país.

O segundo tipo de impacto ambiental mais frequente foi o desmatamento, informado por quase 4 em cada 10 municípios baianos (39,3% ou 164 em números absolutos). Foi o segundo maior percentual dentre os estados, abaixo apenas do Pará, onde 45,8% dos municípios informaram ter sofrido impactos relacionados ao desmatamento.

A frequência desse tipo de problema ambiental entre os municípios baianos também ficou bem acima da média nacional: no Brasil como um todo, 18,3% dos 5.570 municípios informaram ter sofrido impactos do desmatamento no ano passado.

Nos municípios baianos, os impactos ambientais menos relatados foram aqueles ligados à poluição do ar (por 15 cidades) e à existência de moradia em situação de risco ambiental (por 14 municípios).

…Leia na íntegra

Morte de Bebê no Hospital Esaú Matos repercute no Bom Dia Brasil

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 09 fev 2015

Tags:, , , , , ,

por Mateus Novais
foto: reprodução TV Globo

hospital-esaú-matos

O caos no Hospital Municipal Esaú Matos foi novamente confirmado na manhã do último domingo (08). O nascimento de um bebê na recepção do hospital e a morte de um recém-nascido logo após o parto, ambos sem atendimento pediátrico, reafirmam as graves denúncias realizadas por pacientes e funcionários durante todo este mês de fevereiro.

O jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo, repercutiu na manhã de hoje o fato com uma matéria. As imagens feitas por um celular mostram uma das grávidas, que teve o parto realizado na recepção, e a tristeza dos familiares com a notícia do falecimento do bebê. Nos dois casos a falta de médico foi crucial para o fim das histórias.

CLIQUE AQUI E VEJA O VÍDEO

Segundo a reportagem, outras duas crianças nasceram na recepção no mesmo dia, entre eles, o recém-nascido morto. “Na minha vida, eu nunca vi um tratamento tão terrível, tão horrível quanto foi aqui”, lamentou um das pessoas que acompanhou o fato.

Deu no G1 da Globo – Caos no Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 09 fev 2015

Tags:, ,

do G1
Foto: arquivo BRG

Sem obstetra, recém-nascido morre após parto em recepção de hospital.

Caso aconteceu neste domingo (8), em maternidade no sudoeste da Bahia. Gestão diz que atendimentos foram normalizados e morte será apurada.

hospital_esau

Um recém-nascido morreu na manhã deste domingo (8), no Hospital Municipal Esaú Matos, em Vitória da Conquista, região sudoeste da Bahia, depois que a mãe teve a criança em parto realizado na recepção do hospital.

Segundo informações de pacientes, não havia médico obstetra para atendimento especializado neste domingo, o que levou uma outra mulher a ter também o filho no banco da recepção da maternidade. Neste segundo caso, mãe e filho receberam atendimento após o parto feito de maneira inadequada.

Por meio de nota oficial, a Secretaria de Saúde Municipal informou que a unidade ficou sem o profissional para a realização de partos das 8h às 12h, e que a partir do meio-dia deste domingo a situação foi normalizada. Sobre a morte da criança, o gestão diz que as causas serão investigadas.

G1 entrevista ao vivo candidato à presidência Aécio Neves

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 04 ago 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

img_0016O site de notícias da Globo, o G1, transmite ao vivo a segunda entrevista da série com os candidatos à Presidência da República nas eleições 2014. O entrevistado de hoje é o candidato Aécio Neves, do PSDB.

As perguntas são enviadas por internautas e respondidas instantaneamente pelo candidato.

Confira aqui.