Maiquinique: polícia prende homem e resgata gado avaliado em R$ 50 mil

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 07 fev 2017

Tags:, ,

Da Redação

Foto: Divulgação Polícia Civil

Onze vacas leiteiras avaliadas em mais de R$ 50 mil, que tinham sido furtadas foram encontradas pela polícia, na zona rural de Maiquinique, a 147 Km de distância de Vitória da Conquista. De acordo com a Polícia Civil, o homem responsável pelo furto foi preso. O caso ocorreu na última sexta-feira (3), mas só foi divulgada nesta segunda (6).

Em nota, a polícia informou que o gado estava escondido em uma fazenda que pertence a familiares do acusado, identificado como Ulias Alves Gomes, o Biluca. O homem já tinha sido preso, em 2015, por cometer o mesmo crime. Na época, foi deflagrada uma operação que investigava o furto de centenas de cabeças de gados naquela região, cujo prejuízo chegou a mais de R$ 300 mil, a diversos fazendeiros.

Além do gado, foram apreendidas na casa dos familiares de Uilas espingardas de fabricação artesanal, duas motocicletas e a carne de um animal abatido clandestinamente. Segundo a polícia, Uilas e integrantes de sua quadrilha abateram um touro registrado, usado para melhoramento genético do rebanho leiteiro, e consumiram a carne do animal durante um churrasco.

Ele ficará custodiado na carceragem da DT/Macarani, cidade localizada a cerca de 20 quilômetros de Maiquinique, à disposição da Justiça.

 

Fugindo da seca, bois tomam rodovia da região Sudoeste

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 14 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_4610foto: Luís Marcos

A tragédia causada pela seca na região Sudoeste, infelizmente, acaba gerando algumas cenas bonitas, como a que foi registrada no município de Ribeirão do Largo na última terça-feira (12). Um trecho da BA 634 foi ocupado por cerca de 300 bois que estavam sendo transferidos de uma fazenda do município de Itambé.

Uma ação como esta só é vista em momentos de emergência, como agora, em que pecuaristas procuram locais para o gado se alimentar.

IMG_4611foto: Luís Marcos

A estiagem prolongada que atinge há um ano região agropastoril do Sudoeste baiano já provocou a morte de 30 mil bovinos, gerado impacto na produção de leite e resultado em demissões. O município de Itapetinga é uma das 149 cidades que estão em situação de emergência por causa da seca do estado, considerada a pior dos últimos 30 anos.

Confira a reportagem da TV Aratu, realizada pelo repórter Daniel Silva e o cinegrafista Rony Cley:

Com seca, região de Itapetinga já perdeu 25% do seu rebanho bovino

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 01 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

A imagem é lamentável, mas representa com fidelidade a situação que se encontra a região agropastoril de Itapetinga. Desde o último ano, a região, conhecida como a capital da pecuária, tem perdido seu status de principal criador de gado no estado. Os números são alarmantes, e apontam para a perda de 25% do rebanho.

A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) calcula que desde janeiro de 2015, quando se iniciou o período da seca, mais de 126 mil cabeças de gado foram perdidas nos 14 municípios que compreende a região e tem Itapetinga como polo. Estes animais foram vendidos, colocadas para o abate, transportas ou morreram de fome.  Só os que morreram (29 mil animais), representam 17% das perdas.

Ainda segundo os dados da Adab, em novembro de 2015, foram registrados um total de 1.030.815,00 animais. Já no último dia 27 junho eram 904.373,00. Com isso, a região caiu para o quarto maior rebanho da Bahia.

Para o coordenador regional da Adab, Paulo Ferraz, a maior preocupação é quando se olha para o futuro. “Nem chegamos no período da estiagem e a situação já está em estado de emergência”, comenta.  O presidente da Cooperativa Mista do Médio Rio Pardo (Coopardo), Rômulo Coelho, que representa os pecuaristas, também avalia o efeito da seca na pastagem. “A pior consequência da seca, além da morte dos animais, é a devastação das pastagens, que levarão anos para ser recuperadas, se as chuvas não voltarem”, completa.

Enquanto soluções não são encontradas, imagens como a do vídeo que ilustra a matéria vão se tornando cada vez mais comuns na paisagem das fazendas daquela região.

Seca já provocou morte de mais de 10 mil cabeças de gado na região de Itapetinga

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 23 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

SC2_1269

A seca implacável que abate a região de Itapetinga está dizimando o rebanho bovino, causando enormes prejuízos para os produtores rurais. De acordo com a Cooperativa Mista do Médio Rio Pardo (Coopardo), mais de 10 mil cabeças de gado já morreram na região por falta de água e capim.

Em entrevista ao site Sudoeste Bahia, o presidente da Coopardo, Rômulo Coelho, diz que a pior consequência da seca, além da morte dos animais, é a devastação das pastagens, que levarão anos para ser recuperadas, se as chuvas não voltarem. A cooperativa também aponta que os rios da região também estão secando, “atingindo o abastecimento de água nas cidades coisa, que nunca aconteceu em toda a história”.

Segue durante todo o mês de maio a campanha de vacinação contra febre aftosa na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 02 maio 2016

Tags:, , ,

Da Redação

vacinação-contra-febre-aftosa-300x200Começou neste domingo (1º) e segue até o dia 31 de maio, a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa na Bahia. Neste ano, a estimativa da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) é vacinar 10.854.311 bovinos e bubalinos pertencentes a 384.393 criadores.

A vacinação é necessária para que nenhuma doença comprometa os rebanhos baianos, principalmente a febre aftosa. Além das mortes dos animais, a doença reflete também em prejuízos econômicos causados pelas barreiras comerciais com outros países.

A febre aftosa é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta animais de casco fendido, como os bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos. Pode ser transmitida principalmente pelo contato entre os animais doentes e sadios. O vírus pode ser transportado pela água, ar, alimentos, pássaros e pessoas que entram em contato com os animais doentes.

Acusados de furto de gado são presos em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 25 set 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

furto-de-gado-1foto: Blitz Conquista

Um homem foi preso e um adolescente apreendido em flagrante por furto de gado, na noite dessa quinta-feira (24). A dupla foi descoberta após policiais encontrarem uma conta de luz perdida em um dos pontos onde um bovino foi roubado, morto e desossado.

Ao chegar no imóvel,  policiais militares da 78ª CIPM encontraram dezenas de quilos de carne já limpas, pronta para comercialização, e todo material utilizado para matar e desossar os animais clandestinamente.

De acordo com a polícia, a dupla entrava nos pastos ou currais durante a noite e, com espingarda e machado, matavam o gado. As vísceras eram retiradas no local e a carne colocada na caminhonete do suspeito. Na casa, ele desossava e embalava para entregar aos receptadores.

Aldo Anjos de Almeida e o adolescente estavam no imóvel e foram detidos. Os suspeitos confessaram pelo menos seis furtos de gado, entretanto, a polícia acredita que o número seja bem maior.

Vacinação contra febre aftosa começa neste sábado na Bahia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 31 out 2014

Tags:, , ,

A Tarde

Vacinação AftosaA segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa de 2014 começa neste sábado, 1º, e continua até 30 de novembro em toda a Bahia. A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), informa que 4.315.718 bovinos e bubalinos, com idade até 24 meses, precisam ser vacinados.

A meta é ampliar cada vez mais a cobertura vacinal, mantendo a imunidade elevada do maior rebanho do nordeste, com 10.837.689 animais. Nesta etapa, cerca de 6,5 milhões de cabeças com idade superior a 24 meses ficam isentas da vacinação, o que representa redução direta da ordem de mais de R$ 15 milhões para os criadores nos custos da produção da pecuária baiana.

No prazo de 15 dias após a aplicação da vacina, os criadores devem comparecer nas unidades da Adab, portando nota fiscal de compra, para declarar todo o rebanho de bovinos e bubalinos, por sexo e faixa etária. Os produtores que não possuem animais nesta faixa etária (isentos da vacinação) também estão obrigados a declarar e atualizar o rebanho, evitando desta maneira sanções administrativas previstas em lei.

Pecuaristas de Itapetinga comemoram as chuvas

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Sudoeste | Data: 22 nov 2012

Tags:, , ,

Da Redação

Voltou a chover na cidade de Itapetinga no mês de novembro. E as chuvas renovaram a esperança dos pecuaristas que estavam sofrendo com a estiagem.

A cidade de Itapetinga, situada no sudoeste do estado, possui um dos maiores rebanhos bovinos do Nordeste, com cerca de 140 mil cabeças de gado de corte e leite. Com a chegada do mês de novembro e das chuvas, os pecuaristas comemoram uma melhora na produção. A estiagem trouxe muitos prejuízos, e a chegada das águas possibilitou que o gado ganhasse peso e as pastagens ficassem mais verdes.

Somente no mês de novembro o volume de chuvas foi superior a 200 milímetros, quantidade de água significativa, já que de janeiro a outubro de 2012 choveu na cidade pouco mais de 300 milímetros. …Leia na íntegra