Governador Rui Costa afirma reabertura do Centro de Cultura para final de maio

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Vit. da Conquista | Data: 09 abr 2018

Tags:, ,

Da Redação


Na última sexta-feira (06), em entrevista coletiva o governador do estado Rui Costa,  comentou sobre a situação do  Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima em Vitória da Conquista.

Segundo o governador o compromisso da Secretaria de Cultura do Estado está firme,  e que o Centro de Cultura vai conseguir ser reaberto no final de maio.  “Se isso fosse extrapolado para outros serviços nós teríamos um colapso em vários serviços públicos, mas é um compromisso da secretária (de Cultura do Estado) de entregar e de concluir a obra até o final de maio. Eu retornarei à Conquista até o final de maio para inaugurar os 20 leitos de UTI eu pretendo casar as duas vindas e reabrir o Centro”, destacou o governador.

O Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, está fechado desde 2013 quando foi apresentada pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), uma ação solicitando novas normas de segurança.

Professores universitários divulgam moção de repúdio ao governo Rui Costa

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 29 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_2350foto: divulgação Adusb

Os professores e as professoras das quatro Universidades Estaduais da Bahia (Uneb, Uesb, Uefs e Uesc), em greve desde o dia 13 de maio de 2015, emitiram uma nova carta de repudio, nesta quarta-feira (29). Dessa vez, a moção de repúdio foi direcionada ao governo Rui Costa (PT), pela “truculência do nas negociações com a categoria”. Para os docentes, a presença da Rondesp na Secretaria da Educação do Estado (SEC), durante a ocupação pacífica do prédio, entre os dias 15 e 18 de julho, expressa a incapacidade política do Governador e do Secretário de Educação, Osvaldo Barreto, para dialogar com os movimentos sociais.

Confira a nota:

Durante a ocupação da SEC, professores e estudantes, em luta pela defesa da universidade pública, enfrentaram a nova tática do governo Rui Costa. Na noite do dia 17 de julho, diversas viaturas da Rondesp cercaram o prédio público. O governador Rui Costa deu ordens para que a PM desocupasse o prédio, utilizando os meios que fossem necessários. O que nos surpreendeu foi que somente após a intervenção do coronel é que os representantes do governo sentaram-se à mesa de negociação com os professores e estudantes. Fomos constrangidos e ameaçados pela Polícia Militar na presença do chefe de gabinete da SEC, Wilton Cunha, e com a conivência do Secretário de Educação do Estado. Aqueles que deveriam zelar pela educação foram os mesmos que nada fizeram para evitar a intervenção militar que poderia ter levado a uma tragédia. …Leia na íntegra