Campanha em Conquista arrecada água para vítimas de tragédia em Mariana

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 nov 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
fotos: Rafael Gusmão

DSC_0849Carreta sai lotada de doação para região de Governador Valadares (MG)

A comunidade conquistense está se mobilizando para ajudar as cidades do estado de Minas Gerais atingidas pelo rompimento de duas barragens, no município de Mariana (MG), no dia 5 deste mês. As doações estão sendo realizadas por diversas instituições da cidade, como as igrejas evangélicas. Um exemplo é a Comunidade Cristã de Vitória da Conquista, que teve seu salão transformado em depósito para abrigar as doações de água que chega de vários pontos da cidade.

O conta que a ideia de se tornar um dos pontos de arrecadação surgiu após sua esposa tomar conhecimento do desastre. “Percebemos que outros pastores e igrejas tiveram a mesma ideia, assim como vários segmentos da sociedade se mobilizaram e viram a necessidade de unirmos”, diz o pastor. As doações estão sendo recolhidas também em outras igrejas e reunidas na Comunidade Cristã para seguirem viagem até o estado de Minas Gerais.

DSC_0842Pastor Evandro Trindade conta com a ajuda de outras igrejas para arrecadar doações

Da sua igreja, saiu, nesta quinta-feira (19), um caminhão bitrem lotado de água para as cidades de mineiras, principalmente Governador Valadares, onde se concentra a maior população afetada pela lama de rejeitos da mineração. Mas, o pastor Evandro afirma que a campanha prosseguirá e reforça o apelo: “Até o final de semana terá um carro que vai sair daqui. Se não trouxerem para cá, levem até uma igreja, evangélica, católica ou o que for, ou uma entidade que esteja com o coração na campanha e que queira ajudar. O importante é a solidariedade que muitos tiveram, e isso nos comove, porque mostra com o brasileiro é solidário, amoroso e bom”.

Moradores de Conquista fazem doações de água para a população de Governador Valadares

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 14 nov 2015

Tags:, , ,

Da Redação

IMG-20151114-WA0000Dona Carmen levou seus donativas a um ponto de arrecadação

Vários conquistenses estão mobilizados para arrecadar água para ser encaminhada à população da cidade mineira de Governador Valadares. Os moradores de uma das principais cidades de Minas Gerais estão sem acesso à água potável desde o último domingo, quando o abastecimento da cidade foi suspenso devido à contaminação do Rio Doce pela lama que chegou das barragens de Mariana.

Dona Carmen foi uma das centenas de pessoas que se solidarizaram com a situação dos moradores de Governador Valadares. Logo cedo, ela e sua filha foram até uma das igrejas que estão recebendo os donativos para fazer sua doação. Para Dona Carmen, que já mora em Vitória da Conquista há alguns anos mas é natural de Valadares, o seu gesto é uma forma de amenizar o sofrimento das pessoas que residem na cidade mineira.

Aqui em Vitória da Conquista, além da Comunidade Cristã, localizada na Avenida Campo Grande no Bairro Candeias (em frente à Academia Ativa), as doações podem ser feitas na Casa do Computador (Praça Do Gil); Igreja Batista Getsêmani (rua Equeador 131, próximo ao Disep); Igreja Batista Nova Sião (Rua Dez de Novembro, 257, Alto Maron)
e na Odonto Atos (Praça Hercilio Lima, 20, Bairro São Vicente).

Conquistenses estão arrecadando água para doar para população de Governador Valadares (MG)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 13 nov 2015

Tags:, , ,

Da Redação

Valadares
Por conta da suspensão do abastecimento de água na cidade mineira de Governador Valadares, após contaminação do Rio Doce com a lama oriunda das barragens de Mariana, alguns conquistenses inciaram uma campanha de doação de água mineral para auxiliar os moradores da cidade.

Aqui em Vitória da Conquista, as doações poderão ser feitas na Igreja Evangélica, localizada na Avenida Campo Grande no Bairro Candeias (em frente à Academia Ativa). A Secretaria da Igreja ficará aberta neste sábado (14) até às 14h30. Um grupo conseguiu frete grátis para o envio dos donativos.

O abastecimento de água foi suspenso em Governador Valadares desde o último domingo (8), uma vez que a lama tomou conta do principal rio da Bacia Hidrográfica que abastece a cidade. Aproximadamente 280 mil pessoas, só em Valadares, estão sendo prejudicadas por conta da tragédia nas barragens de Mariana.

Zé Geraldo canta o Rio Doce, tomado pela lama da barragem de Mariana (MG)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 13 nov 2015

Tags:, , , ,

da Redação

A cidade de Governador Valadares (MG) é considerada a capital do Leste mineiro. Fica a 545 KM de Vitória da Conquista em direção ao Sul do País. Goval,  como é carinhosamente chamado pelos filhos da terra,  é banhada pelo belo Rio Doce que foi drasticamente atingido pela lama da barragem de Mariana.

A Prefeitura decretou Estado de Calamidade, e a cidade de aproximadamente 300 mil habitantes vive talvez a sua maior tragédia. Sem água potável,  campanhas estão sendo feitas para que as cidades mais próximas envie água em caminhões-pipa. Ouça a bela composição musical que o poeta Zé Geraldo fez em homenagem ao Rio Doce e a cidade de Governador Valadares:

Sem água, Governador Valadares (MG) decreta estado de calamidade pública

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 nov 2015

Tags:, , , , , ,

Da Redação

Valadares-2
A cidade mineira de Governador Valadares tem tido grandes prejuízos decorrentes do rompimento de duas barragens da mineradora Samarco no município de Mariana, na região central do Estado. Depois do desastre, o Rio Doce, que corta Valadares, foi contaminado com a lama, comprometendo o abastecimento de água da cidade.

Valadares4

Em função da suspensão do abastecimento de água, ocorrido no último domingo (8), a Prefeitura de Governador Valadares decretou estado de calamidade pública e elaborou um Plano de Emergência enviado aos governos estadual e federal e à empresa Samarco a fim de minimizar os efeitos causados pela falta de água e garantir, ao menos, o abastecimento de instituições de saúde, ensino e abrigos.

Valadares3No entanto, os prejuízos até então têm sido enormes. As pessoas têm enfrentado grandes filas, tentando comprar água mineral, duas universidades já suspenderam as aulas e, além disso, segundo informações de moradores, a cidade exala um forte mau cheiro em função da presença de uma grande quantidade de peixes mortos às margens do rio.

De acordo com o plano, a prefeitura exige que a Samarco disponibilize caminhões-pipa para ajudar no abastecimento. O município quer ainda que a mineradora construa um novo sistema de captação, tratamento e reservatório para a cidade, que não dependa do Rio Doce. Já o Ministério Público do Estado de Minas Gerais ingressou com uma Ação Civil Pública Cautelar de Defesa do Meio Ambiente em Governador Valadares contra a Samarco. Na ação, a Promotoria cita os prejuízos causados à saúde, à segurança e ao bem-estar da população, além das condições desfavoráveis às atividades econômicas e sociais.