Greve dos servidores e professores municipais pode chegar ao fim nesta semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Na manhã desta quarta (24), o prefeito Herzem Gusmão e as comissões de negociação do Governo se reuniram com representantes do Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp), do Sindicato de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias da Bahia (Sindacs), do Sindicato dos Servidores Municipais de Vitória da Conquista (Sinserv). O encontro teve como objetivo discutir o impasse do reajuste salarial, que levou as três categorias a entrar em greve na última segunda (22).

Na reunião, o prefeito apresentou o limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que impede o governo de conceder o reajuste solicitado pelos servidores, no atual cenário. Em contrapartida, a administração municipal também apresentou alguns benefícios ao funcionalismo, como “o aumento de 25% no vale-alimentação, pago em dinheiro na conta do trabalhador; a garantia de pagamento da metade do décimo terceiro até o dia 20 de junho; plano de saúde para o servidor, parte dele subsidiado pela Prefeitura, que pagará um valor de meio milhão de reais mensais para garantir um plano mais barato para o trabalhador que está desprotegido; e Plano Municipal de Habitação para o Servidor Público, com implementação imediata, por meio de contrapartida da prefeitura, doando terrenos, juntamente com as construtoras interessadas e agentes de financiamento”.

Durante o encontro, a prefeitura  informou ainda aos representantes dos sindicatos que fará um recadastramento de todos os servidores municipais para corrigir as distorções salariais e diminuir os impactos na folha de pagamento. Paralelo a isso, o governo vai promover o aumento de receita por meio do Refis ( Programa de Recuperação Fiscal), e dentro desse processo, os primeiros R$ 5 milhões arrecadados pelo Refis serão distribuídos ao funcionalismo municipal em forma de bonificação, o que, segundo a administração, será uma medida inédita.

Os representantes dos sindicatos receberam as propostas e ficaram de apresentar um estudo com alternativas legais para a concessão de reajuste, como reivindicado inicialmente. Durante o encontro, já ficaram agendadas novas rodadas de negociação. A partir desta quinta, o prefeito e sua equipe reunirá com cada Sindicato separadamente. Com isso, espera-se que o movimento grevista possa chegar ao fim ainda essa semana.

Por reajuste salarial, professores e servidores municipais protestam na Câmara de Vereadores

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão


O auditório da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista ficou lotado durante a sessão ordinária que aconteceu na manhã desta quarta-feira (24). Servidores e professores municipais foram até ao local para apresentar as reivindicações das categorias, que iniciaram greve na última segunda-feira (22).

Os representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Vitória da Conquista (Sinserv), do Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp) e do Sindicato de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias da Bahia (Sindacs) usaram a tribuna livre. Na oportunidade, houve protesto contra a comissão de negociação da campanha salarial proposta pela prefeitura.

Em alguns momentos, os ânimos se exaltaram e alguns edis da bancada da situação foram vaiados quando tentaram expor a proposta da administração municipal: aumento de 25% no Vale Refeições, retroativo a 1º de maio, continuando o pagamento sendo feito em espécie, bem como a implantação do Plano de Saúde.

Após a sessão, houve uma reunião de negociação entre o prefeito Herzem Gusmão e representantes das categorias.

Por conta da greve dos servidores, campanha de vacinação contra a gripe deve ser prorrogada em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Devido à greve dos servidores municipais de Vitória da Conquista, iniciada na última segunda-feira (22), alguns serviços oferecidos à população foram parcialmente suspensos. Os postos de saúde da cidade, por exemplo, não estão atendendo toda a demanda.

Algumas unidades estão fechadas e as que estão abertas, como Centro de Saúde Régis Pacheco, as pessoas estão tendo acesso a alguns atendimentos, no entanto, a vacinação contra a gripe, cuja campanha termina na próxima sexta (26), não está acontecendo. Por isso, o período de imunização contra a gripe, no município, deve ser prorrogado.

Além dos servidores, professores da rede municipal também estão em greve. As categorias pedem reajuste salarial, mas a prefeitura afirma que, em respeito ao limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a administração é obrigada a implementar medidas de contenção de despesas de pessoal, incluindo a não concessão de aumentos.

Prefeitura sinaliza com aumento de 25% no Vale Refeição e Plano de Saúde pelo fim do impasse com sindicatos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2017

Tags:, ,


da Redação

O secretário André Ferraro (Comunicação) tem concedido entrevistas a imprensa em Vitória da Conquista anunciando a disposição do Governo Municipal em manter o diálogo e avançar nas conquistas para os servidores municipais.

Impedida pela LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal de conceder aumento, a administração municipal, já determinou aumento de 25% no Vale Refeições, retroativo a 1º de maio, e implantação histórica do plano de saúde para todo funcionalismo.

A prefeitura ainda divulgou uma nota onde assegura que o diálogo será mantido em defesa do imediato fim da greve que muito prejudica a população do município. Leia a nota:

Nota de esclarecimento sobre as negociações com os sindicatos

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista tem conduzido a relação com os sindicatos com seriedade, respeito e democracia e esclarece que continua aberta ao entendimento na negociação salarial, dentro dos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Já indicamos caminhos para um acordo rápido, com aumento de 25 % no vale-alimentação e início de estudos para implantação do plano de saúde, com mesa permanente para acompanhamento de resultados e concessão de reajustes futuros.

Esclarecemos que os interlocutores da Prefeitura são, oficialmente, os membros da comissão de campanha salarial, composta pelos secretários de Administração, Gabinete Civil, Transparência, Finanças e Assessoria Especial.

Neste momento, apenas os secretários de Comunicação e Transparência e Controle estão oficialmente designados para falar em nome do Governo Municipal.

Não vamos admitir que, diante de uma discussão que exige controle e seriedade, factóides e discussões informais em redes sociais sejam geradoras de problemas para a Administração, como uma cortina de fumaça feita para confundir a opinião pública e os milhares de servidores que não aderiram à greve.

Contamos e agradecemos o apoio da maioria do funcionalismo, que sensível à realidade e comprometida com o cidadão, permanece em suas atividades normais, sem prejuízos maiores.

Continuamos dialogando e fazemos um apelo aos sindicatos para que evitem cair em tais manobras escusas, trabalhando com positividade, pois vamos encontrar caminhos conjuntos de valorização do servidor, com foco na melhoria dos serviços prestados à população.

No 1º dia de greve, professores e servidores municipais ocupam a Prefeitura de Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 22 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão


Na manhã desta segunda-feira (22), teve início a greve dos professores e servidores municipais de Vitória da Conquista. No primeiro dia do movimento paradista, os funcionários ocuparam o prédio da prefeitura, como forma de chamar a atenção do governo para a reivindicação das categorias.

Antes das 8 horas, professores e servidores já se aglomeraram na frente da sede do governo municipal. Com o carro de som, eles apresentavam os motivos que os levaram a deflagrar o movimento paradista. Logo depois das 8 horas, quando foi aberta a Prefeitura, os funcionários começaram a manifestar dentro do prédio.

Com apitos e cartazes, os manifestantes mostram sua indignação contra o “reajuste zero”. De acordo com a prefeitura de Vitória da Conquista, após a análise e da consolidação da receita líquida do município no primeiro quadrimestre, ficou constatado que o município não tem condições de reajustar o salário dos servidores neste momento. Além disso, o governo afirmou estar preocupado com a manutenção do limite prudencial de 51,3% da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Em contrapartida, a Administração Municipal informou que, em razão de uma parceria recentemente firmada com a Unimed, uma proposta de plano de saúde estará disponível aos servidores municipais a partir da primeira quinzena de julho. Se aderir, o servidor terá direito a uma tabela diferenciada. Entre as vantagens, não haverá carência, taxa de adesão nem co-participação, além da possibilidade de inclusão de dependentes. Outro informe foi o aumento de 25% no vale-alimentação, para todas as categorias de servidores.

Sindicatos em Vitória da Conquista podem estar patrocinando na Prefeitura a única greve existente em todo Estado da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 21 maio 2017

Tags:, , ,

da Redação

Os sindicatos de Vitória da Conquista que estão ligados aos servidores  lotados na Prefeitura, – liderados pelo  Sinserv  – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais,  Simmp – Sindicato do Magistério e o Sindacs – Sindicato de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias decidiram em suas respectivas assembleias iniciarem uma GREVE GERAL marcada para esta 2ª feira (22).

A greve anunciada em Vitória da Conquista é a única em todo Estado da Bahia, e não se tem notícias de outras greves na prefeituras brasileiras. Impedida de conceder qualquer aumento em função da LRF, a Prefeitura usou espaço neste domingo nos programas do Faustão e Fantástico da Rede Globo de Televisão para divulgação de esclarecimento.

 

 

Greve dos professores: sindicato divulga agenda de mobilização

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 maio 2017

Tags:, ,




Da Redação

O Sindicado do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp) divulgou a agenda de mobilização durante a greve da categoria, que começa na próxima segunda (22). Os professores decidiram parar as atividades em assembleia realizada na última quarta (17), depois que o governo municipal anunciou que não haverá reajuste salarial.

Segundo o Simmp, no primeiro dia de greve, os professores irão ocupar a prefeitura, a partir das 8 horas da manhã. A ação da categoria tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a causa dos profissionais, bem como sensibilizar a administração municipal quanto ao reajuste salaria.

De acordo com a prefeitura de Vitória da Conquista, após a análise e da consolidação da receita líquida do município no primeiro quadrimestre, ficou constatado que o município não tem condições de reajustar o salário dos servidores neste momento. Além disso, o governo afirmou estar preocupado com a manutenção do limite prudencial de 51,3% da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Além do Simmp, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinserv) decidiu iniciar uma greve por tempo indeterminado.

Professores da rede municipal também deflagram greve

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 maio 2017

Tags:,

Da Redação


Em assembleia realizada nesta quarta-feira (17), na Câmara Municipal de Vereadores, os professores da rede municipal de ensino, por meio do Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista, deflagraram greve. A ação é uma resposta à decisão do governo de não reajustar o salário dos servidores.

Representantes do Simmp se reuniram com membros da administração municipal na última segunda (15), quando foram informados que não haveria reajuste salarial. Conforme a prefeitura, no momento, estão sendo atendidas, na medida da possibilidade do governo, todos os itens que não têm impacto financeiro e salarial.

O Simmp se junta ao Sinserv e os funcionários de ambos os sindicatos afirmaram que irão suspender as atividades a partir da próxima segunda-feira (22).

 

Servidores municipais deflagram greve por tempo indeterminado

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 maio 2017

Tags:, ,

Da Redação


Em assembleia realizada na manhã desta terça (16), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Vitória da Conquista (Sinserv) aprovou greve por tempo indeterminado. Segundo a categoria, o movimenta paradista foi deflagrado após a Prefeitura informar que não haverá reajuste salarial.

Nesta segunda, membros do Sinserv se reuniram com representantes da administração municipal. Na oportunidade, eles foram informados que, neste momento, a postura da prefeitura é de “prudência”, diante da projeção da receita líquida do município e da Lei de Responsabilidade Fiscal.

A mesma informação foi passada ao Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp). “O Governo apresentou aos dois sindicatos os índices financeiros. Estamos preocupados com a manutenção do limite prudencial de 51,3%, no sentido de garantir que outros serviços a serem ofertados à população sejam mantidos. O Governo está trabalhando com a hipótese da reforma administrativa, já agora no segundo semestre, que desenhará um novo cenário de carreira e de adequação do servidor”, afirmou o secretário de Administração, Gildásio Carvalho.

Conforme o Sinserv, a greve terá início na próxima segunda, 22 de maio. Já o Simmp realizará uma assembleia nesta quarta-feira (17), para definir os rumos da campanha salarial.

Funcionários dos Correios encerram greve na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 08 maio 2017

Tags:,

Da Redação

Os funcionários dos Correios na Bahia encerraram a greve da categoria no estado, depois de 11 dias. A decisão foi tomada durante assembleia realizada na tarde desta segunda-feira (8), em Salvador.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos da Bahia (Sincotelba), no entanto, os trabalhadores não aceitaram as propostas oferecidas pela empresa e permanecem em estado de greve. As negociações devem ser retomadas a partir da terça-feira (9).

A greve dos funcionários do Correio começou no dia 27 de abril, em todo o Brasil. Os representantes dos trabalhadores pedem a retirada da mediação do TST sobre os planos de saúde, revogação da suspensão das férias, debate sobre a situação econômica da empresa, revogação da entrega alternada e otimização de atividade interna, suspensão das ameaças de demissão motivada e privatização, suspensão do fechamento das 250 agências e a criação de comissão com a participação dos trabalhadores para tratar sobre o tema.

Paralisação dos rodoviários da Cidade Verde pode acabar na próxima terça

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 08 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Na próxima terça (9),  será realizada uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Salvador, para definir a situação da Cidade Verde Transportes com os seus funcionários. A depender do que for decidido na audiência, a paralisação dos rodoviários da empresa pode chegar ao fim.

Desde o dia 24 de abril, os rodoviários da Cidade Verde estão de greve. Os ônibus das empresa só estão circulando normalmente nos horários de pico, no restante do dia, somente 20% da frota está operando. Segundo o Sindicato dos Rodoviários, o estado de greve foi deflagrado, porque a empresa abandonou as negociações referentes ao reajuste salarial.

Os rodoviários cobram reajuste salarial de 16%,  aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

Viação Vitória

No último sábado (6), o Sindicato da categoria aceitou a nova proposta apresentada pela empresa Viação Vitória. Durante assembleia, foi aprovado reajuste salarial de 6%, fracionados em 5% de imediato, valendo para o dia primeiro de maio, e 1% para o quinto dia útil do mês de setembro do referido ano. Também foi proposto aumento no ticket alimentação, para o valor de R$ 350,00.

Ainda conforme o Sindicato, as demais clausulas, como plano de saúde e prêmio de férias, serão discutidas no dia 10 de maio.

Funcionários dos Correios decidem manter greve na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 06 maio 2017

Tags:,

Da Redação

Os funcionários dos Correios na Bahia decidiram manter a greve no estado, após assembleia realizada nesta sexta-feira (5), em Salvador. A paralisação, iniciada no dia 27 de abril, já dura nove dias.

 No encontro, os trabalhadores da Bahia avaliaram a proposta que havia sido apresentada pela empresa na quinta-feira (4), em reunião com representantes dos trabalhadores, em Brasília, mas optaram por manter a paralisação no estado. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos da Bahia (Sincotelba), a proposta foi rejeitada, porque não corresponde aos anseios dos trabalhadores.

Os trabalhadores dos Correios pedem a retirada da mediação do TST sobre os planos de saúde, revogação da suspensão das férias, debate sobre a situação econômica da empresa, revogação da entrega alternada e otimização de atividade interna, suspensão das ameaças de demissão motivada e privatização, suspensão do fechamento das 250 agências e a criação de comissão com a participação dos trabalhadores para tratar sobre o tema.

Impasse entre rodoviários e empresas do transporte municipal segue causando transtorno à população

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 02 maio 2017

Tags:, , , ,

Da Redação


Desde o dia 18 de abril, os usuários do transporte coletivo de Vitória da Conquista vêm enfrentando uma série de transtornos. Por conta da negociação por reajuste salarial, os ônibus que atendem a cidade estão funcionando em horários alternativos, com apenas uma pequena parte da frota.

Após quase uma semana realizando paralisações pontuais, os rodoviários da empresa Viação Cidade Verde decretaram greve por tempo indeterminado no dia 25 de abril, em reivindicação por aumento de salário e melhores condições de trabalho. O comunicado foi feito pelo Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintravc), sob a justificativa de que os diretores da empresa não participaram da reunião agendada para o dia 24, nem apresentaram propostas de reajuste salarial.

A empresa, porém, alega que foi o próprio sindicato que se distanciou das negociações. Diante do impasse, as atividades dos funcionários da Cidade Verde estão parcialmente suspensas.  Segundo o sindicato, apenas 20% do quadro de funcionários está sendo mantido, que possui cerca de 80 funcionários. Ainda conforme o sindicato, “por consideração à população”, nos horários pico, que compreendem o período de 5h às 8h e 17h às 19h, todo o efetivo está mantido.

Já os rodoviários da Viação Vitória resolveram voltar às atividades nesta terça-feira (2) após terem cruzado os braços na última quinta-feira (27), quando entraram em greve. De acordo com o sindicato da categoria, os funcionários da Vitória decidiram voltar ao trabalho após a empresa se comprometer em apresentar uma proposta de negociação com valores acima da anterior. A proposta vai ser discutida em reunião entre empresa e sindicato, na quarta-feira (3).

Enquanto a situação não é resolvida, a população que depende do transporte coletivo – aproximadamente 100 mil pessoas que utilizam o serviço diariamente -, segue tendo diversos problemas. Em alguns bairros, por exemplo, é necessário esperar mais de uma hora para conseguir se deslocar utilizando um ônibus.

Trabalhadores dos Correios entram em greve por tempo indeterminado na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 27 abr 2017

Tags:,

Da Redação

Os trabalhadores dos Correios na Bahia decidiram aderir à greve nacional da categoria nessa quarta-feira (26). A decisão foi tomada em assembleia realizada no mesmo dia.Com a paralisação, 30% dos funcionários devem continuar trabalhando e a entrega de encomendas emergenciais, a exemplo de medicamentos, deve ser mantida, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do Estado (Sincotelba).

A greve é um protesto contra a possibilidade de privatização dos Correios e o fechamento de unidades da empresas que estaria previsto para todo o país. Segundo a categoria, a privatização da empresa gera prejuízo para toda a população e o fechamento de 200 agências em todo o país também causará problemas, já que Correios têm cunho social e as agências chegam em vários lugares como representantes bancários.

Além disos, os funcionários dos Correios reclamam da falta de atendimento pelas clínicas e hospitais credenciadas pelo plano de saúde da empresa, o CorreioSaúde, e ainda pedem a tomada de medidas de segurança nas agências, como implantação de portas giratórias, devido ao aumento no número de assaltos.

Rodoviários da Cidade Verde anunciam greve por tempo indeterminado

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 24 abr 2017

Tags:, ,

Da Redação


Os rodoviários da empresa Cidade Verde, uma das empresas que opera no transporte coletivo de Vitória da Conquista, anunciaram greve por tempo indeterminado.  De acordo com o Sindicato da categoria, a decisão foi tomada na tarde desta segunda (24), após a empresa cancelar a reunião proposta para discutir o reajuste salarial.

Conforme as informações divulgadas, a direção da Cidade Verde alega que a manutenção das paralisações, organizada pelo sindicato da categoria desde a última terça (18), significa “abandono da mesa de negociação, razão pela qual, entende a empresa que está cancelada a reunião agenda para esta data”, informou o ofício da Cidade Verde encaminhado à Prefeitura de Vitória da Conquista. O Blog da Resenha Geral entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da empresa, mas até o momento não obteve resposta.

Nesta terça-feira (25), conforme o Sindicato, das 05 às 08 horas, os veículos vão circular normalmente. Das 08 às 17 horas, apenas 30% da frota de veículos vai rodar. Das 17 às 19 horas, os ônibus voltarão a circular com 100% da frota. Já de 19 horas à meia-noite, apenas 30% dos ônibus da empresa atender a população.

Reivindicações

Os rodoviários cobram reajuste salarial de 16%,  aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

Rodoviários iniciam paralisações nesta terça (18) e prometem greve na sexta

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 18 abr 2017

Tags:,

Redação

Os usuários de transportes público em Vitória da Conquista terão de enfrentar dificuldades para se deslocar a partir desta terça-feira (18). A partir da noite de hoje, os Rodoviários iniciam paralisações, nos horários de 5h a 7h, das 11h às 13h, e das 17h às 19h, relativas à campanha salarial. O estado de greve já foi deflagrado pelo sindicato da categoria (Sintravc).

Os trabalhadores fizeram uma assembleia na manhã desta terça onde rejeitaram a proposta da Cidade Verde, uma das duas empresas que operam o serviço na cidade. Segundo o presidente do Sintravc, Álvaro Souza, os rodoviários cobram reajuste salarial de 16%, só que a empresa só aceita ceder caso haja novo aumento da tarifa. “A questão é que já houve aumento da tarifa no começo do ano, da ordem de 16,8%”, diz. Outras demandas dos trabalhadores são o tíquete-alimentação de R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens (atualmente são 2 horas, no entanto, a Viação Vitória concede a vantagem ao trabalhador).

Enquanto esperam retorno dos patrões, os rodoviários realizarão as paralisações nos horários de pico até a sexta-feira (21), data limite para deflagrarem greve por tempo indeterminado. Cada empresa em Conquista conta com cerca de 520 trabalhadores

Rodoviários da Vitória ameaçam iniciar nova greve nesta sexta (17)

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 16 mar 2017

Tags:, , ,

Redação

Termina nesta quinta-feira (16) o prazo dado pelo Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista para o pagamento de benefícios aos funcionários da Viação Vitória. Os trabalhadores ameaçam iniciar uma nova greve, suspendendo a oferta dos serviços de 20 linhas atendidas pela empresa.

O Sindicato dos Rodoviários já comunicou a empresa que, se caso o pagamento das férias dos empregados não seja efetuado até a meia noite de hoje, a entidade paralisará as atividades da Vitória a partir das 4 horas desta sexta feira (17).

“O padrão desastroso de trabalho adotado pela Vitória prejudica não somente os funcionários, mas também os usuários que constantemente vem reclamando do serviço mal prestado pela empresa”, aponta os Rodoviários.

Professores da Uesb encerram greve

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 15 dez 2016

Tags:, , ,

Da Redação

Em assembleia, realizada na manhã desta quinta-feira (15), os professores da Uesb decidiram por encerrar a greve docente que começou no dia 28 de novembro, que reivindicava contra PEC 55, a reforma do ensino médio e congelamento de salários. A decisão do fim da greve foi dada pelo Comando de Greve Local e também nacional.

A categoria docente avaliou que a greve cumpriu importante papel nesse atual movimento político nacional. Mesmo com a aprovação da PEC que limita o teto de gatos do governo, os professores defendem que a luta deverá ser mantida e ampliada.

A assembleia deflagrou estado de mobilização permanente e irá reunir esforços para rearticular o Fórum Sindical e Popular no sudoeste da Bahia. A Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Adusb) ainda comunicou a comunidade acadêmica que, com o fim da greve, os professores estão à disposição para o retorno de suas atividades letivas e aguardam a convocação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) da Universidade para discussão do calendário letivo.

 

Acordo evita greve na Viação Vitória

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 09 dez 2016

Tags:, ,

da Redação

alvaroNa noite desta quinta feira (9), a Viação Vitória, garantiu ao Sindicato dos Rodoviários que a 2ª parcela do 13º salário será pago na próxima terça-feira (13). A greve que seria deflagada nesta sexta-feira (9), foi abortada.

O acordo foi feito por Álvaro Souza representando a categoria e o gerente da empresa, Sr. Claudio. Segundo a direção da Viação Vitória, a empresa vem perdendo mensalmente R$ 210 mil com a decisão da Prefeitura de ter retirado a linha D 38 do trecho Alto Maron/Urbis VI, sendo a terceira linha de maior faturamento na cidade.

No passado a Prefeitura puniu também a Viação Passaredo, retirando a linha P 50, o que foi suficiente para a empresa paulista deixasse de operar em Vitória da Conquista. Em 20 anos as administrações petistas em Conquista conseguiu quebrar várias empresas do transporte coletivo.

Tarifa

Outro fator relevante das dificuldades que atravessam as empresa – está por conta da tarifa de R$ 2,80, o que tem gerado demandas das empresas contra a Prefeitura de quase R$ 90 milhões. A tarifa que não corresponde aos dados das planilhas elaboradas é fruto de decisão de governos populistas. A conta poderá chegar caso a Justiça defira o pleito das empresas.

 

Rodoviários da Vitória paralisam nesta quinta (8) e prometem nova greve

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 08 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_7682

Os funcionários da empresa do transporte coletivo de Vitória da Conquista, a Viação Vitória, anunciaram duas paralisações para esta quinta-feira (8). A mobilização seria motivada pelo não pagamento dos salários referente ao mês de novembro. Os rodoviários também apontam a possibilidade de uma nova greve.

As paralisações estão programadas para às 12 e 18 horas de hoje e servirá, segundo o Sindicato dos Rodoviários, como última advertência antes da deflagração da greve. “Findo o prazo para pagamento dos salários [07/11, segundo a deliberação da assembleia do mês passado]de seus mais de 500 funcionários, a Viação Vitória não oferece outra alternativa ao seu quadro funcional que não seja a deflagração de greve a qualquer instante”, aponta o Sindicato através de nota.

Caso a greve seja confirmada, a categoria garante que atenderá as exigência legais, ofertando 30% dos serviços referente à empresa – 24 dos 80 ônibus, que circulam em 20 linhas.

Confira a nota na íntegra: …Leia na íntegra