Conquista: Prefeitura lança nova estratégia de prevenção ao HIV no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 19 ago 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

PMVC

O Município de Vitória da Conquista foi contemplado pelo Ministério da Saúde para receber mais uma estratégia de prevenção ao HIV. Trata-se da Profilaxia de Prevenção (PrEP). A ação consiste em disponibilizar um novo método de prevenção antes de uma exposição de risco à infecção pelo HIV. O lançamento acontece nesta terça-feira (20), às 9h, no Centro Integrado de Direitos Humanos (Praça Tancredo Neves).

A PrEP consiste no uso diário de medicamentos antirretrovirais (ARVs) que ajudam a bloquear as vias de acessos que o HIV usa para infectar o organismo, antes da pessoa ter contato com o vírus. A medicação é um método adicional de prevenção disponibilizado no Sistema Único de Saúde (SUS) e vem sendo implementado de forma gradual em todo o país com o intuito de contribuir com as metas relacionadas a erradicação da epidemia. O público-alvo a se atingir com a PrEP são as populações-chave com risco substancial à infecção causada pelo vírus.

Casos novos de AIDS reduziram 3% em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 20 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

134266795445609429-HIV-AIDS_blocksO registro de novos casos do vírus HIV/AIDS sofreu uma leve redução nos últimos dois anos em Vitória da Conquista. De acordo com o Centro de Apoio e Atenção à Vida Dr. David Capistrano Filho (CAAV), a taxa de detecção do vírus reduziu de 12 casos por 100 mil habitantes, em 2014, para 11 casos, em 2015. Uma pequena redução de 3% nos casos novos.

“Em Vitória da Conquista, como em todo o país, a gente tem mantido estável o número de casos novos”, afirma a coordenadora do CAAV, Fernanda Aguiar. O CAAV não divulga dados totais de infectados no município, mas aponta que 973 pessoas portadoras do vírus da AIDS realizam tratamento no espaço. Os casos são mais frequentes em homens jovens, entre 20 a 39 anos.

“Os jovens não acompanharam aquele pânico da AIDS nos anos 1980. Hoje, ela criou o status de doença crônica, que tem tratamento gratuito e é possível viver com qualidade fazendo o uso da medicação. Então os jovens não têm o costume de usar o preservativo”, explica a coordenadora do CAAV.

Mesmo com a predominância, o HIV/AIDS não está mais em um grupo, nós encontramos em todos os perfis: homens, mulheres, idosos, jovens, heteros e homossexuais, aponta os dados do CAAV. “Vale reforçar que o uso do preservativo ainda é a melhor medida de evitar a AIDS”, conclui Fernanda.

70 novos casos de HIV foram diagnosticados em Conquista neste ano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 26 nov 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_1779

De janeiro até este mês de novembro, Vitória da Conquista diagnosticou 70 novos casos de HIV. Os dados chamam a atenção, mas podem ser maiores, já que estes representam apenas os que passaram pelo Centro de Atenção e Apoio à Vida (Caav). Atualmente, estão em tratamento no Caav, 932 pacientes de Vitória da Conquista e região.

Segundo o órgão municipal, que trabalha com diagnóstico e tratamento da Aids na cidade, a incidência entre os homens continuam sendo maior. Do total diagnosticado neste ano, 50 homens e 20 mulheres.

Com a intenção de reduzir estes dados, o Caav realiza, a partir da próxima terça-feira (1º de dezembro – Dia Mundial de Luta Contra a Aids), ações voltadas para a sensibilização da população e de profissionais de saúde para o diagnóstico precoce da doença. A população poderá fazer o teste rápido para detecção do HIV em diferentes locais da cidade, como na Praça 9 de Novembro, universidades e unidades de saúde. As atividades serão realizadas até o dia 4 de dezembro.

Além da ação de conscientização, o Caav aponta que o teste rápido facilita o diagnóstico precoce e o tratamento. Um dos exemplos desde trabalho é que, desde 2007, nenhuma criança nasceu com HIV em Vitória da Conquista.

Vitória da Conquista registra media de 100 casos de HIV/Aids por ano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 18 jul 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_7958Por ano, Vitória da Conquista notifica uma média de 100 casos de pessoas soropositivas.  Os dados são do Centro de Apoio e Atenção à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav), que trabalha com prevenção e tratamento para pessoas que vivem com o vírus HIV/AIDS.

Segundo o Caav, a implantação do Teste Rápido Diagnóstico (TRD) – foto – em todo o Brasil ampliou o acesso ao diagnóstico do HIV e isso fez com que mais casos fossem detectados.

Desde 2007, quando foi implantado o TRD em Vitória da Conquista, o Caav realiza uma média de 200 testes por mês, além de 1.200 testes de HIV de forma convencional. Os testes são gratuitos, assim como o tratamento.

Uma média de 400 pessoas, oriundos tanto de Vitória da Conquista quanto de cidades do sudoeste baiano e do norte de Minas Gerais, é atendida por dia no centro. O Caav também distribui, mensalmente, cerca de 30 a 40 mil preservativos, através das unidades de saúde e campanhas de prevenção.

Portadores de HIV e aids passam a contar com novo tratamento para combater a doença

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 05 jul 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

cms-image-000352364Os portadores de HIV e Aids já podem contar com um tratamento mais moderno para combater a doença. Conhecido como 3 em 1, o novo tratamento é gratuito e virá em  um único comprimido com doses de Tenofovir, Lamivudina e Efavirenz.

O diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, Fábio Mesquita, explicou que o novo tratamento será distribuído inicialmente para os estados do Rio Grande do Sul e Amazonas. “O 3 em 1 era um tratamento esperado já alguns anos e que finalmente a gente consegue colocar em campo nesse momento para o Amazonas e Rio Grande do Sul que são estados prioritários do ponto de vista do impacto que nós precisamos dar naquelas epidemias que estão numa situação mais delicada do que no resto do Brasil. Vai ter impacto na mortalidade, vai ter impacto na morbidade, e vai ter impacto na prevenção. Então é uma grande aquisição para o Brasil.”

O novo tratamento vai ser distribuído para os outros estados a partir do segundo semestre deste ano. Atualmente, esses medicamentos são distribuídos pelo Sistema Único de Saúde e consumidos separadamente.

Tratamento para portadores do HIV será estendido

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 02 dez 2013

Tags:, , ,

por Paulo Anderson Rocha

laco aids hivDezembro é um dos meses em que o combate ao HIV e a Aids ganha mais destaque, porque é no primeiro dia do mês que é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a Aids. E neste ano uma importante medida marcou a data.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou, neste domingo que todos os adultos com HIV positivo, mesmo que não tenham comprometimento no sistema imunilógico, terão acesso aos medicamentos antirretrovirais contra a doença por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Com isso, o Brasil se junta aos Estados Unidos e a França, no oferecimento desse tipo de medicamento a soropositivos, independente do estágio da doença.

A medida garante a melhoria da qualidade de vida das pessoas infectadas pelo HIV e reduz a transmissão do vírus, pois durante o tratamento com antirretrovirais, a carga viral diminui, reduzindo também as chances de propagação do HIV.

O novo tratamento passa a valer em todo o território nacional, e o paciente poderá inicia-lo logo após a confirmação do vírus no organismo. De acordo com o Ministério da Saúde, estudos internacionais indicam que o uso precoce de antirretrovirais diminui em 96% a taxa de transmissão do HIV.