Pacientes do Hospital Afrânio Peixoto são transferidos para o Crescêncio Silveira

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 12 abr 2017

Tags:, ,

da Redação

Os pacientes psiquiátricos do Hospital Afrânio Peixoto foram transferidos para o Hospital Crescêncio Silveira. A pressão da Prefeitura, Ministério Público, Câmara de Vereadores, entidades médicas, e da sociedade, foi suficiente para o Governo da Bahia recuar. A Sesab chegou a anunciar que os pacientes seriam transferidos para o Hospital de Base. A reação da sociedade foi imediata.

O prefeito de Vitória da Conquista, entrevistado no programa Band Revista, da Rádio Bandeirantes, disse que o secretário Fábio Villas Boas, garantiu que o Hospital Crescêncio Silveira seria em breve reativado com capacidade inicial para funcionar com 40 leitos. A necessidade de acomodar os pacientes psiquiátricos do Afrânio Peixoto – pode ter provocado na Sesab a necessidade de retativar imediatamente aquela unidade hospitalar.

Hospital Afrânio Peixoto

No mesmo contato que fez com o prefeito, o secretário de saúde, Dr. Fábio Villas Boas, disse que o Hospital Afrânio Peixoto seria desativado como unidade de tratamento psiquiátrico e passaria por ampla reforma.

“Os pacientes de pé diabético, que lotam os corredores do Hospital de Base, terão uma ala no Afrânio Peixoto para tratamento especial”, garantiu o secretário. Serão construídos mais 75 leitos na reforma que já foi iniciada com a demolição de várias paredes. A ampliação daquele hospital servirá também para reduzir a demanda regional que recorre ao Hospital de Base já estrangulado.

 

 

 

Em ligação a Herzem, secretário de Saúde anuncia reativação do Hospital Crescêncio Silveira

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 13 mar 2017

Tags:, ,

Redação

Nesta segunda-feira (13), em ligação ao prefeito Herzem Gusmão, o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, confirmou a reativação do Hospital Crescêncio Silveira. O Hospital será reativado, inicialmente com 40 leitos. A demanda é uma antiga reivindicação do gestor municipal, mesmo antes de assumir o mandato.

Durante a ligação, o prefeito solicitou ainda que, com a reabertura, o Hospital Crescêncio Silveira tenha total independência administrativa em relação ao Hospital de Base. Segundo o Herzem, a independência dará mais agilidade operacional ao equipamento público, sem repetir os mesmos erros do passado, quando era vinculado.

“Parabenizo o secretário Fábio Vilas Boas pela feliz decisão. Uma de nossas prioridades é a saúde e nós vamos estar sempre buscando melhorias na saúde da nossa cidade”, declarou  o prefeito.

O Hospital Crescêncio Silveira é um dos hospitais mais antigos de Vitória da Conquista, inaugurado em 1953. Ele foi desativado como unidade hospitalar e, atualmente, no prédio funciona o Centro de Assistência Psicossocial, CAPS.

Ambulatório de Ortopedia sai do Hospital de Base para o Crescêncio Silveira

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 09 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

hospital_geral_vitoria_conquista

Desde a última segunda-feira (6), o atendimento do ambulatório de ortopedia, que ocorria no Hospital de Base passou a ser realizado no Hospital Crescêncio Silveira. O serviço teria mudado de unidade por falta de espaço físico no Hospital de Base.

As atividades ambulatoriais de ortopedia nas dependências do Hospital de Base foram encerradas após uma Portaria Interna do dia 29 de abril. “A justificativa é dada pelo fato de tal atividade não se enquadrar no perfil de paciente da Unidade. A portaria indica ainda como motivo, insuficiência de espaço físico”, afirma a diretoria da unidade hospitalar.

Ainda segundo a diretoria do Hospital de Base, após a publicação da Portaria, todos os pacientes que tinham passado pelo procedimento cirúrgico ortopédico puderam tirar as fixações externas (pinos) e receberam o devido acompanhamento.

Governo nega reativação do Hospital Crescêncio Silveira em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 10 jul 2015

Tags:,

da Redação

hospital-crescencio-silveira

O deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) fez indicação ao Governo do Estado solicitando a reativação do Hospital Crescêncio Silveira em Vitória da Conquista. O secretário Fábio Vilas-Boas (Saúde) ao negar apresentou absurda justificativa que a cidade não necessita de mais leitos hospitalares. A correspondência oficial foi encaminhada ao deputado pelo presidente da ALBA, deputado Marcelo Nilo.

Sobre a indicação do parlamentar conquistense respondeu o secretário: “temos a informar que o Centro Regional de Referência Crescêncio Silveira, de esfera e gestão estadual, oferta ações ambulatoriais (diagnóstico por anatomia patológica e citopatologia, ultrassonografia e métodos diagnósticos por especialidades) para demanda referenciada juntamente com mais 11 Unidades hospitalares que prestam serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde, no Município de Vitória da Conquista”.

Segundo o secretário, “de acordo com a Portaria n} 1.101 de 12 de junho de 2002, que estabelece os parâmetros assistenciais no âmbito do SUS, a região de Saúde de Vitória da Conquista não apresenta déficit de leitos totais, o que não justificaria neste momento, de acordo parecer técnico da SAIS/DAE/COAH a adequação de estrutura física solicitada, o que não impossibilita a realização de estudos para viabilidade do pleito no futuro”. A justificativa evidencia que o secretário Fábio Vilas-Boas não conhece, ou faz de conta que não conhece a grave situação de carência de leitos hospitalares em Conquista.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza que para cada 1.000 habitantes são necessários de 3 a 5 leitos para um atendimento satisfatório. A cidade de Vitória da Conquista possui média apenas de 0,005 leitos para 1.000 habitantes. Os dados são do Ministério da Saúde o que denota a falta de compromisso do Estado com a 3ª maior cidade da Bahia.

Prefeito de Conquista não defende reativação do Crescêncio Silveira como hospital

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 14 jun 2015

Tags:, ,

da Redação

Hospital

Em reunião com o secretário Fábio Vilas-Boas, em Salvador, o prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes (PT), solicitou a cessão do imóvel de propriedade do Governo Estadual, onde funcionou o Hospital Crescêncio Silveira, para instalação por meio da Secretaria Municipal de Saúde, de ações de apoio às atividades de atendimento à criança, à mulher e à população idosa do município.

Em nota postada no site da prefeitura (www.pmvc.com.br), em nenhum momento foi dito que o Hospital Crescêncio Silveira será reativado. A gestão petista em Vitória da Conquista, em quase 20 anos, está sendo marcada por desativações de hospitais e serviços. Além da desativação do Hospital Crescêncio Silveira, a Cupe – Clínica de Urgência Pediátrica, que atendia a 1.000 crianças por mês foi descredenciada do SUS. O Hospital Esaú Matos foi privatizado, e a ala de obstetrícia do Hospital de Base também foi desativada.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza que para cada 1.000 habitantes são necessários de 3 a 5 leitos para um atendimento satisfatório. A cidade de Vitória da Conquista possui média apenas de 0,005 leitos para 1.000 habitantes. A Bahia possui média de 2,15 leitos.

Após Herzem, agora foi a vez do prefeito solicitar reativação do Hospital Crescêncio Silveira

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 jun 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

hospital-crescencio-silveira

Nessa quinta-feira (11), em uma reunião com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, o prefeito Guilherme Menezes solicitou a utilização do Hospital Geral Crescêncio Silveira para atendimento à criança, à mulher e idosos. O pedido vem logo após o Deputado Herzem Gusmão (PMDB) anunciar que sua indicação para reforma e reativação do mesmo hospital está na mesa do governador Rui Costa.

A ideia apresentada pela Prefeitura Municipal esta semana é que o imóvel de propriedade do Governo Estadual, onde funcionou o Hospital Geral Crescêncio Silveira, seja cedido para instalação, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, de ações de apoio às atividades de atendimento à criança, à mulher e à população idosa do município. Além disso, o governo municipal solicitou um espaço no Hospital Regional Afrânio Peixoto, para instalar provisoriamente o Centro Municipal Especializado em Reabilitação Física e Auditiva (Cemerf). Este último funcionaria durante o período em que o imóvel passará por uma reforma e ampliação.

Segundo a assessoria do deputado Herzem, o chefe de gabinete do governador informou que a solicitação apresentada pelo parlamentar foi encaminhada à Secretaria da Saúde. Em sua indicação, o deputado argumentou que a rede hospitalar de Vitória da Conquista possui cerca de 2.000 leitos, número insuficiente para atender a demanda regional. “Com a privatização do Hospital Esaú Matos, a terceira maior cidade da Bahia só possui uma unidade pública [Hospital de Base]. O Hospital Crescêncio Silveira foi desativado e a Clínica de Urgência Pediátrica (Cupe), descredenciada. Fiz o pedido de indicação porque o Hospital Crescêncio Silveira é muito importante para a região Sudoeste”, disse Herzem.

Já o secretário Fábio Vilas-Boas afirmou que irá “fazer a cessão de parte do Hospital Afrânio para acomodar o Centro de Reabilitação, bem como com a cessão do Crescêncio Silveira, no prazo mais curto possível”.

Governador recebe indicação do deputado Herzem para reativar hospital

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 09 jun 2015

Tags:, , , ,

Assessoria Parlamentar

unnamed (5)

Já está na mesa do governador Rui Costa o pedido de indicação feito pelo deputado Herzem Gusmão (PMDB) para reforma e reativação do Hospital Crescêncio Silveira, em Vitória da Conquista. No despacho encaminhado ao presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, o chefe de gabinete do governador, Cícero Monteiro, informa que a solicitação apresentada por Herzem foi encaminhada à Secretaria da Saúde. “Oportunamente, serão remetidas informações quanto aos desdobramentos da demanda em questão”, escreveu Cícero Monteiro.

Segundo o deputado, a rede hospitalar de Vitória da Conquista possui cerca de 2.000 leitos, número insuficiente para atender a demanda regional. “Com a privatização do Hospital Esaú Matos, a terceira maior cidade da Bahia só possui uma unidade pública [Hospital de Base]. O Hospital Crescêncio Silveira foi desativado e a Clínica de Urgência Pediátrica (Cupe), descredenciada. Fiz o pedido de indicação porque o Hospital Crescêncio Silveira é muito importante para a região Sudoeste”, disse Herzem.