Hospital Esaú Matos inicia reforma das enfermarias da Obstetrícia e Pediatria

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 06 jul 2018

Tags:,

da Redação
Fonte: Secom (Reprodução)

Obras seguem em ritmo acelerado

As obras de melhoria na estrutura física do Hospital Municipal Esaú Matos seguem em ritmo acelerado. Após entregar o novo Centro Obstétrico na última semana, a Fundação Pública de Saúde (FSVC) que administra o hospital deu início, nesta terça-feira (26), à obra de reforma e reestruturação das enfermarias da Obstetrícia e Pediatria.

“Mudaremos a disposição, o revestimento e a exaustão dos banheiros, além do revestimento e pintura das paredes. Vamos também renovar o mobiliário”, explicou o diretor-geral da FSVC, Felipe Bittencourt. A obra, ressalta o diretor, conta com investimentos próprios, doações da comunidade e mão de obra da Fundação.

O Esaú Matos é referência em toda a Bahia em atendimento obstétrico e pediátrico. Em 2017, foram realizados 5.927 internamentos na Obstetrícia e 785 na Pediatria.

“Esperamos, com essa obra, que estas mulheres e crianças possam ser alocadas em ambientes adequados e confortáveis durante suas estadias no hospital. Melhorar a infraestrutura é uma das formas de cuidar e assistir nossa comunidade, gerando ainda mais humanização nos processos”, enfatizou Felipe.

Além desta obra, a Fundação também deve executar a ampliação e reforma de todo o centro cirúrgico a partir de uma emenda destinada pelo deputado federal Arthur Maia.

Novo Centro Obstétrico foi entregue na última semana; obra agradou tanto pacientes quanto funcionários

Melhorias constantes – Desde 2017, a Fundação criou a sala de estabilização e o berçário para pré-alta, com dez leitos; fez reparos no telhado do hospital; readequou a sala de espera do setor de obstetrícia e o centro cirúrgico; e deu nova ambientação ao Pronto Atendimento Pediátrico.

Além disso, foi criado um setor de Pesquisa e Extensão e o Laboratório Central do Município teve a recepção reestruturada, com a construção de paredes e abertura de janelas para acolher os usuários que, antes, aguardavam atendimento em local inadequado.

A recepção da Obstetrícia foi um dos locais beneficiados no pacote de obras de melhorias no Esaú

Novo Centro Obstétrico do Hospital Esaú Matos é inaugurado

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 20 jun 2018

Tags:,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão

Na manhã desta quarta-feira (20), pacientes puderam conhecer o Centro Obstétrico do Hospital Esaú Matos após reforma e ampliação. As obras do equipamento permitiram de quatro novos leitos individuais – de cinco foram para nove – e mais dois banheiros, dois novos consultórios, trazendo um ambiente adequado para o parto humanizado,

“Buscamos a humanização dos processos e do ambiente e, baseado nessa jornada diária, nos orgulhamos em entregar, à nossa comunidade, o novo Centro Obstétrico do Hospital Esaú Matos”, destacou  diretor-geral da Fundação Pública de Saúde, Felipe Bittencourt.

Conforme a direção do Hospital, as obras foram executadas com investimentos do próprio município.

Esaú Matos realiza show beneficente para estimular arrecadação de potes para doação de leite humano

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2018

Tags:,

Da Redação

Fonte: Secom/ PMVC

As formas para contribuir na causa da doação de leite humano são diversas. Uma delas é a doação de potes de vidro com tampa plástica rosqueável, como os de café solúvel. Para estimular a arrecadação desses potes é que o Banco de Leite Humano do Hospital Esaú Matos promove na próxima segunda (28), às 19h30, um show beneficente, no Teatro Carlos Jehovah.

No palco, apresentam-se o Projeto Mucunã (formado pela cantora Iara Assessú, Geslaney Brito, Andreia Sanches, David Prates e Érica Daniela) e a cantora Lys Alexandrina. Ambas as artistas, Iara e Lys, têm uma história especial com o Banco de Leite: mães de João e Rosa, respectivamente, elas foram doadoras de leite materno.

O ingresso para o show será um pote de vidro, com tampa plástica rosqueável. Doando esses potes para o Banco de Leite mais mães poderão se tornar doadoras e mais leite poderá ser coletado. É uma maneira sustentável de ajudar os bebês e o meio ambiente.

O show integra a programação do I Seminário do Dia Mundial de Doação de Leite Humano realizado pelo Esaú Matos, nos dias 28 e 29 de maio. O Teatro Carlos Jehovah está localizado na Praça da Bandeira, s/n.

Saúde: Hospital Esaú Matos contará com nova sala de pré-parto

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 01 mar 2018

Tags:, ,


Da Redação

A Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC), irá  realiza obras de melhoria na estrutura física do hospital. O setor de obstetrícia, que já teve sua sala de espera readequada, agora, terá a área de pré-parto reformada e ampliada. Serão quatro novos leitos, totalizando nove, totalmente adequados às normas do Ministério da Saúde para o parto humanizado.

Segundo o diretor-geral da Fundação, Felipe Bittencourt Com o novo pré-parto, o hospital irá  diminuir o tempo de espera e melhorar o fluxo de pacientes na unidade. “O objetivo da Fundação é realizar obras e reformas que atendam às necessidades da comunidade. Nosso foco é a melhora da assistência e do conforto aos pacientes, além é claro, de proporcionar melhores condições de trabalho ao nosso corpo técnico”. Afirmou o  diretor.

Fundação de Saúde investe na atenção ao parto do Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 28 jan 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura (Conteúdo)

Laila, Carlos e Charlotte

Charlotte e Aurora nasceram há apenas dois meses e seus pais, mesmo sendo de primeira viagem, já têm muitas experiências para compartilhar. Entre os dois casais, um elemento em comum: o consenso pelo parto natural.

Laila Vieira e Carlos Cesar Franco, pais de Charlotte, estudaram com afinco sobre o parto natural até decidirem optar pela experiência. Carlos, que é publicitário, foi quem incentivou a companheira a se interessar pelo assunto. “Quando soube que ela estava grávida, busquei livros, matérias e artigos sobre os benefícios do parto natural e a convenci a ler. Primeiro, ela ficou um pouco relutante. Depois, à medida em que lia, foi mudando de ideia”. Entre diversos benefícios, o parto natural diminui o risco de infecções (já que não se trata de uma cirurgia) e acelera a recuperação física da mãe, o que aumenta a sua autonomia pós-parto para cuidar do bebê. …Leia na íntegra

Hospital Esaú Matos adquire ambulância com recursos próprios

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 22 dez 2017

Tags:,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura

Hospital também recebeu doação de kits maternidade

A Fundação de Saúde de Vitória da Conquista adquiriu, com recursos próprios, uma ambulância para atender ainda melhor os pacientes do Hospital Esaú Matos.

A ambulância custou cerca de R$ 72 mil. “Sonhávamos com esta ambulância há muito tempo. Ela serve principalmente para o deslocamento de mães e crianças para outros hospitais e para atendimentos externos. É essencial para a segurança dos pacientes e dos profissionais”, declarou o diretor-geral da Fundação, Felipe Bittencourt.

Segundo Felipe, este foi um ano difícil, mas a Fundação contou com total apoio da Prefeitura. “Tivemos apoio muito grande do prefeito e reestruturamos as finanças. Depois de tantas vitórias, selamos 2017 com esta cereja do bolo que certamente nos ajudará bastante em 2018”.

Para o gerente de Transportes, Divaldo Alves de Melo, também conhecido como Tim, é uma grande alegria contar com esse novo equipamento: “Tenho orgulho de contribuir para que a população tenha um bom atendimento, ainda mais com a chegada da unidade que tanto necessitávamos”. Tim é servidor municipal há 40 anos, com quatro anos de trabalho contínuo na fundação.

Kits Maternidade – Logo depois da entrega da ambulância, mulheres do Clube das Pétalas da Loja Maçônica União e Liberdade trouxeram 12 kits maternidade para oferecer às mamães que tem seus bebês no Esaú Matos. Mensalmente, o grupo realiza a doação de banheiras e roupinhas para bebês.

Segundo a presidente do Clube, Zezé Aguiar, o grupo formado por 45 mulheres elaborou o projeto Cegonhas. O kit tem os itens necessários para a saída do bebê da maternidade. “A finalidade é fazer com que essas mães que vieram ter o neném aqui se sentissem um pouco acolhidas. Para nós é muito importante e tenho certeza que também para a instituição”, disse a voluntária social.

E o Hospital Esaú Matos reconhece o valor dessas parcerias, como comentou o diretor-geral da Fundação: “Estamos sempre em busca de novas parcerias. As Pétalas fazem um trabalho mensal importantíssimo de trazer o enxoval para mães que necessitam de material básico”.

A Assistência Social, através de uma triagem, identifica as parturientes que necessitam do kit.

Hospital Esaú Matos propõe roda de conversa sobre prematuridade

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 nov 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura (Conteúdo)

A força e a fé foram aliadas de Erleide Maria durante a gestação. Ela teve um filho prematuro que nasceu de seis meses por conta de pré-eclâmpsia, uma pressão alta que pode atingir a mãe durante a gravidez: ‘’Minha pressão estava 18 por 12, tive que fazer uma cesariana de emergência. Meu filho é um milagre, os médicos diziam que tanto eu quanto ele poderíamos morrer’’

Essa e outras experiências foram relatadas na Roda de Conversa sobre Prematuridade, que aconteceu nessa sexta-feira, no Hospital Esaú Matos, em virtude do Dia Mundial da Prematuridade, comemorado em 17 de novembro. Cerca de trinta mães e pais puderam acompanhar o bate-papo, que foi marcado por emoções e histórias de superação de uma maternidade que é marcada por ansiedade e incertezas sobre o nascimento do filho: ‘’ Decidimos fazer um momento onde as mães pudessem falar das suas experiências, dificuldades, conquistas, do que é ser mãe de um prematuro’’, explica a psicóloga Luciana Luz.

A ideia de organizar esse encontro partiu da coordenadora médica Carla Fraga Cunha, que percebeu a importância de ouvir as necessidades das mães e adequá-las a equipe médica ‘’As mães não esperavam conviver dentro de uma UTI, não programaram um parto prematuro, então elas ficam assustadas inicialmente com uma nova realidade, tinham um sonho, e a realidade foi diferente. Então, a equipe médica tendo esse contato, ela fica mais sensível a necessidades das famílias. Com isso nós vamos ajustando a nossa linguagem, o nosso comportamento, para dar mais conforto, mais consolo e mais esperança para os familiares. ’’

No último ano, o Hospital Esaú Matos se tornou hospital maternidade referência para gestações de alto risco. A unidade acolheu prematuros de idade gestacional de 26 semanas (antes, eles só conseguiam salvar bebês que tinham idade gestacional de 28 semanas):  “Temos uma média de 35 a 40 admissões de recém-nascidos por mês, sendo que 80% são prematuros. Recebemos prematuridade extremo. Isso representa um desafio para a equipe médica que vem se aprimorando com novas tecnologias para garantir uma maior sobrevivência dessa população’’ destacou Carla.

O hospital Esaú Matos promove toda quinta-feira, uma reunião com os pais, oferecendo uma equipe de psicologia, enfermagem, além de médicos que abordam cuidados e assistência ao recém-nascido.

Governo Municipal conhece novas instalações do Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 02 set 2017

Tags:,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura (Conteúdo)

Garantir que qualquer pessoa seja bem atendida, do momento que chega até a hora de ir embora do Hospital Esaú Matos. Essa é a meta da Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista, responsável pela gestão do hospital. Por isso, com o objetivo de melhorar o acolhimento e garantir mais conforto aos pacientes, reformas recentes deram nova configuração às recepções do hospital.

Na manhã desta sexta, 1º de setembro, o prefeito Herzem Gusmão, acompanhado por secretários e coordenadores, visitou as novas dependências e ficou surpreso com a transformação. “Eu tive uma grata surpresa. Surpreso com a nova gestão, jovens de excelência, que têm compromisso. Saio daqui entusiasmado e vamos atrair parceiros para esta fundação”, declarou o prefeito.

A reforma deu uma cara nova à recepção da obstetrícia, por onde passam mais de 40 mães diariamente – o espaço foi ampliado, ganhou climatização, novos assentos e banheiros com acessibilidade. Na ala da pediatria, a recepção ganhou novas cadeiras, foi criado um espaço para as crianças, construído banheiro para acompanhantes e implantados oito novos leitos para berçário lactente e estabilização neonatal. A recepção do Laboratório Municipal também já começou a ser reformada, com a ampliação da sua área de espera.

“A nossa visão, enquanto gestão, é de mudança, de trazer acolhimento e humanização para esse serviço. Pegamos um hospital com alguns problemas estruturais e de procedimentos e estamos aos poucos tentando nos ajustar, para que possamos servir a todos os usuários da melhor forma. Queremos que esse primeiro ponto, de recepção, seja o tipo de pensamento que deve ser levado a todo hospital, essa estrutura tem que ser levada a todos os setores”, explicou o diretor-geral da Fundação, Felipe Bittencourt.

As melhorias beneficiam tanto as pessoas que recorrem ao Hospital em busca de atendimento quanto aos funcionários, que terão melhores condições para recepcionar e atender aos pacientes. “Quando eu cheguei aqui hoje, elogiei para o recepcionista. Está muito bonito! A gente chega aqui preocupada, mas ao encontrar um ambiente tão bem arrumado, a gente se sente melhor”, afirmou Rosilene Prates, grávida de nove meses, que estava aguardando para ser atendida.

Esaú Matos oferece Seminário de Boas Práticas na Atenção ao Parto e Nascimento

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 12 ago 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura/Conteúdo

Mais de 60 profissionais de saúde, que dão assistência direta ao parto no Hospital Municipal Esaú Matos e nas maternidades convidadas da Santa Casa, São Geraldo e Unimec, participaram nesta sexta-feira, 11, do Seminário de Boas Práticas na Atenção ao Parto e Nascimento.

O evento foi ministrado pelo diretor da Maternidade de Referência Prof. José Maria de Magalhães Neto, Dr. Amado Nizarala. “Fiquei muito impressionado pela quantidade de participantes. Realmente, mostra que é um tema interessante, que as pessoas estão ávidas por mudanças”.

Sob sua direção, a maternidade, localizada em Salvador, conseguiu, em pouco tempo, implementar medidas que diminuíram as mortalidades materna e neonatal e garantir  indicadores de melhoria na assistência materna. O obstetra falou dessa experiência: “Em três meses mudamos 180°, mas pra isso tivemos vontade, foco e pessoas que tinham vontade de fazer a mudança e aí se deu esse conjunto de boas intenções. Fizemos um protocolo de atendimento e acompanhamento e imediatamente implantamos e começamos a treinar. Vimos o nível de satisfação dos usuários e dos profissionais e que nós podíamos oferecer a nossas mulheres grávidas um parto mais humano”.

Segundo a diretora Técnica Operacional do Esaú, Thais Meyin Lin Dutra, o objetivo do curso é avançar na melhoria da assistência à mulher no período da gravidez, parto e pós-parto. “Nós acreditamos que a medicina baseada em evidências associadas à humanização é o caminho que queremos tomar e propomos esse seminário justamente para nortear essa melhoria à nossa proposta de assistência à mulher e ao recém-nascido”, completou.

Para a técnica em Enfermagem do Hospital Unimec, Maria Júlia de Carvalho Silva, o curso foi proveitoso: “Gostei muito, foi um aprendizado e desejo que esse palestrante venha mais vezes, pois muita coisa que a gente não sabia, aprendeu com ele que é um professor obstetra muito qualificado. Pra mim, foi muito proveitoso”.

Reparos emergenciais serão feitos na estrutura do Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 03 fev 2017

Tags:, ,

Da Redação

Os reparos no Hospital Esaú Matos já foram iniciados em caráter de emergência já na manhã dessa quinta-feira (2), após a visita do prefeito, Hérzem Gusmão e sua equipe de governo. A direção da unidade havia feito uma solicitação de reparos emergenciais junto a Secretaria de Infraestrutura do município.

Foram encontrados problemas na estrutura interna e externa do hospital. Aberturas no telhado que causava vazamentos durante as chuvas, infiltrações nas paredes, coberturas em situação inadequadas, além de morfo nas enfermarias e demais dependências do local.

Com  a previsão de chuva para os próximos dia em Vitória da Conquista, a equipe de obras já reforçou a cobertura nos pontos mais críticos. A Secretaria de Infraestrutura informou que uma reforma mais ampla será feita no prédio, envolvendo a parte estrutural, manutenção e melhoria das instalações do Esaú.

Mais de 900 atendimentos por mês são realizados pela Instituição entre os serviços de obstetrícia, pediatria e  UTI neonatal. Além de atender pacientes de 73 municípios da região.

Bebê internado no Hospital Esaú Matos aguarda há 20 dias por cirurgia de urgência

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 04 jan 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Foto: reprodução/ Tv Sudoeste

Yuri Levi Teles Primo, um bebê de apenas um mês de vida, sofre de uma doença cardíaca causada pela má formação congênita, conhecida como tetralogia de fallot. Ele está internado há 20 dias no Hospital Esaú Matos, em Vitória da Conquista, aguardando uma cirurgia que precisa ser feita urgentemente para corrigir o problema.

Yuri corre risco de morte caso não seja transferido para uma das unidades de saúde de Salvador, porque os hospitais de Vitória da Conquista não realizam os exames e a cirurgia que o pequeno garoto necessita.

A direção do Hospital Esaú Matos informou que diariamente são enviados relatórios do estado de saúde do bebê para central de regulação do Estado, além da solicitação para a transferência de hospital. A resposta é sempre de que não há vagas disponíveis.

O Ministério Público interveio na situação e no dia 21 de dezembro, o juiz Rodrigo Souza Brito, da comarca de Boquira, onde a família de Yuri vive hoje, expediu uma liminar judicial que determinava que a transferência do bebê fosse feita no prazo de até 12 horas, estabelecendo o pagamento de multa de R$ 10 mil em caso de descumprimento da decisão.

No entanto, a liminar não foi cumprida e a Justiça acolheu pedido do Ministério Público. O governador Rui Costa e o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas Boas, foram intimados pela Justiça de forma que possam garantir imediatamente a transferência do bebê. Caso a decisão não seja acatada novamente, eles deverão pagar multa pessoal de até R$ 60 mil e responder pelo caso criminalmente.

De acordo com nota divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), apenas os hospitais Ana Nery e Santa Isabel, em Salvador, podem acolher o tratamento que Yuri precisa, e que a transferência será realizada até a próxima sexta-feira (6).

 

Banco de Leite Humano do Hospital Esaú Matos recebe certificado de ouro pela quarta vez

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 dez 2016

Tags:, , ,

Da Redação

Foto: Reprodução/PMVC

O Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos recebeu, pela quarta vez consecutiva, do Ministério da Saúde e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) o certificado ouro do Programa Iberoamericano de Bancos de Leite Humano.

Outras cinco certificações foram entregues para unidades baianas, entre eles a Maternidade Climério de Oliveira; Banco de Leite do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana; Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher), também em Feira de Santana; e o Hospital Manoel Novaes.

Esse certificado é um reconhecimento da qualidade dos serviços prestados, no que diz respeito à qualidade da coleta, o armazenamento, pasteurização e distribuição, condições dos equipamentos, da equipe de profissionais capacitados no ano de 2016. Até o mês de novembro deste ano, foi feita a coleta de mais de 1.045 litros de leite, com o apoio de 882 mães doadoras, que ajudaram a alimentar 383 crianças.

As mães lactantes que tenham o interesse em colaborar com o Banco de Leite Humano, podem fazer doações de leite excedente. A comunidade conquistense também pode ajudar doando frascos de vidro com tampa de plástico para a unidade.

O Banco de Leite de Humano funciona dentro do Hospital Esaú Matos, situado na Avenida Macaúbas, nº 100, no Bairro Kadija. Para mais informações, entre em contato por meio do número (77) 3420-6237.

Prefeitura é responsável pelo péssimo desempenho do Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 27 maio 2016

Tags:, , ,

da Redação

SindisaudeO Hospital Esaú Matos, hoje entregue a uma Fundação, vive momentos de intensa crise comprometendo o atendimento médico-hospitalar, colocando em risco, o título de Hospital Amigo da Criança.

O prefeito Guilherme Menezes (PT) foi o responsável de ter tirado o hospital do município contrariando os apelos da OAB, sindicatos e de entidades médicas e sociais. Foi uma ação irresponsável da atual gestão que comanda os destinos de Vitória da Conquista.

A reportagem do BRG recebeu as seguintes informações do deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB), que merecem apuração do Ministério Público. Segundo o parlamentar ele recebeu informações sobre o péssimo desempenho daquela unidade hospitalar. Confira os problemas apontados na denúncia feita ao parlamentar:

A) Dívida com todos os fornecedores e cancelamento de todos os contratos de manutenção dos equipamentos;

B) Índice de mortalidade neo natal alarmante e super lotação, e mães com seus RNs em macas e corredores;

C) Altos Índices de cesarianas, chegando a 58%, sendo que o normal para o hospital com estas características são de 30%;

D) Redução drástica do número de partos, caindo de 420 partos há 15 meses, para 270 mês, na atualidade;

E) Suspensão de vários procedimentos ( Pequenas cirurgias, ultra sonografia, mamografia, colonoscopia endoscopia, e etc);

F) Implantaram a filosofia do Hospital de Base, não dão alta nos pacientes, para obstruir novos internamentos;

G) O selo de Hospital AMIGO DA CRIANÇA, sob ameaça, pelos altos Índices de cesariana e pelas condições precárias e super lotação;

H) Mães que perderam seus filhos instaladas ao lado de mães com seu RN, situação muito dolorosa, e que quebra princípios básicos de humanização;

I) Suspensão de cirurgias por falta de fios cirúrgicos e soro, ameaçando os programas de residência médica. Dos 03 programas que existiam, a anestesia foi finalizada pelo MEC por falta das condições mínimas. Os outros dois (obstetrícia e pediatria) já estão sob observação, para terem o mesmo fim.

A Fundação do Hospital Esaú Matos, há 01 ano, obteve o certificado de filantropia, obtendo isenção de impostos da ordem de mais de R$ 450 mil mês sobre o orçamento atual, que já é de mais de R$ 2,5 milhões a cada mês.

Banco de Leite do Esaú Matos coletou mais de mil litros em 2015 e é premiado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 16 fev 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

SC2_4155

O Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos foi o que mais coletou leite na Bahia em 2015. Foram 1.118,1 litros dos quais, após a pasteurização, foram distribuídos 911,4 litros, beneficiando 455 bebês internados na UTI Neonatal do hospital.

Este foi um dos fatores utilizados pelo Ministério da Saúde e Fundação Oswaldo Cruz para certificar o Banco de Leite local com o padrão Ouro do Programa Iberoamericano de Bancos de Leite Humano. “Este é um programa que avalia a qualidade da coleta, armazenamento, pasteurização e distribuição, dos equipamentos, da equipe e das capacitações dos profissionais que atuam no Banco de Leite”, explicou a coordenadora do serviço, Adriana Vasconcelos, destacando que esta foi a terceira vez que o Banco de Leite recebe a certificação.

Doação

Os interessados em cooperar com o Banco de Leite Humano podem doar frascos de vidro com tampa de plástico para o serviço. Já as mães que estão amamentando podem doar o leite excedente para a unidade.

O Banco de Leite Humano funciona no Hospital Municipal Esaú Matos, localizado na Av. Macaúbas, nº 100, bairro Kadija. Mais informações, pelo telefone (77) 3420-6237.

Conquista: médicos residentes paralisam atividades por valorização da categoria

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Esportes | Data: 10 dez 2015

Tags:, , , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

IMG_0046

Médicos residentes dos hospitais de Base e Esaú Matos, em Vitória da Conquista, paralisaram as atividades em adesão ao Movimento Nacional de Valorização da Residência Médica. O movimento foi iniciado no último dia 27 de agosto, durante o VI Fórum Nacional de Ensino Médico.

Segundo a Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR), o motivo principal da paralisação é melhorar o atendimento da população que utiliza o SUS (Sistema Único de Saúde), além da busca pela qualidade da formação médica e a valorização da residência no País.

Além disso, os médicos residentes pedem alteração da composição da Comissão Nacional de Residência Médica; plano de avaliação dos programas de residência; análise orçamentária das instituições e participação do governo federal para cobrir cortes; correção dos valores da bolsa, congelada desde 2013, e garantia de que, mesmo com a greve, os programas de residência não atrasem.

Trigêmeos de gestação natural nascem em Vitória da Conquista; fato é raro

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 29 set 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

SC2_3195foto: divulgação PMVC

Uma moradora de Rio de Contas, de 18 anos, deu a luz a trigêmeos no Hospital Esaú Matos, em Vitória da Conquista. O fato ocorreu no último domingo (27) e chama atenção pela raridade da ocorrência de uma gestação natural de trigêmeos.

Neucimar Nunes deu a luz às três crianças às 8h20, por meio de parto cesáreo. Foram necessários os trabalhos de duas obstetras para colocar Moisés, Jonathan e Sofia no mundo. O parto aconteceu após 35 anos semanas de gestação. “Descobri que estava grávida de trigêmeos aos três meses de gravidez. Tomei um susto, mas depois me acostumei com a ideia”, lembrou Neucimar.

A irmã de Jeferson Jonas de Jesus, pai das crianças, Daniela Santos, acompanhou a cunhada e falou da emoção da família com esse raro acontecimento. “Não temos conhecimento de nenhum nascimento de gêmeos em nossa família. Estes são os primeiros e, para nós, é uma grande novidade”, destacou Daniela.

Saudáveis, cada um dos três pesa pouco mais de 2 kg. Eles ficaram com a mãe no alojamento conjunto do hospital. “Estou muito feliz e agradecida a Deus”, ressaltou Neucimar. Estima-se que de cada 8 mil mulheres grávidas, apenas uma consegue engravidar de trigêmeos naturalmente.

Caos no Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 27 jul 2015

Tags:, ,

da Redação

Socorro-SAúde (1)Na semana passada, a nossa reportagem constatou que várias cirurgias eletivas foram suspensas no Hospital de Base por falta de compressas cirúrgicas. Na tarde desta segunda-feira (27), a redação recebeu informações fidedignas de que o Hospital Esaú Matos também vem apresentando baixa qualidade no atendimento. Antes de ser entregue à Fundação de Saúde, iniciativa da Prefeitura que foi contestada por entidades médicas, sindicatos e entidades sociais, pois o hospital era bem avaliado.

O Hospital Esaú Matos deixou de prestar vários serviços. As cirurgias estão sendo suspensas porque os pacientes não recebem alta no período habitual, além dos médicos prescreverem os pacientes muito tarde, adiando as altas, o que provoca a falta de leitos. Outro problema é a falta de materiais e equipamentos que estão sem contratos de manutenção e estão sempre quebrando, impossibilitando a realização de cirurgias. A queda de internamentos e o aumento significativo de mortes de recém nascidos são constatações preocupantes naquela unidade hospitalar.

Esaú Matos emite nota sobre morte de adolescente durante parto

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 01 jun 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

fundacao_esau_matosA Comissão de Saúde e Assistência Social da Câmara Municipal divulgou uma nota recebida do Hospital Esaú Matos sobre a morte de uma adolescente, de 16 de anos de idade, ocorrida em 16 de maio. Na nota, a Fundação de Saúde garante que a morte da jovem foi provocada por complicações no pós-parto.

De acordo com a nota, o trabalho de parto da adolescente durou 14 horas, quando pode chegar a 16 horas. Logo após o nascimento do bebê, “a paciente começou a apresentar sangramento e hipotonia uterina, que é uma complicação do pós-parto, que pode acontecer tanto no parto normal como no parto cesáreo. Essa complicação acontece porque o útero não consegue se contrair, fechando os vasos sanguíneos, que ficam abertos após a retirada da placenta”.

Ainda segundo a nota, “a paciente foi encaminhada ao centro cirúrgico, onde foi recebida pelo anestesista de plantão e toda a equipe médica presente, quando foi indicada a abertura do abdome para a tentativa de retirada do útero, já que essa não seria uma primeira opção numa paciente de 16 anos. Durante a cirurgia, a paciente continuava com sangramento, sendo necessária a realização de exames e transfusões sanguíneos de imediato”.

Logo após o fato, familiares da jovem e vereadores acusaram o hospital de negligência, por ter forçado o parto normal de uma criança pesando cerca de cinco quilos em uma paciente amputada. Um boletim de ocorrência foi aberto pela família.

Vereador Nelson de Vivi denuncia atendimento a parturiente no Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 21 maio 2015

Tags:, , ,


Assessoria

Nelson de Vivi BO vereador Nelson de Vivi, decepcionado com a falta atendimento devido, para uma menina especial, que morreu após o parto no Hospital Esaú Matos, em seu discurso na sessão da Câmara mostrou toda a sua indignação com a morte de Milena Silva, ocorrida no último sábado (16), na Unidade de Saúde.

O edil esclareceu que a jovem de 16 anos, anteriormente havia sofrido um acidente e amputado uma das pernas. Agora estava grávida do seu primeiro filho em que os exames apontavam que a criança tinha por volta de cinco quilos. Para o vereador passaram-se muitas horas para a criança nascer e que nessas condições deveria ser realizado o parto Cesária. “Estamos indignados com a fundação Esaú Matos, que não tem dado o atendimento adequado. A queixa tem sido quase geral. Milena Silva era  muita querida na comunidade. No momento do seu parto, com filho de um tamanho excepcional, ela não teve o atendimento especial que precisava”.

Nelson de Vivi disse que “A Fundação do Hospital Esaú Matos tem que abrir um processo administrativo, para verificar porque ela não teve o tratamento adequado. E completou:  A Fundação tem que prestar contas desse procedimento. A família, os parentes estão chorando a perda dessa jovem. Nosso pesar para a família e amigos e nosso pesar para a fundação por não ter dado o atendimento especial que o caso requeria. Aguardamos o resultado da apuração”.

Novos auditório e alojamento do Hospital Esaú Matos são entregues

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 14 maio 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_1701Foi entregue nessa quarta-feira (13) as instalações do auditório e do alojamento para residentes do Hospital Municipal Esaú Matos. As obras, iniciadas em maio do ano passado, custaram R$ 467 mil, proveniente do Ministério da Saúde e do Tesouro Municipal.

O novo auditório e alojamento beneficiará os usuários do hospital, os servidores e a comunidade acadêmica que utiliza o Esaú para atividades práticas dos cursos da área de saúde, a exemplo dos alunos residentes nas quatro especialidades do Programa Municipal de Residência Médica (Pediatria, Ginecologia/Obstetrícia, Anestesiologia e Psiquiatria).

O auditório compreende uma área construída superior a 188 m² e abrigará um espaço para 100 cadeiras, área de circulação, tablado, apoio técnico, sala de áudio, lavabo e dois sanitários. Já o alojamento, contará com uma área construída de 81,72 m², com dois pavimentos, divididos em duas áreas de convivência, duas áreas de serviços, dois quartos, dois sanitários e área de circulação.