Hospital Municipal Esaú Matos normaliza atendimento no Pronto Atendimento Pediátrico

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 10 jun 2019

Tags:, ,

Da Redação

Fonte: Secom/PMVC

O Hospital Municipal Esaú Matos informou por meio de nota, que o Pronto Atendimento (P.A) Pediátrico da unidade já está funcionando normalmente.

A suspensão na admissão de novos pacientes havia ocorrido, desde quinta-feira (6), como medida preventiva em razão da suspeita de meningite em uma paciente internada no P.A, cujo diagnóstico foi confirmado.

A paciente que, durante o período de internamento no Esaú, recebeu cuidados intensivos da equipe da unidade, foi transferida para a UTI do Hospital Geral de Vitória da Conquista no último sábado (8).

Agosto Dourado: a importância do aleitamento materno

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 31 jul 2018

Tags:, , ,

banner alfa park

Da Redação

Fonte:PMVC

Ao longo deste mês, em todo o país, são realizadas ações para discutir e incentivar que a alimentação nos primeiros anos de vida seja  exclusivamente com o leite materno. Em Vitória da Conquista, as atividades de conscientização sobre a amamentação serão realizadas pelo Banco de Leite do Hospital Municipal Esaú Matos.Com o tema “Amamentação é a base da vida”.

A programação será aberta no dia 3 de agosto, com uma ação informativa em um estande montado no Shopping Conquista Sul. Além de receber informações sobre o aleitamento materno no local, as mães poderão, até o dia 5, participar de oficinas e prestigiar a sessão fotográfica “Amor em Fotos”, feita com os bebês da UTI do Esaú Matos.

O “Agosto Dourado” ocorre com o apoio da Prefeitura Municipal, Corpo de Bombeiros, Proler Uesb, Serviço Social do Comércio (Sesc), Grupo de Apoio ao Parto Humanizado e à Maternidade Ativa – Cirandeiras, Semente Boa, Star Collor, Shopping Conquista Sul, Amor em Fotos, Foto Ar, Cabral & Sousa, Tia Sônia e Huumm Doces.

Confira toda a programação …Leia na íntegra

Conquista: Banco de Leite Humano faz campanha por doações

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 06 jul 2018

Tags:, ,


Da Redação

Foto: PMVC

Os benefícios  do leite materno são inúmeros e atendem as necessidades no desenvolvimento dos bebês, por isso as mães que estejam amamentando e que tenham excedente de leite e que queiram doá-lo para ajudar outras mamães, o Banco de Leite Humano está precisando de doações. É muito simples, basta procurar o Banco de Leite Humano no Hospital Municipal Esaú Matos ou ligar para (77) 3420-6237 e agendar uma visita da equipe.

A coordenadora do Banco de Leite,  Audrey Marins, explica como funciona o simples procedimento de coleta “A mãe liga, agenda um horário, nós fazemos a visita de cadastro e orientação, a mãe retira o leite, armazena no frasco fornecido pelo Banco de Leite, congela e nos informa para fazermos a coleta”.

“No mês de junho, tivemos a greve dos caminhoneiros, o que impactou muito a nossa coleta. Tivemos as festas juninas, as férias escolares e por isso muitas mães viajaram, o que gerou a diminuição do nosso estoque”, ressalta Audrey.

O leite doado ajudará muitos bebês a se desenvolver e crescer com mais saúde, entre nessa campanha.

Todo leite doado, depois de ser pasteurizado e passar por exames microbiológicos, é ofertado para os bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neonatal) do Esaú.

1° Seminário do Dia Mundial de Doação de Leite Humano acontecerá em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 04 jun 2018

Tags:, ,

Da Redação

Foto: Ascom/PMVC

Acontece em Vitória da Conquista, nos dias 17 e 18 de junho, o I Seminário do Dia Mundial de Doação de Leite Humano “Doe Leite, Doe Vida”. O evento será promovido pelo  Hospital Municipal Esaú Matos e será realizado no Teatro Carlos Jehovah.

O Seminário terá em sua programação oficinas, palestras e show beneficente, com o Grupo Mucunã e Lys Alexandrina, cujas inscrições já estão abertas.

As pessoas interessadas devem preencher o formulário de inscrição até o dia 17 e, no dia do evento, levar um pote de vidro com tampa rosqueável (tipo as de café solúvel) para efetivar a inscrição. O ingresso para o show beneficente também será um pote de vidro.

Os potes de vidro são usados para o armazenamento do leite materno que é coletado pelo Banco de Leite do Esaú. Em 2017, ele foi o campeão de captação de leite humano no Estado da Bahia, com um total de 1.179,9 litros de leite captados. Mais de 560 bebês foram beneficiados.

Mais informações sobre o seminário, entre em contato por meio do telefone (77) 3420-6237.

Confira a programação …Leia na íntegra

Hospital Municipal Esaú Matos é campeão em captação de leite da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 03 abr 2018

Tags:, , ,

 Da Redação
O Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos,segundo  informações da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (Rblh), em 2017 , foi o campeão de captação de leite humano no Estado da Bahia, com um total de 1.179,9 litros de leite captados. Esta quantidade superou a de 2016, quando foram captados 1.126,8 litros.
De acordo com o diretor geral da Fundação Pública de Saúde da cidade, Felipe Bittencourt, o banco de Leite  permite uma maior interação com a comunidade. Dois mil e dezessete foi um ano em que, além da doação de leite, aconteceu muita doação de frascos o que contribui muito neste processo, ressaltou o diretor.
O leite coletado é pasteurizado e disponibilizado para a dieta dos bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Esaú. Em 2017, foram 1.037 litros de leite distribuídos para 569 bebês.
Atendimento especial – Para que o serviço alcance suas metas de continuar ofertando leite materno para os bebês da UTI Neonatal, o atendimento oferecido às doadoras é fundamental. Maria Paula é doadora e explica como é fácil o processo para  coleta do leite  “O atendimento da equipe do Banco de Leite é perfeito, meu único ‘trabalho’ é tirar o leite e congelar; eles fazem o restante do trabalho todo, nem de casa eu saio. Estão prontos para atender a gente a qualquer hora”,  Maria Paula,  recebe a equipe de coleta do Banco duas vezes por semana.
Para mais informações sobre o Banco de Leite, entre em contato (77) 3420-6237.

Hospital Municipal Esaú Matos passa a realizar teste da linguinha

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 15 out 2015

Tags:,

Da Redação

teste da linguinhaOs pais dos bebês que nascerem no Hospital Municipal Esaú Matos, administrado pela Fundação de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC)  conta agora, além dos testes do pezinho e da orelhinha, o teste da linguinha.

O exame tem por objetivo detectar a existência de alguma alteração no chamado frênulo, membrana que liga a língua à parte inferior da boca e também é conhecida como “freio”. Uma alteração nessa membrana pode gerar a popular língua presa e também dificultar a amamentação dos recém-nascidos.

Durante o exame, o fonoaudiólogo avalia a sucção, a respiração e a deglutição da criança no momento da amamentação e também observa o frênulo. Com informações Secom/PMVC.

Mais um recém-nascido morre no Hospital Municipal Esaú Matos e prefeitura divulga nota

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 fev 2015

Tags:, ,

Da Redação

Esau-Matos.jpgPor meio de nota divulgada para a imprensa e Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista confirmou as informações que circularam pela cidade ontem a noite, de que mais um bebê recém-nascido havia morrido no Hospital de Saúde Esaú Matos, nesta quinta-feira (19). A nota informa que a criança teria nascido com problemas respiratórios e que precisava de uma vaga na Unidade de Tratamento Intensiva Neonatal, mas que não havia vaga disponível, no entanto uma foi montada uma estrutura de suporte para o recém-nascido no Centro Cirúrgico. Durante todo o tempo, ele foi acompanhado por neonatologista, equipe de enfermagem e fisioterapia.

Confira a nota na íntegra:

“A Fundação de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC) lamenta o óbito do recém-nascido Suene Viana de Andrade, nascido no último dia 18 de fevereiro de 2015 de parto natural instrumentado. A Fundação esclarece que, com apenas 4 horas de vida, ele apresentou desconforto respiratório, tendo sido prontamente atendido pela equipe de neonatologistas do Hospital Municipal Esaú Matos, com suporte de oxigênio e medicações. …Leia na íntegra

Nota Pública: “Gestão da Fundação Privada de Saúde ameaça a assistência às gestantes no Hospital Esaú Matos”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 fev 2015

Tags:, , ,

Sindimed, CREMEB e ABM

DSC00310Essa é a conclusão das Entidades Médicas sobre o atendimento às gestantes no Hospital Municipal Esaú Matos, após reunirem-se com representantes da equipe de obstetras do hospital, na noite dessa quarta-feira na Casa do Médico. A falta crônica em materiais e de condições de trabalho para os profissionais que lá atuavam com salários defasados e uma gestão interna autoritária, levou a solicitação de desligamento de vários profissionais de comprovada competência.

Fatos como os ocorridos recentemente confirmam as deficiências do atendimento, o que comprovam a falência da proposta da Prefeitura em entregar o Hospital a uma Fundação Privada. Uma unidade de saúde que contava com uma equipe de elevada capacidade e eficiência, e, por isso, ganhadora de vários prêmios, hoje, por conta de uma má gestão, convive com a crise que compromete a segurança na assistência à comunidade.

Um minucioso documento está sendo elaborado pelas Entidades Médicas a respeito da atual situação da maternidade e será encaminhado a representantes da sociedade civil e da justiça, buscando reverter está grave crise e garantir um atendimento adequado às gestantes e recém-nascidos.

Diante das dificuldades enfrentadas pelos médicos que ainda lá atuam, as Entidades vão entrar com uma medida judicial cabível, visando garantir a integridade dos profissionais e uma boa qualidade da assistência.

Entidades médicas querem investigação na aplicação dos recursos do Hospital Esaú Matos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 fev 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais e Mônica Cajaíba

DSC_0332Entidades médicas locais e estaduais vão pedir ao Ministério Público e Câmara de Vereadores que investiguem a aplicação dos recursos públicos direcionados para o Hospital Municipal Esaú Matos. A decisão de elaborar um documento apontando os problemas e soluções da unidade de saúde foi tomada na noite da última quarta-feira (11) durante uma reunião entre o Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed), Associação Baiana de Medicina (ABM), Conselho Regional de Medicina da Bahia (CREMEB) e Corpo Médico de obstetras do hospital.

De acordo com o presidente local do Sindmed, Dr. Luiz Almeida, o documento será apresentado para as instituições sociais e legais. “Entendemos que a fundação privada comprovadamente, como já dizíamos, está sendo um desastre para a atenção obstétrica. […] E pelo recurso que é transferido para o hospital, acreditamos que é necessário que a Câmara de Vereadores e o Ministério Público venham avaliar onde está sendo aplicados estes recursos.”, declarou Almeida, que também afirmou que a Fundação de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC) não consegue cumprir o papel que foi prometido durante sua criação, em 2011. “A Prefeitura tinha dito que iria conseguir [os recursos] de forma rápida, mais eficiente, quando transformasse em fundação privada. E essa fundação privada, hoje, se mostra sem recurso, deficiente, faltando médico. Um verdadeiro caos”.

Representante do sindicato dos médicos adiantou os problemas citados por seus colegas, que estarão no documento. Segundo ele as esquipes de atendimento hospitalar do Esaú Matos estão desfalcadas e, mesmo assim, todo o atendimento regional é destinado para aquela unidade. “A Prefeitura, junto com a Secretaria de Saúde do Estado, ainda desativa os leitos do Hospital de Base. Consequentemente, você vai ter uma sobrecarga para a unidade, que é de nível de especialização elevado e tem que contar com uma boa estrutura, com equipes completas, não pode viver um sistema de saturação como está vivendo. Isso leva o sucateamento da estrutura da entidade, leva ao estresse do corpo clínico e funcional, e, consequentemente, aumenta os riscos de eventos desagradáveis, como os que vêm acontecendo”.

Para finalizar, o presidente local do Sindimed comentou as denúncias que foram divulgadas na mídia local e nacional. “Acreditamos que esses fatos recentes são ainda a ponta do iceberg, do problema. Acreditamos, pela própria maneira como a Secretaria de Saúde está reagindo, querendo imputar aos médicos a responsabilidade de uma crise que, com certeza, é muito mais profunda – é uma crise de gerenciamento de recursos”.