Servidores de escolas que alcançaram meta do Ideb recebem 14º salário

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 23 jan 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão

Nesta quarta (23), o prefeito Herzem Gusmão cumpriu a promessa feita no início de sua gestão: pagar o 14º salário a servidores das escolas que
que alcançarem a média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

A bonificação é fruto do Prêmio Avançar com Mérito. Ao todo, 449 servidores de 19 escolas municipais, entre professores, merendeiras, porteiros e funcionários de serviços gerais, recebem o benefício.

A cerimônia de premiação aconteceu nesta manhã, reunindo servidores e autoridades públicas na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Na oportunidade, o prefeito fez a assinatura simbólica do Decreto, que regulamenta a concessão deste abono. O objetivo da iniciativa é reconhecer e valorizar o bom trabalho desempenhado pelas escolas ao longo do ano letivo e também motivá-las a buscar resultados cada vez melhores, contribuindo diretamente com a maior qualidade da educação municipal.

Em 2018, Vitória da Conquista aumentou a nota do Ideb nas séries iniciais, passando de 4,1 para 4,7.

Vitória da Conquista registra aumento na nota do IDEB na maioria das escolas da Rede Municipal de Ensino

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 05 set 2018

Tags:, , ,

banner alfa park

da Redação
Fonte: Secom/Prefeitura (Conteúdo)

Dados são das avaliações realizadas no final de 2017 com alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental

A Rede Municipal de Ensino de Vitória da Conquista tem sido beneficiada com investimentos do Governo Municipal, que tem a educação como uma das prioridades. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, prioriza a formação dos coordenadores e professores que trabalham na Rede, bem como a aquisição de livros específicos para o trabalho em sala de aula.

Como reflexo do fortalecimento dessa política educacional, o município acaba de registrar avanços positivos: Vitória da Conquista aumentou a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nas séries iniciais, passando de 4,1 para 4,7. “Essa é a prova de que estamos no caminho certo da educação. Investindo na qualificação dos professores e no estímulo dos nossos alunos. Estamos efetivando o Projeto Educar Pra Valer, inspirado no método pedagógico de Sobral, que tem o melhor IDEB do país, e a Prefeitura de Vitória da Conquista está empenhada em também se transformar numa referência quando se fala em educação básica. Desta forma, acredito que nas próximas avaliações superaremos a média do IDEB”, disse o prefeito Herzem Gusmão.

Segundo a secretária adjunta de Educação, Dilvane Chagas, também contribuíram para a elevação do índice, o acompanhamento das ações pedagógicas de cada escola, que é feito pelos coordenadores que nelas atuam, o acompanhamento do Núcleo Pedagógico às unidades escolares e a dedicação dos professores em sala de aula melhorando assim a qualidade de aprendizagem dos seus alunos. “Destaco também as escolas nucleadas, que graças ao empenho das coordenadoras e professores, todas as escolas avaliadas atingiram índices de avaliação superiores ao anterior. Nosso objetivo é trabalhar cada vez mais para atingirmos as aprendizagens necessárias para que os nossos alunos possam avançar em outras modalidades de ensino”, completa.

Algumas unidades como o Centro Municipal de Educação Paulo Freire, Escola Municipal Anísio Teixeira, Escola Municipal Batista Tia Zefa, Escola Municipal Euclides da Cunha, Escola Municipal Guimarães Passos, Escola Municipal Irmã Barbosa, Escola Municipal José Rodrigues do Prado, Escola Municipal Josias Casais França, Escola Municipal Mãe Vitória de Petu, Escola Municipal Péricles Gusmão Régis, Escola Municipal Iza Medeiros, Escola Municipal Profª. Maria da Conceição Meira Bastos, Escola Municipal Rainha da paz, Escola Municipal Profª. Ridalva Correa Melo Figueiredo, Escola Municipal São Cristóvão, Escola Municipal Zica Pedral e Escola Municipal Zulema Cotrim obtiveram notas superiores a 5,0 pontos, com destaque para a Escola Municipal Mário Batista, que alcançou 6,2 pontos.


Com estes resultados, Vitória da Conquista apresenta mais um salto de qualidade na educação, sem perder de vista a sua principal meta, que é garantir o acesso a 100% de crianças e adolescentes em idade escolar. O município possui uma das maiores redes de ensino fundamental do estado da Bahia, com 46 escolas na zona urbana e 110 no campo, além de 30 centros municipais de Educação Infantil (creches).

Confira a lista completa das escolas públicas municipais que atingiram a meta projetada pelo Ministério da Educação: Centro Educacional Paulo Freire, Centro Educacional Eurípedes Peri Rosa, Centro Educacional Moisés Meira, Escola Municipal Afonso Hoffman, Escola Municipal Anísio Teixeira, Escola Municipal Baixa da Fartura, Escola Municipal Bem Querer, Escola Municipal Euclides da Cunha, Escola Municipal Fazenda Queimadas, Escola Municipal Félix Pacheco, Escola Municipal Francisco Antônio Vasconcelos, Escola Municipal Guimarães Passos, Escola Municipal Irmã Barbosa, Escola Municipal John Kennedy, Escola Municipal José Rodrigues do Prado, Escola Municipal Juiz Dr. Antônio Hélder Thomaz, Escola Municipal Juiz Dr. Gildásio Pereira Castro, Escola Municipal Mãe Vitória de Petu, Escola Municipal Mário Batista, Escola Municipal Miguel Cândido Gonçalves, Escola Municipal Paulo Setubal, Escola Municipal Péricles Régis Gusmão, Escola Municipal Profª. Fidelcina Carvalho Santos, Escola Municipal Prof. Josias Casais França, Escola Municipal Profª. Iza Medeiros, Escola Municipal Profª. Ridalva Correa de Melo Figueiredo, Escola Municipal Virgílio Ferraz de Oliveira e Escola Municipal Zica Pedral.

 

Um grande exemplo de Sobral (CE)

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 04 set 2018

Tags:, ,

Banner marcelo santana

da Redação

A Prefeitura de Vitória da Conquista, dentre 5.570 municípios do Brasil, foi escolhida entre as 5 cidades do País para implantar o modelo de Sobral (CE), que se destaca com o melhor Ideb do Brasil.

a Smed – Secretaria de Educação já comemora o crescimento. Por apenas dois décimos a cidade de Conquista não alcançou a meta mínima do Ideb do ano de 2017.

A quem atesta que se não fosse a greve do ano passado, a média teria sido alcançada. Conquista com a metodologia de Sobral está no caminho certo, e com gestão, em mais algum tempo, a nossa média será elevada.

Sobral iniciou o trabalho há 21 anos. Conquista ficou 20 anos sem conseguir bater metas satisfatórias. O Ideb nunca foi alcançando nas gestões passadas.

Prefeitura institui 14º salário para profissionais da Educação

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 31 mar 2017

Tags:, ,

Da Redação

A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Educação, instituiu o Prêmio Avançar com Mérito. A iniciativa consiste na valorização e premiação das experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas. De acordo com o projeto, o município vai garantir o pagamento do 14º salário a todos os  profissionais das escolas que alcançarem a meta do Índice de Desempenho da Educação Básica (Ideb). Se o município bater a meta, todos os profissionais que atuam na Educação do município serão contemplados.

A iniciativa tinha sido anunciada pelo prefeito Herzem Gusmão e pelo secretário de Educação, Marcelo Melo,  na Jornada Pedagógica ano 2017. O objetivo principal do projeto é alcançar melhores resultados na aprendizagem, que reflitam no desempenho dos alunos da Rede Municipal de Ensino na avaliação do Ideb.

Além dos profissionais da educação, o projeto também vai premiar  os melhores alunos  de cada unidade escolar –  que alcançarem a meta (IDEB)-  pelo desempenho no ano letivo.  O 1º lugar receberá um smartphone; o 2º lugar uma bicicleta; e o 3º lugar ganhará um tablete.

Prefeitura avalia pagar 14º salário para professores e servidores de escolas que alcançarem meta do Ideb

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 02 fev 2017

Tags:, , ,

da Redação

Foto: Ascom / Prefeitura

????????????????????????????????????

secretário de Educação, Marcelo Melo, fez um importante anuncio para os professores por ocasião da solenidade de abertura da Jornada Pedagógica realizada na manhã desta 4ª feira (01/02):  “A Prefeitura de Vitória da Conquista se compromete a  pagar o 14º  salário aos educadores da rede municipal de ensino que alcançarem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) desse ano”. Trata-se de um projeto que busca a valorização do profissional que atua na rede Municipal de Ensino.

“Nossa meta é valorizar todos profissionais da educação. Eu falo com segurança, o melhor tratamento dos últimos 30 anos que todos os servidores da educação já receberam será na nossa gestão. Eu tenho essa consciência que, para melhorar a qualidade da escola, nós precisamos valorizar os nossos profissionais”, acrescentou o prefeito Herzem Gusmão. Ainda sobre o 14º salárío o prefeito solicitou que fosse incluído além de professores e servidores, também os porteiros de cada escola.

A Jornada Pedagógica segue até amanhã (3), com a realização de  discussões acerca dos projetos didáticos a serem implementados em cada escola, entre outros temas.

Servidores da rede municipal de ensino receberão 14º salário, medida foi anunciada durante Jornada Pedagógica

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 01 fev 2017

Tags:, , ,

Da Redação
Fotos: Rafael Gusmão

A medida foi anunciada nesta quarta-feira (1) durante a abertura da Jornada Pedagógica 2017, no Centro de Convenções Divaldo Franco. O prefeito afirmou que professores e monitores da rede de ensino municipal receberão 14º salário, caso alcancem a meta de 4.9 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) para 2017. Além disso, as unidades de ensino que obtiverem os melhores resultados, referente as metas propostas, serão premiadas.

Em 2015, o Ideb não atingiu a meta de 4.6 para o município, mas a qualidade do ensino na rede pública cresceu, alcançando a nota de 4.1. A meta nacional é 6.0.

A Jornada Pedagógica 2017, que esse ano tem como tema “Ensinar e Aprender: do conhecimento coletivo ao êxito individual”, teve início hoje com a palestra de abertura ministrada pelo ex-secretário da Educação das escolas municipais de Salvador, Guilherme Bellintani, que conseguiu melhorar o desempenho do alunado nos exames do Ideb nas escolas públicas da capital. A Jornada segue com a sua programação até a próxima sexta-feira (3).

 

A calamidade histórica da Educação de Base

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 02 out 2016

Tags:, , ,

Por Cristovam Buarque 

cristovam-buarqueInundações, terremotos, deslizamentos, filas de desempregados são calamidades visíveis que assustam, mas, felizmente, duram pouco tempo. Mas há calamidades invisíveis cujos efeitos só são percebidos quando já não há mais tempo para corrigi-las: são calamidades históricas.

Recentemente, foi divulgado o estado de nossa educação de base no ano de 2015, conforme avaliada pelo Índice de Desenvolvimento da Educação de Base (Ideb). A catástrofe não é visível de imediato, mas indica uma tragédia anunciada e duradoura por décadas. A falência do sistema educacional impede de preparar nossas crianças para que elas enfrentem o próprio futuro e para que participem da construção do futuro do país. Há décadas pode-se perceber as consequências desse descaso. Mas, ao não ser visível, não tem sensibilizado o Brasil a dar o necessário cuidado à educação de base.

Os resultados do Ideb mostram estagnação do ensino fundamental em baixíssimas notas – 5,5 e 4,5 – em seus dois níveis e mostram o retrocesso do ensino médio, em pleno século XXI, com a vergonhosa nota 3,7. Por essas notas, o Brasil foi reprovado em 2015. Essa média é ainda mais assustadora se levarmos em conta que metade das crianças brasileiras ficam fora da avaliação por ter abandonado a escola antes do ensino médio – com a nota desse grupo, o Ideb seria muito menor. O Ideb também não reflete plenamente a gravidade de nosso problema educacional, se lembramos que ele não indica a brutal desigualdade na educação de nossas crianças conforme a renda das famílias nem mostra que outros países estão ultrapassando o Brasil, oferecendo melhor educação a suas crianças.

Essa calamidade deveria ser tão visível quanto a seca no Nordeste, a avalanche em Mariana, as filas de desempregados e a falência financeira do Estado brasileiro. Mas nossos governos têm sido cegos para percebê-la. Por isso, nossos presidentes não manifestaram até hoje horror diante dessa tragédia, não declararam calamidade histórica, não indicaram o que deve ser feito para o Brasil enfrentar a maior e mais duradoura de nossas crises.

Bastaria uma política decidida para, ao longo de alguns anos, substituirmos as deficientes escolas estaduais e municipais por escolas federais, cujos Idebs estão se aproximando da nota 7. Esse enfrentamento permitiria superar a crise social e econômica que assola o país.

O abandono da educação, que o Ideb 2015 indica, é uma das causas da crise econômica, que provém sobretudo da baixa produtividade e da irrisória capacidade de inovação; a violência, a corrupção, o populismo, a irresponsabilidade fiscal têm como uma das causas a deseducação geral.

Talvez esta seja a maior de nossas calamidades, que o Ideb tem mostrado ao longo dos últimos anos: os governos descomprometidos com a educação e, por omissão, condenando o futuro de nosso país. Pior é, no lugar de despertarmos, usando o Ideb para corrigir essa calamidade histórica, algum governo tomar a iniciativa de parar de estimar o Ideb, como um médico curando a febre ao quebrar o termômetro.

 

Cristovam Buarque é senador pelo PPS-DF.

Meritocracia e cooperação: a receita do sucesso do Ceará

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 19 set 2016

Tags:, ,

Por Maria Clara Vieira (Veja,com)

Após uma década de investimentos maciços em educação, estado alcança metas do Ideb em todos os municípios

escrever

Na contramão do país, Ceará bate metas do Ideb para o Ensino Básico (Jonne Roriz/VEJA)

Na contramão da maioria dos estados brasileiros, que mostraram péssimos resultados na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgada esta semana, o Ceará bateu todas as metas propostas há dois anos. Nos seus 185 municípios, entre mais de 5 000 avaliados, as notas de português e matemática de todos os alunos do 1º ao 5º ano aumentaram, façanha espetacular em um país de educação tão debilitada.

A virada para o bom rendimento escolar começou em 2006, com a criação do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic). Graças a um acordo entre estado e prefeituras, a formação dos professores da rede pública se tornou responsabilidade do governo estadual, que também oferece assessoria técnica aos municípios com baixos indicadores de aprendizagem. O programa deu tão certo que, no ano passado, serviu de base para a elaboração de um projeto para o país todo, o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). …Leia na íntegra

Ministro apresenta Ideb e propõe urgência na votação do projeto de reforma do ensino médio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 09 set 2016

Tags:, , , ,

da Redação
Com informações e conteúdo da Assessoria de Comunicação Social

mendonca

O ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou que vai pedir urgência na tramitação do Projeto de Lei 6840/2013, que institui a jornada integral e altera o currículo do ensino médio. Este nível de ensino apresentou os resultados mais baixos do índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb), que o ministro apresentou em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira, 8. O estudo avalia os níveis fundamental inicial, fundamental final e médio. Apenas quatro estados cumpriram a meta do Ideb na rede estadual.

“Os resultados são uma catástrofe para nossa juventude”, afirmou o ministro. “A reforma no ensino médio é urgente.” Segundo o ministro, “já passou da hora de oferecermos uma solução adequada para a educação dos jovens”. Ele considera a mudança tão urgente que, se preciso, vai recorrer ao presidente Michel Temer. “Se porventura a apreciação do projeto não se dê ainda neste ano, vamos sugerir ao presidente Michel Temer que seja editada uma Medida Provisória. Não se pode ficar passivo aguardando o próximo ano”, disse o ministro.

Números – O Ideb é um indicador que relaciona o desempenho dos alunos com dados de fluxo escolar. O estudo é realizado a cada dois anos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e avalia alunos do ensino fundamental da rede pública e do ensino médio de escolas públicas e privadas. …Leia na íntegra

Ideb: Vitória da Conquista continua abaixo da meta

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação, Vit. da Conquista | Data: 09 set 2016

Tags:, ,

da Redação

ideb-bA cidade de Vitória da Conquista permanece abaixo da meta estabelecida pelo Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Na avaliação, foi observada que na posição geral no Estado da Bahia, a cidade de Conquista saiu do 212º posição para 109º.

O mais importante é bater a meta estabelecida pelo MEC – em alcançar a nota de 3,8. O fraco desempenho alcançado pela Secretaria de Educação da Prefeitura de Vitória da Conquista, com nota de apenas 3,6, merece atenção do prefeito Guilherme Menezes (PT) que continua em seu governo sem bater as metas estabelecidas.

A Educação Básica precisa de um urgente projeto pedagógico e o envolvimento de professores e país na restauração da qualidade de ensino na terceira maior cidade da Bahia. Em 20 anos de governo – o PT fracassou em Educação Fundamental em Vitória da Conquista.

MEC divulga Ideb; Bahia não alcança meta no ensino fundamental 2 e Ensino Médio

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 08 set 2016

Tags:, ,

Da Redação

volta-aulas-20142-claudionor-junior-ascomeducacao-4
Nesta quinta-feira (8), o Ministério da Educação (MEC) divulgou o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2015. Segundo os dados divulgados, a Bahia não alcançou a meta de qualidade em educação no ensino fundamental 2 e no ensino médio no último ano.

No ensino fundamental 2 (que compreende do sexto ao nono ano), levando em consideração as rede estadual, privada e pública (federal, estadual e municipal), a média de 2015 ficou em 3.7, enquanto a meta projetada era de 4.0. A meta não é cumprida desde o levantamento realizado em 2011.ou a meta de qualidade em educação no ensino fundamental 2 e no ensino médio.

O ensino médio, que desde o balanço de 2013 fica abaixo da média, obteve nota 3.1, enquanto a meta projetada era de 3.8. Somente o ensino fundamental 1 (do primeiro ao quinto ano) ficou acima da meta: 4.7 (a meta era 4.1). O resultado acima da meta se mantém desde o levantamento realizado em 2009.

Paulo Souto diz que pensa em ampliar Colégios Militares na Bahia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 25 set 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

paulo-herzemA corrente da oposição baiana que trabalha com a ideia de ampliar a rede de Colégios da Polícia Militar na Bahia ganhou mais um aliado: o candidato a deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB). Segundo os defensores da iniciativa, os números do último IDEB, onde os Colégios atingiram média de 4,6 (bem acima das metas da Bahia e do Brasil), demonstram que a experiência é exitosa.

Em sua visita a Vitória da Conquista, o postulante ao Palácio de Ondina conversou com o candidato a deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) e afirmou que está pensando em por o projeto, que transformaria os colégios Modelo Luis Eduardo Magalhães em colégios da Polícia Militar, para funcionar em um possível mandato. “Os Colégios Militares significaram um avanço muito grande. Infelizmente, teve gente que se opôs a isso. Nós vamos estudar se é o caso de ampliá-los, principalmente naquelas áreas de maior incidência de violência, pois a ideia do Colégio Militar é sempre bem-vinda, sendo um apoio para a população.”, comentou Souto. …Leia na íntegra

Ideb põe em alerta ensino de 779 municípios no País

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Educação | Data: 07 set 2014

Tags:

A Tarde

IDEBOs anos iniciais do ensino fundamental público em 779 municípios do País ficaram em “estado de alerta”, segundo os dados do Índice Brasileiro da Educação Básica (Ideb) 2013, divulgados anteontem pelo Ministério da Educação (MEC). Isso significa que, do 1.º ao 4.º ano, em nenhuma dessas cidades o Ideb avançou, bateu as metas ou atingiu o nível 6 – projeção feita pelo MEC para o Brasil em 2021, dentro de uma escala de zero a dez.

O total de cidades “reprovadas” corresponde a 14% do total de municípios do País. No caso da segunda fase do ensino fundamental, do 5.º ao 9.º ano, são 471 municípios na mesma situação de alerta – 8,5% das cidades brasileiras. Já para o ensino médio o ministério divulga somente as notas por Estados.

…Leia na íntegra

Ideb 2014: Colégio Militar de Vitória da Conquista alcança o primeiro lugar na cidade

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 06 set 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

CPMO Colégio da Polícia Militar (CPM) de Vitória da Conquista mais uma vez alcançou posição de destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IBED), segundo dados divulgados na última sexta-feira (5). O CPM conquistou o primeiro lugar na cidade, com uma média de 5,1.

A média do CPM é superior do que a médias nacional. Na mesma categoria que em foi avaliado o Colégio Militar (Anos Finais do Ensino Fundamento em escolas estaduais), a média do Brasil é 4,2.

Não é a primeira vez que o CPM de Conquista é apontado como o melhor índice do IDEB da cidade, entre os colégios da rede pública da Bahia. Em 2012, com nota 7,0, o ficou na 34ª colocação da Prova Brasil 2011 com nota 7,00. Já em nível de Região Nordeste ficou com a 8ª colocação e na Bahia com 2º lugar.

IDEB: Vitória da Conquista volta a ficar abaixo da meta do índice que avalia a educação

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 05 set 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

20140313_162712-300x224O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de Vitória da Conquista voltou a ficar abaixo da meta projetada pelo Ministério da Educação. Segundo os dados divulgado nesta sexta-feira (5), o município ficou com média de 3,9 em 2013 (entre a 4ª e o 5ª ano), enquanto que a meta era 4,3. O IDEB avalia e dá uma nota a condição do ensino público nos municípios brasileiros.

Considerando todo o país, a educação também não atingiu as metas previstas pelo Índice nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio. No ensino médio, de 2011 a 2013, a nota não cresceu e manteve-se em 3,7 pontos, não atingindo a meta que era 3,9. Na Bahia, o resultado é semelhante. No Estado, a redução foi vista no Ensino Médio, que caiu de 3,2 para 3,0. Já as médias do 5º ano e do 9º ano foram 3,4, um aumento de 0,1 ponto percentual em relação ao exame anterior.

Entre os municípios, o melhor desempenho foi visto no Ensino Fundamental 1. Neste nível, a cidade mais bem colocada foi Malhada das Pedras, no centro-sul baiano, com média 5,9. Licínio de Almeida, campeã do último Ideb, vem logo em seguida, com média 5,8. Ficaram bem posicionadas Novo Horizonte (5,7), Caculé (5,6) e Piatã (5,5), que está empatada com Mortugaba, Jacaraci e Cordeiros. No Ensino Fundamental 2, Jacaraci volta a aparecer na liderança, com média 5. Licínio de Almeida, Ibirapuã e Brumado vêm logo em seguida, com 4,9.

Prefeitura coloca Vitória da Conquista na Folha de São Paulo

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 21 out 2013

Tags:, , ,

da Redação

Na tentativa de esconder o péssimo desempenho das escolas municipais em Vitória da Conquista, a Prefeitura inventou o chip no uniforme escolar jogando fora mais de R$ 1 milhão. A atual administração, responsável pelo desastre na avaliação do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, continua patinando sem conseguir implantar um modelo que possa restaurar o ensino fundamental nas escolas do município. O professor não recebe a devida atenção, denúncias de transporte irregular e merenda escolar de baixa qualidade são marcas de um governo que não prioriza a Educação.

A Folha de São Paulo, um dos mais importantes  jornais do Brasil,  destacou recentemente uma matéria sobre a implantação do chip no fardamento escolar  que serviu apenas  para a Prefeitura investir muito dinheiro na propaganda enganosa. O Prefeito Guilherme Menezes (PT), carrega com a sua administração, além do pífio desempenho na Educação, índices vergonhosos na qualidade do SUS refletindo na baixa qualidade no atendimento hospitalar e nas Unidades de Saúde da Família. Confira a reportagem da Folha:
19/10/2013 – 04h00

Cidade baiana abandona projeto de colocar chip em uniforme escolar

Publicidade

MÁRIO BITTENCOURT
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, EM VITÓRIA DA CONQUISTA (BA)

Ouvir o texto

Uma solução tecnológica pioneira e milionária, que prometia acabar com a evasão escolar em Vitória da Conquista (BA), foi abandonada pela prefeitura.

O projeto de R$ 1,1 milhão que monitorava a chegada e saída de alunos nas escolas através de um chip no uniforme se resume, hoje, a um adereço na manga das camisetas, sem qualquer utilidade.

A ideia era que, quando os alunos passassem pelo portão da escola, os pais recebessem uma mensagem no celular. Um sensor na porta do colégio detectaria o aluno que estivesse usando o uniforme com o chip.

O projeto, contudo, patinou deste o início: pais receberam mensagens com horas de atraso ou até “alarmes falsos”, chips se descosturaram das camisetas e houve atrasos na entrega dos uniformes.

Divulgação – 21.mar.12/Prefeitura de Vitória da Conquista
Aluna com uniforme com chip em escola municipal de Vitória da Conquista (BA); cidade abandonou o projeto
Aluna com uniforme com chip em escola municipal de Vitória da Conquista (BA); cidade abandonou o projeto

EXPECTATIVA

Implantado de forma experimental em 2011, o projeto previa monitorar 17 mil alunos de 25 escolas municipais em 2012, num contrato entre a empresa DaCosta & Chiara e a gestão do prefeito Guilherme Menezes (PT), mas sequer começou a funcionar em alguns colégios. …Leia na íntegra

Dia de volta às aulas na rede municipal de ensino em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 18 fev 2013

Tags:, ,

Da Redação

volta-escolasHoje (18) foi dia de volta às aulas para 41 mil alunos da rede municipal de ensino em Vitória da Conquista. Mais de 2.400 professores também retornaram às salas de aula.

Em Vitória da Conquista são 203 unidades de ensino. O dia marca o retorno dos alunos da Educação Básica e do Ensino Fundamental, que começam as atividades tanto na zona urbana quanto na zona rural do município.

Segundo a Assessoria de Comunicação da prefeitura, os alunos retornam às salas de aula com melhorias. Algumas escolas passaram por reforma, com a substituição de telhados de zinco e amianto, criação de espaços de leitura, laboratórios de informática e refeitórios. O desafio da educação municipal fica por conta do investimento em qualidade de ensino, também medido pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), criado pelo Ministério da Educação. O Ideb é um indicador que pode variar entre 0 e 10. Consulte e sabia mais sobre o Ideb aqui.

Diferente de Conquista, índice do IDEB em Licínio de Almeida é destaque positivo no estado

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 06 set 2012

Tags:,

TV Aratu

Colégio que o governo estadual queria desativar é destaque no IDEB

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 30 ago 2012

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

No fim do ano passado uma notícia causou grande mobilização em Vitória da Conquista. O governo do estado, através da secretaria de educação, anunciou que o colégio Marcelo Rangel Pestana seria desativado. Com isso, políticos, imprensa, pais de alunos, estudantes e professores se mobilizaram e o governo acabou voltando atrás.

Apesar da Bahia ter obtido um pífio desempenho no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), o colégio Rangel Pestana mais uma vez se destacou, se tornando um dos cinco melhores colégios do Sudoeste baiano.

…Leia na íntegra

Colégio Militar de Conquista é destaque no IDEB e na Prova Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 22 ago 2012

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

O Ministério da Educação, através do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), divulgou na terça-feira (14), os resultados das escolas públicas estaduais e municipais que foram avaliadas pela Prova Brasil e pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) em 2011, e entre as 37.095 (trinta e sete mil e noventa e cinco) escolas avaliadas em todo o país, o Colégio Militar de Vitória da Conquista ficou na 34ª colocação da Prova Brasil 2011 com nota 7,00. Já em nível de Região Nordeste ficou com a 8ª colocação e na Bahia com 2º lugar. No IDEB 2011, obteve o melhor índice de desempenho com a nota 4,7, ficando em 1º lugar em Vitória da Conquista e superando a projeção para 2021 que é de 4,6.

Mais informações podem ser obtidas no site www.inep.gov.br .