História: 2 de Julho Independência da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 02 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Pesquisa: Ebah

A Independência da Bahia na história do 2 de Julho

A comemoração do dia 2 de Julho é uma celebração às tropas do Exército e da Marinha Brasileira que, através de muitas lutas, conseguiram a separação definitiva do Brasil do domínio de Portugal, em 1823. Neste dia as tropas brasileiras entraram na cidade de Salvador, que era ocupada pelo exército português, tomando a cidade de volta e consolidando a vitória.

Esta é uma data máxima para a Bahia e uma das mais importantes para a nação, já que, mesmo com a declaração de independente, em 1822, o Brasil ainda precisava se livrar das tropas portuguesas que persistiam em continuar em algumas províncias. Então, pela sua importância, principalmente para os baianos, todos os anos a Bahia celebra o 2 de Julho. Tropas militares relembram a entrada do Exército na cidade e uma série de homenagens são feitas aos combatentes.

Entre todas as comemorações, a do ano de 1849 teve um convidado muito especial. O marechal Pedro Labatut, que liderou a tropas brasileiras nas primeiras ofensivas ao Exército Português, participou do desfile, já bastante debilitado e sem recursos financeiros, mas com a felicidade de homenagear as tropas das quais fez parte.

Independência da Bahia …Leia na íntegra

História: 2 de Julho – Independência da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 02 jul 2017

Tags:, ,

da Redação com dados bibliográficos em anexo

O Dois de Julho

A comemoração do dia 2 de Julho é uma celebração às tropas do Exército e da Marinha Brasileira que, através de muitas lutas, conseguiram a separação definitiva do Brasil do domínio de Portugal, em 1823. Neste dia as tropas brasileiras entraram na cidade de Salvador, que era ocupada pelo exército português, tomando a cidade de volta e consolidando a vitória.

Esta é uma data máxima para a Bahia e uma das mais importantes para a nação, já que, mesmo com a declaração de independente, em 1822, o Brasil ainda precisava se livrar das tropas portuguesas que persistiam em continuar em algumas províncias. Então, pela sua importância, principalmente para os baianos, todos os anos a Bahia celebra o 2 de Julho. Tropas militares relembram a entrada do Exército na cidade e uma série de homenagens são feitas aos combatentes.

Entre todas as comemorações, a do ano de 1849 teve um convidado muito especial. O marechal Pedro Labatut, que liderou a tropas brasileiras nas primeiras ofensivas ao Exército Português, participou do desfile, já bastante debilitado e sem recursos financeiros, mas com a felicidade de homenagear as tropas das quais fez parte.

Independência da Bahia

No dia 7 de setembro de 1822, dom Pedro I proclamou a independência em uma viagem de volta de Santos para São Paulo. Esse dia é considerado a data da emancipação do Brasil como nação, o dia da Independência. Entretanto, durante algum tempo ocorreram lutas em diversos pontos do território brasileiro contra tropas portuguesas, que defendiam a continuidade da dominação de Portugal sobre o Brasil. Essas lutas pela consolidação da independência prolongaram-se do final de 1822 ao final de 1823. Além do Rio de Janeiro, estenderam-se pelas províncias da Bahia (até julho de 1823), Pará (outubro de 1823), Maranhão, Piauí, Ceará (agosto de 1823) e Cisplatina, pois nessas províncias o contingente das tropas portuguesas era grande.

A libertação de Salvador do domínio de tropas portuguesas foi longa e difícil. Na realidade, as lutas contra as forças portuguesas do brigadeiro Madeira de Melo, a mais alta autoridade militar da província, começaram a crescer desde 1820. Com a independência proclamada por dom Pedro, os conflitos aumentaram. …Leia na íntegra

Vitória da Conquista sedia 3º Festival de Fanfarras do Sudoeste da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura | Data: 29 jun 2017

Tags:, ,

Da Redação
Foto: Rafael Gusmão/arquivo BRG


Será realizado no próximo domingo (2), em Vitória da Conquista, a terceira edição do Festival de Fanfarras. o evento irá celebrar a Independência da Bahia.

Organizado pela Associação de Fanfarras do Sudoeste, com apoio da Coordenação Municipal de Cultura, o  encontro reunirá bandas de seis municípios da região, além de Vitória da Conquista. Assim, cerca de 500 integrantes de oito grupos estarão presentes no evento, que contará também com um desfile.

Conforme a organização, a concentração será às 14 horas, na Avenida Brumado, esquina com a Avenida Serrinha, no Bairro Brasil. Em seguida, os participantes se dirigirão ao Centro Cultural Glauber Rocha, local das apresentações.

2 de Julho: encontro de fanfarras comemora Independência da Bahia, em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 02 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
fotos: Rafael Gusmão e Roberto Silva

DSC_0175

O 2 de Julho, feriado da Independência da Bahia, foi marcado pelo primeiro Festival de Fanfarras e Bandas, em Vitória da Conquista. O evento reuniu 12 fanfarras de oito cidades da região Sudoeste da Bahia.

As fanfarras saíram da Avenida Barreiras, com esquina na Avenida Brumada, e seguiram até o Centro Cultural Glauber Rocha, onde os grupos se apresentaram individualmente. A ação é promovida pela Associação Cultural Musical de Fanfarras e Filarmônicas do Sudoeste da Bahia e que contou com a participação de grupos das cidades de: Vitória da Conquista, Érico Cardoso, Jequié, Brumado, Maracás, Malhada de Pedras, Tanhaçu e Gandu.

Essa é a primeira vez que a cidade celebra a data histórica para todo o Estado.

DSC_0168 DSC_0154 DSC_0150 DSC_0134 DSC_0123 DSC_0112 DSC_0090 DSC_0083 DSC_0070 DSC_0060