Mulher é detida por injúria racial em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 20 abr 2018

Tags:, ,

Da Redação

Na manhã desta ultima quinta-feira (19), uma mulher foi detida por injúria racial em  Vitória da Conquista,  após chamar e comparar  um cobrador  a um “boneco futuca” durante uma discussão.

O caso ocorreu  dentro de um ônibus do trasporte coletivo da cidade, que estava lotado, e se conduzia em direção ao bairro kadija. O personagem usado para ofender o cobrador é popular na cidade. Ele é conhecido como “Boneco Futuca”, negro – o que, segundo a polícia, motivou a conotação.

A mulher foi identificada pela policia  como Fabiana Alves Macêdo. O motivo da discussão não foi divulgado.

A vítima,  a acusada  e algumas testemunhas foram encaminhadas para o Distrito Integrado De Segurança Pública (Disep), onde o cobrador de ônibus formalizou denúncia.

 A legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião. A Lei 7.716, é a que define os crimes resultantes de preconceito racial.

Dentista que cometeu ato racista em shopping pode pegar 4 anos de prisão

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 08 nov 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

img_1058

O cirurgião dentista preso em flagrante por injúria racial contra um garçom no Shopping Conquista Sul teve sua identidade revelada. Artur Romualdo Barbosa é morador da cidade de Poções e estava no shopping acompanhado da esposa e filho, de 6 anos.

Ele estava acompanhado da esposa e do filho, de apenas 06 anos. Segundo informações, o dentista se desentendeu com o garçom, após atendimento na praça de alimentação do shopping. Esbravejando, ele insultou o garçom de várias formas, chegando a agredi-lo fisicamente.

Após o ataque racista, Artur Romualdo foi conduzido à delegacia por policiais militares. Na delegacia, Artur Romualdo pagou fiança e foi liberado pelo delegado plantonista.

A ação penal pelo crime de injúria racial tem uma pena de 1 a 3 anos, podendo ser aumentada em um terço, caso ocorra na presença de mais pessoas – como foi o caso.

Dentista é preso por injúria racial contra funcionário de shopping

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 07 nov 2016

Tags:,

por Mateus Novais
foto ilustrativa

dsc_8444

Na noite deste domingo (6), um homem de 48 anos foi preso após agredir e ofender a honra de um garçom que estava trabalhando na Praça de Alimentação do Shopping Conquista Sul, em Vitória da Conquista. Segundo a vítima, o autor da injúria, um dentista que reside em Poções, o ofendeu devido a cor da pele.

A vítima, que tem 24 anos, acionou a polícia e comunicou a agressão e injúria racial. Várias pessoas testemunharam o fato. O dentista foi preso uma guarnição do 3º Pelotão da 77ª CIPM no estacionamento, saindo do Shopping.

O garçom registrou a ocorrência no DISEP, para onde o dentista foi encaminhado. Após pagamento de fiança, o agressor foi liberado e responderá o crime em liberdade.

Brumadense e mais dois acusados de ataques racistas na internet são soltos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 21 mar 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0316Três homens acusados de terem feito ataques racistas contra a atrizes e jornalistas da TV Globo foram soltos nesse sábado (19) pela 23ª Vara Criminal do Rio. Francisco Pereira da Silva Junior, Pedro Vitor Siqueira da Silva e o brumadense Thiago Zanfolin Santos Silva estavam presos desde a última quarta-feira, quando a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) cumpriu os mandados de prisão.

Segundo o alvará de soltura, os acusados deverão comparecer em juízo todas as vezes em que forem intimados, fornecerem informações sobre os seus endereços e não se ausentarem da comarca de suas residências sem expressa e prévia autorização judicial.

Além de Thiago Zanfolin, que foi detido em Brumado, os outros foram presos nos municípios de Sertãozinho (São Paulo) e Navegantes (Santa Catarina). Um quarto homem, Gabriel Sanpietri, também teve mandado de prisão cumprido em Curitiba (Paraná) pelo crime, mas ele já estava preso por cometer crimes de pedofilia na internet.

Brumadense acusado de racismo na internet é transferido para o Rio de Janeiro

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 18 mar 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0316O brumadense Tiago Zanfolin Santos Silva, de 26 anos, acusado de fazer parte de uma quadrilha que praticou ataques racistas na internet, foi transferido para o Rio de Janeiro, onde as investigações acontecem na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática. A transferência foi realizada na tarde da última quarta-feira (16).

Segundo informações do site Brumado Notícias, ele viajou em um voo fretado escoltado por agentes civis da polícia carioca. O computador, o celular e o notebook do acusado também foram levados para serem periciados. O brumadense alega que é inocente e que teria tido as senhas pessoais de grupos na internet roubadas.

Brumadense acusado de injúria racial nega ter cometido crime, diz delegado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 16 mar 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

delegado-leonardo-rabeloO BLOG DA RESENHA GERAL conversou com o coordenador da 20ª Coorpin de Brumado, responsável pela operação que prendeu um dos integrantes do grupo que praticava injúrias raciais contra atrizes e repórteres da Rede Globo de Televisão. Segundo o delegado Leonardo Rabelo (foto), o brumadense Tiago Zanfolin Santos da Silva, de 26 anos, negou participação nos crimes.

O delegado Leonardo Rabelo, coordenador da 20ª Coorpin de Brumado, disse que Zanfolin negou a participação nos crimes. “Ele negou, disse que chegou a participar desse grupo [que, pela Internet, fez vários ataques racistas a atrizes, jornalistas e apresentadoras], mas que saiu há algum tempo e não praticou o crime de injúria. Mas a polícia tem elementos que comprovam a participação dele nesses crimes”, relatou o delegado.

Ao blog Brumado Notícias, a mãe de Tiago Zanfolim, Kátia Cilene Zanfolin da Silva, negou o envolvimento do filho. “Meu filho é inocente. Alguém invadiu o computador dele e as redes sociais e postou essas coisas”, disse. Cilene afirmou ainda que a namorada de seu filho é negra e por isso descarta qualquer crime de injúria e racismo. “Meu filho não vai ficar preso porque ele é vítima disso tudo”, disse a auxiliar de serviços gerais. A polícia apreendeu o celular e o notebook do acusado.

De acordo com o coordenador da 20ª Coorpin, o mandado de prisão é temporário, válido por cinco dias, mas que pode ser renovado por mais cinco dias a pedido da Justiça. A princípio, Thiago ficará detido em Brumado e deve responder criminalmente pela prática dos crimes de injúria racial, racismo e associação criminosa.

O material apreendido será enviado para perícia ainda nesta quarta-feira (16), no Rio de Janeiro. A investigação foi realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), do Rio, e, em Brumado, contou com o apoio das unidades policiais da Polícia Civil de Brumado.

Brumado: Homem é preso em operação contra ataques racistas a Taís Araújo e Maju

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 16 mar 2016

Tags:, , , ,

Da Redação
foto: divulgação Polícia Civil

preso_brumadoUm homem de 26 anos, identificado como Tiago Zanfolim Santos, foi preso na manhã desta quarta-feira (16) na cidade de Brumado, suspeito de integrar uma quadrilha de , e que também pode estar relacionada a crimes de pedofilia.. O grupo é suspeito de praticar os crimes de racismo contra a jornalista Maria Júlia Coutinho e a atriz Taís Araújo em 2015.

O suspeito foi preso em cumprimento a um mandado de prisão temporária. Em sua casa, onde foi preso, foram apreendidos um computador e um celular. O material e o rapaz foram levados para a Delegacia de Brumado e serão encaminhados para o Rio de Janeiro. Ele poderá responder pelos crimes de injúria racial, racismo e associação criminosa.crimes de informática, injúria racial e invasão de dispositivo

A operação, comandada pela delegacia da Polícia Civil de Repressão a Crimes de Internet do Rio de Janeiro, além da Bahia, foi deflagrada em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Paraná. Ao todo, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e quatro de prisão.

 

OAB processará idosa acusada de ato racista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 set 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_1035

A subseção da OAB de Vitória da Conquista entrou no caso do jovem que foi vítima de ato racista na cidade. Tainã Alves de Carvalho acusa uma idosa, identificada como Vera Lúcia, de ter o ofendido por ele ser de cor negra. Tainã está sendo atendido pela Comissão de Combate ao Racismo da OAB de Conquista.

DSC_1057Segundo o presidente da comissão da OAB, o advogado Murilo Rocha, Tainã procurou a instituição, que prontamente se colocou à disposição para realizar a sua defesa.  “Nós iremos representar criminalmente uma ação penal pelo crime de injúria racial, que tem uma pena de 1 a 3 anos, podendo ser aumentada em um terço, caso ocorra na presença de mais pessoas, como é o caso. Após a remessa do inquérito ao Ministério Público, que deverá oferecer a denúncia,  nós entraremos com ação indenizatória de danos morais causados ao cidadão”.

O Presidente da OAB Conquista, Dr. Gutemberg Macedo Junior, garantiu que a instituição dará todo o suporte para Tainã e alerta que este caso deve servir de exemplo para coibir tais atos. “Espero que estas ações tramitem com celeridade para que outras pessoas como dona Vera Lúcia a tenham como exemplo, porque ninguém tem o direito de discriminar ninguém, seja pela raça, pela cor, pela orientação sexual ou religiosa… As pessoas são iguais e têm que ser respeitadas como tais. Ninguém é melhor do que ninguém porque é branco, negro, vermelho ou amarelo.”. …Leia na íntegra

Idosa é presa suspeita de injúria racial: ‘disse que era coisa de preto’

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 set 2014

Tags:, ,

G1 Bahia
Foto: Reprodução TV Sudoeste

sem_titulo_1Uma idosa de 61 anos foi detida após denúncia de injúria racial contra um comerciante em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia.

Segundo o gerente de vendas Tainã Alves de Carvalho (foto), de 23 anos, ele foi ofendido durante uma discussão de trânsito no bairro Sumaré. O caso ocorreu no sábado (6).

“A senhora entrou de vez na rua e parou o carro de frente ao meu. Eu pedi para ela dar uma ré para eu passar com o carro e subir a rua. Só que ela não deu, disse assim: ‘só pode ser um preto mesmo. Esses moleques ousados'”, relatou Tainã. …Leia na íntegra