Segurados têm até o dia 31 para sacar atrasados do INSS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 18 ago 2017

Tags:, ,

Cristiane Gercina
do Agora

Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) com atrasados liberados pela Justiça e que ainda não sacaram os valores devem correr.

O prazo final para retirar essa grana vencerá no dia 31 deste mês.

A data-limite vale para quem ganhou uma ação de concessão ou revisão de benefício contra o INSS, teve a grana liberada pelo juiz, mas não sacou o precatório ou a RPV (Requisição de Pequeno Valor) em um prazo que vai de dois a cinco anos.

No TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), que atende os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, pelo menos 28.519 segurados podem perder uma bolada de R$ 126.008.522,15.

Leia mais:

 

Aposentado pode consultar 1ª parcela do 13º amanhã

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 17 ago 2017

Tags:, , ,

Leda Antunes
do Agora

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa a liberar amanhã a consulta ao extrato das aposentadorias e pensões de agosto, incluindo a primeira parcela do 13º salário.

A grana cairá na conta dos beneficiários a partir do dia 25.

Os pagamentos seguem até o dia 8 de setembro, conforme o número do final do benefício.

Segundo a Secretaria de Previdência, a maioria dos segurados conseguirá fazer a consulta ao extrato a partir de amanhã, mas os dados devem estar disponíveis para todos os 29,4 milhões de beneficiários até o dia 25 deste mês, quando começam os pagamentos.

Neste ano, a consulta ao extrato na internet é feita pelo portal Meu INSS (meu.inss.gov.br ).

Será preciso cadastrar uma senha para acessar o novo sistema de serviços do órgão.

Veja o que fazer para garantir sua aposentadoria especial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 16 ago 2017

Tags:,

Leda Antunes
do Agora

O segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que trabalha em atividade prejudicial à saúde tem o direito de se aposentar mais cedo.

Mas, para isso, precisa comprovar, com a documentação correta, que foi exposto a riscos durante sua jornada de trabalho.

O benefício especial é concedido para quem trabalhou 15, 20 ou 25 anos em condições insalubres.

O trabalhador também pode converter o chamado tempo especial em mais tempo de contribuição comum e antecipar a aposentadoria.

As regras da aposentadoria especial passaram por uma série de mudanças ao longo dos anos.

As diversas interpretações fazem com que muitos trabalhadores tenham que recorrer à Justiça para ter o direito reconhecido.

Um manual publicado anteontem pelo INSS traz um compilado das normas vigentes e orienta seus servidores sobre a concessão do benefício.

Leia mais

Justiça pede R$ 34 bilhões para os atrasados em 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 ago 2017

Tags:, ,

Leda Antunes
do Agora

O CJF (Conselho da Justiça Federal) pediu ao governo federal um valor de pouco mais de R$ 34,3 bilhões para pagar os atrasados no ano que vem.

A bolada inclui quem ganhou ações de revisão ou concessão contra órgãos como o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Segundo a Justiça Federal, R$ 19,6 bilhões serão destinados para quitar precatórios, que são os atrasados com valor superior a 60 salários mínimos.

Os outros R$ 13,6 bilhões solicitados são para pagar as RPVs (Requisições de Pequeno Valor), que são os atrasados menores, de até 60 salários.

Os precatórios são pagos uma vez por ano.

O lote é fechado sempre em julho. Portanto, em 2018, receberão a grana os segurados que tiveram o pagamento do atrasado liberado entre 2 de julho de 2016 e 1º de julho deste ano.

Se o pagamento foi autorizado depois dessa data, a grana sairá somente em 2019.

O valor mínimo do precatório quitado no ano que vem é de R$ 52,8 mil, o equivalente a 60 salários mínimos de 2016 (R$ 880).

Espera por aposentadoria dá atrasados de até R$ 23 mil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 14 ago 2017

Tags:, ,

Fernanda Brigatti
do Agora

O tempo que um segurado tem de esperar até a aposentadoria dele ser concedida depende de uma série de fatores, como a agência em que o pedido foi feito, a organização de seu cadastro no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e até um pouco de sorte.

Na capital, os segurados estão aguardando, em média, 81 dias pela concessão, e 53 no interior, mas há lugar em que o trabalhador leva quase quatro meses para pôr a mão no benefício.

Apesar da angústia, a espera pelo pagamento gera o direito a atrasados corrigidos pela inflação mês a mês.

Na prática, o segurado recebe, de uma só vez, os valores de todos os meses em que ficou esperando, e mais o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) desse período.

A pedido do Agora, o advogado Luiz Felipe Veríssimo estimou quanto receberão os segurados que só conseguirem o benefício a partir do mês dezembro.

Escape das falhas no pedido e acelere o benefício do INSS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 ago 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

O segurado que faz corretamente o pedido de benefício ao INSS escapa da dor de cabeça que é precisar pedir um recurso ao órgão.

A espera pela concessão ou revisão quando se recorre de um pedido negado no posto é, em média, de 101 dias.

Para acertar na solicitação, porém, o segurado precisa driblar obstáculos que vão desde a complexidade das regras para a concessão de benefícios até informações desencontradas fornecidas por funcionários do instituto.

O principal motivo para que as aposentadorias sejam negadas é a falta de comprovação de tempo de contribuição, segundo o INSS.

Mas, muitas vezes, o segurado só descobre que não cumpriu essa exigência quando recebe a carta negando o pedido.

Confira como facilitar sua aposentadoria por idade

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 10 ago 2017

Tags:, ,

Leda Antunes
do Agora

A aposentadoria por idade é a mais concedida pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Somente em junho, das 130 mil aposentadorias liberadas, 65,9 mil eram por idade.

Os trabalhadores que vão completar 65 anos, no caso dos homens, ou 60 anos, no caso das mulheres, ainda neste ano, já podem começar a se preparar para pedir o benefício.

Uma novidade no INSS promete facilitar a concessão desse tipo de aposentadoria.

O reconhecimento do direito ao benefício será automático e, após ser avisado por carta pelo órgão, o segurado poderá aceitar o início dos pagamentos com um telefonema para a central 135.

O novo procedimento foi estabelecido por portaria publicada no “Diário Oficial da União” no último dia 28.

Mas, para garantir que vai receber a carta do INSS avisando sobre o direito de receber o benefício, o segurado deve estar com seus dados em dia.

O endereço que consta no sistema da Previdência muitas vezes é antigo, de quando o trabalhador fez o cadastro no PIS, por exemplo, e pode ser atualizado.

Veja quando o INSS pode fazer desconto no benefício

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 09 ago 2017

Tags:, ,

Leda Antunes
do Agora

O segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que entra na Justiça e consegue começar a receber um benefício antes de o processo terminar pode ter que devolver os valores caso a decisão final seja contrária à concessão ou à revisão, segundo entendimento do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

No entanto, uma nova decisão do TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) pode amenizar esse desconto.

A Justiça decidiu que essa cobrança não pode ser feita de forma administrativa, o que dá ao segurado a oportunidade de negociar os valores dentro do processo.

A sentença foi dada em resposta a uma ação civil pública aberta pelo Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados), que pedia a proibição da cobrança, e vale para os segurados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Saiba quando ir à Justiça para receber o benefício

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 ago 2017

Tags:, ,

Fernanda Brigatti
do Agora

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vem jogando cada vez mais duro com os segurados na hora de conceder um benefício.

Em muitos casos, a única saída ou o meio mais rápido de garantir o direito a um benefício é buscar a Justiça. Como o atendimento nos postos não costuma seguir um padrão, o segurado também fica sujeito à sorte.

Esse fator faz diferença para quem tem falhas no cadastro de contribuições e precisa, junto do pedido da aposentadoria, corrigir anotações, valores de salários, datas de entrada e saída de empregos antigos. “As inconsistências de carteira profissional apontadas pelo INSS podem ser contornadas de diferentes formas. Diligências, pesquisas externas, justificação administrativa, ouvida de testemunhas e juntada de outras provas documentais pelo próprio segurado”, explica o advogado Rômulo Saraiva.

Veja quanto a aposentadoria sobe por ano de contribuição

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 06 ago 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

Nas aposentadorias da Previdência Social, cada ano de contribuição a mais pode fazer diferença no bolso.

Agora mostra hoje quanto o segurado consegue ganhar a mais com a inclusão de mais tempo de pagamentos ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Os ganhos podem chegar a R$ 1.587,22 por mês no caso de um segurado de 55 anos que consegue somar 40 anos de pagamentos e sempre contribuiu pelo teto do INSS.

Se ele se aposentar somente com o tempo mínimo exigido para o benefício dos homens, que é de 35 anos de pagamentos, a aposentadoria será de R$ 3.567,84.

INSS estende prazo para beneficiários do auxílio-doença marcarem nova perícia

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 05 ago 2017

Tags:, ,

Da Redação

O prazo para que beneficiários do auxílio-doença junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) entrem em contato para agendar nova perícia foi prorrogado. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), essas pessoas têm mais 15 dias para fazer o agendamento da perícia.

Nesta semana, o governo publicou no Diário Oficial da União (DOU) uma lista de segurados por incapacidade que deveriam entrar em contato com o INSS “no prazo de cinco dias corridos”, a partir da publicação, para saber a data da perícia. No entanto, o MDS assegura que o INSS vai dar 15 dias a mais para que os interessados sejam considerados notificados.

Apenas depois desse período vai começar a contar os cinco dias corridos para que os beneficiários entrem em contato com o INSS. A convocação feita por meio do DOU buscou entrar em contato com os beneficiários que não foram avisados pelo INSS pelos Correios. Ao passar pela nova perícia, eles terão o benefício do auxílio-doença reavaliado.

*Com informações do Bahia Notícias

Aposentado ganha R$ 11 mil a mais em um ano com 85/95

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 05 ago 2017

Tags:,

Leda Antunes e Fernanda Brigatti
do Agora

O trabalhador que se aposenta pela regra 85/95 recebe, em média, R$ 11,8 mil a mais por ano do que aquele que se aposenta com o desconto do fator previdenciário.

O cálculo foi feito pelo Agora com base em dados da Previdência e considera as 12 parcelas mensais mais o 13º.

Neste ano, quatro em cada dez aposentadorias por tempo de contribuição do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foram concedidas pela fórmula 85/95, que garante o benefício sem desconto para quem atingir, na soma da idade com o tempo de contribuição, 85 pontos, no caso das mulheres, e 95 pontos, no caso dos homens.

O valor médio da aposentadoria por tempo de contribuição calculada pela fórmula 85/95 entre janeiro e julho foi de R$ 2.916,68, enquanto o valor médio do benefício com desconto do fator previdenciário foi de R$ 2.008,34.

Saiba incluir o auxílio-doença para ter aposentadoria maior

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 03 ago 2017

Tags:, ,

Vanessa Sarzedas
do Agora

O segurado que perdeu o auxílio-doença após perícia do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pode transformar o período em que ficou afastado em tempo de contribuição para conseguir a aposentadoria mais rápido.

Para garantir que o auxílio seja contado no benefício, porém, é preciso fazer, pelo menos, mais uma contribuição à Previdência após o fim do afastamento.

“Se o segurado não está empregado, o pagamento ao INSS pode ser feito como autônomo ou facultativo”, afirma a advogada Adriane Bramante.

Além de permitir que o trabalhador consiga a aposentadoria mais rápido, essa medida pode aumentar o valor do benefício.

Atualize o cadastro no INSS e evite corte do benefício

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 02 ago 2017

Tags:, , ,

Clayton Castelani
do Agora

Os aposentados por invalidez que não passam por perícia há mais de dois anos devem atualizar seus dados no INSS.

O instituto deve começar a convocar, por carta, a partir deste mês, mais de um milhão de beneficiários para a perícia do pente-fino.

Ontem, o INSS chamou, por meio de edital publicado no “Diário Oficial da União”, mais de 55 mil segurados que recebem auxílio-doença para agendarem a perícia médica.

Desse total, 3.324 são do Estado de São Paulo.

Esses segurados não foram localizados nos endereços cadastrados, segundo o INSS.

Os convocados têm até sábado para agendar o exame pelo telefone 135.

Quem não responder no prazo terá os pagamentos suspensos.

INSS convoca segurados que não foram localizados para reavaliação do auxílio-doença

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 ago 2017

Tags:,

Da Redação


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) convocou segurados para reavaliação do benefício concedido por auxílio-doença. Está sendo convocado quem não foi localizado ou está com o endereço incompleto no cadastro do Sistema Único de Benefícios (SUB).

Os convocados têm o prazo de cinco dias, contados a partir da publicação desta terça, para entrar em contato com a central de teleatendimento no número 135, para conhecimento da data agendada para reavaliação do benefício por incapacidade. No caso de não atendimento à convocação ou de não comparecimento na data agendada, o benefício será suspenso.

Para saber se o beneficiário está na lista, é possível fazer a busca pelo nome completo ou número do benefício no site www.in.gov.br, no campo Informe o Termo. Ao todo, serão convocados 1,5 milhão de pessoas que há mais de dois anos estão sem perícia. Dessas, 530 mil recebem o auxílio-doença e mais de 1 milhão são aposentados por invalidez com menos de 60 anos.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, 20,3 mil benefícios por auxílio-doença já foram cancelados devido ao não comparecimento dos segurados. Até o momento, foram enviadas 435 mil cartas de convocação.

Aposentado ganha R$ 1.150 a mais com a regra 85/95

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 ago 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

Ameaçada pela reforma da Previdência, a regra 85/95 pode turbinar a aposentadoria dos segurados que conseguirem cumprir as exigências do INSS para receber o benefício sem desconto.

Agora simulou os valores de benefícios de quem conseguirá entrar no 85/95 se continuar contribuindo com o instituto pelos próximos seis meses e comparou o resultado com a aposentadoria que seria paga se esses segurados se aposentassem hoje, antes de ter a regra vantajosa.

A diferença pode chegar a R$ 1.149,74, considerando o perfil de um homem de 55 anos de idade, que sempre contribuiu pelo teto do INSS, e que se aposenta com 39 anos de contribuição.

Conheça as regras e garanta o auxílio-doença do INSS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 31 jul 2017

Tags:, ,

Leda Antunes e Fernanda Brigatti
do Agora

O segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que fica doente ou sofre um acidente tem o direito de receber um benefício pelo período em que ficar afastado do trabalho. O chamado auxílio-doença é um benefício temporário, pago após o 15º dia de afastamento do trabalhador com carteira assinada até quando durar a sua incapacidade.

Cerca de 65% dos auxílios são pagos pelo INSS por até três meses, de acordo com dados do instituto referentes ao mês de junho deste ano.

Para garantir a concessão do benefício, o segurado deve ir preparado à agência da Previdência Social. No dia da perícia, deverá apresentar laudos, exames e atestados que comprovem que seu problema de saúde o impossibilita de trabalhar. A decisão final caberá ao perito.

Confira qual será o valor da sua aposentadoria em 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 30 jul 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

As aposentadorias da Previdência deverão ter aumento de 4,48% em 2018, de acordo com a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) aprovada pelo Congresso.

Agora calculou como ficam os benefícios com esse reajuste. A crise econômica é a causa da correção minguada dos benefícios, em relação à aplicada em anos anteriores.

Em 2016, os segurados tiveram aumento de 11,28% e, neste ano, de 6,58%.

Isso não significa que as aposentadorias irão valer menos, pois a correção ajusta o benefício conforme a inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Mas quem se acostumou a receber reajustes maiores deve tomar cuidado para não contar com algo parecido em 2018.

13º do INSS será pago a partir do dia 25 de agosto

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 29 jul 2017

Tags:, , ,

Leda Antunes
do Agora

Um total de 29,4 milhões de beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vão receber a primeira parcela do 13º a partir do dia 25 de agosto.

O adiantamento do abono de Natal foi confirmado pelo governo em decreto publicado ontem, no “Diário Oficial da União”.

O pagamento seguirá o calendário de benefícios do próximo mês, que começa a cair na conta no dia 25 de agosto e vai até 8 de setembro, de acordo com o número final da aposentadoria, pensão ou auxílio.

Para quem se aposentou neste ano, o valor do depósito é equivalente à metade do benefício mensal.

A segunda parcela será depositada com a folha de pagamento de novembro, entre os dias 24 de novembro e 7 de dezembro, e vem com o desconto do IR.

INSS precisa de 6.350 perícias por dia para encerrar revisão

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 28 jul 2017

Tags:, ,

Fernanda Brigatti
do Agora

O governo Michel Temer (PMDB) terá de garantir a realização de 6.350 perícias médicas por dia em agosto e setembro para cumprir a meta de encerrar o pente-fino nos auxílios-doença nos próximos dois meses.

A meta foi anunciada pelo secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, ao site G1.

Desde o início do pente-fino, foram realizadas 199,9 mil perícias de auxílios-doença, mas o governo quer chegar a 530.191 até setembro.

Segundo informações do ministério, 435 mil cartas de convocação já foram enviadas.

Dos segurados que atenderam às convocações e passaram por perícias, 159.964 tiveram seus auxílios-doença cancelados, o equivalente a 80% do total.